T RAJETÓRIA , P ROGRAMAS E C OMPROMISSOS - PowerPoint PPT Presentation

jacob
slide1 l.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
T RAJETÓRIA , P ROGRAMAS E C OMPROMISSOS PowerPoint Presentation
Download Presentation
T RAJETÓRIA , P ROGRAMAS E C OMPROMISSOS

play fullscreen
1 / 90
Download Presentation
T RAJETÓRIA , P ROGRAMAS E C OMPROMISSOS
145 Views
Download Presentation

T RAJETÓRIA , P ROGRAMAS E C OMPROMISSOS

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. FUNDAÇÃO SALVADOR ARENA TRAJETÓRIA, PROGRAMAS E COMPROMISSOS ELABORADO ESPECIALMENTE PARA O 5º Workshop de Responsabilidade Social - 11 de agosto de 2009 -

  2. Introdução

  3. A origem e o desenvolvimento da FSA associado ao sucesso da TM 1942 – Fábrica de fornos de Padaria Pós - Gerra – compra de máquinas dos USA Instalação do Parque Industrial em SBC Visão de Futuro, Inovação Gerencial Visão de Futuro, Empreendedorismo Social Um POUCODE HISTÓRIA 1942 1900 1500 1700 ... Anos Criação da Termomecanica

  4. TERMOMECANICA 2009 • Fundada em 1942 (SP) • 2000 funcionárias(os) • 120 mil m² instalados • 03 Plantas em SBC • Cobre, Bronze e Latão • Com fins de lucro SÃO BERNARDO DO CAMPO

  5. FUNDAÇÃO SALVADOR ARENA 2009 • Instituída em 1964 (SBC) • 278 funcionárias(os) • 35 mil m² de área construída • 131 mil m² de terreno • Educação, Assistência Social e Saúde • Sem fins lucrativos SÃO BERNARDO DO CAMPO

  6. TERMOMECANICA e FUNDAÇÃO TERMOMECANICA FUNDAÇÃO SALVADO ARENA

  7. ORGANIZAÇÕES BENEFICENTES “(...) elas fazem algo muito diferente das empresas ou do governo. A tarefa de uma empresa termina quando o cliente está satisfeito. Quanto ao Governo, ele cumpre sua função quando suas políticas são eficazes. As instituições “beneficentes” não fornecem bens ou serviços, nem os controla. Seu «produto» não é um par de sapatos, nem um regulamento eficaz. Seu «produto» é Ser Humano Mudado. As instituições beneficentes são, portanto, agentes de mudança humana. Seu «produto» é paciente curado, uma criança que aprende, um jovem que se transforma em adulto com respeito próprio, isto é, toda uma vida transformada.” Peter F. Drucker Harvard Business Review

  8. Trajetória

  9. ORIGEMDA FUNDAÇÃO “A sociedade que consagra valores altruístas, através de exemplos e da educação, desenvolverá, certamente, uma natureza humana melhor. (Salvado Arena. 1915-1998) 1964 1942 ... Anos FSA É INSTITUÍDA

  10. MAISUM POUCODE HISTÓRIA FUNDAÇÃO: VÁRIAS FASES Salvador Arena 1964 1900 1998 ... Anos MORRE SALVADOR ARENA

  11. MAISUM POUCODE HISTÓRIA FUNDAÇÃO: VÁRIAS FASES PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO -------------------------------------------- PLANODE REESTRUTURAÇÃO 1964 1900 1998 2001 ... Anos INÍCIO DAS MUDANÇAS ESTRUTURAIS

  12. MAISUM POUCODE HISTÓRIA FUNDAÇÃO: VÁRIAS FASES • “REESTRUTURAÇÃO” • PROFISSIONALIZAÇÃO - 1964 1900 1998 2001 2002 ... Anos PROGRAMAS SOCIAIS FOCADOS NA MISSÃO INSTITUÍDA PELO FUNDADOR

  13. MAISUM POUCODE HISTÓRIA FUNDAÇÃO: VÁRIAS FASES - IMPLANTAÇÃO - PROGRAMAS SOCIAIS FOCADOS NO DESENVOVIMENTO SOCIAL 1964 1900 1998 2001 2002 2003 ... Anos O Ser Humano é o agente transformador da sua realidade

