slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Suzana Kahn Ribeiro Professora- Universidade Federal do Rio de Janeiro Vice Presidente do IPCC  PowerPoint Presentation
Download Presentation
Suzana Kahn Ribeiro Professora- Universidade Federal do Rio de Janeiro Vice Presidente do IPCC 

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 22

Suzana Kahn Ribeiro Professora- Universidade Federal do Rio de Janeiro Vice Presidente do IPCC  - PowerPoint PPT Presentation


  • 61 Views
  • Uploaded on

Rio Clima 2013 Promovendo Investimento Publico em Energias Limpas e Recuperação Ambiental ( Green New Deal ) e Esboçando uma Nova Ordem Financeira Internacional. Breton Woods de Baixo Carbono ?. Suzana Kahn Ribeiro Professora- Universidade Federal do Rio de Janeiro Vice Presidente do IPCC 

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Suzana Kahn Ribeiro Professora- Universidade Federal do Rio de Janeiro Vice Presidente do IPCC ' - derica


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

Rio Clima 2013Promovendo Investimento Publico em Energias Limpas e Recuperação Ambiental ( Green New Deal ) e Esboçando uma Nova Ordem Financeira Internacional. Breton Woods de Baixo Carbono ?

Suzana Kahn Ribeiro

Professora- Universidade Federal do Rio de Janeiro

Vice Presidente do IPCC 

Presidente do Comitê Cientifico do Painel Brasileiro de Mudança Climática

o problema
O Problema
  • Abundânciaem recursos naturais paraEscassez
  • Modelo de Desenvolvimento – Crises ambientais ( clima, água, biodiversidade, etc) & Crise econômica & Fome
  • Coexistência de realidades distintas – Problemas do Século XIX convivendo com os do século XXI
  • Definição de Progresso (redefinição do sucesso e bem estar)
projections to 2050
Projections to 2050

Source: White Paper Series- Sustainable Competitive Advantage

economic growth
Economic Growth

Source: UNIDOgreen industry initiative report

oportunidades valora o ambiental
Oportunidades : Valoração Ambiental
  • Pagamentos por serviços ambientais
  • Contabilização destes ativos ambientais assegura que o estoque de capital natural é transformado em desenvolvimento de qualidade.

Dificuldade: As estratégias são de longo prazo / Incorporação de custos ambientais aos produtos e serviços deverá ser feito de forma global e transparente/ Não há como os países resolverem estas questões de forma isolada. Todos os problemas e soluções estão interligados

Risco: Efeito “Lock in” – Quanto mais se investe em tecnologias do passado mais aprisionado se fica a ela.

que nova ordem mundial se quer
Que nova ordem mundial se quer ?
  • Precisamos de um novo modelo de desenvolvimento econômico. O modelo antigo nao trouxe o desenvolvimento almejado.
  • Desenvolvimento que depende de processos produtivos e infraestrutura com menor pressão sobre os recursos naturais e trazendo maiores benefícios para a sociedade.
  • Valorização do Capital Natural
  • Valorizacao do Capital Social
quest es
Questões

Como Financiar a Transição ?

Os recursos governamentais são escassos e é preciso saber qual a maneira mais eficiente de utilizá-los. O “New Deal verde” se relaciona com investimentos fortes em sistemas produtivos de baixo carbono e para pesquisa e inovação em energias limpas.

Há recursos consideravelmente mais importantes no setor financeiro internacional, nos seus diversos atores (fundos de pensão, fundos de investimento, fundos soberanos, bancos de investimento, etc.) que movimentam diariamente trilhões de dólares.

O objetivo obvio dessa “nuvem” de riqueza é sua auto reprodução e multiplicação mas os prazos e condições disso dependem de um variado tipo de produtos financeiros.

reflex es
Reflexões

Fatos :

As emissões atuais são superiores do que um nível consistente com o objetivo de 2 graus no fim do século ( estimativa de 50 GtCO2eq ano base 2010 ), ou seja 20% maior do que em 2000.

Países apresentaram suas “ pledges” mas há muita dúvida sobre o seu cumprimento. Se cumprirem o que prometeram o “gap” será de 8GtCO2eq em 2020.

