IGREJA EVANGÉLICA S.O.S JESUS - E B LIÇÃO 21 - 26/08/2013 - E B A JUSTIÇA NO LIVRO DE JÓ - PowerPoint PPT Presentation

igreja evang lica s o s jesus e b li o 21 26 08 2013 e b a justi a no livro de j n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
IGREJA EVANGÉLICA S.O.S JESUS - E B LIÇÃO 21 - 26/08/2013 - E B A JUSTIÇA NO LIVRO DE JÓ PowerPoint Presentation
Download Presentation
IGREJA EVANGÉLICA S.O.S JESUS - E B LIÇÃO 21 - 26/08/2013 - E B A JUSTIÇA NO LIVRO DE JÓ

play fullscreen
1 / 16
Download Presentation
IGREJA EVANGÉLICA S.O.S JESUS - E B LIÇÃO 21 - 26/08/2013 - E B A JUSTIÇA NO LIVRO DE JÓ
72 Views
Download Presentation

IGREJA EVANGÉLICA S.O.S JESUS - E B LIÇÃO 21 - 26/08/2013 - E B A JUSTIÇA NO LIVRO DE JÓ

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. IGREJA EVANGÉLICA S.O.S JESUS - E B LIÇÃO 21 - 26/08/2013 - E B A JUSTIÇA NO LIVRO DE JÓ TEXTO ÁUREO • “Porventura, perverteria Deus o direito, e perverteria o Todo-Poderoso a justiça?”Jó 8.3 VERDADE APLICADA • A organização da Justiça nos dias atuais não é uma invenção do homem moderno, mas uma prática dos filhos de Deus desde a antiguidade. OBJETIVOS DA LIÇÃO • Conduzir os alunos a uma abordagem do livro de Jó focada na justiça e no direito. • Ampliar o conhecimento jurídico dos alunos e leitores através da contextualização do livro de Jó. • Mostrar, pelo exemplo de Jó, que Deus espera de seus filhos que clamem incansavelmente por justiça. TEXTO DE REFERÊNCIA Jó 4.7,8; 6.24,29,30;9.32

  2. IGREJA EVANGÉLICA S.O.S JESUS - E BLIÇÃO 21 - 26/08/2013 - E B A JUSTIÇA NO LIVRO DE JÓ INTRODUÇÃO • LIVRO DE JÓ => • PALAVRAS DIVINAS PARA CONSOLAR OS QUE SOFREM IMERECIDAMENTE. PODEMOS IR ALÉM: • DEBATE SOBRE JUSTIÇA E DIREITO. • O SOFRIMENTO INJUSTIFICÁVEL DE JÓ. • DISCUSSÃO SOBRE O SOFRIMENTO. • CONOTAÇÃO COM OS NOSSOS DIAS. • RECOMPENSA DE DEUS, FIDELIDADE.

  3. IGREJA EVANGÉLICA S.O.S JESUS - E BLIÇÃO 21 - 26/08/2013 - E B A JUSTIÇA NO LIVRO DE JÓ 1.JÓ ANSEIA PELA JUSTIÇA DE DEUS 1.1. FILOSOFIA JURÍDICA DO TEMPO DE JÓ • Para o “Promotor” Elifaz as tribulações podem ser: • 1º Casualidades que podem ser sofridas por justos e injustos. (Jó 5.7) • 2º Justas retribuições ao comportamento humano.(Jó 5.2-5) • 3º Medidas justas e disciplinares de Deus para remover a iniqüidade. (5.17)

  4. IGREJA EVANGÉLICA S.O.S JESUS - E BLIÇÃO 21 - 26/08/2013 - E B A JUSTIÇA NO LIVRO DE JÓ 1.JÓ ANSEIA PELA JUSTIÇA DE DEUS 1.2. ALEGAÇÃO DE INOCÊNCIA DE JÓ • “Promotores” de justiça buscam culpa: • Amigos de Jó apresentam as razões pelo seu sofrimento. (Jó 4.17, 8.4, 11.3,6) • Jó insiste que foi Deus que o atingiu (Jó 6.4) • Apresenta propósitos de Deus. (Jó 7.20,21) • Jó alega sua inocência (Jó 6.28-30). • Advoga em causa própria, dispensa “defensores”/ mediadores. (Jó 13.7,8) • Apresenta sua defesa diretamente ao Juiz. (Jó 13.3)