  14. MAISUM POUCODE HISTÓRIA FUNDAÇÃO: VÁRIAS FASES ENCERRA O 1ºCICLO (TRÊS ANOS) PÓS-PROFISSIONALIZAÇÃO 1964 1900 1998 2001 2002 2003 2006 2004 ... Anos Avaliação Geral dos Programas Sociais e seus resultados

  15. MAISUM POUCODE HISTÓRIA FUNDAÇÃO: VÁRIAS FASES 2ºCICLO Gestão e Sucessão 1964 1900 1998 2001 2002 2003 2006 2007-9 2004 ... CDMR/ FSA ISO 9001:2000 Balanced Score Card

  16. FINALIDADE ESTATUTÁRIA  cooperar e envidar os esforços possíveis para a solução dos problemas de educação e assistência e proteção aos necessitados, sem distinção de nacionalidade, raça, sexo, cor, religião ou opiniões políticas em caráter geral. MISSÃO  Atender aos ideais do fundador, contribuindo com a sociedade, em especial, com os mais necessitados, atuando nas áreas de educação, saúde, habitação e transformação social, com recursos provenientes da aplicação de seu patrimônio. VISÃO  Ser referência e exemplo nas atividades que visam à transformação social. • VALORES • Altruísmo • Ética e Transparência; • Disciplina e Competência; • Zelo pelo patrimônio da FSA • Orgulho de pertencer à FSA. ALINHAMENTO INSTITUCIONAL FUNDAÇÃO SALVADOR ARENA

  17. Estrutura, Programas e Compromissos

  18. CONSELHO CURADOR DIRETORIA EXECUTIVA ESTRUTURA Modelo de Governança COMITÊ EDUCAÇÃO • 4 EIXOS TEMÁTICOS • Educação • Saúde • Habitação Popular • Transformação Social COMITÊ SAÚDE APOIO À GESTÃO: Governança Corporativa Ger. De Proj. Sociais Qualidade, etc. COMITÊ HABITAÇÃO COMITÊ TRANSOFRMAÇÃO SOCIAL

  19. CONSELHO CURADOR Educação Habitação DIRETORIA EXECUTIVA APOIO À GESTÃO: Governança Corporativa Ger. De Proj. Sociais Qualidade, etc. Transformação Social Saúde ATIVIDADES Projetos Próprios Apoio a Projetos

  20. Educação CONSELHO CURADOR Educação Saúde DIRETORIA EXECUTIVA APOIO À GESTÃO: Governança Corporativa Ger. De Proj. Sociais Qualidade, etc. 2.400 alunos/ ano Qualidade, gratuito e digno para a comunidade Transformação Social Habitação Faculdade de Tecnologia Termomecanica Colégio Termomecanica Teatro Eng. Salvador Arena Estádio Olímpico Bronze TM 23 + de 100 mil expectadores em dois anos + de 50 mil crianças da Rede Municipal de SBC 3 espetáculos/ mês, em média. Montagens da Broadway, Shows, Artistas Consagrados ...

  21. BARCO HOSPITAL VISÃO MUNDIAL- AM HOSPITAL SÃO PAULO Consultórios e equipamentos para área diagnóstica, preventiva e recuperativa aos pacientes oncológico (ODONTO) HOSPITAL MÁRIO COVAS Santa Casa de São Paulo Saúde PARCERIAS Entidades Beneficentes de Saúde FSA viabiliza acesso a qualidade, gratuidade e dignidade no atendimento de parcelas pobres da população. CONSELHO CURADOR Saúde Educação DIRETORIA EXECUTIVA APOIO À GESTÃO: Governança Corporativa Ger. De Proj. Sociais Qualidade, etc. Transformação Social + de 3.000 assistidos, em 2008 Acesso, qualidade, gratuidade e dignidade Habitação

  22. Educação Saúde Habitação Popular CONSELHO CURADOR DIRETORIA EXECUTIVA APOIO À GESTÃO: Governança Corporativa Ger. De Proj. Sociais Qualidade, etc. Transformação Social Habitação 166 famílias/ 800 pessoas - GESTÃO PARTICIPATIVA -

