slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
CLASSE FUNCIONAL ou FUNÇÃO QUÍMICA PowerPoint Presentation
Download Presentation
CLASSE FUNCIONAL ou FUNÇÃO QUÍMICA

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 71

CLASSE FUNCIONAL ou FUNÇÃO QUÍMICA - PowerPoint PPT Presentation


  • 295 Views
  • Uploaded on

CLASSE FUNCIONAL ou FUNÇÃO QUÍMICA. É o conjunto de compostos que apresentam propriedades QUÍMICAS SEMELHANTES Essa semelhança é identificada nas fórmulas através de um GRUPO FUNCIONAL. GRUPO FUNCIONAL. É um átomo ou grupo de átomos que é comum a todos os compostos da mesma função.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

CLASSE FUNCIONAL ou FUNÇÃO QUÍMICA


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
    Presentation Transcript
    1. CLASSE FUNCIONAL ou FUNÇÃO QUÍMICA É o conjunto de compostos que apresentam propriedades QUÍMICAS SEMELHANTES Essa semelhança é identificada nas fórmulas através de um GRUPO FUNCIONAL GRUPO FUNCIONAL É um átomo ou grupo de átomos que é comum a todos os compostos da mesma função

    2. ALGUMAS FUNÇÕES ORGÂNICAS H3C CH2 OH álcool H3C éter O CH3 O ácido carboxílico H3C C OH O aldeído H3C C H O H3C C CH3 cetona

    3. ALGUMAS FUNÇÕES ORGÂNICAS O éster H3C C O CH3 O amida H3C C NH2 NH2 CH3 amina primária NH CH3 amina secundária CH3 fenol OH

    4. 01)(Unifor – CE) Quando se substitui um hidrogênio do metano pelo radical hidroxila, – OH, e outro hidrogênio por radical etil, obtém-se a fórmula estrutural de um: • ácido carboxílico com 3 átomos de carbono. • aldeído com 3 átomos de carbono. • álcool com 4 átomos de carbono. • aldeído com 4 átomos de carbono. • álcool com 3 átomos de carbono. H C H3C – CH2 H OH H H

    5. 02)(Covest-1ªfase-98) O Aspartame é um composto orgânico multifuncional com propriedades adoçantes que o tornam um eficiente substituto para o açúcar comum. Sua estrutura química se encontra representada abaixo. Qual das alternativas a seguir apresenta funções orgânicas encontradas no Aspartame? O O amida éster amina H2N – CH – C – NH – CH – C – OCH3 CH2 CH2 COOH ácido carboxílico • éster, cetona, amida. • cetona, álcool, ácido carboxílico. • aldeído, amida, amina. • éter, aldeído, amina. • amina, ácido carboxílico, éster.

    6. 03) (UPE – 2007 – Q1) No composto orgânico representado pela fórmula abaixo, estão presentes as seguintes funções orgânicas: H H H O CH3 – (CHOH)2 – CHNH2 – CO2H CH3 C C C C OH OH NH2 OH ÁCIDO CARBOXÍLICO ÁLCOOL AMINA a) álcool, ácido carboxílico e amina. b) amida, aldeído e álcool. c) álcool, cetona e fenol. d) álcool, carbilamina e aldeído. e) fenol, amina e ácido carboxílico.

    7. ÁLCOOL O álcool mais conhecido é o ETANOL ou ÁLCOOL ETÍLICO Usado em ... • ... limpeza doméstica. • ... bebidas alcoólicas. • ... combustíveis.

    8. Efeitos do ETANOL no organismo O ETANOL se dissolve facilmente no sangue e se distribui por todo o organismo causando, a depender da quantidade ... • ... euforia ou tranquilidade. • ... diminuição ou perda do controle motor. • ... descontrole emocional. • ... inconsciência. • ... estado de coma. • ... morte.

