Nao coloqueis a candeia sob o alqueire. - PowerPoint PPT Presentation

guest811
slide1 l.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Nao coloqueis a candeia sob o alqueire. PowerPoint Presentation
Download Presentation
Nao coloqueis a candeia sob o alqueire.

play fullscreen
1 / 5
Download Presentation
Nao coloqueis a candeia sob o alqueire.
3387 Views
Download Presentation

Nao coloqueis a candeia sob o alqueire.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Texto baseado no Evangelho Segundo o Espiritismo Capítulo XXIV. “Não coloqueis a candeia sob o alqueire”

  2. Se a seu tempo Jesus falou ao povo por parábolas, foi para plantar uma semente que haveria de germinar no futuro. Assim, Ele, O Divino Mestre, jamais ocultou a Luz da Verdade, simplesmente a colocou de tal forma que, quando estivessem prontas à compreender, as pessoas entenderiam as alegorias por Ele utilizadas, mas, revelou com todas as letras, sem se valer de meias palavras ou “estórias” para se pensar, as maiores verdades: o caminho que leva ao Pai e à paz na vida é a humildade e a caridade. Do mesmo modo que falamos às crianças, nos valendo das alegorias, assim falou Jesus ao povo, certo de que as crianças cresceriam e então estariam prontas a compreender o sentido velado de suas “estórias”.

  3. Ele não só revelou claramente estes ensinamentos como os viveu em sua plenitude, exemplificando-os do início de sua trajetória terrena até o fim. Se conhecemos, ainda que de forma muito tímida, algumas dessas Luzes que conduzem os homens à Deus, se nos foi permitido compreender algumas das parábolas de Jesus, não temos o direito de esconder a Luz nem por medo, nem por vergonha, muito menos por não comungarmos da mesma “fé” de muitos, antes sim, se fomos chamados à compreensão e se ela é valiosa para nós, temos o dever moral de levá-la àqueles que a querem enxergar e para tanto estejam prontos. Ele jamais negou sua fé nem tão pouco vacilou por medo dos “poderosos” da Terra, ao contrário, nos mostrou claramente que o poder da Terra é passageiro e que o poder real e a riqueza verdadeira são as conquistas dos valores espirituais do ser humano.

  4. A exemplo de Jesus, sejamos corajosos quando formos chamados ao testemunho de nossa fé, pois, se ela for robusta e alicerçada na palavra do Divino Mestre, nada temos a temer. Não ocultemos a Luz, sob pena de termos de responder nos tribunais de nossa própria consciência por este ato. Se já compreendemos algumas das verdades perenes do espírito, estejamos abertos, sempre, a aprender mais e mais e, acima de tudo, a compartilhar da Luz que já conseguimos enxergar com nossos irmãos que ainda a estão buscando. Todo e qualquer conhecimento que não seja compartilhado é egoísmo e infantilidade, aprisiona o espírito, pois, nada há que não seja revelado a seu tempo.

  5. Texto e formatação: Anna Ponzetta Imagens: Gifs (Internet ) Música: 60 Years.