  5. IGREJA EVANGÉLICA S.O.S JESUS - E BLIÇÃO 21 - 26/08/2013 - E B A JUSTIÇA NO LIVRO DE JÓ 1.JÓ ANSEIA PELA JUSTIÇA DE DEUS 1.3. JÓ CONHECE A JUSTIÇA DE DEUS • Jó e Bildade reconhecem a equidade de Deus. • Mesmo o homem justo não tem condição de se justificar diante dEle. (Jó 9.15,32) • A justiça de Deus é incompreensível ao homem. • Jó deseja entender os propósitos de Deus.(Jó 9.24, 10.4-8, 12,13) • Jó dirige-se a Deus com temor, sem pavor. (Jó 9.34,35) • Jó reconhece que o Senhor é: • Poderosíssimo, santo e justo Juiz (Jó 9.19).

  6. IGREJA EVANGÉLICA S.O.S JESUS - E BLIÇÃO 21 - 26/08/2013 - E B A JUSTIÇA NO LIVRO DE JÓ 2.JÓ QUER UM JULGAMENTO JUSTO 2.1.JÓ QUER SABER QUAL É A ACUSAÇÃO • Depois das tragédias Jó era sinônimo de: • Pecado, injustiça e perversidade. • Muitos passam por isso e são condenados. • Os amigos “promotores” de Jó afirmam: • “Está colhendo aquilo que plantou”. (Jó 15.6,24,25) • Jó pede que revelem seu erro; • Listem suas culpas e pecados.(Jó 13.23) • Notifiquem suas transgressões. • Estes direitos são, hoje, garantidos por lei. “Todo homem tem direito, em plena igualdade, a uma justa e pública audiência...”(Art 10 Const. Fed).

  7. IGREJA EVANGÉLICA S.O.S JESUS - E BLIÇÃO 21 - 26/08/2013 - E B A JUSTIÇA NO LIVRO DE JÓ 2.JÓ QUER UM JULGAMENTO JUSTO 2.2.JÓ QUER INVESTIGAÇÃO DE SUA VIDA • Acusações generalizadas, inconsistentes: • Baseadas nas desgraças sobre sua vida. • Jó pede que investiguem seu passado.(Jó 31.5-40) • Se acharem impiedade, iniqüidade e corrupção: • Ele suportaria a penalidade sem apelar. • Atualmente um juiz para inocentar ou condenar; • Leva em conta os antecedentes do réu.

  8. IGREJA EVANGÉLICA S.O.S JESUS - E BLIÇÃO 21 - 26/08/2013 - E B A JUSTIÇA NO LIVRO DE JÓ 2.JÓ QUER UM JULGAMENTO JUSTO 2.3.JÓ QUER TER DIREITO À DEFESA • Os amigos de Jó o acusaram: • Não tinha direito de apregoar a dor; • Não podia alegar inocência; • Nem fazer alarde de sua integridade. • Jó acreditava que tinha esses direitos.(Jó 16.1-3) • Junto ao tribunal de Deus. (Jó 13.3, 23.3) • Atualmente as sentenças só têm valor; • Se forem julgadas por tribunal competente; • O tribunal de Deus transcende ao humano.

  9. IGREJA EVANGÉLICA S.O.S JESUS - E BLIÇÃO 21 - 26/08/2013 - E B A JUSTIÇA NO LIVRO DE JÓ 3.COMO ERA A JUSTIÇA NO TEMPO DE JÓ 3.1.COMO JÓ ENTENDIA A JUSTIÇA • O livro de Jó é do tempo patriarcal. • Noção de justiça refinada, “pecado limitado”. • Mostra o caráter santo e justo de Deus. • Jó cria que Deus tinha criado os homens: • Tinha dado a eles toda sorte de bens; • Era criador da justiça e distribuidor do direito. • Tudo que o homem recebia não era por sua justiça; • Mas pela generosidade e imparcialidade de Deus. (Jó 1.21) • Jó defendia:(Jó 6.14) Que os homens imitassem a Deus no trato dos aflitos. Que demonstrassem compaixão aos que estavam sob julgamento divino.

  10. IGREJA EVANGÉLICA S.O.S JESUS - E BLIÇÃO 21 - 26/08/2013 - E B A JUSTIÇA NO LIVRO DE JÓ 3.COMO ERA A JUSTIÇA NO TEMPO DE JÓ 3.2.COMO OS IDOSOS ENTENDIAM A JUSTIÇA • Partilhava com Jó a noção de que Deus origina e detém a Justiça. • Acreditavam que só os ímpios passavam por adversidades. • Os bens materiais e morais, vigor físico e segurança: • Eram recompensas divinas ao bom comportamento humano. • Por isso acusavam Jó de impiedade.

