FORMAÇÃO CONTINUADA/MAIO/2012 - PowerPoint PPT Presentation

ingrid
forma o continuada maio 2012 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
FORMAÇÃO CONTINUADA/MAIO/2012 PowerPoint Presentation
Download Presentation
FORMAÇÃO CONTINUADA/MAIO/2012

play fullscreen
1 / 78
Download Presentation
FORMAÇÃO CONTINUADA/MAIO/2012
154 Views
Download Presentation

FORMAÇÃO CONTINUADA/MAIO/2012

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Secretaria de Estado da Educação Departamento de Educação BásicaEquipe de Ciências FORMAÇÃO CONTINUADA/MAIO/2012 NRE-GOIOERÊ

  2. PASTADISCIPLINA: CIÊNCIASTÉC. PEDAGÓGICO: AOSTO/2011PROGRAMAS-PATRULHA ESCOLAR(drogas e enfrentamento as violências).-PROGRAMA FICA-PROGRAMA SAÚDE MENTAL-AMPARE (Ass.mob. de pais,prof. e amigos da rede escolar).

  3. CONVITE- Docente - OficineiroSUGESTÃO DE TEMAS :SIMPÓSIO - EM CURITIBAPREVISÃO – OUTUBRO/NOVEMBRO DURAÇÃO – UMA SEMANA PÚBLICO ALVO: QPM E PSS

  4. PROPOSTA PARA HOJE:: OFICINA : LENDO CIÊNCIAS DENTRO DESTA PROPOSTA ABORDAREMOS METODOLOGIA DE ENSINO ONDE IREMOS TRABALHAR : LEITURA DE TEXTOS , IMAGENS E VÍDEOS ; ATIVIDADES EXPERIMENTAIS.

  5. DISCIPLINA DE CIÊNCIAS: Um dos objetivos da ciências naturais no ensino fundamental é desenvolver no aluno as competências que lhe permitam compreender o mundo e atuar como indivíduo e como cidadão, utilizando conhecimentos de natureza científica.

  6. Como o professor esta atuando em sala de aula ? Qual metodologia tem usado ?

  7. 1- Leitura dos textos e em seguida o aluno elabora questionário , responde e entrega valendo nota.

  8. 2- Leitura do texto e em seguida responde o questionário aplicado pelo professor;

  9. 3- o aluno faz a leitura do texto, o professor explica, contextualiza e propõe atividades ;

  10. 4- O professor levanta uma hipótese instigando o aluno a participar; - propõe a leitura do texto didático ou científico ou faz atividade de prática ; -propõe debate em grupos lançando algumas questões a serem discutidas.

  11. 5-

  12. Secretaria de Estado da Educação Departamento de Educação BásicaEquipe de Ciências TEMA: Lendo ciênciasGiselleNicarettaHestelamaris Takahashi

  13. A LEITURA ? • É essencial trabalhar essa competência em sala de aula. Normalmente, a leitura é associada à escrita, e não raro reduzida ao texto literário, mas o aluno tem de ser capaz de ler tudo e qualquer coisa. Ler é uma necessidade”. Altair Pivovar Encontro Pedagógico 13/03/2012

  14. ATIVIDADE - O quê você viu nestas imagens ?? - Escreva o que elas representaram para você...

  15. “Seja qual for a natureza da linguagem [...] um leitor só estabelece efetivo processo de leitura no momento em que se insere um diálogo.” (Pivovar, 2007 )

  16. “Leitura é uma reflexão de como você reage diante de tais situações” Altair Pivovar

  17. TEXTOS INSTRUCIONAIS • “Típico das experiências práticas caracteriza-se por uma sequência de instruções que se mal interpretadas, podem levar a conclusões incorretas.” • “Investigar as imagens que geralmente acompanhem o texto escrito, completando seu sentido, auxilia na compreensão do conteúdo.” Disponível em: http://www.saudecomciencia.com/2010/10/lavar-as-maos-corretamente-reduz.html Disponível em : http://revistaescola.abril.com.br/ciencias/pratica-pedagogica/conhecer-questionar-textos-expositivos-instrucionais-525607.shtml

