Download
ricardo de camargo departamento de ci ncias atmosf ricas iag usp n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
RICARDO DE CAMARGO Departamento de Ciências Atmosféricas - IAG/USP PowerPoint Presentation
Download Presentation
RICARDO DE CAMARGO Departamento de Ciências Atmosféricas - IAG/USP

RICARDO DE CAMARGO Departamento de Ciências Atmosféricas - IAG/USP

218 Views Download Presentation
Download Presentation

RICARDO DE CAMARGO Departamento de Ciências Atmosféricas - IAG/USP

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Meteorologia – Visão geral • Estrutura da atmosfera • Procedimentos operacionais RICARDO DE CAMARGO Departamento de Ciências Atmosféricas - IAG/USP

  2. Meteorologia – Visão geral Relevância para a sociedade Noções básicas Estrutura da atmosfera Padrões típicos de superfície e altitude Evolução da Meteorologia Procedimento operacional Meteorologia Sinótica Dados observados Previsão numérica do tempo

  3. Relevância para a sociedade • Agricultura • Setor energético • Transportes • Abastecimento • Poluição atmosférica • Processos erosionais • Lazer

  4. Relevância para a sociedade • Agricultura plantio, colheita, alternância de culturas granizo, geadas, queimadas • Setor energético • Transportes • Abastecimento • Poluição atmosférica • Processos erosionais • Lazer

  5. Relevância para a sociedade • Agricultura • Setor energético geração: suprimento para reservatórios transmissão e distribuição • Transportes • Abastecimento • Poluição atmosférica • Processos erosionais • Lazer

  6. Relevância para a sociedade • Agricultura • Setor energético • Transportes rodovias, portos e aeroportos: visibilidade, condições de operação/acesso distribuição de perecíveis • Abastecimento • Poluição atmosférica • Processos erosionais • Lazer

  7. Relevância para a sociedade • Agricultura • Setor energético • Transportes • Abastecimento chuva em mananciais manutenção de dutos enchentes • Poluição atmosférica • Processos erosionais • Lazer

  8. Relevância para a sociedade • Agricultura • Setor energético • Transportes • Abastecimento • Poluição atmosférica dispersão e transporte de poluentes chuva ácida • Processos erosionais • Lazer

  9. Relevância para a sociedade • Agricultura • Setor energético • Transportes • Abastecimento • Poluição atmosférica • Processos erosionais vento e chuva regiões costeiras e interiores • Lazer

  10. Relevância para a sociedade • Agricultura • Setor energético • Transportes • Abastecimento • Poluição atmosférica • Processos erosionais • Lazer esportes náuticos e aéreos

  11. Noções básicas • O quê é a atmosfera e por quê ela é importante? • Características gerais e circulação em larga escala • Variáveis atmosféricas de maior interesse

  12. Noções básicas • O quê é a atmosfera e por quê ela é importante? a Terra é rodeada por uma atmosfera em movimento constante, com cerca de 800km de espessura, que a protege da radiação solar e comporta todas as formas de vida

  13. Noções básicas • O quê é a atmosfera e por quê ela é importante? feita de ar composto pela mistura de oxigênio (21%), nitrogênio (78%), dióxido de carbono (0.037%) e outros gases como hidrogênio, hélio, argônio, neônio, criptônio, xenônio e ozônio, além do vapor d’água

  14. Noções básicas • O quê é a atmosfera e por quê ela é importante? cerca de 95% do peso da atmosfera fica nos primeiros 15-20 km acima da superfície

  15. Noções básicas • O quê é a atmosfera e por quê ela é importante? cerca de 95% do peso da atmosfera fica nos primeiros 15-20 km acima da superfície considerando a dimensão horizontal (40000 km de circunferência da Terra), é apenas uma “lâmina” de ar que mantém toda a vida do planeta

  16. Noções básicas • Características gerais e circulação atmosférica em larga escala estrutura regida pelo aquecimento diferencial entre a região equatorial e os pólos

  17. Noções básicas • Características gerais e circulação atmosférica em larga escala estrutura regida pelo aquecimento diferencial entre a região equatorial e os pólos incidência perpendicular versus incidência inclinada de radiação solar

  18. Noções básicas • Existe equilíbrio energético em larga escala

  19. Noções básicas • Existe equilíbrio energético em larga escala não há aumento contínuo de temperatura na região equatorial e nem diminuição contínua nos pólos

  20. Noções básicas • Existe equilíbrio energético em larga escala não há aumento contínuo de temperatura na região equatorial e nem diminuição contínua nos pólos ou seja, globalmente a energia que “entra” é igual à energia que “sai”

  21. Noções básicas • Existe equilíbrio energético em larga escala não há aumento contínuo de temperatura na região equatorial e nem diminuição contínua nos pólos ou seja, globalmente a energia que “entra” é igual à energia que “sai” →como fica o balanço em larga-escala?

  22. Noções básicas • Devem existir mecanismos de transporte de calor da região equatorial para os pólos

  23. Noções básicas • Devem existir mecanismos de transporte de calor da região equatorial para os pólos  circulação geral da atmosfera

  24. Noções básicas • Modelo de célula única  terra uniformemente coberta de água  sem rotação

  25. Noções básicas • Modelo de célula única  não é observado na prática  o quê faltou considerar?

  26. Noções básicas • Modelo de célula única  não é observado na prática  o quê faltou considerar?  ... rotação ...

  27. Noções básicas • Presença de água nas diferentes fases

  28. Noções básicas • Presença de água nas diferentes fases  sólida, líquida e gasosa

  29. Noções básicas • Presença de água nas diferentes fases  sólida, líquida e gasosa  calor sensível: energia envolvida em alterações de temperatura mantendo o estado

  30. Noções básicas • Presença de água nas diferentes fases  sólida, líquida e gasosa  calor sensível: energia envolvida em alterações de temperatura mantendo o estado  calor latente: energia envolvida nas mudanças de fase

  31. Noções básicas • Presença de água nas diferentes fases  sólida, líquida e gasosa  calor sensível: energia envolvida em alterações de temperatura mantendo o estado calor latente: energia envolvida nas mudanças de fase fonte de energia de suma importância para os transientes atmosféricos

  32. Noções básicas • Existência de diferentes massas de ar definida em termos da região de formação e disponibilidade de umidade

  33. Noções básicas • Existência de diferentes massas de ar definida em termos da região de formação e disponibilidade de umidade Tropical continental  Tropical marítima  Polar continental  Polar marítima

  34. Definição Um grande volume de ar, cobrindo uma superfície de centenas de km2, que tem temperatura e umidade relativamente constante na horizontal Formação Formam-se sobre grandes extensões da superfície terrestre com características homogêneas (oceanos, grandes florestas, desertos,etc.), onde permanecem por longo tempo

  35. Noções básicas • Variáveis atmosféricas de maior interesse temperatura pressão umidade vento precipitação

  36. Noções básicas • temperatura

  37. Noções básicas • temperatura expressa a energia interna de agitação das moléculas unidade: Celsius, Farenheit, Kelvin

  38. Noções básicas • temperatura expressa a energia interna de agitação das moléculas unidade: Celsius, Farenheit, Kelvin • pressão

  39. Noções básicas • temperatura expressa a energia interna de agitação das moléculas unidade: Celsius, Farenheit, Kelvin • pressão expressa a força exercida pelo peso da coluna de ar acima do ponto considerado unidade: Pa, bar, mmHg