A evolução dos Sistemas de Informação - PowerPoint PPT Presentation

a evolu o dos sistemas de informa o n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
A evolução dos Sistemas de Informação PowerPoint Presentation
Download Presentation
A evolução dos Sistemas de Informação

play fullscreen
1 / 51
A evolução dos Sistemas de Informação
101 Views
Download Presentation
edita
Download Presentation

A evolução dos Sistemas de Informação

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. A evolução dos Sistemas de Informação Prof.Eng.Marcus Vinicus Branco de Souza, M.Sc.

  2. Agenda • A nova Economia – Novas regras • A estrutura das empresas • A busca por ferramentas • Conceito MRP I • Conceito MRP II • Conceito ERP (25/04) • Funcionalidades do ERP • Exemplos da funcionalidade

  3. A Nova Economia • Pessoas e empresas interligados eletronicamente • Organismos desenvolvendo um sistema nervoso digital • Novas regras de negócios Foco • Perceber o que agrega valor ao cliente • Atender o cliente com o que você faz de melhor

  4. Antiga EconomiaNova Economia Ativos intelectuais (idéias, informação, relacionamentos) Processamento de Informações Economia em rede (vendas diretas) Ativos físicos Movimentação Física de Produtos Distribuidores Tradicionais As Novas Regras

  5. As Novas Regras Espaço • Os concorrentes não vão esperar. “Seja global hoje.” • A distância desapareceu • Alcance os clientes virtualmente em qualquer lugar, mais rápido e barato • Clientes • A facilidade de acesso à informação dá mais escolhas ao cliente • Customização um-a-um • Resposta imediata

  6. Estrutura das Empresas(19/04) • Características comuns a qualquer tipo de organização • Integrar pessoas que perseguem fins comuns, apesar de cada um, em particular, fixar os seus próprios objetivos; • Estabelecer as interações entre indivíduos através do relacionamento recíproco, que se orienta em função da existência de uma dada estrutura organizadora; • Adotar uma dada divisão técnica do trabalho, a qual ordena o processo global de trabalho; • Possuir um ou mais centros e autoridade que a supra ordenam; • Possuir objetivos que a particularizam; • Caracterizar-se pela mobilidade da sua estrutura, constantemente reconstruída.

  7. Estrutura das Empresas • As empresas são organizações produtoras de bens ou serviços, que empregam neste processo de produção, pessoas, que utilizam e dominam uma tecnologia. Para atingirem objetivos propostos, as pessoas necessitam se integrar num conjunto organizado de atividades que foram previamente concebidas, planejadas e organizadas. • São orientadas para os resultados (= lucros); • Assumem muito particularmente o risco; • Orientam-se numa filosofia de negócios; • São geralmente avaliadas numa ótica contabilista; • Devem ser vistas como negócios pelas demais organizações.

  8. Estrutura das Empresas • Busca por ferramentas que possibilitem o controle, a organização e o planejamento das empresas para: • Obter melhores resultados(Maior Lucro); • Obter agilidade nos processos; • Garantir a informação certa, no momento certo, para as pessoas certas; • Integração de departamentos; • Evitar retrabalhos e redundâncias; • Estabelecer procedimentos.

  9. Busca por Ferramentas • I Fase: foco inicial nos processos produtivos - MRPI • Quando e quanto comprar? • Quando e quanto produzir? • II Fase: preocupação com a alocação dos recursos - MRPII • Estoque / Custos • III Fase: preocupação com a integração dos departamentos através da informação - ERP Aperfeiçoamento Evolução

  10. Conceito – MRP I Tecnológica e Organizacional MRPI -Material Requirement Planning Era Industrial NeoClássica (60 - 80s) Evolução do Conceito Piramidal Desenho Matricial

  11. Conceito – MRP I Tecnológica e Organizacional MRPI -Material Requirement Planning Mainframe Quando e quanto comprar e produzir de cada componente ?

