a inicia o crist de adultos l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
A INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS PowerPoint Presentation
Download Presentation
A INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 33

A INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS - PowerPoint PPT Presentation


  • 550 Views
  • Uploaded on

A INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS. Desenvolvimento histórico. Slides preparados pela Ir. Lúcia Junto à comissão arquidiocesana de catequese do Rio de Janeiro. Adaptado por Pe. Leonardo Para uso na diocese de Petrópolis. Curso de atualização do clero janeiro de 2012. Diocese de Petrópolis.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'A INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS' - dinos


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
a inicia o crist de adultos
A INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS

Desenvolvimento histórico

Diocese de Petrópolis

Comissão de Catequese

slides preparados pela ir l cia junto comiss o arquidiocesana de catequese do rio de janeiro
Slides preparados pela Ir. LúciaJunto à comissão arquidiocesana de catequese do Rio de Janeiro

Adaptado por Pe. LeonardoPara uso na diocese de Petrópolis

Curso de atualização do clero

janeiro de 2012

Diocese de Petrópolis

a inicia o crist de adultos3
A INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS

O CRISTIANISMO É UMA RELIGIÃO REVELADA.

  • NINGUÉM NASCE CRISTÃO
  • TORNAMO-NOS CRISTÃOS PELA INICIAÇÃO.

Comissão de Catequese

a inicia o crist de adulto hist ria
A INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTO - HISTÓRIA
  • No início da Igreja, a catequese era dirigida preferencialmente aos adultos no contexto do catecumenato.
  • As primeiras comunidades iniciavam os cristãos à vivência comunitária através da escuta da palavra, das celebrações e do testemunho de vida. (cf. Catequese Renovada, n.6)

Comissão de Catequese

a inicia o crist de adulto hist ria5
A INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTO - HISTÓRIA
  • A adesão a Cristo e a conversão do candidato levavam aos sacramentos da iniciação cristã e à sua integração no seio da comunidade.

(cf. At 2, 37-41; 4, 35-37)

Comissão de Catequese

slide6

A história da Igreja e do Catecumenato é marcada pela “paz constantiniana” (313):

  • Os grandes Padres da Igreja com testemunhos escritos sobre Catecumenato:

- III séc: Hipólito (Roma); Tertuliano e Cipriano (África-Cartago); Orígenes (África-Alexandria)

- IV séc: Ambrósio (Milão); .Agostinho (África-Hippona); Cirilo (Jerusalém); João Crisóstomo (Antoquia)

Comissão de Catequese

a inicia o crist de adulto hist ria7
A INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTO - HISTÓRIA
  • Época da Cristandade (época do catecumenato social):

A partir do século V, a catequese vai deixando de ser iniciação na vida da comunidade de fé, pois a sociedade inteira se considerava animada pelo cristianismo. (cf. Catequese Renovada, n.8)

Comissão de Catequese

a inicia o crist de adulto hist ria8
A INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTO - HISTÓRIA
  • A catequese passa a ser feita através de um processo de imersão num contexto familiar e cultural com fortes traços cristãos.
  • Nesta mesma época, com a generalização do batismo de crianças e a decadência do catecumenato, entra em crise a catequese em geral e, portanto, também a Catequese de Adultos.

Comissão de Catequese

a inicia o crist de adultos redirecionamento
A INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS REDIRECIONAMENTO

O grande despertar catequético do século XVI, como resposta à grave situação de ignorância religiosa do povo cristão, trouxe consigo um novo impulso para a Catequese de Adultos, principalmente através do Concílio de Trento, que tornou obrigatório aos párocos a instrução catequética aos fiéis cristãos, especialmente no domingo.

Comissão de Catequese

a inicia o crist de adultos redirecionamento10
A INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS REDIRECIONAMENTO

A partir do séc XVI, a catequese passou, conforme as exigências do tempo, a realizar-se prevalentemente por um processo que valorizava mais a aprendizagem individual, na qual já não era tão marcante a ligação com a comunidade. (cf. Catequese Renovada, n. 10)

Comissão de Catequese

a inicia o crist de adultos redirecionamento11
A INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS REDIRECIONAMENTO

Na época moderna, diversas circunstâncias, mas sobretudo a secularização da instrução religiosa, fazem com que a Catequese se volte mais para a iniciação cristã das crianças, muitas vezes sem o acompanhamento que leva à maturidade da fé.

Comissão de Catequese

a inicia o crist de adultos redirecionamento12
A INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS REDIRECIONAMENTO

Em muitos adultos, esta falta de vivência pode tornar sua fé:

  • relativizada
  • individualista
  • intimista
  • desencarnada
  • movida por interesses pessoais

Comissão de Catequese

a inicia o crist de adultos redirecionamento13
A INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS REDIRECIONAMENTO

A partir da segunda metade do século XX, especialmente após o Concílio Vaticano II, (1962-1965), volta-se areconsiderar a necessidade da catequese adultos. Vejamos:

1971 - Diretório Catequético Geral (DCG):

“a catequese de adultos, visando a pessoas capazes de uma adesão plenamente responsável, deve ser considerada como a principal forma de catequese, à qual todas as outras, embora sempre necessárias, de certa forma são ordenadas.”

