slide1 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Suelen M. de Lorenzo – Programa de Aprimoramento Profissional; FFC, UNESP – Marília PowerPoint Presentation
Download Presentation
Suelen M. de Lorenzo – Programa de Aprimoramento Profissional; FFC, UNESP – Marília

Loading in 2 Seconds...

  share
play fullscreen
1 / 3
Download Presentation

Suelen M. de Lorenzo – Programa de Aprimoramento Profissional; FFC, UNESP – Marília - PowerPoint PPT Presentation

chuong
141 Views
Download Presentation

Suelen M. de Lorenzo – Programa de Aprimoramento Profissional; FFC, UNESP – Marília

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. AÇÕES NA PERSPECTIVA DO TRABALHO INTERPROFISSIONAL: CARACTERIZAÇÃO DO PROCESSO DE ASSESSORIA DE TERAPIA OCUPACIONAL Suelen M. de Lorenzo – Programa de Aprimoramento Profissional; FFC, UNESP – Marília Marco Aurélio T. Piovezanni – Associação Beneficente de Assis Bianca S. Fiorini – Programa de Aprimoramento Profissional; FFC , UNESP – Marília Beatriz Cristina S. Santos – Graduação em Terapia Ocupacional; FFC , UNESP – Marília Rita de Cássia T. Araújo – Docente do Departamento de Fisioterapia e Terapia Ocupacional; FFC, UNESP – Marília Apoio: Secretaria de Estado da Saúde/Fundap

  2. Introdução: trata-se de um estudo interprofissional que estimula a permanente comunicação horizontal entre os membros da equipe. Objetivo: descrever o trabalho interprofissional de assessoria prestada pela terapia ocupacional a outros profissionais de saúde. Método: relato de experiência com caráter descritivo e enfoque para intervenção. O local é uma unidade auxiliar vinculada a uma universidade pública no interior do estado de São Paulo, composta por uma equipe interdisciplinar, cujo público alvo abrange pessoas de todas as faixas etárias que apresentam disfunções em áreas de desenvolvimento intelectual, físico, sensorial e social. Participaram deste estudo três sujeitos do gênero masculino com variação de idade entre três e vinte e dois anos com diagnóstico diversificado: paralisia cerebral, traumatismo crânio encefálico e atraso no desenvolvimento neuropsicomotor. A coleta de dados se deu por meio de estudo das informações do prontuário, observações durante os atendimentos e discussões de caso em equipe. A análise dos dados ocorreu a cada supervisão. Resultados e discussão: no período de março a maio de 2013 acompanharam-se três atendimentos, sendo dois de fonoaudiologia e um de fisioterapia. A assessoria englobou a prescrição e confecção de dois recursos, os quais foram um brinquedo para estimulação neuropsicomotora; apoio para braço a ser utilizado para o uso do computador ou Tablet, além de orientação e modificação do ambiente para melhor posicionamento corporal. Conclusão: tal experiência evidencia a importância do trabalho interprofissional, que favorece a ampliação na atenção e promoção da saúde do paciente, tendo em vista as diretrizes do Sistema Único de Saúde, em específico a integralidade, que busca contemplar o indivíduo como um todo.

  3. (Colocar Fotos)