  12. Conceito – MRP II Tecnológica e Organizacional MRPII - Manufacture Resources Planning Era Industrial NeoClássica (80 - 90s) Desenho Sistêmico In Op Out Alocação de Recursos Feed Controle de Estoque/Custo

  13. Conceito – MRP II Tecnológica e Organizacional MRPII - Manufacture Resources Planning Alocação de Recursos

  14. Conceito – ERP – Metodologia(25/04) Tecnológica e Organizacional ERP – Enterprise Resource Planning Era da Informação (90- ?) A Integração dos departamentos da empresa através da informação

  15. Conceito ERP – Metodologia • É o resultado de toda uma evolução tecnológica e gerencial das organizações. • Garante a integração dos departamentos da organização através da informação – mobilidade para todos os departamentos. Qual é essa evolução? Tecnológica Organizacional

  16. Conceito - ERP – Metodologia Vendas Estoques Compras Produção PCP RH Financeiro Contabilidade Livros Fiscais Patrimônio Manutenção Qualidade Importação Tecnológica e Organizacional ERP – Enterprise Resource Planning

  17. Funcionalidade do ERP PONTO DE PEDIDO (fábrica) PROJEÇÃO DE ESTOQUE MANUAL SOLICITAÇÃO DE COMPRAS COTAÇÃO ATUALIZAÇÃO PEDIDO DE COMPRA RECEBIMENTO ATUALIZA LIVROS FISCAIS ATUALIZA CONTAS A PAGAR GERA LANÇAMENTO CONTÁBILC ATUALIZA ESTOQUE ATUALIZA PEDIDO Exemplo -COMPRAS ANÁLISE

  18. Fluxo Sistêmico • Sistema é um conjunto de elementos dinamicamente relacionados (em interação) que desenvolvem uma atividade (processo) para atingir um objetivo ou propósito, operando insumos (entradas), colhidos no meio ambiente que circunda o sistema visando fornecer resultados (saídas). • O fluxo geral do ERP, mostra os pontos de integração entre os vários departamentos de uma empresa, seja ela de qualquer tipo: industrial, comercial, prestadora de serviços ou um conjunto dessas atividades.

  19. Movimento de Títulos Banco Fornecedor SIGA EDI fornecedor Lançamentos Automáticos Pedido de Compra LA Depreciação Ativo Fixo Recebim. de mercadoria LA Folha Contas a Pagar Lançamento Importação Cotação Simulação Financeira Controle de Qualidade Fluxo de Caixa Folha de Pagamento Ponto Eletrônico Solicitação Compras Estoque MP / MC Simulação Preços de Venda Orçamento Requisições Contrato de Fornecimento Projeção de Estoque Contabilidade Custos Previsão de Vendas Carga Máquina Controle de Produção LA de Rateios Produção Coletor Eletrônico Estatística Demonstração de L&P Mensal Acumulado orçado real orçado real Faturamento - CMV Razão Balancete Diário Estoque Produto Acabado Faturamento CMV + Margem Bruta Clientes Consulta Banco de Informação LA faturamento LA Contas a Receber Pedidos de Vendas Liberação de Estoque Faturamento Contas a Receber Movimento de Títulos Banco Financeiro PCP Liberação de crédito Contabilidade Folha e Ponto Estoque Faturamento Livros Fiscais Man.Industrial SIGA EDI - Cliente Importação SIGA EDI fornecedor Pedido de Compra Importação Cotação Solicitação Compras Contrato de Fornecimento Projeção de Estoque Ordens de Produção Apropriações Manutenção Industrial Previsão de Vendas Centros Improdutivos Livros Fiscais LA de movimentos NF DP Custo Compras Ativo Fixo

  20. Pontos de Integração • SupplyChain Management Vendedor Planejador Usuário PROJEÇÃO DE VENDAS PONTO DE DE PEDIDO EMISSÃO MANUAL SOLICITAÇÃO DE COMPRAS Comprador COTAÇÃO NOS FORNECEDORES Comprador ATUALIZAÇÃO DAS COTAÇÕES Comprador ANÁLISE E SELEÇÃO DE FORNECEDORES Comprador PEDIDO DE COMPRA Comprador RECEBIMENTO Lançamentos Padronizados GERA LANÇAMENTO CONTÁBIL ATUALIZA CONTAS A PAGAR ATUALIZA LIVROS FISCAIS ATUALIZA PEDIDO ATUALIZA ESTOQUE Ambiente Estoque Ambiente Financeiro Ambiente Contabilidade Ambiente Compras Ambiente Livros Fiscais