Comissão de Catequese

a inicia o crist de adultos redirecionamento14
A INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS REDIRECIONAMENTO
  • 1972: É promulgado pela Congregação para o Culto Divino o “Rito para a Iniciação Cristã de Adultos” (RICA), com a finalidade de restabelecer o catecumenato para adultos.

Comissão de Catequese

a inicia o crist de adultos redirecionamento15
A INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS REDIRECIONAMENTO
  • 1974: Exortação Apostólica EvangeliiNuntiandi, do Papa Paulo VI, sobre a evangelização do mundo contemporâneo.
  • 1979: Exortação Apostólica Catechesi Tradendae, do Papa João Paulo II, reafirma que a catequese com adultos é a principal forma de catequese.

Comissão de Catequese

a inicia o crist de adultos redirecionamento16
A INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS REDIRECIONAMENTO
  • 1992: Catecismo da Igreja Católica: dirigido diretamente ao cristão adulto, contém a síntese de toda a doutrina católica .
  • 1997: Diretório Geral para a Catequese (DGC): a catequese de adultos é novamente caracterizada como PRIORIDADE DE NOSSA IGREJA.

Comissão de Catequese

a inicia o crist de adultos no brasil
A INICIAÇÃO CRISTÃ DEADULTOS NO BRASIL

1983 – A CNBB publica o documento “Catequese Renovada”:

Nº 130 – “É na direção dos adultos que a Evangelização e a Catequese devem orientar seus melhores agentes. São os adultos os que assumem mais diretamente, na sociedade e na Igreja, as instâncias decisórias e mais favorecem ou dificultam a vida comunitária, a justiça e a fraternidade.”

Comissão de Catequese

a inicia o crist de adultos no brasil18
A INICIAÇÃO CRISTÃ DEADULTOS NO BRASIL

1986: 1ª Semana Brasileira de Catequese:

“Fé e Vida em Comunidade – Renovação da Igreja e Transformação da Sociedade”

Temas de grande importância para a catequese com adultos:

  • A comunidade como ambiente privilegiado da catequese;
  • O princípio metodológico de interação entre Fé-Vida;
  • A realidade sócio-econômica e cultural como contexto teológico e catequético.

Comissão de Catequese

a inicia o crist de adultos no brasil19
A INICIAÇÃO CRISTÃ DEADULTOS NO BRASIL
  • 2001 – 2ª Semana Brasileira de Catequese

Tema: “Com adultos, catequese adulta”

Lema: “Crescer rumo à maturidade em Cristo”

  • Enfatiza a necessidade da volta do catecumenato na iniciação cristã de adultos;
  • Reedição do Ritual de Iniciação Cristã de Adultos – RICA.

Comissão de Catequese

o catecumenato
O CATECUMENATO

O QUE É CATECUMENATO:

  • Método proposto pela Igreja, desde seu início, para realizar comunitariamente a INICIAÇÃO CRISTÃ DE ADULTOS.

Comissão de Catequese

o catecumenato21
O CATECUMENATO
  • É UM PROCESSO
  • REALIZA-SE EM ETAPAS
  • OS RITOS MARCAM A PASSAGEM DE UMA ETAPA PARA OUTRA

Comissão de Catequese

o catecumenato22
O CATECUMENATO
  • O CANDIDATO, DESEJOSO DE ENCONTRAR A DEUS, ACOLHE A PALAVRA E ENTRA EM UM PROCESSO DE CONVERSÃO, NUM ITINERÁRIO PESSOAL E EM ÂMBITO COMUNITÁRIO.

Comissão de Catequese

as etapas do catecumenato
AS ETAPAS DO CATECUMENATO
  • O CATECUMENATO SE DIVIDE EM 4 ETAPAS:
    • PRÉ-CATECUMENATO (RICA 9)
    • CATECUMENATO (RICA 14)
    • TEMPO DE PURIFICAÇÃO E ILUMINAÇÃO (RICA 21)
    • MISTAGOGIA (RICA 37)

Comissão de Catequese

a celebra o dos sacramentos
A CELEBRAÇÃO DOS SACRAMENTOS
  • A RECEPÇÃO DOS SACRAMENTOS DO BATISMO, CRISMA E EUCARISTIA, NA VIGÍLIA DA PÁSCOA, É O MOMENTO CULMINANTE DO CATECUMENATO.

(RICA, 27)

Comissão de Catequese

a import ncia da comunidade
A IMPORTÂNCIA DACOMUNIDADE
  • A INICIAÇÃO CRISTÃ TEM A COMUNIDADE ECLESIAL COMO SEIO MATERNO, NO QUAL NASCE E SE FORTALECE.
  • O ADULTO NÃO AMADURECE NA FÉ APENAS PELO APRENDIZADO DE CONCEITOS, MAS CONVIVENDO DENTRO DE UMA COMUNIDADE CRISTÃ QUE O ACOLHE E APÓIA E DA QUAL ELE É MEMBRO QUE DÁ E RECEBE.

