slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
CIÊNCIAS CONTÁBEIS 2014 PowerPoint Presentation
Download Presentation
CIÊNCIAS CONTÁBEIS 2014

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 35

CIÊNCIAS CONTÁBEIS 2014 - PowerPoint PPT Presentation


  • 168 Views
  • Uploaded on

Distribuição de gastos industriais. CIÊNCIAS CONTÁBEIS 2014. Professor: Valbertone C de Araújo. Distribuição de gastos industriais. Distribuição de gastos industriais. Os trabalhos propostos têm como objetivo distribuir gastos de uma industria entre os Centros de Custos e produtos.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'CIÊNCIAS CONTÁBEIS 2014' - bruce-murphy


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

Distribuição de gastos industriais

CIÊNCIAS CONTÁBEIS

2014

Professor: Valbertone C de Araújo

slide3

Distribuição de gastos industriais

Os trabalhos propostos têm como objetivo distribuir gastos de uma industria entre os Centros de Custos e produtos.

Professor: Valbertone C de Araújo

slide4

Distribuição de gastos industriais

Os trabalhos propostos têm como objetivo distribuir gastos de uma industria entre os Centros de Custos e produtos.

Formatação: Valbertone C de Araújo

slide5

CRITÉRIOS DE RATEIOS DOS GASTOS PARA OS CENTROS DE CUSTOS

1. MATERIAIS

1.1. Matéria-Prima: Pelos produtos fabricados, considerando que a produção foi iniciada e acabada no período.

slide6

CRITÉRIOS DE RATEIOS DOS GASTOS PARA OS CENTROS DE CUSTOS

1. MATERIAIS

1.2. Material Secundário: Pelos Centros de Custos Produtivos conforme Nº de horas trabalhadas.

slide7

CRITÉRIOS DE RATEIOS DOS GASTOS PARA OS CENTROS DE CUSTOS

1. MATERIAIS

1.3. Material de Embalagem: Pelo Nº de produtos fabricados.

slide8

CRITÉRIOS DE RATEIOS DOS GASTOS PARA OS CENTROS DE CUSTOS

1. MATERIAIS

1.1. Matéria-Prima: Pelos produtos fabricados, considerando que a produção foi iniciada e acabada no período.

1.2. Material Secundário: Pelos Centros de Custos Produtivos conforme Nº de horas trabalhadas.

1.3. Material de Embalagem: Pelo Nº de produtos fabricados.

slide9

D E P T O S. P R O D U T I V O S

- 1 .1 VALOR DA MATERIA- PRIMA UTILIZADA-

MISTURA

RESFRIAMENTO

ACABAMENTO

TOTAL

“TX5”

R$ 102.000,00

“TY10”

R$ 88.750,00

R$ 118.250,00

“TXY7”

R$ ?

R$ 309.000,00

TOTAL M.P. CALCULADA PARA 0 C.C.

TOTAL M.P. CALCULADA PARA 0 C.C.

TOTAL M.P. CALCULADA PARA 0 C.C.

TOTAL HORIZONTAL

slide10

D E P T O S. P R O D U T I V O S

- 1 .2 VALOR DO MATERIAL SECUNDÁRIO UTILIZADO -

MISTURA

RESFRIAMENTO

ACABAMENTO

TOTAL

1.000 Hs.

R$ 64.000,00

400 Hs.

R$ 25.600,00

R$ 38.400,00

600 Hs.

2.000 Hs.

R$ 128.000,00

TOTAL / N˚ HORAS * Hs.C.C.

TOTAL / N˚ HORAS * Hs.C.C.

TOTAL / N˚ HORAS * Hs.C.C.

TOTAL HORIZONTAL

slide11

D E P T O S. P R O D U T I V O S

- 1 .3 VALOR DO MATERIAL DE EMBALAGEM UTILIZADO-

21.000 Caixas de papelão a R$ 0,70 cada uma.

MISTURA

RESFRIAMENTO

ACABAMENTO

TOTAL

?

R$ ,00

R$ ,00

?

R$ 14.700,00

?

R$ ?

R$ 14.700,00

TOTAL D EMBALAGEM UTILIZADA

NÃO HÁ

TOTAL HORIZONTAL

NÃO HÁ

slide12

CRITÉRIOS DE RATEIOS DOS GASTOS PARA OS CENTROS DE CUSTOS

2. MÃO-DE-OBRA

2.1. Direta:

  • Pelo número de horas trabalhadas pelos centros de custos,

2.2. Indireta:

  • Pelo número de colaboradores existentes em cada Centro de Custo.