  23. HISTÓRICO Núcleo Itatiba antes da intervenção 2005 ... Anos Situação anterior Licenças Ambientais Liberação de Financiamento para PMSBC Novo Governo Federal  Início das obras/ 2006

  24. Entrega das Casas para a Comunidade PMSP - F S ADezembro/ 2008

  25. Entrega das Casas para a Comunidade PMSP - F S ADezembro/ 2008

  26. Entrega das Casas para a Comunidade PMSP - F S ADezembro/ 2008

  27. HISTÓRICO A Comunidade Participou das Decisões 2003 2006 2007 2008 ... Anos F S A Reuniões com a Comunidade 2006/ 2007 / 2008

  28. PÓS-OCUPAÇÃO ATENDIMENTO P Ó S – O C U P A Ç Ã O

  29. Educação Saúde Transformação Social ATIVIDADES 52.600 pessoas beneficiadas diretamente em 2008 CONSELHO CURADOR Projetos Próprios DIRETORIA EXECUTIVA Coord. Adm. Social Apoio a Projetos Habitação

  30. PÚBLICODE INTERESSE é pra brilhar ... Não pra morrer de fome! Gente Maiakovski

  31. Contexto Histórico, Político, Econômico: Sociedade, Estado, Mercado Contexto Histórico, Político, Econômico: Sociedade, Estado, Mercado Estrutura de Apoio: Creches, Escolas, Entidades Sociais, etc ... Estrutura de Apoio: Creches, Escolas, Entidades Sociais, ONGs, etc ... Comunidade: Amigos, vizinhos, gangues, grupos sociais, etc ... Comunidade: Amigos, vizinhos, gangues, grupos sociais, etc ... Família Família PÚBLICO ALVO: Gente ESTRATÉGIA DE TRANSFORMAÇÃO: Apoiar e Fortalecer a ação da sociedade. Investimentos locais + articulação = Trabalho em Rede = Desenvolvimento regional

  32. PALAVRAS CHAVE DESENVOLVIMENTO TRANSFORMAÇÃO AUTONOMIA LIBERTAÇÃO

  33. RELAÇÃODE PARCERIA CONFIANÇA TRANSPARÊNCIA PARIDADE/ IGUALDADE

  34. PROGRAMASDE APOIOAO FORTALECIMENTOEAO DESENVOLVIMENTO SOCIAL APOIOA PROJETOS  Financia “meios” para atingir os “fins” COMPLEMENTAÇÃO ALIMENTAREM ENTIDADES CONSELHO CURADOR CAMPANHAS TEMÁTICAS  Orientada para Resultados DIRETORIA EXECUTIVA Coord. Adm. Social ENCONTROCOM PARCEIROS  Avaliação e Consulta Transformação Social ARTICULAÇÃO  Estímulo ao trabalho em Rede FORMAÇÃO  Cursos de Capacitação

  35. CONSELHO CURADOR DIRETORIA EXECUTIVA Coord. Adm. Social Transformação Social PROGRAMASDE APOIOAO DESENVOLVIMENTO SOCIAL APOIOA PROJETOS  Financia “meios” para atingir os “fins” COMPLEMENTAÇÃO ALIMENTAREM ENTIDADES CAMPANHAS TEMÁTICAS  Orientada para Resultados ENCONTROCOM PARCEIROS  Avaliação e Consulta ARTICULAÇÃO  Estímulo ao trabalho em Rede FORMAÇÃO  Cursos de Capacitação

  36. APOIO A PROJETOS CONVÊNIO ALIMENTAR CAMPANHAS TEMÁTICAS ENCONTRO COM PARCEIROS ARTICULAÇÃO FORMAÇÃO PROGRAMASDE APOIOAO DESENVOLVIMENTO SOCIAL ORGANIZAÇÃO SOCIAL ORGANIZAÇÃO SOCIAL ORGANIZAÇÃO SOCIAL ORGANIZAÇÃO SOCIAL

