Download
desenvolvimento de projetos e produtos n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Desenvolvimento de Projetos e produtos PowerPoint Presentation
Download Presentation
Desenvolvimento de Projetos e produtos

Desenvolvimento de Projetos e produtos

118 Views Download Presentation
Download Presentation

Desenvolvimento de Projetos e produtos

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Desenvolvimento de Projetos e produtos Prof. Sílvio Carlos Valentini BIBLIOGRAFIA : Projetos & Negócios – Sílvio Carlos Valentini –Editora Komedi – 2006. Projetos – Planejamento, elaboração e análise - Woiler Samsão e Washington Mathias- Ed. Atlas 1997. Adm. Marketing – Philip Kotler – Pearson – 2001. Gerencia de Projetos – Ralph Keeling – Saraiva -2003.

  2. Plano de aula

  3. Plano de aula

  4. INTRODUÇÃO AO PROJETO Objetivo : Mostrar ao aluno as definições bem como as classificações do projeto como planejamento. BIBLIOGRAFIA : Projetos – Planejamento, elaboração e análise - Woiler Samsão e Washington Mathias - Cap. 1

  5. Aula 1 A natureza de um projeto: objetivos e características

  6. Por que estamos aqui? Porque o administrador é importante? O que é administrar?

  7. Fazer as coisas acontecer

  8. Gerenciar projetos • O que são projetos? • Qual são as diferenças entre um projeto de um produto?

  9. Definição PMI de projeto • “Um esforço temporário empreendido para criar um produto ou serviço único”

  10. Qual é o seu projeto? • Um praia paradisíaca, • Uma aventura pelas encostas, • Ou sair em uma viagem, • Em todos esses caminhos teremos as variantes relacionadas ao ambiente que pode ser mais hostil ou amigável. • Onde iniciaremos nosso projeto

  11. O fato é que o tempo muda constantemente e os projetos surgem como resposta ao ambiente.

  12. Um ambiente tão estático e gélido pode conter ameaças mesmo vindas de muito longe.

  13. Ameaças silenciosas, O efeito estufa cresce, a concorrência também,.....

  14. Previsão para ambiente • “Titanics continuarão a afundar”

  15. Aceleração no ritmo das mudanças Oportunidades ilimitadas para inovação Ambiente tecnológico Variações dos orçamentos de P&D Regulamentação mais rigorosa Ambiente Tecnológico

  16. Provocam mudanças nas organizações • Pressão de demanda • Continua pressão por diversificação e diferenciação • Alterações tecnológicas • Internacionalização da competição

  17. O jogo é rápido Ação e Reação Exige respostas rápidas E devemos ter todo cuidados para não cometer faltas É necessário melhorar os processos

  18. O ambiente dos projetos • O mercado • A concorrência • Os fatores sociais, econômicos, culturais, demográficos, tecnológicos, ambiente natural, • O ambiente interno,

  19. Exercíciosmódulo 1 • Defina o que é um projeto. R - Um esforço temporário empreendido para criar um produto ou serviço único • Diferencie um projeto de um produto R – Um projeto é algo que poderá dar origem a um produto e, sendo assim, é algo mais dinâmico, nele são alocados um grande número de recursos, enquanto que o produto é algo mais rotineiro e com aspectos produtivos mais controláveis. • A gerencia de projeto nos dias atuais é um assunto importante? Justifique sua resposta. R – Sim, pois vivemos em um ambiente muito dinâmico e com níveis de competição crescentes, qualquer investimento incorreto pode representar uma perda de recursos e oportunidades que podem colocar uma empresa ou o próprio projeto em uma situação desconfortável. • Discuta em grupo e de exemplo de sucesso e fracasso de projetos.

  20. O Processo de planejamento e o projeto Aulas 4 e 5

  21. Projeto como processo de transformador e gerador de melhorias Processo Gerencial Introdução Para a ação Resultado Necessidade de ação Processo de Transformação Entrada Saídas

  22. Tipos de Decisões • Estratégicas • Votadas a empresa e o ambiente. • Gerenciais • Voltadas a forma e estrutura da empresa. • Operacionais • Voltadas aos processos de transformação e operações associadas.

