slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
(Org. por Sérgio Biagi Gregório) PowerPoint Presentation
Download Presentation
(Org. por Sérgio Biagi Gregório)

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 10

(Org. por Sérgio Biagi Gregório) - PowerPoint PPT Presentation


  • 111 Views
  • Uploaded on

DEPARTAMENTO DE ENSINO DOUTRINÁRIO CURSO DE EXPOSITOR ESPÍRITA. Gestos e Gesticulação. (Org. por Sérgio Biagi Gregório). GESTOS E GESTICULAÇÃO Introdução.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about '(Org. por Sérgio Biagi Gregório)' - minjonet


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

DEPARTAMENTO DE ENSINO DOUTRINÁRIO

CURSO DE EXPOSITOR ESPÍRITA

Gestos e

Gesticulação

(Org. por Sérgio Biagi Gregório)

Curso de Expositor Espírita

slide2

GESTOS E GESTICULAÇÃO

Introdução

Gestualidade é o comportamento do corpo que abrange gestos (em movimento) e atitudes ou posturas (parados). ==> “sermo corporis”

Proxêmica Estuda a significação da gestualidade em relação ao espaço. ==> perto, longe ou acima do público.

GESTUALIDADE

E

PROXÊMICA

Curso de Expositor Espírita

slide3

GESTOS E GESTICULAÇÃO

Definição

Movimento do corpo, em especial da cabeça e dos braços, ou para exprimir idéias ou sentimentos, ou para realçar a expressão.

Gesto

Ação de gesticular, ou seja, Fazer gestos, em geral acompanhando com eles a fala.

Gesticulação

Curso de Expositor Espírita

slide4

3. GESTO: NOÇÕES GERAIS

GESTOS E GESTICULAÇÃO

Noções Gerais

Ato ou ação por meio do qual se dá força às palavras.

Deve ser feito sem exagero e sem excessos, isto é, com naturalidade e elegância.

Lembrar sempre que ele é apenas a essência, tão somente, do que se quer exprimir.

Deve preceder à palavra ou acompanhá-la, nunca sucedê-la. Se anteceder, prepara o efeito da palavra; se acompanhá-la, reforça-a; se suceder, perde sua força.

Curso de Expositor Espírita

slide5

GESTOS E GESTICULAÇÃO

Postura

Evite-se a postura displicente, como falar sentado na cadeira ou encostado em alguma coisa. Jamais sentar-se sobre a mesa.

O olhar do expositor deve percorrer a platéia inteira, não circunscrevendo a atenção para esse ou aquele lado, em especial.

Evitar os maneirismos, isto é, torcer os dedos, mexer na roupa, estalar os dedos, esfregar as mãos, bater palmas ou tocar amiudamente objetos sobre a mesa.

Curso de Expositor Espírita

slide6

GESTOS E GESTICULAÇÃO

Cabeça

Se pender, indica humilhação;

Muito elevada, arrogância;

Caída para os lados, lassidão;

Se firme, imobilizada, olhar fixo, lábios fechados, dará a impressão de energiaferoz.

Curso de Expositor Espírita

slide7

GESTOS E GESTICULAÇÃO

Dedos

Devem permanecer levemente abertos e curvados.

O dedo indicador em riste é acusador.

Unido ao polegar é doutoral, de quem ensina.

Abertos o polegar, o indicador e o médio, é o gesto de quem explica, explana.

Curso de Expositor Espírita

slide8

GESTOS E GESTICULAÇÃO

Mãos

Repelir ==> Palma da mão volvida para baixo até a altura do peito.

Defesa ==> Erguem-se as mãos à altura do peito, palma aberta para fora.

Desolação ==> As mãos caem, palmas abertas para fora.

Pedir ==> Quando se pede, elevam-se as mãos até o peito, palmas para cima, movimento trêmulo.

Curso de Expositor Espírita

slide9

CONCLUSÃO

Nem prender as mãos, tornando-as imóveis, nem lançando-as para trás, imobilizando-as, nem adotando gesticulação teatral exagerada.

A melhor atitude perante os próprios gestos é esquecer as mãos, e falar com naturalidade, deixando que elas procedam como procedem quando conversamos.

Curso de Expositor Espírita

slide10

FONTE DE CONSULTA

SANTOS, M. F. dos. Curso de Oratória e Retórica. 7. ed., São Paulo, Logos, 1959.

SIGNATES, L. Caridade do Verbo - Métodos e Técnicas de Exposição Doutrinária Espírita. Goiânia, Federação Espírita do Estado de Goiás, 1991.

TRIANGALE, DANTE. Introdução à Retórica - A Retórica Como Crítica Literária. São Paulo, Duas Cidades, 1988.

Curso de Expositor Espírita