slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Professor Edley PowerPoint Presentation
Download Presentation
Professor Edley

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 13

Professor Edley - PowerPoint PPT Presentation


  • 132 Views
  • Uploaded on

Professor Edley. www.professoredley.com.br. Em Busca do Ouro. A cidade de Ouro Preto (MG), fundada em 1711 com o nome de Vila Rica, mantém viva por meio da preservação de suas construções e da urbanização original, a memória da época em que o Brasil era colônia portuguesa. A Corrida do Ouro.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Professor Edley' - ophrah


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

Professor Edley

www.professoredley.com.br

slide2

Em Busca do Ouro

A cidade de Ouro Preto (MG), fundada em 1711 com o nome de Vila Rica, mantém viva por meio da preservação de suas construções e da urbanização original, a memória da época em que o Brasil era colônia portuguesa.

slide3

A Corrida do Ouro

Em 1693, os bandeirantes paulistas encontraram as primeiras pepitas de ouro no território, em uma região que passou a se chamar Minas Gerais.

Quando a notícia se espalhou, pessoas de diversas origens e regiões se dirigiram para onde ficavam as minas, em busca de fazer fortunas no garimpo. A busca pelo ouro foi tão intensa que, em alguns vilarejos, não havia mais homens adultos.

A exploração do ouro gerou um crescimento rápido e desordenado da região das minas. Hospedarias, armazéns e depósitos deram origem a núcleos de povoamento nas áreas próximas das minas, fundando vilas e cidades grandes, como Vila Rica (30 mil habitantes), Mariana e São João del Rey (10 mil habitantes cada).

slide4

A Corrida do Ouro

Preocupado com o domínio desordenado da região, o governo português interviu e enviou militares para o local, criou órgãos para a concessão de terras e fixou impostos para os mineradores.

Paralelamente, em 1729, na atual cidade de Diamantina (MG) foram descobertas minas de diamante e de outras pedras preciosas. Essa extração ficou sob o controle de Portugal e somente alguns poucos colonos tinham permissão de extrair e comercializar essas pedras.

Representação da vila de Mariana (MG), pintada por Thomas Ender, em 1832.

slide5

O Cotidiano nos Garimpos

Nas minas de ouro, a maior parte dos serviços era feita pelos cativos.

Os brancos representavam os feitores, que estavam no local para vigiar os escravos e garantir que não pegassem para si nenhum metal encontrado.

Lavagem do ouro no monte Itacolomi (c.1835), litografia de Johann Moritz Rugendas.

slide6

A Extração do Metal

A extração do ouro era feita nas águas dos rios e nas encostas dos morros.

slide7

As Mulheres e a Mineração

Na mineração as mulheres se dedicavam ao comércio.

As negras de tabuleiro, vendedoras ambulantes que ofereciam bebida e comida aos mineradores, geralmente eram livres e trabalhavam por conta própria.

Elas transitavam pelas vilas, roças e arraiais, vendendo suas mercadorias para pessoas de diferentes origens sociais.

Vendedoras ambulantes em detalhe da litografia Lavagem do ouro no monte Itacolomi (c.1835).

slide8

O Tropeiros e o Comércio entre Províncias

A exploração do ouro intensificou o comércio interno da colônia. A região de Minas Gerais era rica, mas só produzia ouro. Assim, todas as mercadorias, como alimentos, roupas e ferramentas, vinham de outras províncias.

Quem abastecia Minas Gerais eram os tropeiros que, ao carregar mercadorias da metrópole, Bahia, Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo e do sul do país, criaram rotas e paragens fundamentais para o comércio e manutenção da colônia.

Tropeiros com seus animais em gravura de Thomas Ender (1817).

slide9

Impostos e Revoltas nas Minas

Um dos órgãos criados pelo governo português para controlar a extração de metais preciosos foi a Intendência das Minas.

Intendência das Minas

Fiscalização e exploração das minas.

Julgamento e aplicação das leis.

Cobrança de impostos.

Casas de fundição: todo metal retirado das minas deveria ser fundido, transformado em barras de tamanho padrão e conter o selo real.

Lei do quinto: 20% de todo ouro encontrado deveria ser enviado para Portugal, em forma de imposto.

slide10

Impostos e Revoltas nas Minas

Em 1720, um grupo de garimpeiros se reuniu em Vila Rica para reivindicar o fim das Casas de Fundição, dos postos de fiscalização e perdão pelos atos de rebeldia. Essa revolta ficou conhecida como Revolta de Vila Rica.

Os principais líderes do movimento foram o fazendeiro Pascoal da Silva Guimarães e o tropeiro Filipe dos Santos Freire.

O governador, conde de Assumar, simulou aceitar as reivindicações, mas invadiu Vila Rica, prendeu os líderes do movimento e incendiou suas casas.

Julgamento de Filipe dos Santos (1923), pintura de Antônio Parreiras que representa a condenação do líder da Revolta de Vila Rica.

slide11

Cultura e Cotidiano

Entre os negros livres havia diversas profissões, como carpinteiros, ferreiros, músicos, escultores, cozinheiros

e alfaiates.

Houve grande participação de negros, brancos e pardos na produção artística da região, entre as quais destacamos Aleijadinho e Manuel da Costa Ataíde.

Pintura no teto da Igreja de São Francisco de Assis, feita por Manuel da Costa Ataíde.

slide12

Referência Bibliográfica

  • Projeto Teláris: História / Gislane Campos de Azevedo,
  • Reinaldo Seriacopi. – 1ª Edição – São Paulo: Ática, 2012.
slide13

Professor Edley

www.professoredley.com.br