l gica de programa o n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Lógica de Programação PowerPoint Presentation
Download Presentation
Lógica de Programação

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 65
irma-valentine

Lógica de Programação - PowerPoint PPT Presentation

97 Views
Download Presentation
Lógica de Programação
An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author. While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Lógica de Programação 2º Fase Germano

  2. Curiosidades • Lógica não é matemática, mas a lógica utiliza da matemática. • Cálculos Binários.

  3. Direcionando nosso algoritmo Vamos começar a produzir algoritmos que venham a se encaixar numa pseudo-linguagem... Interpretador Linguagens de alto ou baixo nível Assembly Compilador Delphi

  4. Direcionando nosso algoritmo Para representarmos textualmente um algoritmo usamos a nossa língua, no caso, o português. Contudo, não podemos usar toda a riqueza do nosso idioma. Por que? R: a ambiguidade!

  5. Direcionando nosso algoritmo “O pregador foi grampeado durante o conserto.” Pode possuir vários significados, principalmente se for verbalizado Podemos até tentar supor o real significado da frase, por exemplo, analisando o contexto em que tenha sido dita. Mas o computador não tem o raciocínio necessário para interpretar! E agora?!

  6. Direcionando nosso algoritmo De agora em diante, para evitar o problema da ambigüidade, assim como outros, vamos usar regras com o intuito de restringir e estruturar o uso do português na representação de algoritmos. Regras essas que são bem parecidas com as usadas em algumas linguagens de programação (C e Pascal, por exemplo), facilitando assim, o nosso aprendizado.

  7. Algoritmo – Tipos de dados • A Informação - Matéria-prima para os computadores - Computadores manipulam e armazenam dados massivamente, e com ótimo desempenho (melhor do que nós!) - Nós ficamos, assim, liberados para tarefas intelectuais. I n f o r m a ç ã o Dados

  8. Algoritmo – Tipos de dados • Qual a diferença entre Dado e Informação? • Quando citamos uma data, como 8 de março, estamos apresentando um dado. • Ao dizermos que 8 de março é o dia Internacional da Mulher, estamos agregando valor ao dado data, uma informação.

  9. Algoritmo – Tipos de dados • Vamos agora conhecer os tipos de dados básicos sobre os quais vamos trabalhar - Constantes - Variáveis

  10. Algoritmo – Tipos de dados Constante - Como o nome mesmo diz, é o dado que não varia no decorrer do tempo; - Tem valor fixo e inalterável.

  11. Algoritmo – Tipos de dados Variáveis - Fundamentais para a criação de programas através de linguagens de programação; - Uma variável é um espaço reservado na memória do computador para armazenar um certo tipo de dado; - Cada variável deve ter um nome para referenciar o seu conteúdo, um identificador; - O nome variável vem da ideia que esta pode conter, a cada tempo, valores distintos, respeitando o tipo associado.

  12. Algoritmo – Tipos de dados O Tipos de variáveis e constantes - Restringe o tipo (valor) de dado que a variável (gaveta) pode conter a cada tempo; - Também informa o espaço (em bytes) que a variável pode ocupar na memória (armário) do computador

  13. Algoritmo – Tipos de dados int - Inteiro - Informação numérica pertencente ao conjunto Z; - Exs.: - A aluno tem 19 anos; - A mão do homem possui 5 dedos; - O concurso oferece 3 carros novos. Dado Vs Informação???

  14. Algoritmo – Tipos de dados float - Ponto Flutuante (Real) • Informação numérica pertencente ao conjunto R; • - Exs.: • - A aluna tem 1.65 m de altura; • - O prêmio acumulado foi de 3.233.123 reais; • - A área do hexágono é 12.753 m2; • - A molécula tem 0,0000129 m2 • Dado Vs Informação???

  15. Algoritmo – Tipos de dados double - Ponto Flutuante (Real) - Similar ao tipo float, porém, possui dupla precisão em relação a este;

  16. Algoritmo – Tipos de dados Caracter - char - Informação composta de um conjunto de caracteres alfanuméricos: (0 … 9), (a...z, A...Z) e (#$%ˆ&, por exemplo) - Exs.: - Os nadadores usavam roupas especiais; - O aviso é claro: “é proibido fumar!”; - A aluna premiada foi Maria das Graças; Dado Vs Informação???