  23. Planejamento • Definição : Ferramenta administrativa para tomada decisão, que através do processo de coleta, seleção, organização e análise de dados e informações, transforma, dados em ações (indicadores) para desenvolvimento de estratégias que possibilitem a diminuição dos riscos e a melhoraria do desempenho nos processos decisórios.

  24. Filosofias de Planejamento • Satisfação : • Atingir nível de satisfação viável. • Aderentes ( pouca resistência). • Viabilidade financeira. • Tendem a ser conservadores. • Otimização: • Objetivos quantitativos – relacionados a medidas monetárias e quantitativas. • Necessita de sistemas computacionais . • Automatização do processo decisório (Boa para processos operacionais). • Adaptação: • Resposta e Equilíbrio Externo/Interno • Tipos de Adaptação (passiva e preventiva) • Vantagem focalizar os recursos humanos, desvantagem dificuldade de abandonar o enfoque tradicional.

  25. Decisão de Investir • Análise da Sinergia • Positiva – 1 + 2 >=4 –Cabeleireiro monta empresa ou unidade de venda de produtos de beleza. • Negativa – 1+ 2<=1 – Oficina mecânica monta empresa ou unidade de venda de produtos de beleza.

  26. Estratégias para o crescimento • Expansão x Diversificação • Penetração de mercado : ampliar a porcentagem de participação no mercado atual. Ex. - Começar a vender pipoca ou aumentar as vendas no mercado de atuação. • Desenvolvimento de mercado : descobrimento novos mercados. Ex. :vender também na outra escola. • Desenvolvimento de novo produto : desenvolver o ampliar o produto gerando um novo produto. Ex. : O pipoqueiro passa vender amendoim torrado e pipocas picantes com queijo. • Diversificação : Vender novos produtos em novos locais.

  27. Produto Presente Novo Missão Penetração de Mercado Desenvolvimento De Produto Presente Desenvolvimento De Mercado Diversificação Nova Matriz de Anssof Elementos para definir o vetor de crescimento

  28. O objetivo do projeto Aula 5

  29. O objetivo do projeto • Relaciona-se a uma necessidade. • Primeira ação a ser tomada quando iniciamos um projeto. • Objetivo é aquilo que deseja-se fazer (o quê), em um determinado local ( onde?). • Em um tempo (quando?) • A ele estão associadas as estratégias para que ele seja conquistado (como),

  30. Estratégia • A estratégia é o plano de ação, que nos mostra como chegaremos ao nosso objetivo. Ela procura indicar as melhores ações para realizarmos nosso objetivo. • Pode-se definir estratégia como a arte de elaborar planos de ações ou táticas.

  31. Hierarquia dos objetivos • Priorizados quanto ao prazo, grau de relevância, importância e urgência. • Relacionados a decisões : Estratégicas, gerenciais e operacionais.

  32. O surgimento do projeto na organizações • Suprir necessidades internas ou externas. • Desenvolver novos negócios, produtos ou serviços. • Promover inovações ou melhorias organizacionais.

  33. A natureza do projeto nas organizações Aula 7 Bibliografia : Gestão de Projetos – Ralph Keeling

  34. Os projetos de hoje • Apresentam-se de muitas formas e tamanhos diversos , variando em tempo, complexidade e aplicação, mas todos apresentam características comuns: • São empreendimentos interdependentes; • Possuem propósitos e objetivos distintos; e • São de duração limitada. • A maioria dos projetos também tem: • Datas determinadas para início e conclusão. • Recursos específicos (incluindo financeiros e humanos); e • Administração e estruturas próprias.

