slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Lançamento PHARMACY PRO 7 Uelbes Mattos Gerente Comercial PowerPoint Presentation
Download Presentation
Lançamento PHARMACY PRO 7 Uelbes Mattos Gerente Comercial

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 70

Lançamento PHARMACY PRO 7 Uelbes Mattos Gerente Comercial - PowerPoint PPT Presentation


  • 108 Views
  • Uploaded on

Lançamento PHARMACY PRO 7 Uelbes Mattos Gerente Comercial. A EMPRESA. Desenvolvimento. Manutenção. ( Gerência de Requisitos ). Têndência de Mercado Sugestões de Clientes (buscar conhecer e documentar as necessidades do usuário e seus pleitos de satisfação).

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Lançamento PHARMACY PRO 7 Uelbes Mattos Gerente Comercial' - kerri


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

Lançamento

PHARMACY PRO 7

Uelbes Mattos

Gerente Comercial

slide3

Desenvolvimento

  • Manutenção

( Gerência de Requisitos )

  • Têndência de Mercado
  • Sugestões de Clientes (buscar
  • conhecer e documentar as necessidades
  • do usuário e seus pleitos de satisfação).
  • Disponibilidade Tecnológica
  • Exigências Fiscais

Modelo ALM

( Application Lifecicle Management )

TECNOLOGIA

slide4

Matriz

Ph Central

Loja 1

Loja 2

Loja 3

Ph Loja

Ph Loja

Ph Loja

PRODUTOS C&S

Pharmacy Pro 7

Pharmacy Central

Retaguarda

Frente de Loja

Televendas

slide5

TECNOLOGIA

  • Linguagem de Programação

( Delphi 7 )

  • Banco de Dados Open Source

Firebird

  • Ambiente Operacional

(Servidor)

Linux

slide7

Regras de competitividade

no cenário atual.

1 – Como está o mercado

2 – Problemas do segmento

3 – Habilidades e capacidades tornam a

empresa singular

AGORA ?

AMANHÃ ?

4 – Bases das suas vantagens competitivas

5 – Concorrentes

6 – Origem das margens

7 – MIX de produtos

8 – Quem são os Clientes

slide8

O novo perfil das drogarias

 Novas exigências na administração de uma drogaria.

 Auto serviço, televendas, vendas de produtos de conveniência, entregas em domicícilio

Novos recursos tecnológicos adequados à modernidade

 Novas regras de competitividade e rentabilidade do negócio

 Clientes mais exigentes

 Como ingressar e ter sucesso nessa nova era ?

slide9

FOCO DE VENDAS DO PHARMACY

ESTOQUES

CREDIÁRIO

ATENDIMENTO AO CLIENTE

slide10

DESAFIOS

-          Basicamente a classificação é feita pela capacidade de giro e/ou pela participação na composição do faturamento -    Existem duas tabelas no Pharmacy que fazem o controle destas classificações. A classe volume classifica os produtos de acordo com o seu giro. A classe valor é a responsável pela classificação dos produtos de acordo com sua participação no faturamento.

Análise dos estoques

-   Quando os produtos são cadastrados, eles recebem a classificação “L” (lançamento) e ficarão com esta classificação durante 4 períodos (semanas) até que ele tenha um histórico de venda.

Produtos que não são vendidos durante 12 períodos receberão a classificação “N” (venda zero). Neste caso, estes produtos não entrarão mais na sugestão de reposição. Caso voltem a vender o sistema os classificará de acordo com sua venda

-   Motivos:

Sazonalidade epropaganda:

A propaganda médica é muito agressiva e rápida, ela muda o receituário muito facilmente e nos outros produtos, existe a propaganda em revistas e televisão;

-          Lançamentos quase diários de novos produtos concorrentes mais modernos, em novas apresentações, genéricos, etc.

Solução:

O Pharmacy é, com certeza, a melhor ferramenta de gestão de estoques para drogarias e tornou possível estes instrumentos de gestão desde suas primeiras edições, além de adequá-los a realidade do negócio drogaria, também colocou o assunto numa linguagem de fácil entendimento para o segmento.

-    Seja de uma loja ou de uma rede de drogarias, o perfil de estoques é modificado quase diariamente. Cada produto tem uma classificação ABC, que muda o tempo todo.