  17. Algoritmo – Tipos de dados Tipos Primitivos – Lógico - Informação que pode assumir uma de duas possibilidades (biestável); - Exs.: - O interruptor pode estar ligado ou desligado; - O uniforme deve ser azul ou vermelho; - A lâmpada pode estar acesa ou apagada. Dado Vs Informação???

  18. Algoritmo – Tipos de dados Exercício de Fixação Determine qual é o tipo primitivo presente nas sentenças a seguir: a) A placa “Pare!” tinha dois furos de bala. b) Josefina subiu 5 degraus para pegar uma maça madura c) Alberta levou 3,5 horas para chegar à maternidade d) Astrogilda pintou em sua camisa: “Preserve o meio ambiente”, e ficou devendo R$ 30,00 ao vendedor de tintas. e) Felisberto recebeu sua 18ª medalha por ter alcançado a marca de 57,3 segundos nos 100 metros rasos.

  19. Algoritmo – Tipos de dados Variável - É o dado que tem a possibilidade de ser alterado em algum instante durante a execução do algoritmo em que é utilizado; - O valor do dado sofre alteração; - O dado é dependente da execução em um determinado momento.

  20. Algoritmo – Tipos de dados Variável Exemplos: - A cotação de uma moeda; - O peso de uma pessoa; - O valor de um imposto.

  21. Algoritmo – Tipos de dados Pensemos na construção de um algoritmo para calcular o valor da área de uma circunferência, que usa a fórmula Plr2. Qual o tipo de dado para PI? O PI pode variar?

  22. Algoritmo – Tipos de dados Identificadores Vamos pensar sobre um contrato de locação de imóvel: - Não podemos usar um valor fixo em moeda corrente como base para o reajuste, pois, como o tempo essa valor estaria defasado. Para resolver esse problema poderíamos usar um parâmetro que fornecesse valores atualizados: um dado variável.

  23. Algoritmo – Tipos de dados Identificadores Como pensamos em criar esse novo parâmetro, então surge a necessidade de que seja nomeado, como, por exemplo, IRT (índice de reajustes totais)

  24. Algoritmo – Tipos de dados Identificadores São os nomes das informações que variam no decorrer do tempo.

  25. Algoritmo – Tipos de dados Identificadores Para nomearmos as variáveis, devemos respeitar algumas regras, de modo a formarmos identificadores válidos. São elas: 1) Devem começar por um caractere alfabético 2) Podem ser seguidos por mais caracteres alfabéticos ou numéricos 3) Não devem ser usados caracteres especiais.

  26. Algoritmo – Tipos de dados Identificadores Diagrama com as regras de formação: letra identificador letra letra dígito

  27. Algoritmo – Tipos de dados Declaração de Variáveis As variáveis são armazenadas dentro do computador no dispositivo eletrônico denominado MEMÓRIA (principal) Analogamente a MEMÓRIA pode ser comparado a um armário com várias gavetas

  28. Algoritmo – Tipos de dados Declaração de Variáveis Essas “gavetas” equivalem aos locais físicos onde os dados são armazenados na MEMÓRIA Esses dados são os objetos que podem ser armazenados nas “gavetas” da MEMÓRIA.

  29. Algoritmo – Tipos de dados Declaração de Variáveis Como na MEMÓRIA existem várias “gavetas”, devemos nomear cada gaveta, de forma a diferenciar uma “gaveta” das outras. Fazemos isso criando os INDENTIFICADORES. E cada “gaveta” só pode conter um dado por vez, e de um tipo previamente determinado.

  30. Algoritmo – Tipos de dados Declaração de Variáveis Os IDENTIFICADORES são usados para a nomeação e a DECLARAÇÃO DE VARIÁVEIS, que só é completa se, além do rótulo, for determinado o tipo da variável.

