slide1 l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
PowerPoint Presentation
Download Presentation

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 21

- PowerPoint PPT Presentation


  • 202 Views
  • Uploaded on

Há muito, muito tempo, no tempo em que os animais falavam, vivia na Lourinhã uma família de porquinhos. Esta família tinha três irmãos: o Palhinhas, o Rabinho Torto e o Bolota. Os três irmãos eram o orgulho dos pais. Eram bonitos, gordinhos e bem comilões.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about '' - oshin


Download Now An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide2

Há muito, muito tempo, no tempo em que os animais falavam, vivia na Lourinhã uma família de porquinhos.

Esta família tinha três irmãos: o Palhinhas, o Rabinho Torto e o Bolota. Os três irmãos eram o orgulho dos pais. Eram bonitos, gordinhos e bem comilões.

Estes três irmãos gostavam muito de comer e de brincar à apanhada e às escondidas com a sua amiga Lourinha.

slide3

O tempo passou e os porquinhos cresceram.

A certa altura, os pais resolveram comprar um terreno para cada um dos irmãos construir a sua casa.

Num belo dia de manhã, os porquinhos saíram da Lourinhã para começar a sua viagem.

Iam a sair, quando encontraram a sua amiga Lourinha que decidiu ir com eles para ver onde era o terreno de cada um para ir lá visitá-los.

Iam todos muito contentes pelo caminho numa grande cantoria.

slide4

Quando chegaram ao Nadrupe, o porquinho Palhinhas, que tinha aqui o seu terreno, despediu-se dos irmãos e eles continuaram a sua viagem.

A Lourinha decidiu ficar com o Palhinhas porque estava muito cansada e ainda tinha que voltar para casa.

O Palhinhas e a Lourinha em vez de começarem a fazer a casa, passaram o dia a brincar e a tocar flauta. Quando chegou a noite, eles não tinham onde dormir. A Lourinha resolveu ficar com o Palhinhas. Afinal não ia deixar o seu grande amigo sozinho à noite, num sítio estranho.

Resolveram ir à aldeia para procurar um sítio para dormir.

slide5

Encontraram uma escola e resolveram dormir no alpendre. Adormeceram tão profundamente que só acordaram com as vozes dos meninos que, no dia seguinte de manhã, chegaram à escola.

Os meninos ficaram tão contentes com aquela inesperada visita que convidaram a Lourinha e o Palhinhas para passarem o dia com eles.

slide6

À tarde, depois da escola, o Palhinhas e a Lourinha foram fazer a casa, pois nessa noite já não podiam dormir no alpendre da escola porque o chão era muito duro.

Mas eles tinham muita pressa, pois os meninos da escola estavam à espera deles para irem brincar no largo do cruzeiro. Então, pegaram em palha, fizeram a casa num instantinho e lá foram eles a correr para o largo do Nadrupe.

slide7

Nesse dia, à noite, o Palhinhas e a Lourinha estavam a jantar, quando de repente, ouviram bater à porta. A Lourinha foi espreitar à janela e apanhou um valente susto. Era o Lobo Mau!

Não responderam, com esperança que ele se fosse embora. Mas o lobo era muito teimoso e não parava de dar valentes murros na porta. Zangado porque o Palhinhas e a Lourinha nem sequer lhe respondiam, o Lobo Mau deu um grande sopro e a frágil casa de palha do Palhinhas foi abaixo.

slide8

Assustados, o Palhinhas e a Lourinha fugiram do Lobo Mau e foram a correr o mais depressa que podiam para pedirem ajuda ao Rabinho Torto, que estava no Toxofal de Baixo.

slide9

Quando chegaram, pararam na escola para perguntar se sabiam onde estava o irmão porquinho Rabinho Torto.

- Bom dia meninos! – disse a Lourinha.

- Bom dia! – responderam todos.

slide10

O Palhinhas perguntou:

- Ó amiguinhos viram por aí o meu irmão Rabinho Torto?

Por sorte estava perto pois tinha construído uma casinha de madeira mesmo atrás da escola.

Os meninos explicaram onde era e eles lá foram.

Chegaram lá, bateram à porta, entraram e avisaram o Rabinho Torto de que o Lobo estava próximo.

- Ele vem aí! – disse o Palhinhas muito aflito.

Entretanto, o lobo chegou ao Toxofal de Baixo e por coincidência dirigiu-se também à escola para perguntar pelos porquinhos. Os meninos que são muito espertos, deram-lhe uma resposta errada, disseram-lhe que o Palhinhas e a Lourinha estavam em casa do Rabinho Torto no Toxofal de Cima.

slide11

O lobo foi-se embora, mas quando ía a passar na estrada reparou numa casinha de madeira atrás da escola e viu a cabeça de um porquinho na janela…

- Olá…! Aqueles meninos enganaram-me! São uns malandros… Afinal eles estão aqui! Já lá vou ter…

Dirigiu-se para a casa de madeira, bateu à porta e disse:

- Abram a porta que eu sou o Lobo e quero entrar.

Os porquinhos e a Lourinha ficaram a tremer de medo mas não abriram a porta.

slide12

- Vai-te embora. – disseram todos.

Então o Lobo deu um valente pontapé na porta e conseguiu abri-la.

Os porquinhos e a Lourinha correram, correram e fugiram para o Sobral.

- Ai, ai, o Lobo!

- Ai, ai o Lobo!

O Lobo antes de ir atrás deles gritou para os meninos da escola:

- Vocês enganaram-me seus malandros!

E enquanto o lobo se afastava em direcção ao Sobral, os meninos da escola ficaram a rir mas ao mesmo tempo a desejar que o lobo não os conseguisse apanhar. Foi então que o Abílio se lembrou de telefonar a avisar que o Lobo andava aí…

slide13

O Palhinhas, Rabinho Torto e a Lourinha, ao chegarem ao Sobral, foram à procura da casa do Irmão Bolota. Ao longe, viram uma casa muito bonita, feita com tijolos,

um telhado e até uma chaminé.

Os dois irmãos e a Lourinha, bateram à porta e pediram ajuda.

slide15

O lobo, depois de muito andar, encontrou a casa de tijolo onde estavam abrigados os três irmãos e a Lourinha.

slide16

Bateu à porta mas os porquinhos não o deixaram entrar. Então, o lobo, olhou para o telhado e resolveu subir pela chaminé.

slide18

Com receio de se queimar, afastou–se e escorregou, caindo do telhado para o chão. Começou a uivar cheio de dores.

slide19

A Lourinha, ao ouvi-lo, espreitou pela janela e viu que o lobo estava magoado. Então pediu aos porquinhos para irem ajudá-lo.

Os três irmãos e a Lourinha, receosos, aproximaram-se e perguntaram-lhe se precisava de ajuda. Depressa perceberam que tinha a pata partida. Fizeram uma maca de madeira e levaram-no para a Clínica Veterinária da Lourinhã .

slide20

E assim conseguiram ajudar o lobo a ser tratado.

Ao sair da Clínica, o lobo encontrou–se com os porquinhos e a Lourinha e contou-lhes que não lhes queria fazer mal. Apenas procurava amigos para brincar.