UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SEMANA ACADEMICA - PowerPoint PPT Presentation

universidade federal do par instituto de ci ncias sociais aplicadas semana academica n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SEMANA ACADEMICA PowerPoint Presentation
Download Presentation
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SEMANA ACADEMICA

play fullscreen
1 / 94
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SEMANA ACADEMICA
110 Views
Download Presentation
hachi
Download Presentation

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SEMANA ACADEMICA

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁINSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADASSEMANA ACADEMICA Elisangela Silva da Costa EXPERIÊNCIAS INSTITUCIONAIS DE ACESSO LIVRE À INFORMAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA NA AMAZÔNIA Belém 2013

  2. CONSIDERAÇÕES INICIAIS A informação científica é uma condição sine qua non ao desenvolvimento científico e tecnológico de uma nação. Configurando-se em um ciclo no qual a informação científica contribui para o desenvolvimento científico, e este, por conseguinte, gera novos conteúdos realimentando todo o processo.

  3. Entrementes, a comunidade científica por vezes encontra óbices ao acesso à informação científica, dos quais podemos elencar: Barreiras linguísticas; Falta de familiaridade com as fontes de pesquisa; Materiais bibliográficos que não foram assinados pela instituição ao qual o pesquisador está vinculado; Pouca divulgação dos produtos informacionais, etc. Para suplantar estas adversidades é que foi criado o movimento de acesso livre à informação.

  4. O QUE É ACESSO LIVRE À INFORMAÇÃO ? O Acesso livre ou aberto (open access - OA) à informação científica é um movimento, que define estratégias para proporcionar maior acesso e visibilidade à produção científica de uma coletividade, seja uma instituição, uma área do conhecimento, ou de um País. Essas estratégias utilizam um modelo de interoperabilidade que é definido pelo Open Archives Iniciative (OAI = Iniciativa de Arquivos Abertos). Já OAI não é um movimento, e sim um conjunto de padrões para o estabelecimento da interoperabilidade entre dois sistemas de informação. OAI visa implementar padrões, normas ou mecanismos em prol da interoperabilidade entre dois sistemas de informação. Nesse sentido, o OAI desenvolveu e estabeleceu o OAI-PMH, Open Archives Initiatives Protocol for Metadata Harvesting. E, nos últimos quatro anos, esta iniciativa vem desenvolvendo o OAI-ORE – Open Archives Initiative Object Reuse and Exchange, um conjunto de padrões para a agregação de recursos da WEB (KURAMOTO, 2010).

  5. HISTÓRICO

  6. Objetivos: Promover o registro da produção científica brasileira em consonância com o paradigma do acesso livre à informação; Disseminar a produção científica brasileira em consonância com o paradigma do acesso livre à informação; Estabelecer uma política nacional de acesso livre à informação científica; Buscar apoio da comunidade científica em prol do acesso livre à informação científica. 

  7. Paradigma do Acesso Livre à Informação O modelo que se preconiza para o acesso livre à informação e que nesse documento é denominado de Paradigma do Acesso Livre à Informação, baseia-se nos termos da Declaração de Berlim, na parte relativa à “Definição de uma contribuição em acesso livre...”

  8. Contribuições em acesso livre incluem resultados de pesquisas científicas originais, dados não processados, metadados, fontes originais, representações digitais de materiais pictóricos, gráficos e material acadêmico multimídia.

  9. As contribuições em acesso livre devem atender a duas condições: os(s) autor(es) e o(s) detentores dos direitos de tais contribuições concede(m) a todos os usuários: direito gratuito, irrevogável e irrestrito de acessá-las; licença para copiá-las, usá-las, distribuí-las, transmiti-las e exibi-las publicamente; licença para realizar e distribuir obras derivadas, em qualquer suporte digital para qualquer propósito responsável, em obediência à correta atribuição da autoria (as regras da comunidade continuarão a fornecer mecanismos para impor a atribuição e uso responsável dos trabalhos publicados, como acontece no presente) e com a garantia de fazer cópias;

  10. Uma versão completa da obra e todos os materiais suplementares, incluindo uma cópia da licença, como acima definida, é depositada e, portanto, publicada em um formato eletrônico normalizado e apropriado em pelo menos um repositório que utilize normas técnicas adequadas (como as definições estabelecidas pelo modelo Open Archives) e que seja mantido por uma instituição acadêmica, sociedade científica, organismo governamental, ou outra organização estabelecida que pretenda promover o acesso livre, a distribuição irrestrita, a interoperabilidade e o arquivamento a longo prazo.

