O QUE É A AÇÃO SOLIDÁRIA ADVENTISTA: ASA? - PowerPoint PPT Presentation

slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
O QUE É A AÇÃO SOLIDÁRIA ADVENTISTA: ASA? PowerPoint Presentation
Download Presentation
O QUE É A AÇÃO SOLIDÁRIA ADVENTISTA: ASA?

play fullscreen
1 / 27
O QUE É A AÇÃO SOLIDÁRIA ADVENTISTA: ASA?
374 Views
Download Presentation
morse
Download Presentation

O QUE É A AÇÃO SOLIDÁRIA ADVENTISTA: ASA?

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. O QUE É A AÇÃO SOLIDÁRIA ADVENTISTA: ASA? A Ação Solidária Adventista (ASA) consiste nas múltiplas iniciativas solidárias e de serviços de assistência social, que realiza a igreja local de maneira organizada, através de seus líderes e membros a favor de seus semelhantes, baseados nos princípios bíblicos e orientações do Espírito de Profecía. É um ramo das atividades missionárias da igreja.

  2. NOMES UTILIZADOS PARA O TRABALHO SOCIAL NAS IGREJAS Pesquisa - 2008 • Países Hispanos • Argentina: ADRA/Dorcas • Bolívia: Dorcas • Chile: Dorcas • Equador: Dorcas • Paraguai: ADRA/Dorcas • Peru: Dorcas • Uruguai: Dorcas • Uniões Brasileiras • UCB: ADRA • UCOB: ADRA • UEB: ADRA • UNeB: ASA (*) • USB: ADRA • UNB: ASA (*) (*) ASA: Assistência Social Adventista

  3. NOMES SUGERIDOS PARA O TRABALHO SOCIAL NAS IGREJAS • Dorcas: 3 • Ministério do Amor: 2 • Ministério da Bondade: 1 • Ministério Social (Adventista): 5 • Ministério de Assistência Social: 2 • Ministério da Solidaridade: 1 • Assistência Social Adventista: 9 • Ação Social Adventista: 2 • Serviço Social Adventista: 1 • Agência Social Adventista: 1 • Serviço Comunitário Adventista: 1 • ADRA: 3 • ADRA/ASA: 2 • ADRA / Ministério Social: 1 • Posto de ADRA: 1 • Trabalho Social: 1 Problema para o Brasil

  4. POR QUE AÇÃO SOLIDÁRIA ADVENTISTA: ASA?

  5. ESTRUTURA • DSA: Coordenador ASA • União: Coordenador ASA • Assoc./Missões: Coordenador ASA • Igreja: Diretor(a) da ASA

  6. MATERIAL PARA CAPACITAÇÃO DA IGREJA Pesquisa - 2008 2008: Somente Argentina, Paraguai e dois campos do Brasil. Vários mencionaram não conhecer o material.

  7. Adaptado e publicado pelo Departamento de Atividades Missionárias da DSA João Riffel – Diretor da Obra de Assistência Social da DSA (ESP 1963 / POR 1964)

  8. “Nenhum outro assunto tem preocupado tanto aos dirigentes da obra social adventista como a extrema necessidade de un manual que sirva de orientação destas atividades... Estamos atrasados na importante tarefa do bom samaritano, em grande medida pela falta de orientação, do sistema de trabalho e organização”. João Riffel – Diretor da Obra de Assistência Social da DSA (1963) “Não pode haver maior meio de representação do verdadeiro espírito da mensagem adventista do que mediante as boas obras que Deus deseja que pratiquemos como povo. Um dos mais poderosos testemunhos da igreja adventista em todo o mundo hoje é nossa disposição de ajudar em tempo de calamidade e aonde possa haver necessidade social. Ao fazer a obra de ajudar aos pobres, cuidar dos feridos e atribulados, estamos fazendo o verdadeiro trabalho missionário para o qual Deus nos comissionou em todo o mundo de hoje”. James J. Aitken - Presidente da DSA (1963)

  9. MATERIAIS • MANUAL • VÍDEO – AULA • POWER POINT

  10. CAPÍTULO 1 A BENEFICÊNCIA SOCIAL E O CRISTIANISMO CAPÍTULO 2 CRIADOS PARA SERVIR CAPÍTULO 3 O QUE É A AÇÃO SOLIDÁRIA ADVENTISTA: ASA? CAPÍTULO 4 ORGANIZANDO ASA NA IGREJA CAPÍTULO 5 INTRODUÇÃO AOS PROJETOS SOCIAIS CAPÍTULO 6 ESTRUTURANDO, IMPLEMENTANDO E AVALIANDO PROJETOS SOCIAIS CAPÍTULO 7 RECURSOS CAPÍTULO 8 ATENCÃO EM EMERGÊNCIAS E DESASTRES

  11. CAPÍTULO 1 A BENEFICÊNCIA SOCIAL E O CRISTIANISMO OBJETIVOS DO TEMA • Compreender que a benevolência é uma demonstração prática do nosso amor a Deus e ao próximo. • Confirmar que as iniciativas dirigidas a assistência e desenvolvimento social provem de um fundamento bíblico sólido e do Espírito de Profecía.