Comissão de Catequese

a import ncia da comunidade26
A IMPORTÂNCIA DACOMUNIDADE
  • A CATEQUESE COM ADULTOS SOMENTE PODERÁ DAR FRUTOS NAS COMUNIDADES SE INSERIDA DENTRO DE UM PLANO DE PASTORAL DE CONJUNTO DA IGREJA LOCAL.

Comissão de Catequese

importante
IMPORTANTE!

“A fiel observância do que está prescrito no RICA e o conveniente aproveitamento, com criatividade e senso pastoral, das várias opções e alternativas oferecidas hão de levar a própria comunidade eclesial a redescobrir a riqueza admirável dos Sacramentos da Iniciação Cristã.”

(D. Geraldo Lyrio da Rocha)

Comissão de Catequese

o que diz o documento de aparecida
O que diz o documento de Aparecida?
  • Um dos maiores desejos que se tem expressado nas Igrejas da América Latina e do Caribe motivando a preparação da V Conferência Geral, é o de uma corajosa ação renovadora das Paróquias, a fim de que sejam de verdade espaços da iniciação cristã, da educação e celebração da fé... (Ap 170)
  • A iniciação cristã, que inclui o kerygma, é a maneira prática de colocar alguém em contato com Jesus Cristo e iniciá-lo no discipulado. (288)
  • Sentimos a urgência de desenvolver em nossas comunidades um processo de iniciação na vida cristã que comece pelo kerygma e guiado pela Palavra de Deus, conduza a um encontro pessoal, cada vez maior, com Jesus Cristo. (289)

Comissão de Catequese

o n 278 do documento
O nº 278 do documento:

No processo de formação de discípulos missionários destacamos cinco aspectos fundamentais...

  • O Encontro com Jesus Cristo: Kerigma  Iniciação Cristã.

- é necessário propiciar o encontro com Cristo que dá origem à iniciação cristã;

  • A Conversão:É a resposta inicial de quem escutou o Senhor com admiração, crê n’Ele pela ação do Espírito, decide ser seu amigo e ir após Ele;

3)O Discipulado: Amadurecimento no conhecimento, no amor e no seguimento;

4)A Comunhão: Não pode existir vida cristã fora da comunidade;

5)A Missão: O discípulo experimenta a necessidade de compartilhar com outros a sua alegria de ser enviado para anunciar Jesus Cristo.

Comissão de Catequese

conclus o de aparecida para o assunto
Conclusão de Aparecida para o assunto:

nn. 293 e 294

  • A paróquia precisa ser o lugar onde se assegure a iniciação cristã e terá como tarefas irrenunciáveis:

1) iniciar na vida cristã os adultos batizados e não suficientemente evangelizados;

2) educar na fé as crianças batizadas em um processo que os leve a completar sua iniciação cristã;

3) iniciar os não batizados que, havendo escutado o kerygma, querem abraçar a fé.

Comissão de Catequese

slide31
Assumir esta iniciação cristã exige não só uma renovação de modalidade catequética da paróquia. Propomos que o processo catequético de formação adotado pela Igreja para a iniciação cristã seja assumido em todo o Continente como a maneira ordinária e indispensável de introdução na vida cristã e como a catequese básica e fundamental. Depois, virá a catequese permanente que continua o processo de amadurecimento da fé, na qual se deve incorporar um discernimento vocacional e a iluminação para projetos pessoais de vida.

Comissão de Catequese

diretrizes gerais da a o evangelizadora da igreja no brasil igreja casa da inicia o crist
Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no BrasilIgreja: Casa da Iniciação Cristã
  • A mudança de época exige que o anúncio de Jesus Cristo não seja mais pressuposto, porém explicitado continuamente. O estado permanente de missão só é possível a partir de uma efetiva iniciação à vida cristã. (n.39)
  • A Conferência de Aparecida, além de elevar a iniciação à vida cristã à categoria de urgência, lembra que ela deve acontecer não apenas uma única vez na vida de cada pessoa. A iniciação cristã não se esgota na preparação aos sacramentos do Batismo, Crisma e Eucaristia. Ela se refere à adesão a Jesus Cristo. Esta adesão deve ser feita uma primeira vez, mas refeita, fortalecida e ratificada tantas vezes quantas o cotidiano exigir. (n.41)

Comissão de Catequese

porta fidei sobre o ano da f
Porta Fideisobre o Ano da Fé
  • Desejamos que este Ano suscite, em cada crente, o anseio de confessar a fé plenamente e com renovada convicção, com confiança e esperança. Será uma ocasião propícia também para intensificar a celebração da fé na liturgia, particularmente na Eucaristia, que é «a meta para a qual se encaminha a ação da Igreja e a fonte de onde promana toda a sua força». Simultaneamente esperamos que o testemunho de vida dos crentes cresça na sua credibilidade. Descobrir novamente os conteúdos da fé professada, celebrada, vivida e rezada, e refletir sobre o próprio ato com que se crê, é um compromisso que cada crente deve assumir, sobretudo neste Ano.

Comissão de Catequese