  31. Algoritmo – Tipos de dados Declaração de Variáveis Diagrama com as regras de formação: , Declaração de variáveis tipo identificador : ; tipo inteiro real caracter lógico

  32. Algoritmo – Tipos de dados Declaração de Variáveis Vamos praticar um pouco!!

  33. Algoritmo – Tipos de dados Expressões Aritméticas São aquelas em que usamos os operadores aritméticos e os operandos são CONSTANTES ou VARIÁVEIS do tipo numérico (??)

  34. Algoritmo – Tipos de dados Expressões Aritméticas Operadores (básicos e não-convencionais) + - * / pot(x, y) → x elevado a y rad(x) → raiz quadrada de x x mod y → resto da divisão inteira de x por y x div y → quociente da divisão inteira de x por y

  35. Algoritmo – Tipos de dados Expressões Aritméticas Regras de Precedência 1ª ( ) → parênteses aninhados 2ª pot rad 3ª * / div mod 4ª + -

  36. Algoritmo – Tipos de dados Expressões Aritméticas Obs.: 1 º. Empatando, resolvemos a expressão da esquerda para a direita. 2 º. Os “( )” podem ser usados para alterar a precedência.

  37. Algoritmo – Tipos de dados Expressões Aritméticas Diagrama com as regras de formação: Expressãoaritmética operando operador aritmético operando operando constante numérica constante numérica

  38. Algoritmo – Tipos de dadosExercício • Supondo que as variáveis NOME, QUANTIDADE, FABRICANTE e PRECO, serão utilizadas respectivamente para: nome do produto, quantidade do produto, fabricante do produto e preço do produto; declare-as corretamente associando o tipo primitivo adequado ao dado que será armazenado.

  39. Algoritmo – Tipos de dadosExercício • Encontre os erros das seguintes declarações de variáveis: • Inteiro : Endereço, Nfilhos; • Caractere : idade, 1endereço, endereco; • Real : peso, nota_do_aluno, R$; • Logico : falso, ApaGaDa.

  40. Lógica de Programação 2º Fase Germano

  41. Algoritmo – Tipos de dados Qual a diferença entre Bill Gates e o Batman ?????? O Batman consegue vencer o Pinguin

  42. Algoritmo – Tipos de dadosExercício • Supondo que A, B e C são constantes do tipo inteiro igual a 5, 10 e -8 respectivamente, e uma constante real D com valor de 1,5 ; calcule as seguintes expressões aritméticas: a) 2 * A mod 3 – C b) rad (-2 * C) div 4 c) ((20 div 3) div 3) + pot(8,2) / 2 d) (30 mod 4 * pot(3,3)) * -1

  43. Algoritmo – Tipos de dados Operadores Relacionais Servem para realizar comparações entre dois valores de mesmo tipo. Esses valores podem ser tanto constantes e variáveis, quanto expressões aritméticas. Na Matemática usamos os operadores relacionais para construirmos equações e inequações.

  44. Algoritmo – Tipos de dados Operadores Relacionais = → igual a > → maior que < → menor que >= → maior ou igual a <= → menor ou igual a <> → diferente de

  45. Algoritmo – Tipos de dados Operadores Relacionais O avaliação de uma relação dá como resultado um valor LÓGICO. Ex.: m + n = p A avaliação dessa expressão será verdadeira ou falsa à medida que o membro esquerdo da equação foi igual ou diferente da variável que representa o membro direito.

  46. Algoritmo – Tipos de dados Operadores Lógicos Para construirmos proposições lógicas usamos três operadores básicos a partir de outras proposições lógicas mais simples.

  47. Algoritmo – Tipos de dados Operadores Lógicos NÃO → negação E → conjunção OU → disjunção não exclusiva

  48. Algoritmo – Tipos de dados Operadores Lógicos - Tabelas Verdade É o conjunto de todas as possibilidades entre os valores de variáveis lógicas, que podem assumir uma de duas alternativas, V ou F, bem como variáveis lógicas em conjunto com operadores lógicos

  49. Algoritmo – Tipos de dados Operadores Lógicos - Tabelas