2.3. Administrativa:

  • Escritório Central.
slide13

2. MÃO-DE-OBRA

2.1. Direta:

  • Pelo número de horas trabalhadas pelos centros de custos

MISTURA

RESFRIAMENTO

ACABAMENTO

TOTAL

R$ CALCULADO

1.000 hs.

400 hs.

R$ CALCULADO

600 hs.

R$ CALCULADO

2.000 hs

R$ CALCULADO

2.1. Total da M.O.D. : T. HORAS * N˚. HS.

2.1. Total da M.O.D. : T. HORAS * N˚. HS.

2.1. Total da M.O.D. : T. HORAS * N˚. HS.

TOTAL HORIZONTAL

slide14

2. MÃO-DE-OBRA

2.2. Indireta:

  • Pelo número de colaboradores existentes em cada Centro de Custo.

ADM. PROD.

ALMOXARIFADO

CONTR.QUAL.

TOTAL

R$ CALCULADO

R$ CALCULADO

R$ CALCULADO

R$ CALCULADO

2.2.Total do custo MOI : T. COL. * N˚. COL.

2.2.Total do custo MOI : T. COL. * N˚. COL.

2.2.Total do custo MOI : T. COL. * N˚. COL.

TOTAL HORIZONTAL

slide15

2. MÃO-DE-OBRA

2.3. Administrativa:

  • Escritório Central

Escrit. Central

TOTAL

R$ INFORMADO

R$ CALCULADO

TOTAL HORIZONTAL

2.3.Valor Total

slide16

CLASSIFICAÇÃO DE CUSTOS

CUSTOS DIRETOS: com relação aos produtos, são todos os custos que podem ser diretamente apropriados aos produtos, bastando haver uma medida de consumo (Kg. de material consumido, embalagem utilizada, horas de mão-de-obra gastas e etc...)

slide17

CLASSIFICAÇÃO DE CUSTOS

CUSTOS INDIRETOS: ainda levando-se em conta o produto, são todos os custos que não conseguimos identificar por unidade produzida. Impossíveis de serem mensurados os gastos para a fabricação de uma unidade de produto. A alocação é feita de maneira arbitrária que denominamos de critério de rateio ou critério de distribuição. São os custos necessários para a fabricação mas não temos como alocá-los aos produtos diretamente.

slide18

3. GASTOS GERAIS

3.1. Energia Elétrica:

Conforme a quantidade de HP de consumo por Centro de Custo.

3.2. Depreciação:

Pelo valor do Imobilizado existente em cada Centro de Custo.

slide19

3. GASTOS GERAIS

3.3. Seguro Contra Fogo:

Somente para os C.C. Diretos de Produção conforme Imobilizado existente em cada um.

3.4. Imposto Predial:

Distribuir na proporção da área ocupada pelos Centros de Custos.

slide20

3. GASTOS GERAIS

3.5. Material de Consumo:

Distribuição conforme o número de colaboradores existentes em cada Centro de Custo.

3.6. Aluguel de Imóveis:

Distribuição conforme área ocupada por Centro de Custo.

slide21

CRITÉRIOS DE RATEIOS DOS GASTOS ENTRE OS CENTROS DE CUSTOS

1 - Ficou convencionado que os gastos do C.C. Administração de Produção serão transferidos para todos os demais Centros de Custos auxiliares e produtivos pelo Nº de colaboradores existentes em cada um.

slide22

CRITÉRIOS DE RATEIOS DOS GASTOS ENTRE OS CENTROS DE CUSTOS

Administração de Produção

Adm. Prod.

Almoxar.

Cont.Qual.

N˚ Colaboradores

Mistura

N˚ Colaboradores

Resfriam

N˚ Colaboradores

Acabam.

N˚ Colaboradores

N˚ Colaboradores

slide23

CRITÉRIOS DE RATEIOS DOS GASTOS ENTRE OS CENTROS DE CUSTOS

2 - O Almoxarifado por prestar mais serviços a área direta de produção, irá distribuir seus custos conforme o valor da Matéria-prima consumida pelos C.C. Diretos de Produção,

slide24

CRITÉRIOS DE RATEIOS DOS GASTOS ENTRE OS CENTROS DE CUSTOS

Aloxarifado

Almoxar.

