PESCA EM ÁGUAS PROFUNDAS LIV EVANGELIZAÇÃO NO TERCEIRO MILÊNIO - PowerPoint PPT Presentation

pesca em guas profundas liv evangeliza o no terceiro mil nio n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
PESCA EM ÁGUAS PROFUNDAS LIV EVANGELIZAÇÃO NO TERCEIRO MILÊNIO PowerPoint Presentation
Download Presentation
PESCA EM ÁGUAS PROFUNDAS LIV EVANGELIZAÇÃO NO TERCEIRO MILÊNIO

play fullscreen
1 / 13
PESCA EM ÁGUAS PROFUNDAS LIV EVANGELIZAÇÃO NO TERCEIRO MILÊNIO
119 Views
Download Presentation
azura
Download Presentation

PESCA EM ÁGUAS PROFUNDAS LIV EVANGELIZAÇÃO NO TERCEIRO MILÊNIO

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. PESCA EM ÁGUAS PROFUNDAS LIVEVANGELIZAÇÃO NO TERCEIRO MILÊNIO SOU FELIZ PORQUE TE REENCONTREI

  2. Pai amado, louvado sejas eternamente! A ti pertence a minha vida, somente a ti!...

  3. As palavras de Jesus Cristo deixaram os meus recônditos limpos e arejados, cheios de luz, e eu não estava preparado para conviver com eles nesse estado, por isso, Pai, dúvidas povoaram a minha cabeça. Perdoa-me!...

  4. Seria verdade ou fruto da minha imaginação o desenrolar desse processo de minha conversão aos princípios do teu reino? Tudo me era novidade...

  5. Como amar ou crer em alguém que a gente não vê? Como explicar a minha intimidade contigo, Pai santo? Eu, corpo e alma, tua criatura; e tu, o Espírito que me criou!...

  6. É bem verdade que não te via e continuo não te vendo, porque és um Espírito puríssimo, invisível aos meus olhos de homem pecador, mas sei que estás ao meu lado, pois te sinto e te ouço falar-me paternalmente através da Bíblia, dos meus irmãos, até mesmo dos seres da tua Criação...

  7. Como dizer que estive perdido, perambulando sob as luzes ofuscantes do mundo e reencontrei-me no teu caminho, o caminho da Verdade?...

  8. Sim, Pai querido, como dizer que nessa caminhada pelo mundo estive prisioneiro e que, com tua ajuda, libertei-me das amarras maléficas, das quais as mais danosas eram os vícios?...

  9. Como contar que aquele homem, amante da luxúria, da prepotência e da hipocrisia, que todos conheciam, morreu, mas renasceu cheio de vigor no mesmo corpo agora transbordante do teu amor?

  10. Nesse contexto, Pai santo, além de ti, não tinha ninguém em quem confidenciar as minhas dúvidas. Estava só, me sentia enganado, desconfiava de tudo e de todos. Entretanto, uma nova vida despontava coruscante à minha frente, estavas me dando nova chance...

  11. Sim, Pai onipotente, naquele tempo eu fazia justamente o que não queria fazer, aquilo que era prejudicial a mim e aos meus irmãos, e não fazia o que verdadeiramente queria, o certo, o bem que me levava à comunhão com meus irmãos e te deixava feliz. Pensava que era meu querer, quando na verdade era querer do mal que habitava em mim (Rm 6-8)...

  12. Te adoro, Pai amado!Louvado sejas eternamente! Diácono Eliezer Martins