slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
funções executivas e transtornos globais do desenvolvimento PowerPoint Presentation
Download Presentation
funções executivas e transtornos globais do desenvolvimento

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 49

funções executivas e transtornos globais do desenvolvimento - PowerPoint PPT Presentation


  • 97 Views
  • Uploaded on

José Salomão Schwartzman Pós-graduação em Distúrbios do Desenvolvimento Universidade Presbiteriana Mackenzie. funções executivas e transtornos globais do desenvolvimento. TGD: características principais. condição de causa neurobiológica componente hereditário influências ambientais

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'funções executivas e transtornos globais do desenvolvimento' - romney


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1
José Salomão Schwartzman

Pós-graduação em Distúrbios do Desenvolvimento

Universidade Presbiteriana Mackenzie

funções executivas e transtornos globais do desenvolvimento

tgd caracter sticas principais
TGD: características principais
  • condição de causa neurobiológica
    • componente hereditário
    • influências ambientais
  • prejuízos significativos :
    • na interação social
    • na comunicação
    • no comportamento
  • início antes dos 3 anos de idade
slide3

autismo

Asperger

TISOE

transtornos do espectro autista

slide4

TGD: epidemiologia

  • Prevalência
    • 1:160
  • ocorrência em irmãos estimada em 4,5%: 50 a 100 vezes maior do que na população geral
  • concordância em gêmeos monozigóticos: 95%
tgd prejuizos neurocomportamentais
TGD: prejuizos neurocomportamentais
  • na mudança do foco de atenção
  • no ajuste da distribuição espacial da atenção
  • na modulação da vigília e atenção
  • no processamento das informações
  • na modulação sensorial
  • na coerência central
  • na flexibilidade comportamental
slide6

Padrão peculiar do desenvolvimento encefálico em crianças com desordem autísticaCourchesne et al., Neurology2001

  • estudados 60 meninos autistas e 52 controles (idades entre 2 e 16 anos)
  • o perímetro cefálico mostrava-se normal ao nascimento nas crianças autistas
  • entre 2 e 4 anos, 90% dos meninos autistas apresentavam volume cerebral acima da média, e 37% preenchiam o critério para diagnóstico de macrocrania
  • hiperplasia foi observada na substância cinzenta e branca
  • autistas mais velhos não apresentavam esta alteração
slide7

autismo (n=30)

controles (n=12)

1500

1500

média dos controles

1300

1300

volume encefálico total (ml)

1100

1100

média dos autistas

900

900

idade em anos

Courchesne et al., 2001

slide8

Autismo e cerebelo

  • em 1985, Courchesne descreveu alterações cerebelares como uma característica comum do autismo infantil
  • Uma década mais tarde, resultados de 16 autópsias e de estudos por ressonância nuclear magnética realizados em nove laboratórios (240 casos) confirmaram a presença de anormalidades cerebelares
slide10

autista

hiperplasia

normal

autista

hipoplasia

modificado de Courchesne et al. (1994)

slide11

ventrículo lateral

cerebelo

corpo amigdalóide

IV ventrículo

slide12

Transtornos Globais do Desenvolvimento

  • teorias psicodinâmicas
  • síndrome disexecutiva
  • teoria da mente (mindblindness)
  • déficit na coerência central
  • déficit no sistema neurônios espelho
  • autismo: uma forma extrema de cérebro masculino
slide13

Transtornos Globais do Desenvolvimento

  • teorias psicodinâmicas
  • síndrome disexecutiva
    • teoria da mente (mindblindness)
    • déficit na coerência central
    • déficit no sistema neurônios espelho
fun es executivas
Funções executivas
  • síndrome dorsolateral:
    • inabilidade em organizar respostas a estímulos novos ou complexos
    • prejuízos na mudança do foco de atenção
    • dificuldade em seguir estratégias
    • inabilidade em organizar informações de modo a fazer frente às demandas do ambiente
    • organização temporal das ações no domínio do comportamento, cognição e linguagem
    • perseveração
    • ecolalia
fun es executivas1
Funções executivas
  • síndrome orbitofrontal e frontal medial:
    • desinibição
    • comportamentos inadequados
    • irritabilidade
    • labilidade do humor
    • distratibilidade
    • inabilidade para responder à pistas sociais
    • comprometimento na expressão e controle de comportamentos emocionais e instintivos
disfun o fun es executivas evid ncias
Disfunção funções executivas: evidências
  • pacientes com lesões pré-frontais apresentam sinais e sintomas similares aos de pessoas com autismo
    • prejuízo no juízo crítico relacionado à regras sociais
    • problemas atencionais
    • prejuízo na memória de trabalho
    • perseveração
slide27
Acquired personality traits of autism following damage to the medial prefrontal cortex Umeda et al., 2009
  • TO, 31 anos, masculino, operado de tumor frontal
    • ressonância magnética: lesão prefrontal esquerda chegando à área motora suplementar e cíngulo anterior
  • HC, 56 anos, masculino, operado anomalia vascular cerebral
    • ressonância magnética: lesão prefrontal direita e cíngulo anterior chegando à área motora suplementar
slide28