  18. http://blog.ftc.br/ftcverde/wp-content/uploads/2010/04/revista-meio-ambiente-mar101.jpghttp://blog.ftc.br/ftcverde/wp-content/uploads/2010/04/revista-meio-ambiente-mar101.jpg http://www.usp.br/nce/newsletter/img/educacao1.jpg JORNALÍSTICOS • “Ao aproximar o conteúdo escolar dos fatos cotidianos, reportagens de jornais e revistas (sobretudo as de divulgação científica) possibilitam discussões sobre saúde, alimentação, meio ambiente e tecnologia.” • “tem linguagem mais simples e permitem que assuntos controversos entre cientistas sejam discutidos pelos alunos.” http://3.bp.blogspot.com/_l16-SKoLKRo/SyVi0Z0GzMI/AAAAAAAAAEg/88T2GsA4NSU/s400/cienciahoje.jpg http://www.colmagno.com.br/magnonamidia/0408%202/Capa.jpg http://lojacarosamigos.com.br/eshop.admin/imagens/lojacarosamigos/Thumbs/TN_capa148.jpg http://veja.abril.com.br/especiais/amazonia/index.html Disponível em : http://revistaescola.abril.com.br/ciencias/pratica-pedagogica/conhecer-questionar-textos-expositivos-instrucionais-525607.shtml

  19. TEXTO EXPOSITIVO Disponível em : http://revistaescola.abril.com.br/ciencias/pratica-pedagogica/conhecer-questionar-textos-expositivos-instrucionais-525607.shtml • “Característico dos artigos científicos, também aparece nos livros didáticos.” • “É um texto, sem espaços para várias interpretações.” • “Baseado em comprovações obtidas por meio de experiências, o autor deixa claro o caminho que fez para chegar a conclusão, comprovando ou refutando uma hipótese inicial”. • “O livro didático tem a vantagem de simplificar o discurso cientifico.”

  20. “Ao traduzir um artigo cientifico para um público mais amplo, o livro didático o modifica, tornando-o mais palatável e compreensível pelo público leigo na forma de texto expositivo científico.” Lorena Verli

  21. LEITURA E ANUNCIADO O QUE SERIA UM ENUNCIADO ? “Os enunciados caracterizam um tipo especial de manifestação discursiva, na qual um material físico transforma-se num material ideológico, que evoca um conhecimento de referência, fruto de uma experiência dialógica com gêneros primários*” (Pivovar,2007) * gêneros primários: espontâneos, produzidos nas situações corriqueiras de comunicação. Predomínio da oralidade.

  22. Imagens, vídeos e áudios: l

  23. ...campanha & propaganda... Disponível em: http://www.santacatarina.com.br/opinoes/dia-nacional-de-combate-ao-fumo-29-de-agosto/ Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=3ximC36VDM4&feature=related

  24. ...propaganda... Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=LkP9zKchKE8

  25. ...aquecimento global... Disponível: http://www.youtube.com/watch?v=MAY1UoQYMHk

  26. ...MAS E OS TEXTOS? • Funcionam como uma amarração entre os recursos.

  27. Disponível em : http://revistaescola.abril.com.br/ciencias/pratica-pedagogica/conhecer-questionar-textos-expositivos-instrucionais-525607.shtml

  28. ...para planejar... 1. Utilize a seguinte estrutura: • Escolha do tema (Enunciado): • Proposta do Problema: • Levantamento de Hipóteses: • Encaminhamento Metodológico( Estratégia Pedagógica) • Resultados Esperados: 2. Planejar: • Que leituras, que enunciados são possíveis trabalhar neste momento com estes materiais? • Que diálogo o enunciado que você escolheu pode estabelecer com os conteúdo que você está trabalhando? 3. Utilize neste exercício de planejamento os materiais a seguir: SLIDE 36 ao 45

  29. Entrevista Ana Maria Espinoza: “É essencial ensinar a ler textos de Ciências”; disponível em: http://revistaescola.abril.com.br/ciencias/fundamentos/preciso-ajudar-alunos-entender-textos-ciencias-426225.shtml “Conhecer Textos Expositivos e Instrucionais para Questionar” – Lorena Verli; http://revistaescola.abril.com.br/ciencias/pratica-pedagogica/conhecer-questionar-textos-expositivos-instrucionais-525607.shtml Textos de Apoio:

  30. ...decoração... Disponível em: http://www.artconcept.com.br

  31. ... twitter & música... • Frases Do Calvin “Se cortarmos as árvores, onde os animais irão viver? As pessoas gostariam se os animais derrubassem suas casas para plantar novas árvores?” (disponível em: https://twitter.com/#!/FrasesDoCalvin) As árvores -Arnaldo Antunes – Um Som Lançamento: 2002 As árvores são fáceis de achar/ Ficam plantadas no chão/ Mamam do sol pelas folhasE pela terra/ Também bebem água/ Cantam no vento/ E recebem a chuva de galhos abertos /Há as que dão frutas/E as que dão frutos/As de copa larga/E as que habitam esquilos /As que chovem depois da chuva/As cabeludas, as mais jovens mudasAs árvores ficam paradas/Uma a uma enfileiradas/Na alameda /Crescem pra cima como as pessoas/ Mas nunca se deitam/ O céu aceitam/ Crescem como as pessoasMas não são soltas nos passos/ São maiores, mas/Ocupam menos espaçoÁrvore da vida/Árvore querida/Perdão pelo coração/Que eu desenhei em você/Com o nome do meu amor. (disponível em: http://www.vagalume.com.br/arnaldo-antunes/as-arvores.html)

  32. Fonte: árvores do município de Iranduba - Foto:Antonio Lima –DivulgaçãoDisponível em: http://br.noticias.yahoo.com/aranhas-constroem-teias-gigantes-no-amazonas.html ...reportagem...

