FACULDADE DE EDUCAÇÃO EDU03041 – PESQUISA EM EDUCAÇÃO - PowerPoint PPT Presentation

connor-hawkins
slide1 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
FACULDADE DE EDUCAÇÃO EDU03041 – PESQUISA EM EDUCAÇÃO PowerPoint Presentation
Download Presentation
FACULDADE DE EDUCAÇÃO EDU03041 – PESQUISA EM EDUCAÇÃO

play fullscreen
1 / 6
Download Presentation
FACULDADE DE EDUCAÇÃO EDU03041 – PESQUISA EM EDUCAÇÃO
99 Views
Download Presentation

FACULDADE DE EDUCAÇÃO EDU03041 – PESQUISA EM EDUCAÇÃO

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. FACULDADE DE EDUCAÇÃO EDU03041 – PESQUISA EM EDUCAÇÃO O USO DAS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO( TIC) NA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS GABRIELA PRATES DA SILVA

  2. PROBLEMA Como as tecnologias de informação e comunicação podem ajudar no processo de alfabetização e na inclusão dos estudantes da Educação de Jovens e Adultos? • OBJETIVOS • 3.1 OBJETIVO GERAL • Investigar o uso das Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação de Jovens e Adultos. • 3.2 OBJETIVOS EXPECÍFICOS • Verificar quais são as TICs utilizadas na alfabetização da Educação de Jovens e Adultos; • Investigar as propostas de atividade tendo as TICs como meio de aprendizagem na educação de Jovens e Adultos; • Investigar como o uso das TICs pode facilitar a alfabetização e a inclusão de jovens e adultos.

  3. JUSTIFICATIVA Vivemos em uma sociedade que se encontra em constante transformação. Cada vez mais surgem novas tecnologias de informação e comunicação (TICs), e aqueles que não estão preparados para utilizá-las estão fora do mercado de trabalho e excluídos da sociedade. Nesta sociedade digital existem dois tipos de sujeitos: os nativos digitais e os imigrantes digitais, estes termos são usados por Prensky (2001). Os nativos digitais são aqueles que nasceram a partir dos anos 90, numa sociedade onde os meios de comunicação não sofreram nenhuma grande transformação, e que por isso tem mais facilidade para utilizar os recursos tecnológicos disponíveis. Já os imigrantes digitais são aquelas pessoas que passaram pelas grandes transformações na comunicação como o surgimento do rádio, da televisão, etc. Os estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA) são imigrantes digitais e estão excluídos da sociedade por não compartilharem dos recursos tecnológicos e, os de turma de alfabetização, por não saberem decifrar os códigos de leitura e escrita. “Pode-se pensar que o público que freqüenta os cursos de EJA (Educação de Jovens e Adultos) não se depara com o desafio do computador em seu ambiente de trabalho. No entanto, tal demanda se aproxima cada vez mais também desse público, à medida que há necessidade de operar equipamentos que exigem uma certa familiaridade com a tecnologia (como em ambientes domésticos, portarias dos prédios, pequenos estabelecimentos e empresas).” (FRANCO, 2003) É UMA CITAÇÃO?. Um caminho para que estes jovens e adultos sejam incluídos nesta sociedade digital pode ser a utilização das tecnologias de informação e comunicação na EJA.

  4. REFERENCIAL TEÓRICO/ estado da arte

  5. METODOLOGIA • Pesquisa qualitativa, com um estudo de caso em uma escola pública de Porto Alegre que tenha uma turma de EJA no nível de alfabetização e que utilizem as TICs como meio de aprendizagem. • Observação: com o objetivo de descobrir quais são e como são utilizadas as TICs. ( aqui já foi dito nos obejtivos.., ok!) • Entrevista semi-estruturada: • Alunos: para saber o que estes acham da utilização das TICs como meio de aprendizagem e se acham que está sendo uma experiência válida para sua vida fora e dentro da escola • Professores: para descobrir o que eles acham da utilização das TICs como meio de aprendizagem, mais especificamente para a alfabetização, se o desempenho e o interesse dos alunos pela aula melhoraram com o uso delas e como foi a experiência da implantação das TICs no seu plano de aula.

  6. REFERÊNCIAS FRANCO, Mônica Gardelli. Inclusão Digital: uma proposta na alfabetização de jovens e adultos. PUCSP - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. 2003 PRENSKY, Marc. Nativos Digitais, Imigrantes Digitais. NCB University Press, Vol. 9 No. 5, Outubro 2001.