Em função disto são necessárias mudanças semanais nos critérios de compra, armazenagem e precificação dos produtos.

-   Você sabia ?

* 40% dos itens  15% de faturamento

* 40% dos itens  0 % de faturamento

Ou seja ,

* 80 % dos itens  15% de faturamento

-   Você sabia ?

* 5% dos itens  50% de faturamento

* 15% dos itens  35 % de faturamento

Ou seja ,

* 20 % dos itens  85% de faturamento

slide11

DESAFIOS

Nível dos estoques X Faltas :

 Comprometimento de até 30% da real capacidade de vendas por falta de produtos ou mix inadequado.

 Perdas de produtos por validade, quando compra-se além do necessário.

 Níveis de estoques muito distorcidos da real capacidade de vendas das drogarias,

( em muitos itens faltam estoques e em outros sobram).

Motivos:

 Número médio de itens numa drogaria no Brasil é de 6.000

 Não existem informações atualizadas e confiáveis sobre o desempenho de cada produto.  Capital de giro X estocagem de produtos de baixo giro (70% dos itens vendidos em drogarias);

slide12

SOLUÇÃO

O Pharmacy é um sistema especializado para gestão dos estoques em farmácias e drogarias.

A partir do registro de cada venda, semanalmente gera-se um histórico detalhado das 12 últimas semanas de cada produto.

Com essas informações, o sistema calcula a DEMANDA MÁXIMA para cada produto, ou seja, a quantidade ideal a ser mantida na prateleira, sem excessos e sem faltas ...

Com Pharmacy você fica

sabendo quem é campeão

de estoque ou de prateleira

slide13

-    O comprador ainda define o padrão de duração do estoque, ou seja, o número em dias de estoque de trabalho ( ET ) (para suportar as vendas normais) e estoque de segurança ( ES ) (para suportar alguma eventualidade) que ele quer trabalhar, de acordo com o perfil de abastecimento X giro de cada produto;’

-   O cálculo da Demanda Máxima é automática e os índices gerenciais são atualizados semanalmente.

- O comprador também determina qual o ponto de pedido de um produto, ou seja, quando um produto entrará na sugestão de compras do sistema. Existem várias condições: ( X ) produto sob encomenda (só é comprado através de inclusão manual em pedido de reposição); ( D ) reposição da diferença entre estoque e demanda máxima; quando o estoque estiver a 70% ou a 50% da demanda máxima; quando estiver no estoque de segurança ou quando o estoque estiver zerado;

slide14

Como o Pharmacy pode

modificar sua administração

1 -Administrar produto a produto. não falta nenhuma

informação sobre o produto . Nada falta, nada sobra

2 - Acertar o mix de produtos segundo seu ponto de

venda ( Shopping, Centro, Bairro, Avenida, Galeria)

3- Tecnologia que só a C&S detém garante o estoque ideal  o valor ideal é o que

corresponde com a demanda de cada produto – ( DM = Qtd de um produto para que eu

esteja abastecido dele por 1 período que eu determinar ).

4 – Como conhecer a demanda? Sabendo o nº de consumidores / período de compras.

5 – Porque é o melhor gerenciamento? porque a tecnologia de fazer essa conta

não é qualquer um que faz isso, requer um conhecimento.

6 – Qual é o produto que nunca falta nas farmácias que NÃO USAM o PHARMACY ?

R –“ESTAMOS EM FALTA”, toda farmácia que não usa PHARMACY tem esse “ produto “

7 – Qual é o produto que nunca falta nas farmácias que USAM o PHARMACY ?

R –“PERFEITAMENTE”, toda farmácia que USA PHARMACY tem esse “ produto “

8 – ECF x TEF  Outros programas informatizam sua loja para o fisco ganhar dinheiro

PHARMACY informatiza sua loja para VOCÊ ganhar dinheiro.

slide15

DRUGSTORE

- DESAFIOS

Com o advento do “drugstore” , foi preciso uma

especialização da gestão, variando a mesma

conforme departamento e seção de cada produto.