  37. APOIO A PROJETOS CONVÊNIO ALIMENTAR CAMPANHAS TEMÁTICAS ENCONTRO COM PARCEIROS ARTICULAÇÃO FORMAÇÃO PROGRAMASDE APOIOAO DESENVOLVIMENTO SOCIAL ORGANIZAÇÃO SOCIAL ORGANIZAÇÃO SOCIAL ORGANIZAÇÃO SOCIAL ORGANIZAÇÃO SOCIAL ORGANIZAÇÃO SOCIAL ORGANIZAÇÃO SOCIAL ORGANIZAÇÃO SOCIAL ORGANIZAÇÃO SOCIAL

  38. PRINCIPAIS PARCEIROS EM STO ANDRÉ Ação Cidadã Estrela Dalva Associação Civil Proj. Juv, Esp. do Amanhã - "JEDA" Associação da Vila Gamboa Associação Projeto Crer Cáritas Diocesana de Santo André – Casa Mor. Prov. PQ. Miami Casa Assistencial e Educacional Amor ao Próximo Casa da Acolhida Santa Gema Casa de Lucas - Núcleo Beneficente e Educacional Casa Lar Ebenezer Centro Educacional Assistencial e Recreativo Próximos Passos Cidade dos Meninos – SOMIFRAMECO CRAMI - Centro Reg. de Atenção aos Maus Tratos na Inf. Educandário Espírita Cristão Simão Pedro Entidade Social Todo Mundo Feliz FEASA – Federação das Entidades Assistenciais de Sto André Instituição Assist. e Educ. Amélia Rodrigues Instituição Assistencial "L. Pollone" Instituição Assistencial Casa do Caminho Ananias Instituição Assistencial Nosso Lar Instituição Unidos em Jesus Cristo Instituto Amigos da Beata Catarina e Judite Cittadini Instituto Irmãs Franciscana de Assis - Fraternidade Santa Clara Lar Benvindo MOVA - Movimento de Alfabetização Regional do ABC Núcleo Comunitário Artesanato em Cerâmica de Paranapiacaba Núcleo de Apoio à Criança Madre Tereza de Calcutá Paróquia Nossa Senhora de Fátima - Com. São Miguel Arcanjo Paróquia Senhor do Bonfim Recanto Somasquinho TRANSFORMAÇÃO SOCIAL • 52 mil pessoas beneficiadas anualmente • 120 entidades apoiadas todos os anos CONSELHO CURADOR DIRETORIA EXECUTIVA APOIO À GESTÃO: Governança Corporativa Ger. De Proj. Sociais Qualidade, etc. Transformação Social

  39. PRINCIPAIS PARCEIROS EM SBC Aldeias Infantis SOS de São Bernardo do Campo Assistência Social Irmã Maria Dolores - ASIMD Associação Beneficente Cantinho da Meimei Associação Beneficente Casa do Caminho Associação Beneficente Raios de Sol Associação Criança Vida Nova Associação de Promoção Humana e Resgate da Cidadania Associação Metodista de Ação Social - Creche Mamãe Albininha Casa de São Vicente de Paulo – Jd. Dos Velhinhos do ABC Casa dos Velhinhos Dona Adelaide Casa Santa Clara - Paróquia Santíssima Virgem Centro Comum.das Crianças de Nª. Srª. de Guadalupe do Jd. Laura Centro de Convivência Rafá Comunidade de Amparo Asilar - CASA Creche Comunitária Beneficente Sonho de Criança Creche Jesus de Nazaré – Unidade II Creche Jesus de Nazareth Creche Menino Jesus Fraterno Associação Assistencial Grupo Assistencial Boréia - GAB Grupo de Apoio Amor à Vida Instituição Assistencial Irmão Palminha Instituição Educacional e Assistencial Cantinho do Saber Lar da Criança Emmanuel Lar Escola Jêsue Frantz Lar Maria Amélia Associação Assistencial Minist. de Ação Social Ig. Batista – Creche Bat. H. Vertematti Movimento Amor e Trabalho - MAT Núcleo de Apoio ao Pequeno Cidadão Organização Promovida IBR Lago Paróquias Santa Edwiges e Santíssima Virgem SEMEA Sementes do Amanhã instituição de Assistência Social TRANSFORMAÇÃO SOCIAL • 52 mil pessoas beneficiadas anualmente • 120 entidades apoiadas todos os anos CONSELHO CURADOR DIRETORIA EXECUTIVA APOIO À GESTÃO: Governança Corporativa Ger. De Proj. Sociais Qualidade, etc. Transformação Social