  11. PREMISSAS DO OA Auto publicação; Sistema de armazenamento a longo prazo Política de gestão observando normas de preservação de objetos digitais Uso de padrões e protocolos com vista a solução de interoperabilidade entre as bibliotecas digitais Uso de software open source

  12. PRINCIPAIS EXPOENTES DE OA Portal de Periódicos Bibliotecas Digitais Repositórios Institucionais Sistemas de Publicações Eletrônicas

  13. PORTAL DE PERIÓDICOS

  14. http://www.periodicos.capes.gov.br/

  15. BASES DE DADOS EXISTENTES NO DE INTERESSE PARA A SCIÊNCIAS SOCIAIAS APLIACADAS American Economic Association’s electronic bibliography (EconLit) Applied Social Sciences Index and Abstracts (ASSIA) arXiv.org Asian Pacific Economic Literature (APEL) Base de Pedidos de Patentes (BRASPAT) CrossRef Search Derwent Innovations Index (DII)

  16. Emerald Base de dados em texto completo como foco na área de Administração e Ciência da Informação. Handbook of Latin American Studies (HLAS Online) O HLAS Online é uma bibliografia sobre a América Latina consistindo de trabalhos selecionados e comentados por estudiosos. Information Science and Technology Abstracts (ISTA)Disponível desde 30.03.06Base de dados de referências na área de Ciência da Informação. Informs Base de dados de texto completo na área de Ciências Sociais Aplicadas com ênfase em Administração e Contabilidade. Intellectual Property Digital Library (IPDL) Oferece acesso a patentes, marcas internacionais, desenhos industriais e outros. Library and Information Science Abstracts (LISA) Base de dados referencial com resumo na área de Ciência da Informação.

  17. Library, Information Science and Technology Abstracts (LISTA) Base de referências e texto completo na área da Ciência da Informação. Materials Business File Base de dados referencial com resumo nas áreas de Engenharia de Materiais, Energia, Segurança do Trabalho e Economia. Now Publishers Base de dados de completo nas áreas de Economia, Negócios e Tecnologia. Organisation for Economic Co-operation and Development (OECD) Biblioteca online de livros eletrônicos, periódicos eletrônicos e bases estatísticas interativas Research Papers in Economics (RePEc) Arquivos abertos e redes de e-print gratuitos em Economia. Sage Oferece acesso a coleção de periódicos com concentração nas áreas de Ciências Sociais Aplicadas e Ciências Humanas.

  18. Social Services Abstracts Base de dados referencial com resumos sobre serviço social e áreas afins. SocINDEX with Full Text Base de dados de referências e textos completos na área da Sociologia Sociological Abstracts Base de dados referencial com resumo na área de Sociologia e Ciência Humanas, além de aspectos sociais e comportamentais. The Financial Times Historical Archive, 1888-2009 (Gale) Disponível para acesso gratuito arquivos históricos do jornal de negócios The Financial Times The Making of the Modern World (Gale) Acesse gratuitamente livros raros e fontes primárias sobre o mundo moderno ocidental com foco em comércio

  19. The Times Digital Archive, 1785-2007 (Gale) Disponível para acesso gratuito edições retrospectivas em microfilme do The Times The Economist Historical Archive, 1843-2009 (Gale) Acesse gratuitamente edições históricas facsimile do The Economist Web of Science Base de dados referencial com resumos em todas as áreas do conhecimento. Wiley Online Library Oferece acesso a periodicos nas áreas Biológicas, Saúde, Exatas e da Terra, Agrárias, Sociais Aplicadas, Humanas, Linguística, Letras e Artes. World Scholar: Latin America & The Caribbean (Gale) Acesse gratuitamente documentos sobre a América Latina e Caribe Scientific Electronic Library Online (SciELO) Oferece metodologia comum para a preparação, armazenamento, disseminação e avaliação da produção científica em formato eletrônico.

