Download
comunica o interna n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
COMUNICAÇÃO INTERNA PowerPoint Presentation
Download Presentation
COMUNICAÇÃO INTERNA

COMUNICAÇÃO INTERNA

262 Views Download Presentation
Download Presentation

COMUNICAÇÃO INTERNA

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. COMUNICAÇÃO INTERNA Laura Glüer, Dra.

  2. Comunicação Interna • Interações, processos de trocas, relacionamentos dentro de uma empresa ou instituição. • Também chamada de endocomunicação, é responsável por fazer circular as informações e gerar o conhecimento nas organizações. • Insere-se no conjunto de ações da comunicação organizacional e deve ser articulada de forma integrada.

  3. Comunicação integrada Comunicação Mercadológica Comunicação Institucional Comunicação Interna Desencadeia fluxos internos de comunicação Kunsch

  4. A importância da comunicação interna • A valorização da comunicação interna deve ser compreendida como estratégia no contexto empresarial atual, pois cada vez mais o sucesso de qualquer empreendimento está centrado nas pessoas (Bueno).

  5. Equívocos em comunicação interna • Não é setor, staff ... • Não é subsistema de recursos humanos, embora seja muito importante para a gestão de pessoas. • Não é a mesma coisa que endomarketing, embora caminhe em parceria com este, na busca de bem-estar e comprometimento das pessoas na organização.

  6. Comunicação interna e cultura organizacional • Cultura pode ser compreendida como um modelo de pressupostos que um dado grupo cria, descobre ou desenvolve no processo de aprendizagem, para adaptação e integração. • É uma espécie de “DNA”, um “jeitão da organização”.

  7. Comunicação interna e cultura organizacional • Constituem elementos culturais: • Valores • Crenças • Ritos, rituais e cerimônias • Estórias e mitos • Tabus • Heróis • Normas • Processo de comunicação

  8. Comunicação interna e cultura organizacional • Constituem “reforçadores” da cultura de uma organização (Torquato): • Aspecto histórico • Natureza técnica da organização • Modelo de gestão da organização • Osmose geográfica

  9. Comunicação interna e cultura organizacional • É extremamente complexo administrar a cultura. • As pesquisas de clima organizacional são um instrumento importante para mapear a disseminação de uma cultura. • Mas é na prática da comunicação interna que a cultura terá sua principal manifestação.

  10. Multidirecionalidade da comunicação interna • Descendente – da direção para os colaboradores • Ascendente – dos colaboradores para a direção • Horizontal – entre os colaboradores

  11. Canais da comunicação interna • Canais formais – instituídos pela organização. Possuem autoridade e devem buscar legitimidade. • Canais informais – como o próprio nome diz, surgem informalmente, mas ganham força na circulação interna das informações, muitas vezes superando os canais formais.

  12. Canais formais • Comunicação cultural – a fala das pessoas na organização (ex: reuniões). • Comunicação administrativa – documentos, e-mails, murais, etc. • Comunicação social – relações da organização com diferentes públicos, tais como imprensa, por meio de releases (mídia espontânea) ou publicidade (mídia paga). Também os jornais internos e outros veículos inserem-se aqui. • Sistemas de informação – que agregam as informações em bases de dados.

  13. Canais informais • Não controlados pela direção. • Percebidos em alguns casos como mais confiáveis e fidedignos do que os comunicados formais. • Largamente utilizados para servir aos interesses próprios daqueles que fazem parte dela. • Não devem ser ignorados pelo gestor.

  14. Exemplo de canal informal

  15. O que fazer com o boato? • Rádio-peão, rumor, informação inverídica, disse-me-disse, rádio-mexerico, ou, simplesmente, fofoca, boato. • O boato e suas variantes integram a rede da comunicação informal das organizações e se constitui em um contraponto psicológico à rede formal, composta pelo discurso normativo e oficial das empresas. • O boato vem, de alguma forma, compensar as falhas existentes na comunicação formal.

  16. O que fazer com o boato? • Faz mal querer combatê-lo. • Ajustes de comunicação diminuirão os boatos. • Isso inclui fazer do inimigo um aliado, ou seja, usar a força da rede de comunicação informal a favor da organização, dando mais agilidade ao fluxo das informações. • Também é importante fortalecer os canais formais da organização, minimizando os efeitos negativos

  17. Auto-crítica • A comunicação interna contribui para o desenvolvimento pessoal e profissional dos funcionários? Estimula a liberdade de expressão, é plural, democrática? Bueno

  18. A vida como ela é ... • Em geral, a comunicação interna quando não absolutamente antidemocrática, pratica a participação consentida. • “Se você tem ideias para reforçar o que pensamos, está autorizado a falar, caso contrário, cale o bico”. • Na maioria das vezes, a comunicação interna pratica o adestramento e a doutrinação, na busca de manter os funcionários como “súditos”. Bueno

  19. É possível mudar? • Sim, mas isso exige criar espaços de interação democráticos na organização, verdadeiramente participativos, onde a divergência, com responsabilidade seja estimulada. Bueno

  20. Estratégias para o reposicionamento da comunicação interna • Implantação de uma cultura de comunicação, com a capacitação dos interlocutores internos. • Alocação de recursos físicos, financeiros e humanos. • Criação e/ou aumento dos espaços informais de interação. • Redimensionamento e revitalização dos canais de relacionamento. • Profissionalização das estruturas de comunicação interna. • Incorporação das novas tecnologias. • Implementação permanente e sistemática de projetos de auditoria de comunicação interna. Bueno