  40. PRINCIPAIS PARCEIROS EM SÃO PAULO Ação Social São Mateus Associação Aliança e Misericórdia Associação Amigos do Parque Figueira Grande Associação Benção de Paz Associação Beneficente Betsaida Associação Casa dos Curumins Assoc. Comunitária e Beneficente PE. José Augusto Machado Moreira Associação das Voluntárias do Hospital Infantil Darcy Vargas Associação de Apoio à Criança com Câncer - AACC Assoc. de Assist. à Criança Cardíaca e à Transplantada do Coração Associação Indígena República Guarani Amba Vera Associação Liberdade e Vida Casa da Pequena Ivete Associação Assistencial Centro Comunitário Criança Feliz Centro Comunitário Recreativo do Jardim Macedônia Centro de Apoio à Criança Carente com Câncer Cândida B. Camargo Centro de Assistência Social Santo Agnelo Centro de Promoção Humana São Joaquim Sant´ana Centro Social Nossa Senhora do Alto Jabaquara Centro Social São José EDUCAFRO Fed. Espírita do Est. de S P – Casa Transitória Fabiano de Cristo Fraternidade Irmã Clara Fundação Julita Fundação Oswaldo Ramos Movimento Comunitário de Promoção Humana Movimento Comunitário Estrela Nova Obra de Assistência Social São José Obra Social da Paróquia São Mateus Apóstolo Obras Sociais Universitárias e Culturais - Centro Educ. Pedreira Sociedade de Integração do Menor - SIM Sociedade Santo Mártires TRANSFORMAÇÃO SOCIAL • 52 mil pessoas beneficiadas anualmente • 120 entidades apoiadas todos os anos CONSELHO CURADOR DIRETORIA EXECUTIVA APOIO À GESTÃO: Governança Corporativa Ger. De Proj. Sociais Qualidade, etc. Transformação Social

  41. EM DIADEMA Comunidade Inamar –Educação e Assistência Social Espaço Solidário Associação Assistencial Grupo Espírita Cairbar Schutel – Creche Lar do Alvorecer Lar São José Núcleo Educacional da Santa Casa de Diadema Obra Social São Francisco Xavier EM MAUÁ Associação de Moradores do Bairro Jardim Zaíra Associação de Pais e Amigos dos Surdos de Mauá - APASMA Associação Divulgadora de Ensinos Espíritas - ADEE Casa da Criança Auta de Souza de Mauá EM RIBEIRÃO PIRES Assistência Social Viva Bem A Idade Que Tem Assoc. de Prev., Atend. Espec. e Inclusão da Pessoa c/ Defic. Lar Frederico Ozanan EM RIO GRANDE DA SERRA Ação Social Cristo Rei Associação de Pais e Amigos dos Excepc. de Rio Grande da Serra Associação Promoção a Favor da Vida - PROFAVI Comunidade Nossa Senhora Aparecida Comunidade São Francisco de Assis EM SÃO CAETANO DO SUL Abrigo Irmã Tereza à Velhice Desamparada Casa Padre Luis Scrosoppi Congreg. das Irmãzinhas dos Anciões Desamp. - Lar N. Sra. das Mercedes Grupo Luz – Assistência e Orientação Núlceo de Convivência Menino Jesus TRANSFORMAÇÃO SOCIAL • 52 mil pessoas beneficiadas anualmente • 120 entidades apoiadas todos os anos CONSELHO CURADOR DIRETORIA EXECUTIVA APOIO À GESTÃO: Governança Corporativa Ger. De Proj. Sociais Qualidade, etc. Transformação Social