Ou seja : Existirá um “ gap” de 8 Gt de CO2 eq por volta de 2020, para se trazer as emissões para 44 Gt de CO2 eq. O que se vislumbra é estarmos em 2020 com uma emissão de 58 Gt CO2 eq.

slide12

Exemplo do Potencial Tecnológico dos Veículos

As emissões atuais são superiores do que um nível consistente com o objetivo de 2 graus no fim do século ( estimativa de 50 GtCO2eq ano base 2010 ), ou seja 20% maior do que em 2000.

Países apresentaram suas “ pledges” mas há muita dúvida sobre o seu cumprimento. Se cumprirem o que prometeram o gap será de 8GtCO2eq em 2020.

reflex es1
Reflexões

Tecnicamente é possível se ficar no limite de 2 graus, considerando um custo marginal de abatimento entre 50-100 USD/tCO2 eq reduzida.

quest es1
Questões

Quais Produtos Financeiros ?

Como e criar uma unidade de valor que permita uma “conversibilidade” entre um conjunto de ações diversas que contribuem diretamente ou indiretamente à mitigação de emissões de GEE?

Cabe pensar-se numa “Bretton Woods” do baixo carbono?

Qual o fórum para sua convocação?

Quais os países fundamentais que deveriam convergir explicitamente?

reflex es2
Reflexões
  • Papel do Estado:

Há que se ter mecanismos de comando e controle

Há que se ter políticas públicas que conduzam ao caminho que se deseja

  • Papel do Setor Privado:

Sem o envolvimento do setor privado não se terá os recursos necessários para a transição

  • Crescimento contínuo – Mudança de Padrão de Consumo

Não há como se sustentar, mesmo com ganhos de eficiência.

Revolução tecnológica?

Quem imporá limites?

  • Valor do capital natural:

Risco de manter países em desenvolvimento dependentes de produtos de alto valor agregado, mantendo-os como provedores de serviços ambientais.

  • Mudança da Relação de Forças: Quem ganha e quem perde ?
mudan a de paradigma
Mudança de Paradigma

Economia tradicional

Resultados no curto prazo  Busca resultados financeiros

Nova Economia Resultados no médio e longo prazo  Busca resultados em termos de bem estar

Mudança de Paradigma

slide19

O papel de cada um

  • ONGs:
  • Desenvolver uma nova mentalidade que permita um maior diálogo com os setores produtivos e a sociedade civil.
  • Setor privado:
  • Se adaptar aos valores e visões que acompanham essa nova economia. A primeira dessas mudanças é a maneira por meio da qual a empresa trata de questões sociais e ambientais.
  • Governos:
  • Avançar suas posições nas agendas ambientais e sociais;
  • Encontrar maneiras pragmáticas de aliar ideologia com a obtenção de resultados.
nova rela o entre governo e mercado
Nova relação entre Governo e Mercado

O Governo e as empresas precisam encontrar formas de tornar a economia como um todo:

  • mais eficiente no consumo de recursos naturais;
  • mais socialmente inclusiva.

Para isso, as principais ferramentas disponíveis são:

  • Governo
  • Ações de fomento;
  • Instrumentos econômicos;
  • Instrumentos regulatórios;
  • PPPs.
  • Mercado
  • Inovação;
  • Diferenciação de produtos;
  • Responsabilidade socioambiental;
  • PPPs.
exemplo de mudan as china
Exemplo de Mudanças - China
  • 7 ETS pilotos,

5 cidades: Beijing, Shanghai, Shenzhen, Tianjin, Chongqing;

2 províncias: Guangdong e Hubei.

de onde sairão as melhores práticas para serem unificadas em um mercado de carbono nacional.

  • Shenzhen:
  • 635 empresas em programa de cap-and-trade
  • Em 2010, essas empresas emitiram 31,7 milhões de toneladas de GEE (38% das emissões totais da cidade)
  • + outros 6 pilotos: Beijing e Shanghai
  • Até 2015: 800 milhões – 1 bilhão de toneladas de emissões de GEE serão contempladas
  • China terá o 2º maior programa de cap-and-trade do mundo (atrás apenas da Europa).
slide22

Implicações das mudanças do clima para o ambiente e sociedade, não depende apenas de como a Terra irá responder e reagir às mudanças do forçamento radiativo, mas também como a humanidade responde à estas mudanças, tanto de tecnologias, economia, estilo de vida, etc…