  21. Movimento de Títulos Banco Fornecedor SIGA EDI fornecedor Lançamentos Automáticos Pedido de Compra LA Depreciação Ativo Fixo Recebim. de mercadoria LA Folha Contas a Pagar Lançamento Importação Cotação Simulação Financeira Controle de Qualidade Fluxo de Caixa Folha de Pagamento Ponto Eletrônico Solicitação Compras Estoque MP / MC Simulação Preços de Venda Orçamento Requisições Contrato de Fornecimento Projeção de Estoque Contabilidade Custos Previsão de Vendas Carga Máquina Controle de Produção LA de Rateios Produção Coletor Eletrônico Estatística Demonstração de L&P Mensal Acumulado orçado real orçado real Faturamento - CMV Razão Balancete Diário Estoque Produto Acabado Faturamento CMV + Margem Bruta Clientes Consulta Banco de Informação LA faturamento LA Contas a Receber Pedidos de Vendas Liberação de Estoque Faturamento Contas a Receber Movimento de Títulos Banco Financeiro PCP Liberação de crédito Contabilidade Folha e Ponto Estoque Faturamento Livros Fiscais Man.Industrial SIGA EDI - Cliente Importação SIGA EDI fornecedor Pedido de Compra Importação Cotação Solicitação Compras Contrato de Fornecimento Projeção de Estoque Ordens de Produção Apropriações Manutenção Industrial Previsão de Vendas Centros Improdutivos Livros Fiscais LA de movimentos NF DP Custo Compras Ativo Fixo

  22. Titulos a Pagar Manual Consulta Banco de Informacões Importação Simulação de Fluxo Solicitações de Compras Financeiro Liberação de Crédito Pedido de Venda Fluxo de Caixa Pedidos de Compras Recebimento de Materiais Saldo Bancário Faturamento Carteira de Títulos a Receber Carteira de Títulos a Pagar Títulos a receber Manuais Contratos Financeiros boleto Reconciliação Bancária Bancos Movimentação de Títulos Movimentação de Títulos borderô Extrato Acompanha contas a Pagar Comissões Saldo Bancário Acompanha Contas a Receber Cópia de cheques Impressão de cheques Controle de Comissões Histórico de Clientes Aplicações Financeiras Movimentação Bancária Borderô de pagamentos Contabiliza Orçamento por Natureza

  23. Movimento de Títulos Banco Fornecedor SIGA EDI fornecedor Lançamentos Automáticos Pedido de Compra LA Depreciação Ativo Fixo Recebim. de mercadoria LA Folha Contas a Pagar Lançamento Importação Cotação Simulação Financeira Controle de Qualidade Fluxo de Caixa Folha de Pagamento Ponto Eletrônico Solicitação Compras Estoque MP / MC Simulação Preços de Venda Orçamento Requisições Contrato de Fornecimento Projeção de Estoque Contabilidade Custos Previsão de Vendas Carga Máquina Controle de Produção LA de Rateios Produção Coletor Eletrônico Estatística Demonstração de L&P Mensal Acumulado orçado real orçado real Faturamento - CMV Razão Balancete Diário Estoque Produto Acabado Faturamento CMV + Margem Bruta Clientes Consulta Banco de Informação LA faturamento LA Contas a Receber Pedidos de Vendas Liberação de Estoque Faturamento Contas a Receber Movimento de Títulos Banco Financeiro PCP Liberação de crédito Contabilidade Folha e Ponto Estoque Faturamento Livros Fiscais Man.Industrial SIGA EDI - Cliente Importação SIGA EDI fornecedor Pedido de Compra Importação Cotação Solicitação Compras Contrato de Fornecimento Projeção de Estoque Ordens de Produção Apropriações Manutenção Industrial Previsão de Vendas Centros Improdutivos Livros Fiscais LA de movimentos NF DP Custo Compras Ativo Fixo

  24. Cliente Faturamento Previsão de Vendas Tabelas de Preço Acompanhamento de Vendas Carteira de Pedidos Pedido de Venda Banco de Informações Reservas Liberação de crédito Carteira de Títulos a Receber Boleto Borderô Liberação de estoque Comissão Reajuste de Preços Faturamento (confirmação) Controle de Comissões SIGA EDI Nota Fiscal Rela,cão por transportadora Livros Fiscais Contabil Estoque/Custo Estatísticas Etiqueta para Embalagem Duplicatas Rentabilidade