  42. TRANSFORMAÇÃO SOCIAL • 52 mil pessoas beneficiadas anualmente • 120 entidades apoiadas todos os anos OUTRAS LOCALIDADES Centro de Apoio Com. de Tapera em Apoio a Senador – ALAGOAS Associação de Moradores de Itinga – MINAS GERAIS; Visão Mundial – MINAS GERAIS Esc. Mun. De Educ. Básica Salvador Arena – Ilhabela – S. PAULO Espaço Pés no Chão – Ilhabela – S. PAULO Casa Transitória de Pindamonhangaba – S. PAULO Creche Menino Jesus – São Sebastião do Paraíso – MINAS GERAIS Associação Paulista de Fundações – S. PAULO Instituto Boldrini – Campinas – São Paulo Unicamp – Campinas – SP CONSELHO CURADOR DIRETORIA EXECUTIVA APOIO À GESTÃO: Governança Corporativa Ger. De Proj. Sociais Qualidade, etc. Transformação Social

  43. Investimentos e Prestação de Contas

  44. Assistência Social (Relacionada à Saúde) Assistência Social (Habitação Popular) Assistência Social (Apoio a Projetos Sociais) Educação TOTAL INVESTIMENTOS SOCIAISEM GRATUIDADE NO ÚLTIMO TRIÊNIO ( EVOLUÇÃO ANUAL) 2006 2007 2008 LEGENDA:

  45. CONSELHO CURADOR • ÓRGÃOS DO GOVERNO FEDERAL • Ministério da Justiça • Ministério da Receita Federal • Ministério do Desenv. Social e Combate a fome • Ministério da Educação e Cultura - MEC • Instituto Nacional de Seguridade Social – INSS COMITÊ EDUCAÇÃO DIRETORIA EXECUTIVA COMITÊ SAÚDE Coord. Adm. Social COMITÊ HABITAÇÃO • ÓRGÃOS DO GOVERNO ESTADUAL • Secretaria de Estado da Justiça e da Cidadania • Ministério Público de SP - Curadoria de Fundações COMITÊ TRANSOFRMAÇÃO SOCIAL COMITÊ INFRA- ESTRUTURA FISCALIZAÇÃO Quem fiscaliza a FSA/ Para quem Presta Contas? • ÓRGÃOS DE CONTROLE SOCIAL • Conselho Nacional, Estadual e Municipal de Assistência Social • Conselho Nacional, Estadual e Municipal dos Diretos da Criança e do Adolescente • Sociedade Civil: colaboradores da TM, FSA e população em geral, por meio do site e dos informativos.

  46. ESTUDO DE CASO

  47. FORMAÇÃO DE GESTORES PARA ORGANIZAÇÕES DO TERCEIRO SETOR O CASO DA FUNDAÇÃO SALVADOR ARENA CONDUZIDOPELO: Comitê de Transformação Social Coordenação de Projetos Sociais - Agosto, 2006 -

  48. Coordenação Geral Comitê de Transformação Social – FSA Coordenadoria Administrativa Social - FSA Realização: Coordenação Pedagógica e Curricular Professor Luiz Carlos Merege – CETS/ FGV CURSODE ADMINISTRAÇÃOPARA ORGANIZAÇÕES PARCEIRASDAFSA

  49. OBJETIVOS DOS CURSOS GERAIS • Capacitar os dirigentes das entidades parceiras para administrar organizações associando seus conhecimentos e “expertise” sobre o 3º Setor às ferramentas da administração moderna. • Contribuir com o desenvolvimento do protagonismo social, por meio de processos participativos e da formação de redes sociais. • Desenvolver nas organizações do terceiro setor a capacidade de agentes de desenvolvimento, estimulando a formulação e a fiscalização de políticas públicas, resultando na melhoria da qualidade do atendimento à sociedade. • Prevenir a dependência de um único financiador/ patrocinador.

  50. DESENVOLVIMENTO DOS CURSOS DISCIPLINAS • Introdução ao Terceiro Setor: Aspectos Econômicos e Sociais • Aspectos Legais do Terceiro Setor • Aspectos Críticos da Contabilidade e Finanças • Gestão Participativa • Planejamento Estratégico • Elaboração, Monitoramento e Avaliação de Projetos • Captação de Recursos e Sustentabilidade das Org. do 3º Setor • Desenvolvendo o Trabalho em Rede