  12. CAPÍTULO 2 CRIADOS PARA SERVIR OBJETIVOS DO TEMA • Enfatizar que fomos criados para servir e que servir é honrar e glorificar a Deus. • Reflexionar sobre as características do verdadeiro serviço exemplificado na vida de Jesus.

  13. CAPÍTULO 3 O QUE É A AÇÃO SOLIDÁRIA ADVENTISTA : ASA? OBJETIVOS DO TEMA • Dar a conhecer o que é a Ação Solidária Adventista, sua identidade, sua dependência dentro da estrutura da igreja e seu ámbito de desempenho. • Reflexionar sobre as oportunidades que a igreja tem de projetar-se e servir a comunidade em seu entorno.

  14. CAPÍTULO 4 ORGANIZANDO A ASA NA IGREJA OBJETIVOS DO TEMA • Orientar a igreja em quanto a formação da equipe da ASA e suas respectivas responsabilidades. • Apresentar alguns procedimientos básicos necessários para a organização do trabalho. • Incentivar a coordenação entre ASA, ADRA, ministérios, departamentos e instituições da igreja, assim como com organizacões afins fora da igreja.

  15. CAPÍTULO 5 INTRODUÇÃO AOS PROJETOS SOCIAIS OBJETIVOS DO TEMA • Dar a conhecer os conceitos básicos e esferas de ação dos projetos sociais. • Incentivar a ASA a servir de maneira equilibrada tanto com ações assistenciais como com as de desenvolvimento humano. • Compreender que nossas ações de solidariedade devem ser para alcançar transformação positiva e duradoura na vida daqueles a quem servimos.

  16. CAPÍTULO 6 ESTRUTURANDO, IMPLEMENTANDO E AVALIANDO PROJETOS SOCIAIS OBJETIVOS DO TEMA • Enfatizar a importância de elaborar projetos bem planejados, organizados, consistentes e de supervisioná-los continuamente. • Desenvolver habilidades na equipe da ASA para estruturar, implementar e avaliar projetos sociais.

  17. CAPÍTULO 7 RECURSOS OBJETIVO DO TEMA • Apresentar as diferentes fontes e tipos de recursos, assim como dar orientações básicas sobre as formas de arrecadação dos mesmos.

  18. CAPÍTULO 8 ATENÇÃO A EMERGÊNCIAS E DESASTRES OBJETIVOS DO TEMA • Conhecer as características dos diferentes tipos de desastres e o papel que a igreja pode exercer através da ASA, estando afetada ou não por essa situação. • Aclarar o procedimento da coordenação entre ADRA e ASA frente a situações de emergência e desastres.

  19. RELAÇÃO ENTRE ADRA E ASA

  20. RELAÇÃO ENTRE ADRA E ASA Ambas tem a mesmarazão de existir: Seguir oexemplo de Cristo aoviver para ajudaraosnecessitadosetrabalharemseu favor.

  21. RELAÇÃO ENTRE ADRA E ASA Muito importante: A igreja necessita de ambas!

  22. RELAÇÃO ENTRE ADRA E ASA ADRA apoiará o crescimento da ASA através de: • Participação em treinamentos sobre a beneficência social para os coordenadores da ASA das Uniões e Campos, e dos membros da ASA das igrejas, quando os campos o solicitem. • Preparação de alguns materiais afim, tais • como manuais, vídeos, panfletos, etc. • Buscar recursos (financeiros e materiais) para • determinados projetos que possam ser • desenvolvidos e administrados com a capacidade • da igreja local. Exemplos: Projetos de • alfabetização, geração de renda, etc.

  23. RELAÇÃO ENTRE ADRA E ASA A ASA apoiará a ADRA especialmente com: • Os voluntários da igreja são um recurso de extremo valor para a agência, sobre tudo, durante as situações de emergência. • Os voluntários da igreja dão uma visibilidade significativa a agência, tornando-a conhecida como a agência humanitária oficial da IASD. • A organização que a ASA tem e o compromisso com os valores e princípios bíblicos facilita a implementação de determinados projetos cujos recursos são captados por ADRA.

  24. Todo ato de justiça, misericórdia e benevolência, produze melodia no céu. O Pai desde seu trono contempla aqueles que realizan estes atos de misericórdia, e os conta entre seus mais preciosos tesouros. “E serão para mim um especial tesouro, dice Jehová do exércitos, no dia en que eu atue". Todo ato de misericórdia em prol dos necessitados, os que sofrem, é considerado como feito ao próprio Jesus” (Beneficência Social, p. 330).