  20. Ressalta-se que a instituição responsável pela usabilidade do Portal Periódicos Capes é a Biblioteca Central da UFPA, a qual ocupa o status de ser o Help Desk da Capes na Região Norte.CONTATOS:Coordenadoria de Gestão de Produtos InformacionaisAlbirene de Sousa Aires - (91)3201-7209albirene@ufpa.br ou bc@ufpa.br

  21. Quanto mais você acessar o Portal, mais estará contribuindo para sua Instituição subir no ranking nacional. Não é permitido baixar todos os artigos de um mesmo periódico a desobediência a esta determinação implicara na suspensão do acesso aos periódicos em toda a instituição em que foi detectada a infração. É permitido a todo membro da comunidade universitária da UFPA acessar ao Portal de periódicos Capes desde que este baixe o software VPN (disponível em http://www.ctic.ufpa.br/vpn/), o login é o email institucional e a senha é a mesma do email.

  22. SCIELO

  23. http://books.scielo.org/indice-de-titulos/

  24. http://books.scielo.org/indice-de-titulos/

  25. http://www.scielo.br/pdf/raeel/v9n1/v9n1a4.pdf

  26. http://www.scielo.br/pdf/raeel/v9n1/v9n1a4.pdf

  27. http://www.scielo.br/pdf/raeel/v9n1/v9n1a4.pdf

  28. http://www.scielo.br/pdf/raeel/v9n1/v9n1a4.pdf

  29. Lista Alfabética – 330 periódicos listadosTítulos Correntes - 279 periódicos listados Acta Amazonica - 42  issues Ambiente & Sociedade - 29  issues Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material - 26  issues BAR - Brazilian Administration Review - 33  issues Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências Humanas - 23  issues Bragantia - 213  issues Cadernos CEDES - 49  issues Dados - Revista de Ciências Sociais - 67  issues Economia Aplicada - 32  issues Economia e Sociedade - 22  issues Estudos Econômicos (São Paulo) - 41  issues Gestão & Produção - 64  issues Intercom: Revista Brasileira de Ciências da Comunicação - 5  issues Lua Nova: Revista de Cultura e Política - 84  issues

  30. Lista Alfabética – 330 periódicos listadosTítulos Correntes - 279 periódicos listados Revista de Administração (São Paulo) - 8  issues Revista de Administração Contemporânea - 80  issues Revista de Administração de Empresas - 180  issues Revista de Administração Pública - 47  issues Revista de Economia Contemporânea - 25  issues Revista de Economia e Sociologia Rural - 45  issues Revista de Economia Política - 33  issues Revista de Sociologia e Política - 38  issues Revista Estudos Feministas - 35  issues Serviço Social & Sociedade - 15  issues Sociedade & Natureza - 16  issues Sociedade e Estado - 33  issues Sociologias - 30  issues Tempo Social - 33  issues Trans/Form/Ação - Revista de Filosofia - 51  issues Transinformação - 6  issues urbe. Revista Brasileira de Gestão Urbana - 3  issues

  31. Títulos Não-Correntes - 51  periódicos listados Caderno de Estudos - 24  issues - Aug  2011: Deceased ; Continued as Revista Contabilidade & Finanças Ciência da Informação - 43  issues - June  2012: Indexing interrupted by committee  Sur. Revista Internacional de Direitos Humanos - 11  issues - Feb  2011: Indexing interrupted by committee 

  32. BIBLIOTECAS DIGITAIS

  33. “Bibliotecas digitais são organizações que disponibilizam os recursos, incluindo pessoal especializado, para selecionar, estruturar, oferecer acesso intelectual, interpretar, distribuir, preservar a integridade e assegurar a persistência ao longo do tempo que eles estejam prontos e economicamente disponíveis para o uso de uma comunidade definida ou um conjunto de comunidades” (DIGITAL LIBRARY FEDERATION apud SAYÃO, 2009, p. 209).