  35. Características e benefícios da gestão de projetos Algumas características segundo R. Keelling • Simplicidade de propósito – metas e objetivos facilmente entendidos. • Clareza de propósito e escopo – pode definir claramente os propósitos, o escopo, as limitações, os recursos, administração, qualidade, etc.. • Controle independente – pode estar protegido das ameaças e flutuações ambientais. • Facilidade de medição – o desenvolvimento dele pode ser medido e comparado com outros indicadores.

  36. Características e benefícios da gestão de projetos • Facilidade de emprego - alocação de profissionais e recursos específicos. • Conduz a motivação e o moral da equipe – devido ao seu aspecto de inovação. • É sensível ao estilo de liderança – equipe multidisciplinar altamente motivada pode ter reações adversas quanto a liderança. • Favorece ao desenvolvimento individual – troca de informações • Mobilidade - pode ser executados em localidades distantes.

  37. Características de um gerente de projeto • 1 – o centro de coordenação • 2 - e elo de ligação entre membros participantes ( stakeholders) internos e externos a organização. • 3 – regulador do progresso, velocidade e custo. • 4 – líder motivador do pessoal do projeto. • 5 – comunicador e negociador. • 6 – controlador dos recursos e finanças.

  38. A natureza do projeto – Ciclo de vida do projetoestudo caso projeto tribal Aula 8

  39. O ciclo de vida do projeto • Conceitual • Planejamento • Implementação ( execução) • Conclusão

  40. Ciclo de vida do projeto finanças Ciclo de vida Recursos gastos Recursos a gastar Tempo disponível a partir do início do planejamento tempo Conceito | Planejamento | Implementação | Conclusão

  41. Conceituação • Ponto de partida ou origem do projeto. • Nasce para atender uma necessidade. • Pode não possuir processos definidos para atingir um resultado, sendo assim desenvolvera a medida que as idéias evoluem. • Na fase se conceituação deve considerar as expectativas, potencialidades, considerações sobre viabilidade e risco, e perspectivas da avaliação inicial. • Proposta do projeto • À medida que a idéia evolui pode ser necessária a busca pelas aprovações de envolvidos no projeto. • Estudo de viabilidade • Dada a decisão favorável a inicio das ações, é iniciado o estudo de viabilidade que examina minuciosamente todos itens relacionados as necessidades, resultados, riscos e viabilidade do projeto.

  42. O Planejamento • Formalmente começa após a decisão de prosseguir, nesse caso devem ser revistos os aspectos do plano e objetivos, definida a estrutura. • Através do planejamento teremos o acompanhamento periódico do progresso, analisando-se a formação e subordinação das estruturas e a possibilidade de revisões. • Os programas de análise são baseados em: • Tempo – periodicidade de revisão que podem coincidir com marcos. • Pontos estratégicos.

  43. Implementação (execução) • Após finalizada a fase de planejamento o plano é implementado, isso é, é colocado em execução. • A eficiência na implantação esta associada à qualidade do plano formulado, à eficácia da administração, tecnologia, liderança e controle.

  44. Conclusão • Essa fase inclui a preparação para conclusão do projeto e entrega. • Na finalização temos a checagem de todos os pontos entregues, o balanço de todos os recursos aplicados, entregues e a destinação dos recursos excedentes ou não mais utilizados.

  45. Ciclo de vida do projeto em relação ao tempo Ciclo de vida Tempo gasto Tempo remanescente tempo Conceito | Planejamento | Implementação | Conclusão

  46. Ciclo de vida do projeto, gastos cumulativos e recursos financeiros restantes finanças Ciclo de vida Gastos cumulativos Recursos não gastos tempo Conceito | Planejamento | Implementação | Conclusão

  47. Leitura do estudo de caso Tapete Tribal

  48. Visão sistêmica do projeto Aula 9

  49. Visão sistêmica do projeto Entrada Saída Processamento Feedback

  50. Sistemas • Um conjunto de elementos que se interagem para alcançar um objetivo. • Sistemas abertos: trocam informações com o ambiente. • Sistemas fechados: não trocam informações com o ambiente. • Os processos relativos a um sistema podem ser considerados sub-sistemas desse.