  25. Movimento de Títulos Banco Fornecedor SIGA EDI fornecedor Lançamentos Automáticos Pedido de Compra LA Depreciação Ativo Fixo Recebim. de mercadoria LA Folha Contas a Pagar Lançamento Importação Cotação Simulação Financeira Controle de Qualidade Fluxo de Caixa Folha de Pagamento Ponto Eletrônico Solicitação Compras Estoque MP / MC Simulação Preços de Venda Orçamento Requisições Contrato de Fornecimento Projeção de Estoque Contabilidade Custos Previsão de Vendas Carga Máquina Controle de Produção LA de Rateios Produção Coletor Eletrônico Estatística Demonstração de L&P Mensal Acumulado orçado real orçado real Faturamento - CMV Razão Balancete Diário Estoque Produto Acabado Faturamento CMV + Margem Bruta Clientes Consulta Banco de Informação LA faturamento LA Contas a Receber Pedidos de Vendas Liberação de Estoque Faturamento Contas a Receber Movimento de Títulos Banco Financeiro PCP Liberação de crédito Contabilidade Folha e Ponto Estoque Faturamento Livros Fiscais Man.Industrial SIGA EDI - Cliente Importação SIGA EDI fornecedor Pedido de Compra Importação Cotação Solicitação Compras Contrato de Fornecimento Projeção de Estoque Ordens de Produção Apropriações Manutenção Industrial Previsão de Vendas Centros Improdutivos Livros Fiscais LA de movimentos NF DP Custo Compras Ativo Fixo

  26. Projeção de Estoque Contrato de Fornecimento Compras Ponto de Pedido Solicitação de compra automática Solicitação de Compra Solicitação Manual Cotação Fornecedores Cotação de preços Produto/ Fornecedor Divergências NF x Pedido Recebimento de Mercadoria Análise da cotação Pedido de Compra Relatório Boletim de Entrada SIGA EDI Atualiza Saldos Atualiza Pedidos de Compra Livros Fiscais Contabil Estoque/Custo Contas a Pagar

  27. Movimento de Títulos Banco Fornecedor SIGA EDI fornecedor Lançamentos Automáticos Pedido de Compra LA Depreciação Ativo Fixo Recebim. de mercadoria LA Folha Contas a Pagar Lançamento Importação Cotação Simulação Financeira Controle de Qualidade Fluxo de Caixa Folha de Pagamento Ponto Eletrônico Solicitação Compras Estoque MP / MC Simulação Preços de Venda Orçamento Requisições Contrato de Fornecimento Projeção de Estoque Contabilidade Custos Previsão de Vendas Carga Máquina Controle de Produção LA de Rateios Produção Coletor Eletrônico Estatística Demonstração de L&P Mensal Acumulado orçado real orçado real Faturamento - CMV Razão Balancete Diário Estoque Produto Acabado Faturamento CMV + Margem Bruta Clientes Consulta Banco de Informação LA faturamento LA Contas a Receber Pedidos de Vendas Liberação de Estoque Faturamento Contas a Receber Movimento de Títulos Banco Financeiro PCP Liberação de crédito Contabilidade Folha e Ponto Estoque Faturamento Livros Fiscais Man.Industrial SIGA EDI - Cliente Importação SIGA EDI fornecedor Pedido de Compra Importação Cotação Solicitação Compras Contrato de Fornecimento Projeção de Estoque Ordens de Produção Apropriações Manutenção Industrial Previsão de Vendas Centros Improdutivos Livros Fiscais LA de movimentos NF DP Custo Compras Ativo Fixo

  28. Estoques Estoque Entrada Controle 3os em poder produto em 3os Boletim de Entrada Saídas Requisições Devoluções Controle de Qualidade ESTOQUE Variação do Consumo de Materiais Estoque de produto acabado Inventário Geração de Requisições Automática Empenho Produção Produção ESTRUTURA

  29. Movimento de Títulos Banco Fornecedor SIGA EDI fornecedor Lançamentos Automáticos Pedido de Compra LA Depreciação Ativo Fixo Recebim. de mercadoria LA Folha Contas a Pagar Lançamento Importação Cotação Simulação Financeira Controle de Qualidade Fluxo de Caixa Folha de Pagamento Ponto Eletrônico Solicitação Compras Estoque MP / MC Simulação Preços de Venda Orçamento Requisições Contrato de Fornecimento Projeção de Estoque Contabilidade Custos Previsão de Vendas Carga Máquina Controle de Produção LA de Rateios Produção Coletor Eletrônico Estatística Demonstração de L&P Mensal Acumulado orçado real orçado real Faturamento - CMV Razão Balancete Diário Estoque Produto Acabado Faturamento CMV + Margem Bruta Clientes Consulta Banco de Informação LA faturamento LA Contas a Receber Pedidos de Vendas Liberação de Estoque Faturamento Contas a Receber Movimento de Títulos Banco Financeiro PCP Liberação de crédito Contabilidade Folha e Ponto Estoque Faturamento Livros Fiscais Man.Industrial SIGA EDI - Cliente Importação SIGA EDI fornecedor Pedido de Compra Importação Cotação Solicitação Compras Contrato de Fornecimento Projeção de Estoque Ordens de Produção Apropriações Manutenção Industrial Previsão de Vendas Centros Improdutivos Livros Fiscais LA de movimentos NF DP Custo Compras Ativo Fixo