- MOTIVO 

 Nos últimos anos, as drogarias têm ampliado em muito o MIX de produtos. Com a

expansão das vendas desse novo MIX, nasceu uma preocupação para o gestor da

drogaria: como compor gôndolas atraentes, sem formar estoques acima das necessidades ?

  • - SOLUÇÃO 
  • O Pharmacy passou e passa por modificações constantes para a devida adequação ao advento do “drugstore”. Para cada grupo de produtos, existe uma política diferente de abastecimento, armazenamento e composição de gôndolas. Para cada uma, o usuário encontra no Pharmacy as melhores ferramentas:
  • Curva ABC
  • Estoque ideal;
  • Índice de faltas;
  • Inventário;
  • Redução de perdas por validade;
  • Reposição;
  • Análise dos estoques;
  • Cadastro de produto por departamento, seção linha e vários outros agrupamentos
slide16

GERÊNCIA POR PRODUTO

Departamento

Seção

Linha

Classe

Medicamento

Perfumaria

Mercearia

Bebidas

Higiene

Genéricos

Beleza

Fermentados

Benazepril

Captopril

Enalapril

Destilados

Tratamento

Maquilagem

Anti-Hipertensivos

Enlatados

Psicotrópicos

Fraldas

Éticos

Geriátricas

Infantil

slide17

2 ANTI-HIPERTENSIVO

CAPTOPRIL

LISTA NEGATIVA

NÃO EXIGE RETENÇÃO

slide19

- Esta área do cadastro do produto é destinada à fotografia do produto. Esta imagem estará disponível na tela de vendas no balcão e no televendas e também pode ser associada à imagens de produtos que podem ser oferecidos como venda adicional (diurético) , lista de promoções, receitas etc...

slide20

ATUALIZAÇÃO DE PREÇOS

  • - DESAFIO
  • 1 -As drogarias não informatizadas ou informatizadas com sistema sem um
  • mecanismo eficaz para atualização de preços sofrem com vários problemas
  • relacionados à precificação de seus produtos:
  • - Manter os preços dos produtos controlados pelo governo atualizados;
  • - Precificar os produtos não controlados pelo governo;
  • - Criar uma política de preços competitivos sem perder dinheiro.

- MOTIVO 

1 - Não dispor de informações e métodos confiáveis sobre de seus custos.

  • - SOLUÇÃO 
  • Atualização através de arquivos fornecidos pelo principaisdistribuidores e
  • revistas de preços (disquete ou Internet);
  • - No momento da entrada de mercadorias;
  • - Através de atribuição percentual para todos os produtos ou determinado grupo;
  • - Através de listagem, manualmente.
slide21

PEDIDOS

- DESAFIO

1 -Compra-se muito mais do que realmente é necessário, comprometendo o capital de giro e

aumentando as faltas dos produtos de maior giro e maior participação no faturamento

2 - Desempenho do comprador: Inexistência de instrumento eficaz para verificar se há produtos com

nível de estoque abaixo ou acima da demanda e com isto medir o desempenho em compras

- MOTIVO 

1 - Processo de compras é bastante rudimentar / Desconhecimento do desempenho de cada produto

quantidade alta de produtos de baixo giro / Estoque mínimo

2 - Todos os profissionais de uma empresa, precisam de indicadores de resultados.

- SOLUÇÃO 

1 - Com o Pharmacy, a qualquer momento do dia, o comprador conhece as necessidades de reposição de produtos pelos critérios que definir e só senta com o fornecedor para negociar. Poderá listar a reposição de um produto, produtos de um determinado fabricante, produtos de maior giro, de maior participação no faturamento, produtos para uma eventual promoção, etc.

2 - Com o Pharmacy, compradores e diretores passam a ter ferramenta eficaz para aferir o desempenho em compras. Por meio da totalização da demanda e do estoque é possível analisar quais os produtos que estão com seus estoques fora do padrão.

slide22

-  O pedido pode ser feito manualmente de forma simples e rápida. Todos os dados da nota são informados na mesma tela

-  A inclusão pode ser feita pelo código PH, cod de barras, cod do distribuidor contido na NF ou pelo nome.

-  Pode-se usar preço de custo ou de vendas e ainda atualizar os preços no sistema quando da entrada na NF

-  O desconto pode ser em % ou em R$

-  Para os pedidos feitos por cod de barras, pode-se escolher a digitação da quantidade ou não. Este recurso possibilita a redução de erros a zero.