  11. IGREJA EVANGÉLICA S.O.S JESUS - E BLIÇÃO 21 - 26/08/2013 - E B A JUSTIÇA NO LIVRO DE JÓ 3.COMO ERA A JUSTIÇA NO TEMPO DE JÓ 3.3.COMO OS JOVENS ENTENDIAM A JUSTIÇA • Eliú (juventude) entendia que a justiça de Deus: • Era majestosa - o homem não poderia satisfazê-la. • Ele defende: (Jó 33.23,24) • Um “resgatador” à altura da justiça de Deus; • Com um resgate satisfatório; • O homem alcançará misericórdia do Supremo Juiz. • Jó teve que calar a sua justiça e confessar impiedade!

  12. IGREJA EVANGÉLICA S.O.S JESUS - E BLIÇÃO 21 - 26/08/2013 - E B A JUSTIÇA NO LIVRO DE JÓ 4.OS JULGAMENTOS NO TEMPO DE JÓ 4.1.AS DEMANDAS ERAM JULGADAS DIANTE DE UM TRIBUNAL • O livro de Jó mostra que: • A Justiça atual não é invenção do homem moderno • É a prática dos filhos de Deus desde a antiguidade. • “Ah se soubesse onde a poderia achar...”(Jó 23.3) • Jó anelava pelo Tribunal de Deus. • Indicativo de que existiam tribunais onde: • As causas do povo eram julgadas; • A Justiça era distribuída. Havia competência e hierarquia entre os tribunais.

  13. IGREJA EVANGÉLICA S.O.S JESUS - E BLIÇÃO 21 - 26/08/2013 - E B A JUSTIÇA NO LIVRO DE JÓ 4.OS JULGAMENTOS NO TEMPO DE JÓ 4.2.AS PARTES ERAM MEDIADAS POR UM ÁRBITRO • “Não há entre nós árbitro que ponha...” (Jó 9.33) • Esta declaração de Jó mostra que: • As juntas conciliadoras/conciliadores: • Existiam naquela época, como hoje. • Para estabelecer o direito e a justiça; • Dirimir contendas. • Nas comunidades que guardam o temor de Deus.

  14. IGREJA EVANGÉLICA S.O.S JESUS - E BLIÇÃO 21 - 26/08/2013 - E B A JUSTIÇA NO LIVRO DE JÓ 4.OS JULGAMENTOS NO TEMPO DE JÓ 4.3.CAUSAS ORDENADAS OBSERVANDO ETAPAS DO PROCESSO • Discussão de natureza teológica. • Argumentação de Jó e seus amigos: • Sobre a justiça divina e o direito do homem; • Apresentam vários elementos de Um processo secular e contemporâneo: • ACUSAÇÃO (Jó 33-37) • INTERROGATÓRIO (Jó 38.3 a 39.30) • DEFESA (Jó 40.3-5; 42.1-6) • SENTENÇA (Jó 40.7-10) • PUBLICIDADE (Jó 42.11)

  15. IGREJA EVANGÉLICA S.O.S JESUS - E BLIÇÃO 21 - 26/08/2013 - E B A JUSTIÇA NO LIVRO DE JÓ CONCLUSÃO • O PROFUNDO SOFRIMENTO DE JÓ; • OS TRÁGICOS EVENTOS QUE SE ABATERAM; • O MODO COMO O JUIZ ATENDEU AO SEU CLAMOR. • REFORÇAM NOSSA CONFIANÇA NO SENHOR. • JUSTIÇA NOSSA. (Jr 23.6) • SUPRE OS ESTUDIOSOS DA BÍBLIA: • DE CONHECIMENTO JURÍDICO INIGUALÁVEL. • SEMPRE HÁ RECOMPENSA NO SENHOR!

  16. IGREJA EVANGÉLICA S.O.S JESUS - E BLIÇÃO 21 - 26/08/2013 - E B A JUSTIÇA NO LIVRO DE JÓ GOSTARAM DA AULA? • EMPOLGUEM-SE COM A EB. • OREM PARA O SENHOR PROSPERAR A EB. • AMEM AINDA MAIS A EB. • MOTIVEM OUTROS A PARTICIPAREM DA EB. A ESCOLA BÍBLICA VEM DE DEUS PARA O SEU CORAÇÃO!