  30. Pontos de Integração • Custos • Integração com subprodutos de outros módulos • Valorizações automáticas RM • Valorização das Vendas • Lançamentos Automáticos • Valorização do Estoque no Recebimento • Valorização Automática das OP’s PEDIDOS DE VENDAS PREVISÃO DE VENDAS DIGITAÇÃO PROJEÇÃO DE ESTOQUE ORDEM DE PRODUÇÃO EMPENHOS DIGITAÇÃO PRODUÇÃO REQUISIÇÕES CUSTO

  31. Movimento de Títulos Banco Fornecedor SIGA EDI fornecedor Lançamentos Automáticos Pedido de Compra LA Depreciação Ativo Fixo Recebim. de mercadoria LA Folha Contas a Pagar Lançamento Importação Cotação Simulação Financeira Controle de Qualidade Fluxo de Caixa Folha de Pagamento Ponto Eletrônico Solicitação Compras Estoque MP / MC Simulação Preços de Venda Orçamento Requisições Contrato de Fornecimento Projeção de Estoque Contabilidade Custos Previsão de Vendas Carga Máquina Controle de Produção LA de Rateios Produção Coletor Eletrônico Estatística Demonstração de L&P Mensal Acumulado orçado real orçado real Faturamento - CMV Razão Balancete Diário Estoque Produto Acabado Faturamento CMV + Margem Bruta Clientes Consulta Banco de Informação LA faturamento LA Contas a Receber Pedidos de Vendas Liberação de Estoque Faturamento Contas a Receber Movimento de Títulos Banco Financeiro PCP Liberação de crédito Contabilidade Folha e Ponto Estoque Faturamento Livros Fiscais Man.Industrial SIGA EDI - Cliente Importação SIGA EDI fornecedor Pedido de Compra Importação Cotação Solicitação Compras Contrato de Fornecimento Projeção de Estoque Ordens de Produção Apropriações Manutenção Industrial Previsão de Vendas Centros Improdutivos Livros Fiscais LA de movimentos NF DP Custo Compras Ativo Fixo

  32. Vantagens da Integração • Menor Volume de Digitação; • Maior Transparência nas Atualizações; • Informações on-line(tempo real); • Redução de Fraudes; • Maior Integridade dos Dados;

  33. Vantagens da Integração(08/05) • Maior velocidade de reposta e portanto de tomada de decisão; • Mantém a Empresa a frente da concorrência; • Evita as redundâncias; • Cria condição de sobrevivência.

  34. Novos Termos para atender novas necessidades! • Que necessidades são estas? • Globalização; • Empresas com alcance mundial; • Adaptação ao mundo E-enable(ou seja, baseado na Internet) • Padronização de produtos; • Comunicação...(necessidade de velocidade) • O que tornou isto possível? • Internet; • Telecomunicações em geral; • ...

  35. ERPII um novo capitulo... • Palavra de ordem: COLABORAÇÃO! • Pretensão: ultrapassar as quatro paredes, acelerar as atividades de e-commerce e e-business. Todos são parceiros Fornecedores e Clientes...todos conduzidos pelo Sistema e seus componentes; • O nascimento das “Hypercorporation”, serão 02 ou 03 no mundo...! Afirmam alguns especialistas.

  36. ERPII apêndices... • CRM – Customer Relationship Management – Atendimento ao Cliente; • BI- Business Intelligence – Planejamento e Gestão; • SCM – Supply Chain Management – Suprimentos; • E-procurement – Compras na NET; • Necessidade de ajuste perfeito!

  37. ERP II, outras linhas de pensamento... • Extended ERP – a previsão do futuro produto, a conexão total no Cliente; • ERM – Enterprise Relationship Management ...idéias! (A troca de informações traz vantagens competitivas diante dos seus competidores)

  38. Problemas no CRM • CRM não emplacou!...Um gigante de grandes olhos e braços pequenos... • O sistema não consegue executar as principais tarefas por falta de uma ferramenta que mostrasse todo o processo de operação. • Sistema passivo, necessitando ser Pró-Ativo... • Novo conceito – EE – Extended Enterprise – é um antigo CRM integrado ao SCM, é um aperfeiçoamento uma fusão.

