introdu o ao rup n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Introdução ao RUP PowerPoint Presentation
Download Presentation
Introdução ao RUP

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 38

Introdução ao RUP - PowerPoint PPT Presentation


  • 77 Views
  • Uploaded on

Introdução ao RUP. O que é o RUP?. Rational Unified Process Processo de Engenharia de Software “Tem como objetivo garantir a produção de software de alta qualidade que está de acordo com as necessidades dos seus usuários finais com um cronograma e custo previsível”. RUP .

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Introdução ao RUP' - deandra


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
o que o rup
O que é o RUP?
  • Rational Unified Process
  • Processo de Engenharia de Software

“Tem como objetivo garantir a produção de software de alta qualidade que está de acordo com as necessidades dos seus usuários finais com um cronograma e custo previsível”

slide3
RUP
  • Captura as principais boas práticas modernas da Eng. De Software
    • Desenvolvimento de Software Interativo
    • Gerenciamento de requisitos
    • Uso de arquitetura baseada em componentes
    • Modelagem visual
    • Verificação contínua da qualidade
    • Gerenciamento de mudanças
o que o rup1
O que é o RUP?
  • Conjunto de atividades
    • bem definidas
    • com responsáveis
    • com artefatos de entrada e saída
    • com dependências entre as mesmas e ordem de execução
    • com modelo de ciclo de vida
    • descrição sistemática de como devem ser realizadas
    • UML
fases do rup

Concepção

Elaboração

Construção

Transição

tempo

Fases do RUP
  • O ciclo de vida de um sistema consiste de quatro fases:

Concepção (define o escopo do projeto)

Elaboração (define os requisitos e a arquitetura)

Construção (desenvolve o sistema)

Transição (implanta o sistema)

cronograma esfor o e recursos por fase

Concepção

Elaboração

Construção

Transição

Esforço

~5 %

20 %

65 %

10%

Cronograma

10 %

30 %

50 %

10%

Cronograma, esforço e recursos por fase
o rup iterativo e incremental

Inception

Elaboration

Construction

Transition

Preliminary

iteration

Architect.

iteration

Architect.

iteration

Devel..

iteration

Devel..

iteration

Devel..

iteration

Transition

iteration

Transition

iteration

O RUP é iterativo e incremental
  • Cada fase é dividida em iterações:

Minor Milestones: Releases

o rup iterativo e incremental1
O RUP é iterativo e incremental
  • Cada iteração
    • é planejada
    • realiza uma seqüência de atividades (de elicitação de requisitos, análise e projeto, implementação, etc.) distintas
    • resulta em uma versão executável do sistema
    • é avaliada segundo critérios de sucesso previamente definidos
disciplinas do rup
Disciplinas do RUP
  • Modelagem do negócio
  • Requisitos
  • Análise & Projeto
  • Implementação
  • Testes
  • Implantação
  • Gerenciamento e planejamento
  • Gerencia de configuração e mudanças
  • Ambiente
modelagem do neg cio
Modelagem do negócio
  • Entender a estrutura e dinâmica da organização
  • Entender os problemas e identificar as melhorias em potencial
requisitos
Requisitos
  • Estabelecer e manter a concordância entre o cliente e “stakeholders” sobre o que o sistema vai fazer
  • Definir os limites do sistema
  • Prover um base para estimar tempo e custo de desenvolvimento
an lise projeto
Análise & Projeto
  • Transformar os requisitos em um projeto do que o sistema vai ser
  • Construir uma arquitetura robusta para o sistema
  • Adaptar o projeto para as limitações do ambiente de execução
implementa o
Implementação
  • Definir a organização do código
  • Implementar classes e objetos em termo de componentes
  • Testar as unidades
  • Integrar as unidades
testes
Testes
  • Encontrar e documentar defeitos
  • Validar se o sistema atende ao que especificado
  • Validar se o sistema foi construído como projetado
implanta o
Implantação
  • Garantir que o sistema está disponível para o usuário final
gerencia de configura o e mudan as
Gerencia de configuração e mudanças
  • Controlar os artefatos produzidos no desenvolvimento do projeto
  • Evita a ocorrência dos seguintes problemas
    • Atualizações simultâneas
    • Múltiplas versões
    • Notificação limitada
gerenciamento e planejamento
Gerenciamento e planejamento
  • Framework para gerenciamento do projeto
  • Disponibilizar guias para planejar, executar, acompanhar e monitorar o projeto
  • Gerenciamento de riscos
ambiente
Ambiente
  • Focado nas atividades relacionadas a adaptação do processo
    • Processo organizacional Processo do projeto
    • Refinamento do processo do projeto
artefatos relevantes
Artefatos relevantes

Modelo de caso

de uso

Glossário

Detalhamento

Do caso de uso

Especificação

suplementar

conceitos
Conceitos
  • Ator
    • Categoriza as entidades que interagem com o sistema
    • Externas ao sistema
    • Pode ser usuários ou outros sistemas

Nome do Ator

conceitos1
Conceitos
  • Caso de uso
    • Sequência de ações que o sistema executa para produzir um resultado visível para um ator
    • “Uma forma de usar o sistema”

Nome do caso de uso

exemplo de diagrama de caso de uso

Selecionar disciplina

para lecionar

Matricular em

disciplina

Logar

Exemplo de diagrama de caso de uso

Estudante

Sistema de

faturamento

Professor

detalhamento do caso de uso

Caso de uso

Detalhamento do caso de uso
  • Nome
  • Descrição
  • Fluxo de eventos
  • Diagrama de estados e atividade
  • Pré-condições e pós-condição
  • Casos de uso relacionados
  • Requisitos não funcionais relacionados

Ator

fluxo de eventos
Fluxo de eventos
  • Um fluxo básico (“Happy Path”)
  • Zero ou mais fluxos alternativos
    • Variações
    • Erros
exemplos de fluxos de eventos
Normal

Inserir cartão

Selecionar operação “SAQUE”

Informar valor

Informar senha

Retirar dinheiro

Fluxos alternativos

Sem saldo

Após o passo 4 informar que não há saldo suficiente

Senha inválida

Após o passo 4 informar que a senha não é válida

Repetir o passo 4 novamente (no máximo 3 X)

Exemplos de fluxos de eventos

Caso de Uso: Sacar Dinheiro

outros artefatos
Outros artefatos
  • Especificação suplementar
    • Requisitos não-funcionais
    • Lista de funcionalidades comum a vários caso de uso
  • Glossário
    • Lista dos termos comuns do projeto
    • Facilita comunicação entre o time