reabilita o do idoso nas institui es de longa perman ncia n.
Download
Skip this Video
Download Presentation
Reabilitação do Idoso nas Instituições de Longa Permanência

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 19

Reabilitação do Idoso nas Instituições de Longa Permanência - PowerPoint PPT Presentation


  • 65 Views
  • Uploaded on

Reabilitação do Idoso nas Instituições de Longa Permanência. -. Introdução. Segundo dados do IBGE o Brasil conta com contingente 15 milhões de idosos. Projeções para 2050 indicam que a população idosa mundial será 1900 milhões

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Reabilitação do Idoso nas Instituições de Longa Permanência' - ulla


Download Now An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
reabilita o do idoso nas institui es de longa perman ncia

Reabilitação do Idoso nas Instituições de Longa Permanência

-

Prof Viviane Café Marçal

introdu o
Introdução
  • Segundo dados do IBGE o Brasil conta com contingente 15 milhões de idosos.
  • Projeções para 2050 indicam que a população idosa mundial será 1900 milhões
  • Desde a década de 1980 a maioria dos idosos vivem no terceiro mundo(Veras,Murphy,1991)

Prof Viviane Café Marçal

modalidades de aten o ao idoso
Modalidades de atenção ao idoso
  • Surgimento da necessidade de criação e denominação de novos serviços
  • Portaria 73 lei 8842-1994 Sec de políticas e Ass Social e Gerência de Atenção ao idoso

Prof Viviane Café Marçal

denomina o
Denominação
  • Residência temporária
  • Família Natural
  • Família Acolhedora
  • República
  • Centro de Convivência
  • Centro Dia
  • Casa Lar
  • Assistência Domiciliar
  • Atendimento integral institucional (asilo)

Prof Viviane Café Marçal

modalidade de institui o
Modalidade de Instituição
  • Modalidade I: destinada a idosos dependentes e independentes que necessitem de auxílio para AVD (capacidade máx 40)
  • Modalidade II: idosos dependentes necessitem de auxílio e cuidados especializados

(cap máx 22)

  • Modalidade III: idosos dependentes em 1 AVD. Assitência total em 1 AVD Necessita equipe inter

(Cap máx 20)

Prof Viviane Café Marçal

perfil idosos ilp
Perfil idosos ILP
  • A maioria dos idosos que vivem em casa de repouso necessitam de alguma assistência em AVD*
  • 91% Banho
  • 78% vestir
  • 63% uso banheiro
  • 40% alimentar-se

*Resnick B. Funcional Performance and Exercise of older adults in long term care settings. J Gerontol Nurs 2000.Vol 26:3 pags 7-16

Prof Viviane Café Marçal

slide7
Quase 2/3 dos moradores requer assistência para transferir-se da cadeira e aproximadamente a mesma quantidade tem dificuldade para caminhar

Prof Viviane Café Marçal

causas
Causas
  • Multifatoriais:

Falta de motivação

Perdas sociais

Doença

Fatores ambientais

Medo de queda

Mudanças físicas

Prejuízo cognitivo

Prof Viviane Café Marçal

slide9
Idosos residentes em casa de repouso tipicamente possuem condição física e funcional diminuída
  • A prevalência de dor em residentes de casa de repouso é estimada variando de 45% a 80% **

**American Geriatrics Society Panel of Chronic Pain in Older persons. The management of Chronic pain in Older Person. J Am Geriatr Soc 1998;46:631-51)

Prof Viviane Café Marçal

import ncia da reabilita o na ilpi
Importância da Reabilitação na ILPI
  • Atividades para o desempenho funcional e exercício são importantes para os idosos residentes em ILPI
  • Estudos prévios sugerem que intervenção multidisciplinar incluindo fisioterapia podem melhorar a função dos idosos em casa de repouso

Prof Viviane Café Marçal

import ncia da reabilita o na ilpi1
Importância da Reabilitação na ILPI
  • Em contrapartida, pouco é sabido a respeito dos idosos que receberam terapia em casa de repouso. Principalmente referente ao tempo de execução e o índice de duração dos programas de reabilitação dos residentes.

Prof Viviane Café Marçal

slide12
Dentre os artigos revisados, K Berg et al 1997, examinou a prevalência de terapia utilizada em clínicas de repouso e descreveu a características dos idosos residentes que receberam terapia ( F+ TO). A amostra do estudo incluiu todos os idosos residentes em CR em 6 estados EUA e alguns países fora América do Norte , totalizando=273 491

Prof Viviane Café Marçal

slide13
Resultados:

Islândia 31%

Japão 30%

Dinamarca 23%

Itália 14%

EUA 11%

Proporções substanciais de idosos acima de 85 anos, clinicamente estáveis e institucionalizados por mais de 90 dias receberam terapia

Prof Viviane Café Marçal

instrumentos de avalia o utilizados nos idosos moradores ilp
Instrumentos de Avaliação utilizados nos idosos moradores ILP
  • Avaliação de equilíbrio
  • Romberg Clássico, semi-tandem e tandem
  • Avaliação força de tornozelo
  • Velocidade da marcha m/s timed get up and go
  • Cognição (Mini-Mental Folstein e Mchugh,1975)
  • Avaliação do risco de queda RAFS (Ross,Watson,Gydenvand & Reinboth,1991)
  • Avaliação da sensação e medo de queda
  • Avaliação nutricional

Prof Viviane Café Marçal

instrumentos de avalia o utilizados nos idosos moradores ilp1
Instrumentos de Avaliação utilizados nos idosos moradores ILP
  • Escala geriátrica de depressão (resumida) Yesavage
  • Avaliação AVD AIVD índice de Barthel e Lawton Brody /KATZ
  • Teste força preensão palmar
  • Avaliação hábitos de vida
  • Auto-percepção

Prof Viviane Café Marçal

instrumentos de avalia o utilizados nos idosos moradores ilp2
Instrumentos de Avaliação utilizados nos idosos moradores ILP
  • Estado Físico do Indivíduo PDI (Physical Disability Index)
  • Teste de Nicholas
  • Avaliação da expectativa relatada na habilidade de continuar o exercício(Bárbara Resnick,2000)
  • A avaliação de dor não foi uma constante encontrada nos estudos avaliados (SF-12 Short Form health Survey,Ware,Kosinski e Keller,1996)

Prof Viviane Café Marçal

freq ncia e tipos de interven es
Freqüência e tipos de intervenções
  • Variou intensidade mínima, moderada e alta
  • Mínima 1 sessão por semana ao menos 4 semanas
  • Máxima 3 sessões por semana durante 8 semanas
  • Tempo de execução 15-45 min

Prof Viviane Café Marçal

interven o
Intervenção:
  • Variou de acordo com perfil dos idosos e o propósito do estudo
  • Idosos com maiores escores no mini-mental eram mais propensos a receberem tratamento fisioterápicos que idosos com menores escores no mini-mental.

Prof Viviane Café Marçal

conclus o
Conclusão:
  • O custo da reabilitação gerontológica não é um fato isolado, é uma preocupação na área de saúde pública. Cabe a equipe, dentro da área de atuação, desenvolver e aplicar técnicas e instrumentos de avaliação que otimizem o tratamento do idoso. Para tanto é necessário pesquisar, utilizar de instrumentos embasados na literatura e específico ao paciente a ser tratado no intuito de criar um exponencial de recuperação ao tratamento do paciente idoso.

Prof Viviane Café Marçal