    9. Classe Funcional dos Alcoóis Possui a oxidrila ( – OH) ligada diretamente a um CARBONO SATURADO C OH H H H –C – OH H – C = C – C – OH H H H H H H H – C –C – OH H H

    10. Nomenclatura oficial (IUPAC) dos alcoóis Semelhante à dos hidrocarbonetos com a terminação “OL” METANOL H3C – OH ETANOL H3C – CH2 – OH 3 2 1 H3C – CH2 – CH2 – OH PROPAN – 1 – OL 1 2 3 H3C – CH – CH3 PROPAN – 2 – OL OH A numeração tem início na extremidade mais próxima da OXIDRILA

    11. OH pent 5 4 3 2 1 pent – 3 – en – 2 – ol 3 – en H3C – CH = C – CH – CH3 2 – ol CH3 5 1 3 – etil – ciclo – pentanol 4 OH 3 2 • A numeração tem início no carbono da OXIDRILA CH2 – CH3 • Segue no sentido que dê ao substituinte o menor valor

    12. CH3 CH2 – CH3 2 – metil 4 – etil H3C – C – CH = C – CH – CH3 1 2 3 4 5 5 – metil OH CH2 – CH2 – CH3 oct – 3 – en – 2 – ol 6 7 8 4 – etil – 2, 5 – dimetil – oct – 3 – en – 2 – ol

    13. 01) Represente a fórmula estrutural dos seguintes compostos: a) 2 – metil – butan – 2 – ol; CH3 H3C H3C – C – CH2 – CH3 C – C – C – C OH OH b) 1 – metil – ciclo – hexanol;

    14. 02) Escreva o nome dos seguintes alcoóis: CH3 CH3 2 – metil propan – 1 – ol a) d) CH3 H2C – CH – CH3 H3C – CH – CH – CH3 OH OH OH 3 – metil butan – 2 – ol 2 – metil – ciclo – hexanol e)

    15. 03) Metanol e etanol são empregados como combustíveis. a) Equacione a combustão completa de cada deles metanol: CH3OH + 3 O2 CO2 + 2 H2O etanol: C2H5OH + 3 O2 2 CO2 + 3 H2O

    16. Nomenclatura usual dos alcoóis Álcool + radical ligado à oxidrila + ICO álcool metílico H3C – OH álcool etílico H3C – CH2 – OH álcool propílico H3C – CH2 – CH2 – OH H3C – CH – CH3 álcool isopropílico OH

    17. Podemos classificar o ÁLCOOL quanto ao tipo de carbono que apresenta a oxidrila em: H PRIMÁRIO SECUNDÁRIO TERCIÁRIO C OH H3C H CH3 C OH H3C H CH3 C OH H3C A oxidrila se encontra em um carbono primário A oxidrila se encontra em um carbono secundário A oxidrila se encontra em um carbono terciário CH3

    18. Pode-se também classificar os álcoois quanto ao número de oxidrilas presentes na molécula em: MONOÁLCOOL ou MONOL DIÁLCOOL ou DIOL Possui uma única oxidrila Possui duas oxidrilas CH CH H2C CH3 OH OH OH TRIÁLCOOL ou TRIOL CH2 CH H3C CH3 Possui três oxidrilas CH CH H3C CH3 OH OH OH

    19. 01) O ciclo hexanol pode ser classificado como um álcool: a) alicícliclo, monol, secundário. b) aromático, poliol, terciário. c) aromático, poliol, secundário. d) alicícliclo, monol, primário. e) aromático, monol, terciário. OH ALICÍCLICO MONOL SECUNDÁRIO

    20. 02) O tetrametil butanol é um álcool: a) primário. b) secundário. c) terciário. d) quaternário. e) nulário. tetrametil but an ol tetrametil butanol C C C C CH3 H CH3 H CARBONO PRIMÁRIO H H H ÁLCOOL PRIMÁRIO H CH3 CH3 OH

    21. ALDEÍDOS São compostos que apresentam o grupo funcional O CHO ou C H O O H3C – CH2– C H3C – CH – C H H CH3

    22. Nomenclatura oficial (IUPAC) dos aldeídos Semelhante à dos hidrocarbonetos com a terminação “AL” PROPANAL METIL – PROPANAL O O H3C – CH2– C H3C – CH – C H H CH3