E

ressonância magnética de TO: lesão prefrontal esquerda,

área motora suplementar e cíngulo anterior

slide29

E

ressonância magnética de HC: lesão prefrontal direita,

área motora suplementar e cíngulo anterior

slide30
Acquired personality traits of autism following damage to the medial prefrontal cortex Umeda et al., 2009
  • os dois pacientes pontuaram positivamente para síndrome de Asperger ou autismo de alto funcionamento no AQ Questionaire (Baron-Cohen et al., 2001)
  • ambos apresentavam prejuizos na teoria da mente em situações cotidianas, reduzida procura espontânea para se comunicar com os outros e foco excessivo em um único assunto
impaired prefrontal hemodynamic maturation in autism and unaffected siblings kawakubo et al 2009
Impaired Prefrontal HemodynamicMaturation in Autism and Unaffected Siblings Kawakubo et al.,2009
  • comparados:
    • 27 TEA de alto funcionamento
    • 24 irmãos não afetados
    • 27 controles saudáveis
      • idade variando entre 5 e 39 anos
  • concentração relativa de hemoglobina no córtex pré-frontal (espectroscopia)
  • tarefa de fluência verbal (palavras se iniciando por uma sílaba)
slide32

Impaired Prefrontal Hemodynamic Maturation in Autism and

Unaffected Sibligns Kawakubo et al., 2009

oxiemoglobina

desoxiemoglobina

adultos

crianças

esquerdo

direito

esquerdo

direito

TEA

irmãos

controles

médias das alterações na concentração de hemoglobina durante tarefa de fluência verbal

slide33

Impaired Prefrontal Hemodynamic Maturation in Autism and

Unaffected Sibligns Kawakubo et al., 2009

TEA

irmãos

controles

média da variações da oxiemoglobina

idade

slide34
AnatomicalDifferences in theMirrorNeuron System and Social Cognition Network in AutismHadjikhni et al., 2005
  • estudaram 14 TEA de alto rendimento e grupo controle pareado por sexo, idade, QI, preferência manual
  • ressonância magnética estrutural e obtenção de mapas da espessura do córtex
  • resultados:
    • redução ( significativa) espessura cortical nos TEA x controles
      • giro frontal inferior, lobo parietal inferior e sulco temporal superior
      • córtex prefrontal, cíngulo anterior, córtex parietal medial, giro supramarginal. córtex temporal médio e inferior
slide35

anterior

espessura

menor

esquerdo

direito

slide36
Autism is characterizedby dorsal anterior cingulatehyperactivation during social targetdetection. Dichter et al., 2009
  • 15 adultos (uma mulher)
    • idade média de 23.3+- 11.1 anos
    • 13 destros
  • grupo controle pareado por idade e sexo
    • 19 adultos (uma mulher)
    • idade média de 28+-7.9 anos
    • 18 destros
  • tarefa de respostas a estímulos visuais: alvo e inesperados
slide37
Autism is characterizedby dorsal anterior cingulatehyperactivation during social targetdetection. Dichter et al., 2009
  • resultados:
    • ativação maior no grupo TEA nos alvos sociais e não sociais
    • nos alvos sociais o grupo TEA mostrou maior ativação no giro frontal médio inferior direito e em uma região do córtex prefrontal dorsomedial (área 32) e giro cingulado anterior
  • estes dados sugerem que o cíngulo anterior media a detecção de alvos sociais em indivíduos normais e estaria implicado nos prejuízos do controle de informações sociais em pessoas com TE
slide38

Áreas cerebrais mostrando maior ativação nos TEA em comparação com os controles

ativação no giro frontal médio inferior direito e em uma região do córtex prefrontal dorsomedial (área 32) e giro cingulado anterior

slide39

percentual de acertos

tempo de reação ms

Acertos e tempo de reação durante a realização das tarefas

slide40

Novas possibilidades na avaliação neuropsicológica dos transtornos invasivos do desenvolvimento: análise dos movimentos oculares. Orsati et al. 2008

  • 10 pessoas com diagnóstico de TGD
    • idade média de 11,9 (DP=3,22)
      • WISC Execução: normal
  • grupo controle pareado por idade e sexo
  • registro dos movimentos oculares pelo equipamento Tobbii (Tobii Tecnology)
slide41

Novas possibilidades na avaliação neuropsicológica dos transtornos invasivos do desenvolvimento: análise dos movimentos oculares. Orsati et al. 2008

  • tarefa de sacada preditiva
    • avalia regulação de atenção
    • preparação para resposta e antecipação
  • tarefa de anti-sacada
    • planejamento
    • inibição de resposta
    • auto-monitoramento
slide42

Novas possibilidades na avaliação neuropsicológica dos transtornos invasivos do desenvolvimento: análise dos movimentos oculares. Orsati et al. 2008

  • resultados
    • diferenças significativas controles/TGD:
    • sacada preditiva
      • número de acertos
      • erros
      • latência
    • anti-sacada
      • erros seguidos por acertos
slide43

Sacada preditiva

controle

TGD

slide44

Antisacada

controle

TGD

slide45

Novas possibilidades na avaliação neuropsicológica dos transtornos invasivos do desenvolvimento: análise dos movimentos oculares. Orsati et al. 2008

  • conclusões
    • os resultados obtidos indicam prejuízos na regulação da atenção voluntária, inibição de respostas, planejamento e iniciação de respostas no grupo TEA.
refer ncias
Referências
  • Bosa CA
    • As Relações entre Autismo, Comportamento Social e Função Executiva
    • Psicologia: Reflexão e Critica, 2001, 14
  • Dichter GS, Felder JN, Bodfish
    • Autism is characterized by doirsal anterior cingulate hyperactivation during social target detection
    • SCAN, 2009, 4
  • Orsati FT, Schwartzman JS, Brunoni , Mecca T, Macedo EC
    • Novas possibilidades na avaliação neuropsicológica dos transtornos invasivos do desenvolvimento: análise dos movimentos oculares
    • Avaliação Psicológica, 2008, 7
  • Duncan J
    • Disorganization of behavior after frontal lobe damage.
    • Cognitive Neuropsychology, 1986, 3
slide49

José Salomão Schwartzman

josess@terra.com.br

www.schwartzman.com.br