  39. O BRM, Conceitos... • Business Relationship Management- processo onde todos os Fabricantes, Clientes, parceiros e fornecedores compartilham do mesmo sistema. • É um grande CHAT em torno de um produto com um método aberto para todas as pessoas envolvidas. • Trilhar um caminho baseado em informações corretas e concretas...trazendo retorno ao investimento. • Resolver o problema do Cliente e manter um bom relacionamento!

  40. ERPI para ERPII... • “A médio prazo não existirá um ERP que atenda a 100% dos requisitos de negócio de uma industria” • O que tornará isto possível: • Tecnologias como EAI (Enterprise Application Integration) para produtos “best of breed” (os melhores e mais procurados); • Integração com outros ERPs.

  41. ERPI para ERPII...A transição • Dificuldades.... • Se dentro das fronteiras de uma empresa, já era considerado uma implantação de alto risco! • A implantação de processos colaborativos entre empresas distintas torna a tarefa mais desafiadora! • Serão necessários: • Habilidades técnicas e dos conhecimentos dos processos da empresa; • Conhecimento Interempresas; • Convergência de Culturas(Desafio da Gerencia de Mudanças) • Integração entre tecnologias distintas...

  42. ERPI para ERPII... • O segredo continua nos detalhes... • Um “business case” consistente e conciso é fator critico de sucesso; • Um programa abrangente de Gerencia de Mudanças; • Um desenho do processo integrado(considerando requerimentos de colaboração entre parceiros da cadeia estendida de valor); • Seleção das melhores tecnologias disponíveis ; • Tecnologia – Processo – Colaboração... • É provavelmente isto que o ERP do futuro nos reserva!

  43. A empresa HOJE e a empresa WEB • WEB como modelo, não apenas no sentido Internet; • A nova empresa vai se parecer com uma teia: Rasa, intricadamente conectada, ligando funcionários, clientes, parceiros, fornecedores, contratados em cooperação; • Será difícil saber quem é quem!

  44. Internet Ubíqua(Cloud Computing) A reinvenção dos Negócios! A tecnologia além de uma ferramenta de redução de custos...permite repensar o negócio Para tornar isto possível é necessário mudar os modelos mentais dos dirigentes..! • O poder computacional estendido... Pc’s, celulares, telefones, agendas e televisores; • Foco no Cliente, Foco no Usuário; • Ferramentas para cooperação, entre funcionários, parceiros, clientes e fornecedores (não mais em ganho de eficiência e produtividade).

  45. Ficção cientifica X Realidade • ERPII, BRM, EE, Empresas WEB! • Tudo esta sendo desenvolvido em cima de novas necessidades... • Tudo tem acontecido de forma paralela... • É preciso conhecer os novos processos!

  46. O que temos... • ERPI...ERPII • CRM...EE • Market Place...BRM • Empresas ....Empresas WEB • Novos processos para atender novas necessidades

  47. ERP I …ERPII(24/05) N Enterprise Relationship Management E3 E2 Conectividade Colaboração Inter-empresarial Gestão Empresarial Interação com Consumidor Fornecedores Distribuidores Transportadores Front Office Back Office Office Clientes EE WORKFLOW ERPII Internet Intranet Extranet e-commerce BRM E-Procurement

  48. O caminho da necessidade de informação.... • Vários métodos e processos para obtenção de Informação... • Necessidades X Disponibilidade... • Quanto mais tecnologia embarcada, maior a necessidade de uma equipe competente, coesa e responsável

  49. Exercício individual • Com base nos termos abaixo responda: • ERPII; • BRM – Business Relationship Management; • EE -Extended Enterprise. • 1) O que significa cada termo? • 2)Qual é a abrangência de cada um destes conceitos • 3)Que lacunas estes novos produtos pretendem preencher nos Sistemas de Informação

  50. Questões(cont.): • 4)O que possibilita processos como o BRM e quais suas principais vantagens? • 5)Apesar de todas estas novidades qual é o enfoque que não pode ser esquecido em TI ? • 6) O Extended Enterprise, surgiu para resolver um problema de um processo que não funcionou. Que processo era esse e porque ele não funcionou!