    23. O H3C – CH – C = CH – C 5 4 3 2 1 H pent – 2 – enal CH3 CH2 4 – metil CH3 3 – etil 3 – etil – 4 – metil – pent – 2 – enal • A numeração tem início no carbono do GRUPO FUNCIONAL

    24. 01) Escreva o nome do seguinte aldeído: 5 4 3 2 1 2, 3, 4 – trimetil pentanal H3C – CH – CH – CH – C O H CH3 CH3 CH3

    25. CETONAS A remoção do esmalte de unhas é feita com a ACETONA Que pertence à classe funcional das CETONAS

    26. CETONAS – CO – ou São compostos que possuem o grupo funcional entre radicais orgânicos O O O H3C – C – CH – CH3 H3C – C – CH3 H3C – C – CH2 – CH3 C PROPANONA BUTANONA METIL - BUTANONA CH3 Nomenclatura oficial (IUPAC) das CETONAS Semelhante à dos hidrocarbonetos com a terminação “ONA”

    27. 01) Dê o nome das seguintes substâncias: O a) H3C – C – CH – CH3 metil - butanona CH3 O 5 4 2 1 b) H3C – CH – C – CH – CH3 2, 4 - dimetil - pentanona 3 CH3 CH3 C) 6 5 1 2, 4 - dimetil – ciclo - hexanona O 4 2 3 H3C – – CH3

    28. 02)(Vunesp) Qual das moléculas representadas possui fórmula mínima diferente das demais? 2 – butanol  C4H10O • 2 – butanol. • 2 – buten – 1 – ol. • 3 – buten – 1 – ol. • butanal. • butanona. O H3C – C – CH2 – CH3 O H3C – CH2 –CH2 – C 3 – buten-1-ol  C4H8O H 2 – buten-1-ol  C4H8O H3C – CH – CH2 – CH3 H2C – CH2 – CH = CH2 H2C – CH = CH – CH3 OH OH OH butanal  C4H8O butanona  C4H8O

    29. Havendo insaturações na cadeia, o grupo funcional terá prioridade para a numeração da cadeia carbônica O número deve ser escrito antes daquilo que ele indica O H3C C CH CH CH3 5 4 3 2 1 pent – 3 – en – 2 – ona

    30. Uma nomenclatura comum manda escrever os nomes dos radicais ligados ao grupo funcional seguidos da palavra cetona O H3C CH2C CH3 etil – metil cetona

    31. ÁCIDO CARBOXÍLICO É todo composto orgânico que possui o grupo funcional O ou COOH C OH O H3C CH2 C OH O H3C CH2 CH C OH CH3

    32. A sua nomenclatura é iniciada com a palavra ÁCIDO seguida do nome do hidrocarboneto correspondente com a terminação “ ÓICO “ O ácido propanóico CH2 H3C C OH Havendo necessidade de numeração, devemos iniciar pelo carbono do grupo funcional 4 3 2 1 O CH2 H3C CH C OH CH3 ácido – 2 – metil – butanóico

    33. CH3 CH3 4 2 1 5 O C C CH C H3C OH 3 CH2 CH3 2 – etil – 4 – fenil – 3, 4 – dimetil pent – 3 – enóico

    34. 2 – etil – 3, 3, 4 – trimetil hexanóico CH3 6 3 4 2 1 5 O H3 C C C C C H2 H H C OH CH3 CH3 CH2 CH3

    35. ÉTERES São compostos que possuem o grupo funcional R – O – R’ onde R e R’ são radicais orgânicos derivados dos hidrocarbonetos H3C CH3 O CH2 H3C CH3 O CH CH3

    36. A nomenclatura IUPAC é: HIDROCARBONETO CORRESPONDENTE AO MAIOR RADICAL PREFIXO QUE INDICA O NÚMERO DE ÁTOMOS DE CARBONO DO RADICAL MENOR + OXI + H3C – – CH2 – CH3 H3C – O – CH2 – CH3 metoxi – etano Na nomenclatura usual, segue-se o seguinte esquema: NOME DO RADICAL MENOR NOME DO RADICAL MAIOR ÉTER ICO + + + H3C – O – CH2 – CH3 H3C – – CH2 – CH3 éter metil etílico

