a fam lia do filho pr digo ou pai compassivo lucas 15 11 32 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
A Família do Filho Pródigo ou Pai Compassivo? Lucas 15.11-32 PowerPoint Presentation
Download Presentation
A Família do Filho Pródigo ou Pai Compassivo? Lucas 15.11-32

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 11
sybil

A Família do Filho Pródigo ou Pai Compassivo? Lucas 15.11-32 - PowerPoint PPT Presentation

121 Views
Download Presentation
A Família do Filho Pródigo ou Pai Compassivo? Lucas 15.11-32
An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author. While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. A Família do Filho Pródigoou Pai Compassivo?Lucas 15.11-32 Paulo Lane 10/Agosto/2008

  2. A família do filho perdido ou pai compassivo “Jesus continuou: Um homem tinha dois filhos. O mais novo disse ao seu pai: Pai, quero a minha parte da herança. Assim, ele repartiu sua propriedade entre eles. Não muito tempo depois, o filho mais novo reuniu tudo o que tinha, e foi para uma região distante; e lá desperdiçou os seu bens vivendo irresponsavelmente. Depois de ter gasto tudo, houve uma grande fome em toda a aquela região, e ele começou a passar necessidade. Por isso foi empregar-se com um dos cidadãos daquela região, que o mandou para o seu campo a fim de cuidar de porcos. Ele desejava encher o estomago com as vagens de alfarrobeira que os porcos comiam, mas ninguém lhe dava nada. Caindo em si ele disse: Quantos empregados de meu pai têm comida de sobra, e eu aqui, morrendo de fome!” Lucas 15.11-17 - NVI

  3. A família do filho perdido ou pai compassivo “Eu me porei a caminho e voltarei para meu pai, e lhe direi: Pai, pequei contra o céu e contra ti. Não sou mais digno de ser chamado teu filho; trata-me como um dos teus empregados. A seguir, levantou-se e foi para o seu pai. Estando ainda longe, seu pai o viu e, cheio de compaixão, correu para o seu filho, e o abraçou e beijou. O filho disse: Pequei contra o céu e contra ti. Não sou mais digno de ser chamado teu filho. Mas o pai disse aos seus servos: Depressa! Tragam a melhor roupa e vistam nele. Coloquem um anel em seu dedo e calçados em seu pés. Tragam o novilho gordo e matem-no. Vamos fazer uma festa e alegrar-nos. Pois este meu filho estava morto e voltou à vida; estava perdido e foi achado. E começaram a festejar o seu regresso.” Lucas 15.17-24 - NVI

  4. A família do filho perdido ou pai compassivo “Enquanto isso, o filho mais velho estava no campo. Quando se aproximou da casa, ouviu a música e a dança. Então chamou um dos servos e perguntou-lhe o que estava acontecendo. Este lhe respondeu: seu irmão voltou. E seu pai matou um novilho gordo, porque o recebeu de volta são e salvo. O filho mais velho encheu-se de ira, e não quis entrar. Então seu pai saiu e insistiu com ele. Mas ele respondeu aos seu pai: Olha! Todos este anos tenho trabalhado como um escravo aos teu serviço e nunca desobedeci às tuas ordens. Mas tu nunca me deste nem um cabrito para eu festejar com meus amigos. Mas quando volta para casa esse teu filho que esbanjou os teus bens com as prostitutas, matas um novilho gordo para ele! Disse o pai: Meu filho, você está sempre comigo, e tudo o que tenho é seu. Mas nós tínhamos que celebrar a volta deste seu irmão e alegrar-nos, porque ele estava morto e voltou à vida, estava perdido e foi achado”. Lucas 15.24-32 - NVI

  5. A parábola... • Do filho pródigo (esbanjador) ou pai compassivo!? • Jesus contou 3 parábolas no contexto em que estava sendo criticado por receber e tomar refeição com os pecadores: • Da ovelha perdida • Da dracma perdida • Do filho perdido Qual a mensagem de Jesus nestas parábolas? • Deus ama o pecador.... mas não o pecado! Romanos 5.8, I João 4.9-10, João 3.16

  6. O Contexto... Vamos utilizar esta família fictícia para explorar lições de relacionamento: • Pai, e 2 filhos • Uma propriedade com vários servos e trabalhadores • Os servos e trabalhadores eram bem tratados • Não era normal a divisão da herança antes da morte do pai; • Em casos excepcionais o pai repartia a herança ainda em vida, porém administrava toda a propriedade até sua morte; • O filho mais velho tinha direito de herança dupla.

  7. O filho mais novo.... o pródigo Quais foram os seu erros e acertos? • Erros: • Ser “dono do seu próprio nariz” • Exigiu sua herança • Vida promíscua • Desperdiçou os bens • Desprezou a família • Desonrou o pai • Acertos: • Reconheceu o seu erro • Humilhou-se • Enfrentou o problema • Enfrentou as conseqüências • Não ficou na intenção

  8. O filho mais velho.... o dedicado Quais foram os seu erros e acertos? • Erros: • Teve ciúmes do irmão • Não perdoou • Desprezou o irmão • Primeiro pensou no dinheiro desperdiçado antes de qualquer coisa • Acertos: • Honrou o pai • Respeitou a sua família • Obediente às ordens do pai • Trabalhador dedicado

  9. O pai.... o compassivo Quais foram os seu erros e acertos? • Erros: • Falhou na educação dos filhos • Atendeu à vontade ou capricho do filho • Falta de sensibilidade com o filho mais velho • Acertos: • Enfrentou o problema • Buscou a reconciliação • Perdoou o filho rebelde • Restituiu o filho à sua posição • Não levou em consideração o dinheiro acima da reconciliação

  10. Princípios de Deus para a vida familiar • Reconhecer os erros – não atribuir aos outros • vs 18, Gênesis 3.12, 13 • Buscar a reconciliação • vs 20-22, Gênesis 32, 33 - Jacó e Esaú, Gênesis 45.1-15 José • Enfrentar os problemas • vs 20, 28 • Acreditar e apoiar a recuperação - perdoar • vs 28-30, Lucas 6. 37, Mateus 18. 21-22 • Não guardar ressentimentos • vs 29, I Coríntios 13.4-7 • Condenar o erro não a pessoa, restabelecer a sua posição • vs 22, 23, Colossenses 3.12-15

  11. Obrigado e Bom Domingo!