-  A alteração ou inclusão dos itens pedidos pode ser feita antes ou depois da chegada dos produtos.

slide23

-  Será levado em conta :

Demanda X estoque

-  O pedido pode ser feito de forma automática. Basta a definição prévia dos critérios de pesquisa.

O PHARMACY faz todo o trabalho duro.

X Duração dos estoques

X Opção de Demanda.

slide24

Itens do Pedido

Uma relação com todos os itens do pedido estará disponível para ser manipulada.

  • Pode-se alterar quantidades e preços, excluir itens, exporta-lo para a distribuidora conveniente, importar espelho da nota fiscal, receber a relação dos produtos que estão em falta naquela distribuidora e exportar novamente para outra distribuidora. O usuário do PHARMACY só fica em falta de produto se houver desabastecimento no mercado.

Tudo isso de forma prática, rápida e econômica

Com PHARMACY o gestor passa a repor estoques e após 12 semanas de uso, tem total capacidade de não comprometer nunca mais de 2% da sua real capacidade de venda.

A correção dos estoques para níveis ideais vai variar, em tempo e em esforços, de acordo com a qualidade dos estoques antes da informatização.

slide25

GESTÃO DE VENDAS

Convênios

Clientes Preferenciais

PBM

À Vista

Cartões

slide26

Convênio ( Empresa )

Convênio ( Empresa )

slide27

CONVÊNIOS

- CENÁRIO

Atualmente 50% das vendas das drogarias, em média, são à prazo.

O mercado já sinalizou há bastante tempo a tendência de crescimento continuado das vendas a crédito (em especial para os medicamentos), sejam destinadas para funcionários de empresas conveniadas, de associações, de governos ou para clientes preferenciais (fiado)

Vender (quase sempre a preço cheio)

 entregar  fechar fatura  receber

Ter convênio

era quase um favor que se fazia para

as empresas.

slide28

CONVÊNIOS

- Tendências Era assim  não é mais

- Existe disputa predatória pelos convênios entre farmácias ?

( GUERRA )

- Exige-se maior nível de prestação de serviços e de diferenciais competitivos para atender este mercado ? Entrega, descontos, posto avançado dentro das empresas, flexibilidade para pagamento (concorrência com o parcelamento do Cartão de Crédito )

-Administrar convênio deixa de ser um simples fechar fatura e receber no fim do mês.

- PHARMACY é muito mais que um gerador de lista, é um aliado. Oferece muitos diferenciais:

slide29

CONVÊNIOS

- Tendências Era assim  não é mais

  • - PHARMACY:
  • Flexibiliza negociações
  • Melhora a prestação de serviços
  • Protege o empresário
  • A empresa continua competitiva.

- Diferentes tabelas de desconto possíveis para um mesmo produto,

- Diferentes formas de atender que o mercado exige

(parcelamento, refinanciamento, entrega )

- Reflete perfeitamente as negociações: drogaria / empresa

- PHARMACY REPRESENTA UMA PROTEÇÃO PARA SUA EMPRESA

slide30

-  Para atender as exigências do mercado, o PHARMACY dispõe de um conjunto sofisticado, mas de fácil manipulação, de parametrizações que permitem definir praticamente todos os tipos de regras comerciais.

-   O processo de emissão é simples e oferece várias opções

-   Possibilidade de parcelamento das vendas para clientes cadastrados com a opção de pagamento da primeira parcela à vista ou não;

Imprime o cupom de débitos com informações detalhadas das parcelas no plano de pagamento;

slide31

-   Os demonstrativos e boletas podem ser configurados de diferentes formas: totalizado por cliente, totalizado por cliente e cupom, totalizado por cliente, cupom e produto, opção para cálculo de juros para pagamento até o dia atual ou para uma data futura, informada pelo usuário

slide32

-   Na tela de atendimento define-se os produtos através de código de barras, nome ou código PH, descontos que podem ser automáticos ou manuais, a navegação poder ser feita pelo mouse ou somente pelo teclado através de teclas de atalho.