    37. 01) O “ éter dietílico “ é uma substância de conhecidas propriedades anestésicas. Em laboratórios de pesquisa é largamente empregado como solvente. Dê a fórmula estrutural e outro nome possível para essa substância Fórmula estrutural: H3C – CH2 – O – CH2 – CH3 Outro nome: etoxi – etano

    38. ÉSTERES São compostos resultantes da substituição do hidrogênio ionizável do ácido por radicais derivados dos hidrocarbonetos O – COO – C ou Possui o grupo funcional: O O H3C CH2 C CH3 O CH3 H3C CH COO CH3

    39. REAÇÃO DE ESTERIFICAÇÃO Podemos obter um ÉSTER pela reação entre um ÁCIDO CARBOXÍLICO e um ÁLCOOL O + H3C C OH H OH H O CH3 O H2O + H3C C O CH3

    40. Nomenclatura dos ésteres parte derivada do ácido com terminação OATO radical derivado do álcool com terminação ILA de O H3C CH2 C propanoato de metila CH3 O

    41. 01) (UFPI) Os aromas de banana e do abacaxi estão relacionados com as estruturas dos dois ésteres dados abaixo: O O aroma da banana CH3 – C OCH2CH2CH2CH2CH3 etanoato de pentila butanoato de etila Escolha a alternativa que apresenta os nomes sistemáticos das duas substâncias orgânicas: aroma do abacaxi CH3CH2CH2 – C • acetilpentanoato e etilbutanoato. • etanoato de pentila e butanoato de etila. • pentanoato de etila e etanoato de butila. • pentanoato de acetila e etanoato de butila. • acetato de pentanoila e butanoato de acetila. OCH2CH3

    42. 02) (UFRN) O composto que é usado como essência de laranja tem fórmula: O H3C – C OC8H17 O nome oficial desse composto é: • butanoato de metila. • butanoato de etila. • etanoato de n – octila. • etanoato de n – propila. • hexanoato de etila.

    43. 03)PUC – RS) Flavorizantes artificiais procuram imitar o sabor e o aroma de alimentos produzidos artificialmente. Dentre esses compostos sintéticos, destacam-se os ésteres. Um exemplo de éster que pode ser usado como aditivo alimentar é: O • CH3COOH. • CH3CH2COCH2CH3. • CH3CH2CH2OH. • CH3CH2CH2COOCH2CH3. • C6H5OCH3. ou – COOR – C O – R

    44. Sais de ácidos carboxílicos Podemos obter um SAL DE ÁCIDOS CARBOXÍLICOS pela reação entre um ÁCIDO CARBOXÍLICO e uma BASE O O + NaOH Na+ OH H3C C H3C C H O – OH + H2O

    45. Nomenclatura dos sais de ácidos carboxílicos parte derivada do ácido com terminação OATO cátion derivado da base de O H3C CH2 C propanoato de sódio Na O

    46. ANIDRIDOS O O O O Podemos obter um ANIDRIDO a partir da desidratação dos ÁCIDOS CARBOXÍLICOS CH3 – C CH3 – C H O + H2O O O H CH3 – C CH3 – C ANIDRIDO

    47. O nome dos anidridos é em função do ácido do qual derivam: O O Anidrido + NOME DO ÁCIDO CH3 – C O Anidrido propanóico ou anidrido acético CH3 – C

    48. CH3 – CH2 – C O O O O Anidrido propanóico O CH3 – CH2 – C Anidrido etanóico – propanóico CH3 – C O CH3 – CH2 – C

    49. FUNÇÕES NITROGENADAS

    50. AMINAS São compostos derivados da molécula do NH3 pela substituição de um ou mais átomos de hidrogênio por radicais monovalentes derivados dos hidrocarbonetos AMÔNIA H – N – H I H CH3 – – CH3 H – N – H H – N – H CH3 – CH3 – H – N – H I H I CH3 I H I H I CH3 amina primária amina secundária amina terciária