slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Gestão do conflito escolar: da classificação dos conflitos aos modelos de mediação Álvaro Chrispino PowerPoint Presentation
Download Presentation
Gestão do conflito escolar: da classificação dos conflitos aos modelos de mediação Álvaro Chrispino

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 21

Gestão do conflito escolar: da classificação dos conflitos aos modelos de mediação Álvaro Chrispino - PowerPoint PPT Presentation


  • 151 Views
  • Uploaded on

Gestão do conflito escolar: da classificação dos conflitos aos modelos de mediação Álvaro Chrispino. O sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Rio de Janeiro – SINEPE RIO – Solicitou ao IBOPE uma pesquisa intitulada “O jovem, a sociedade e a ética”.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Gestão do conflito escolar: da classificação dos conflitos aos modelos de mediação Álvaro Chrispino' - tirzah


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

Gestão do conflito escolar:da classificação dos conflitosaos modelos de mediaçãoÁlvaro Chrispino

slide2

O sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Rio de Janeiro – SINEPE RIO – Solicitou ao IBOPE uma pesquisa intitulada “O jovem, a sociedade e a ética”.

  • Os resultados mostram quanto a escola e a educação ainda povoam o imaginário dos jovens.
conflito escolar
Conflito escolar
  • Tempos de escolarização obrigatória...
  • A seqüência de episódios violentos no espaço escolar
  • Os acontecimentos nos diversos pontos do país...

 Dificuldade brasileira pela qual já passaram outros países (EUA, França, Reino Unido, Espanha, Argentina, Chile).

A educação vem sofrendo com a falta de políticas públicas de longo prazo e efetivas no atendimento das necessidades da comunidade, vem sendo esvaziada pelo afastamento de bons docentes por conta do desprestígio e perda de salários, vem sendo ‘sucateada’ pela ineficácia dos sistemas de gestão e por recursos cada vez mais reduzidos, vem se tornando cada vez mais ‘profanada’ quando a história nos ensinou sobre uma escola cercada de respeito, pertencimento e ‘sacralidade’.(Chispino,2007)

educa o juventude e viol ncia 1
Educação, juventude e violência . 1
  • Os dois problemas mais graves do Brasil
educa o juventude e viol ncia 2
Educação, juventude e violência . 2
  • Responsável pelo bom futuro dos jovens
educa o juventude e viol ncia 3
Educação, juventude e violência .3
  • Grau de confiança nas pessoas e instituições
educa o juventude e viol ncia 5
Educação, juventude e violência .5
  • Uma boa escola deve estar voltada
conceito de conflito
Conceito de Conflito
  • Conflito é toda opinião divergente ou maneira diferente de ver ou interpretar algum acontecimento.
  • Todos os que vivemos em sociedade temos a experiência do conflito
conflito interpessoal
Conflito Interpessoal
  • Nos deteremos aqui sobre os conflitos interpessoais.
  • São exemplos de conflito interpessoal a briga de vizinhos, a separação familiar, a guerra e o desentendimento entre alunos
origem dos conflitos
Origem dos Conflitos
  • Se originam na diferença de interesses, de desejos e de aspirações. Não existe no texto a posição de erro e de acerto, mas de posições que são defendidas frente a outras, diferentes.
dificuldades das escolas
Dificuldades das Escolas:
  • Para lidar com o conflito;
  • Incapacidade de identificar as circunstâncias que derivam do conflito ou redundam nele
slide13

Em geral, nas escolas e na vida, só percebemos o conflito quando este produz suas manifestações violentas.

algumas conclus es
Algumas Conclusões
  • A) Se o conflito se manifesta de forma violenta é porque já existia antes na forma de divergência ou antagonismo, e nós não soubemos ou não fomos preparados para identificá-los;
  • B) Toda vez que o conflito se manifesta, nós agimos para resolvê-lo, coibindo a manifestação violenta. E neste caso esquecemos que problemas mal resolvidos se repetem!
conflitos escolares
Conflitos escolares
  • São os provenientes das ações próprias dos sistemas escolares ou oriundos das relações que envolvem os atores da comunidade educacional.
  • Entre docentescomunicação, interesses, disputa de poder, valores, competição, divergência de posições políticas e ideológicas.
  • Entre alunos e docentes não entender o que explicam, notas arbitrárias, falta de material, desinteresse, não serem ouvidos...
  • Entre pais, docentes e gestores  agressão entre alunos e professores, perda de material, cantina, critérios de avaliação, uso de uniforme escolar, não atendimento a requisitos ‘burocráticos’ e administrativos da gestão. (MARTINEZ ZAMPA,2005)
media o de conflito
MEDIAÇÃO DE CONFLITO
  • Os participantes, com a assistência de uma pessoa imparcial – o mediador – colocam as questões em disputa com o objetivo de desenvolver opções, considerar alternativas e chegar a um acordo mutuamente aceitável.
  • Induzir a:
    • reorientação das relações sociais, novas formas de cooperação, de confiança e solidariedade;
    • formas mais maduras, espontâneas e livres de resolver as diferenças pessoais e grupais;
    • atitudes de tolerância, responsabilidade, iniciativa.
  • PERCEBER O CONFLITO E A CAPACIDADE DE LIDAR POSITIVAMENTE COM ELE  diálogo.
op o 1 lidar positivamente com o conflito ou 2 com a manifesta o violenta do conflito viol ncia
Opção : 1) Lidar positivamente com o conflito ou2) com a manifestação violenta do conflito  violência
  • As escolas que valorizam o conflito e aprendem a trabalhar com essa realidade, são aquelas em que o diálogo é permanente, objetivando ouvir as diferenças para melhor decidirem; onde a explicitação do pensamento é incentivada, objetivando o aprendizado da exposição de idéias por meio de assertividade e comunicação eficaz; onde o currículo considera as oportunidades para discutir soluções alternativas para os conflitos no campo das idéias, das ideologias, do poder, da posse, das diferenças de toda ordem; onde as regras são explícitas, faladas e discutidas.