  34. AS BIBLIOTECAS DIGITAIS NO BRASIL

  35. HISTÓRICO DA BDTD/UFPA • A UFPA passou a integrar o Projeto Biblioteca Digital de Teses e Dissertações do IBICT no final de 2005, após ter tido seu projeto aprovado em atendimento às exigências do Edital de Chamada FUNCATE/IBICT N° 001/2005, o qual tinha como objetivo: apoiar projetos de implantação de biblioteca digital de teses e dissertações nas Instituições de Ensino Superior - IES e sua Biblioteca Digital de Teses e Dissertações - BDTD. • Inicialmente foi estabelecido um período embrionário em que as instituições classificadas teriam como condição de permanência no projeto atingir a meta de incluir pelo menos trinta objetos digitais por cada repositório a fim de que o IBICT fizesse uma avaliação da qualidade e consistência de dados dos novos parceiros da BDTD Nacional. Para atingir esta meta foram executadas as seguintes ações: • - Foi feita a divulgação da BDTD nos site do SIBI e da UFPA;

  36. Notificação da comunidade acadêmica por meio do Divulga; • Participação da Coordenadora do projeto, Sra. Silvia Moreira durante o Fórum de Pós-Graduação da UFPA; • Foram estabelecidos contatos telefônicos com os mestres e doutores recém-formados, informando-os sobre o projeto e convidando-os a participar; • Visitas periódicas da Coordenadora Adjunta do projeto aos programas de pós-graduação. - Após a meta ter sido atingida, o repositório local foi migrado para o repositório da BDTD Nacional em Brasília para execução do Teste de Harvesting, este teste consiste em copiar ou como próprio nome diz coletar os metadados, verificando a sua integridade para alimentar o repositório OAI-PMH. O resultado positivo no Teste Harvesting foi obtido no início de junho de 2006 e a BDTD/UFPA foi oficialmente lançada em 07 de junho de 2006.

  37. A BDTD/UFPA foi divulgada em forma palestra ocorrida em 31.10.2008, por ocasião da IV Semana do Livro e da Biblioteca da BC/UFPA e em forma de pôster eletrônico durante o XV Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias, realizado no período de 10 a 14 de dezembro de 2008. Mais recentemente, foi proferida uma palestra em 18.05.2009 durante o Seminário "A biblioteca digital e o conceito de uma nova cultura da informação" evento promovido pela Casa de Estudos Germânicos da UFPA, visando à troca de experiências acerca do uso de bibliotecas digitais no Brasil e na Alemanha. • Veiculo de comunicação interna da UFPA, que mantém seus servidores informados sobre os acontecimentos concernentes à Instituição por meio do envio diário de notícias via correio eletrônico. • Harvesting é uma palavra inglesa que significa colheita. • O protocolo OAI-PMH é um mecanismo para transferência de dados entre repositórios digitais. É uma interface que um servidor de rede pode empregar para que os metadados de objetos residentes no servidor estejam disponíveis para aplicações externas que desejem coletar esses dados (CLUBE OAI BRASIL, 2007).

  38. BIBLIOTECA DIGITAL DE TESES E DISSERTAÇÕES DA UFPA – BDTD/UFPA Coordenadora Silvia Maria Bitar de Lima Moreira Diretora Sistema de Bibliotecas – Biblioteca Central bitar@ufpa.br Coordenadora Adjunta Elisangela da Silva Costa lisa@ufpa.br bibdigital@ufpa.br out. 2008

  39. Projeto Edital de Chamada FUNCATE/IBICT N. 1 Objetivo: apoiar projetos de implantação de bibliotecas digitais de teses e dissertações nas Instituições de Ensino Superior (IES) e sua integração ao repositório nacional – Biblioteca Digital de Teses e Dissertações (BDTD).

  40. Linha de Apoio O IBICT repassou um pacote contendo: 1 servidor; Sistema TEDE; Documentação do sistema; Uma licença do software adobe; 1 CD-Rom (manuais operacionais e de usuário); Metodologia de implantação de uma BDTD local; Treinamento.