slide34

-   O acesso aos dados do cliente é rápido e pode ser feito de 5 formas diferentes :

Código do cartão, CPF, telefone, Matrícula na empresa conveniada, Nome

slide35

-   As informações financeiras da negociação, como descontos, acréscimos etc, estão disponíveis na tela do atendimento de forma organizada e resumida.

slide36

-   Uma tela de segurança trás as informações resumidas que foram gravadas no servidor. Esta tela é a garantia que a venda foi gravada com segurança.

slide37

FECHAMENTO DE CONVÊNIOS

-    O processo é simples e seguro

-    O PHARMACY fornece uma relação com das empresas com fechamento previsto para as datas configuradas no campo “indicadores “.

Para cada empresa selecionada no campo à esquerda, aparecerá uma série de informações no detalhe à direita. Esse procedimento visa evitar erros e re-trabalho.

-    Após o fechamento, o PHARMACY fornece uma riqueza de detalhes:

* Quantidade de saídas no período

* Unidades vendidas

* Valores e descontos praticados

-    Após o fechamento, o PHARMACY fornece uma riqueza de detalhes:

* Relação de clientes e valores movimentados individualmente.

-    Após o fechamento, o PHARMACY fornece uma riqueza de detalhes:

* Dados da conta recebimento que foi gerada e implementada no fluxo de caixa como recebimento previsto e ainda não realizado.

-    Após o fechamento, o PHARMACY fornece uma riqueza de detalhes:

* Relação detalhada de todos os clientes daquela empresa que compraram no período fechado.

-    Após o fechamento, o PHARMACY fornece uma riqueza de detalhes:

* Relação de todas as saídas e produtos movimentado por cada cliente no período fechado. Essas informações estarão disponíveis no extrato demonstrativo.

-   O fechamento pode ser feito para uma ou várias empresas ao mesmo tempo.

É possível antecipar ou adiar a data dos fechamentos de acordo com conveniências (solicitação da empresa, finais de semana, feriados etc)

slide38

EMISSÃO DE BOLETAS

-   Antes da impressão é possível configurar preferências e visualizar os dados que serão impressos.

-Os fechamentos das contas, a emissão de extratos e a boleta de cobrança para envio aos clientes são feitos de acordo com a necessidade das partes: 15 dias, 30 dias, etc.

-A emissão de boletas é individual por cliente e por empresa. Para conforto dos clientes, muitas drogarias adotam este recurso. Após o fechamento do convênio, o usuário poderá emitir boletas de cobrança ou demonstrativos.

- Constam na boleta:  A razão social da drogaria;O valor a pagar e a data de vencimento;

- É detalhado ainda o valor de correção diária, multa, quitação mínima, informações sobre contas já vencidas e não quitadas, emissão de comprovantes para pagamento.

slide39

Preferencial ( Fiado )

Preferencial ( Fiado )

slide40

CLIENTES PREFERENCIAIS

  • Gerência de clientes que se equipara ao gerenciamento de

cartão de crédito.

  • É muito mais que uma ficha de compras do período

 porque tem cliente a cliente  a vida dele ( Perfil ), ( DBM ), ( CRM )

Gera a base de dados

  • Telemarketing ativo  plano de fidelização
  • Possibilita o cartão próprio  identificação da drogaria)
slide41

-    O vendedor preenche os campos de acordo com o que foi negociado com o cliente na hora da venda. A forma de pagamento contempla inúmeras possibilidades

-    O PHARMACY gera as parcelas com as datas programadas e acréscimo financeiro ( quando previsto ).

-    A forma de buscar o cliente e a Modalidade de Pagamento é a mesma para todas as vendas.

-    O PHARMACY permite que se configure negociações diferentes para cada perfil de venda

-    Define-se a Modalidade de Pagamento a ser trabalhada

-    Neste caso, o NÚMERO DE PARCELAS é definido pelo vendedor na hora do atendimento, devendo respeitar o limite máximo de 6 X

-    Exemplo de venda para clientes que podem comprar fiado e pagar em até 6 vezes com a 1ª parcela para 10 dias.

slide42

REFINANCIAMENTO

REFINANCIAMENTO

A partir da conta gerada pela venda, é

possível fazer a quitação integral,

parcial ou REFINANCIAR

O Nº de parcelas originará novas contas

que podem ser ajustadas nos valores e

vencimentos

slide43

o controle é feito através de contas recebimentos, ao efetuar

uma venda, ela se transforma em uma conta recebimento.