Cont.Qual.

Mistura

Resfriam

Valor da M. P.

Acabam.

Valor da M. P.

Valor da M. P.

slide25

CRITÉRIOS DE RATEIOS DOS GASTOS ENTRE OS CENTROS DE CUSTOS

3 - Os gastos alocados no Controle de Qualidade serão distribuídos aos Centros de Custos Diretos conforme o peso de Matéria-prima consumida em cada um deles.

slide26

CRITÉRIOS DE RATEIOS DOS GASTOS ENTRE OS CENTROS DE CUSTOS

Contrôle de Qualidade

Cont.Qual.

Mistura

Resfriam

Peso da M. P.

Acabam.

Peso da M. P.

Peso da M. P.

slide27

CRITÉRIOS DE RATEIOS DOS CUSTOS AOS PRODUTOS FABRICADOS

1 - Cada produto irá receber o custo da Matéria-prima e Material de Embalagem realmente consumidos dentro do processo produtivo

slide28

CUSTOS DIRETOS DE PRODUÇÃO

- VALOR DA MATÉRIA-PRIMA CONSUMIDA POR PRODUTO-

ALFA “ 1 ”

R$ 81.875,00

ALFA “ 2 ”

R$ 114.625,00

ALFA “ 3 ”

R$ 112.500,00

TOTAL

R$ 309.000,00

slide29

CUSTOS DIRETOS DE PRODUÇÃO

- VALOR DO MATERIAL DE EMBALAGEM CONSUMIDO POR PRODUTO-

ALFA “ 1 ”

( 5.000 * R$ 0,70 ) = R$ 3.500,00

ALFA “ 2 ”

( 7.000 * R$ 0,70 ) =R$ 4.900,00

ALFA “ 3 ”

( 9.000 * R$ 0,70 ) =R$ 6.300,00

TOTAL

(21.000 * R$ 0,70) =R$ 14.700,00

slide30

CRITÉRIOS DE RATEIOS DOS CUSTOS AOS PRODUTOS FABRICADOS

2 - A Mão-de-obra direta será apropriada a cada produto levando-se em conta o tempo de permanência de cada produto em questão dentro dos Centros de Custos diretos de produção.

slide31

CUSTOS DIRETOS DE PRODUÇÃO

- VALOR DA MÃO-DE-OBRA DIRETA APLICADA POR PRODUTO-

ALFA “ 1 ”

TOTAL DA M.O.D. / Nr. DE HORAS * TEMPO DE FABRIC.

ALFA “ 2 ”

TOTAL DA M.O.D. / Nr. DE HORAS * TEMPO DE FABRIC.

ALFA “ 3 ”

TOTAL DA M.O.D. / Nr. DE HORAS * TEMPO DE FABRIC.

TOTAL

TOTAL DA M.O.D. (INFORMADA)

slide32

CRITÉRIOS DE RATEIOS DOS CUSTOS INDIRETOS AOS PRODUTOS FABRICADOS:

3 - Os gastos indiretos de fabricação, serão distribuídos aos produtos na proporção dos custos de Matéria-prima, Material de Embalagem e da Mão-de-obra direta apropriada a cada um dos produtos.

slide33

O QUE SÃO GASTOS INDIRETOS DE FABRICAÇÃO?

É O MESMO QUE CUSTOS INDIRETOS: SÃO TODOS OS GASTOS (CUSTOS) QUE NÃO CONHECEMOS POR UNIDADE PRODUZIDA.

COMO ENCONTRAMOS O SEU VALOR?

CUSTO TOTAL DE FABRICAÇÃO MENOS OS CUSTOS DIRETOS SERÁ IGUAL AOS CUSTOS INDIRETOS DE FABRICAÇÃO

slide34

Pede-se:

1 - Distribuição dos gastos no Mapa de Distribuição de Custos;

Após os cálculos elaborados a transcrição foi efetuada.

2 - Determinar o Custo Total dos C.C. Produtivos após os rateios;

Após as transferências dos C.C. Auxiliares encontramos os valores.

3 - Determinar o Custo Unitário de cada produto Fabricado e

Após a apuração do custo total de cada produto encontramos o custo/Um.

4 - Determinar o preço de venda unitário por produto para se obter uma margem de 50% do custo unitário total.

Após a apuração do custo/Un. encontramos o Preço/Um.