  33. ...reportagem & lâminas permanentes... http://modaspot.abril.com.br/tecidos/tecidos-tecnologia/tecidos-biologicos-sao-alternativa-sustentavel-para-o-futuro http://euachei.com.br/educacao/biologia/reino-plantae/briofitas-7.php http://acd.ufrj.br/labhac/figura27.htm http://www.estadao.com.br/noticia_imp.php?req=geral,museu-londrino-expoe-tecidos-dourados-feitos-com-teia-de-aranha,824997,0.htm

  34. ...animação... Rio, O Filme (105 min., 2011, EUA, Animação, Fox Film) Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=xTAfNUx0JDE

  35. ...vinheta de abertura de seriado... Disponível em : http://www.youtube.com/watch?v=fRBoFmYZOgc&noredirect=1

  36. The Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore (2011) Disponível em: http://www.youtube.com/watch?v=Adzywe9xeIU

  37. PARANÁ. Diretrizes Curriculares da Educação Básica Curitiba: SEED/DEB – PR, 2008. PARANÁ. Ensino fundamental de nove anos : orientações pedagógicas para os anos iniciais -Curitiba, PR : Secretaria de Estado da Educação, 2010. Pivovar, Altair. Escola e Histórias em Quadrinhos: O AgonDiscursivo. Curitiba, 2007 (Tese de Doutorado) Universidade Federal do Paraná. Entrevista Ana Maria Espinoza: “É essencial ensinar a ler textos de Ciências”; disponível em: http://revistaescola.abril.com.br/ciencias/fundamentos/preciso-ajudar-alunos-entender-textos-ciencias-426225.shtml “Conhecer Textos Expositivos e Instrucionais para Questionar” – Lorena Verli; http://revistaescola.abril.com.br/ciencias/pratica-pedagogica/conhecer-questionar-textos-expositivos-instrucionais-525607.shtml Referências:

  38. Secretaria de Estado da Educação Departamento de Educação BásicaEquipe de Ciências ATIVDADES EXPERIMENTAIS GiselleNicaretta Hestelamaris Takahashi

  39. O QUE É ATIVIDADE EXPERIMENTAL ? • Entende-se por atividade experimental toda a atividade prática cujo objetivo inicial é observação seguida da demonstração ou da manipulação, utilizando-se de recursos como vidrarias, reagentes, instrumentos e equipamentos ou de materiais alternativas, a depender do tipo de atividade e do espaço pedagógico planejado para sua realização. Diretrizes Curriculares de Ciências para o Ensino Fundamental ( 2008, p.71)

  40. ATIVIDADE EXPERIMENTAL “A inserção de atividades experimentais na prática docente apresenta-se como uma importante ferramenta de ensino e aprendizagem, quando mediada pelo professor de forma a desenvolver o interesse nos estudantes e criar situações de investigação para a formação de conceitos. Diretrizes Curriculares de Ciências para o Ensino Fundamental, (2008 p.76)

  41. Tais atividades não têm como único espaço possível o laboratório escolar, visto que podem ser realizadas em outros espaços pedagógicos, como a sala de aula, e utilizar materiais de alternativos aos convencionais. Entretanto, é importante que essas práticas proporcionem discussões, interpretações e se coadunem com os conteúdos trabalhados em sala. Não devem, portanto, ser apenas momento de comprovação de leis e teorias ou meras ilustrações das aulas teóricas.

  42. DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE OBJETIVOS • Onde o problema que vai ser solucionado é proposto com clareza ao aluno. Deve-se situar aquele experimento no contexto e relacioná-lo com os conteúdos. • O que pretende descobrir; comprovar aquilo que foi proposto teoricamente. PLANO DE AULA EXPERIMENTAL

  43. MATERIAIS PROCEDIMENTOS • Fazer uma descrição dos materias que serão utilizados naquele experimento para fornecer ao aluno; explicitar a maneira como os equipamentos devem ser conectados e montados. • Explicitar a maneira como os alunos devem agir de modo a obter os resultados desejados.