É possível trabalhar com fechamentosde períodos

(similar ao cartão de crédito )ou aniversário de cada conta

slide44

FECHAMENTO DE PREFERENCIAIS

-    O PHARMACY fornece uma relação com as Modalidade de saída com fechamento previsto para as datas configuradas no campo “indicadores “.

Para cada seleção no campo à esquerda, aparecerá uma série de informações no detalhe à direita. Esse procedimento visa evitar erros e re-trabalho.

-    Como nos convênios, o sistema de fechamento é simples, rápido e seguro

slide46

PBM

 Conceito : Plano de Benefício de Medicamentos

- Como Funciona :

PBM Credencia :

=Vários Laboratórios

=Vários Planos de saúde

=Várias Drogarias

=Vários Beneficiários ( funcionários de empresas )

Proposta => ( Exemplo ) administrar a saúde de todos os 37.000 empregados do Mc Donald´s.

ÜO rémedio é vendido com X% de desconto para os funcionários.

Ü O plano de saúde credenciado oferece X% de desconto

( prescreverá o remédio de laboratórios credenciados).

ÜO laboratório vende p/ drogarias credenciadas com preço diferenciado

ÜDividi-se o dinheiro que sobra entre PBM e empresa ( que pode repassar ao empregado )

slide47

PBM

CONSEQUÊNCIA DESTE EXEMPLO :

 O beneficiado parou de decidir onde comprar o remédio. O Mc Donald´s e a PBM é quem decidem: o Remédio, a Farmácia e o Plano de saúde

- Pharmacy é o programa que compatibiliza com a PBM. O cliente Pharmacy está em condições de firmar o convênio com PBM e não perder dinheiro.

- A proposta é formar uma grande rede de pequenas drogarias em todo Brasil.

- A C&S está muito atenta a esse assunto. Estamos negociando com todas

- A PBM só juntou o SH grande - tem que ser SH grande para estar neste mundo.

-Tudo que se pensa em convênio, fiado e PBM  PHARMACY TEM

slide48

PREVEMOS TODAS

AS POSSIBILIDADES

- Quer vender :

=Convênio?

=Fiado?

=PBM?

 Todos estão previstos no PHARMACY

Porque?

  • A C&S se propõe a fazer tudo que muitos tentaram e não conseguiram. Vinculamos o produto ao cliente no atendimento, no mesmo lugar ( Balcão -Televendas ).
  • Não é um registrador de saída  é um gerador de negócios => porque permite análise do histórico de Produtos X Clientes X Formas de Pagto X Desconto x Compras periódicas.
  • Melhor gerenciamento  Ganhar $
slide52

GERÊNCIA POR ATENDIMENTO

Balcão

Checkout

Televendas

slide57

-    O Perfil do cliente é composto de informações análíticas

informações sintéticas

Relação das vendas (cupons )

Relação dos produtos

Valor das compras nos últimos 15 , 30, 60, 90, 180 e 360 dias

-    O perfil ainda mosta a relação de produtos pelo nome fantasia (marca)

slide58

-    classe terapêutica, ou seja, para que serve este produto. Por exemplo, se alguém usa analgésico, antibiótico etc

slide59

-  Linha Genérica ou princípio ativo, ou seja, de que é composto este produto. Por exemplo, se alguém usa captopril ou capotem etc

slide60

- A consulta pode ser feita a partir do princípio ativo, no caso dos medicamento

- Se o produto já estiver na tela, pode-se solicitar a relação dos genéricos e similares ou produtos de marcas.

-    O produto pode ser acessado pelo princípio ativo ou classe teratêutica

slide62

-    Neste exemplo aparece uma relação de todos os produtos da classe terapêutica do AAS ADULTO, poderia aparecer também todos os genéricos e similares deste produto

slide63

- Da relação de produtos selecionados, ainda podemos ordenar por qualquer das colunas disponíveis.

Neste exemplo, informaremos ao cliente qual produto é mais barato, ordenando pelo preço