educa o a dist ncia e forma o continuada em engenharia l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Educação a Distância e formação continuada em Engenharia PowerPoint Presentation
Download Presentation
Educação a Distância e formação continuada em Engenharia

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 27
angus

Educação a Distância e formação continuada em Engenharia - PowerPoint PPT Presentation

115 Views
Download Presentation
Educação a Distância e formação continuada em Engenharia
An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author. While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Educação a Distância e formação continuada em Engenharia João Carlos Teatini Universidade de Brasília Departamento de Engenharia Civil e Ambiental Cobenge 2007

  2. “A ninguém se pode negar a oportunidade de aprender por ser pobre, estar isolado geograficamente, marginalizado, doente ou qualquer outra circunstância que impeça seu acesso a alguma instituição de ensino. Estes são apenas elementos que supõem o reconhecimento da liberdade para decidir se quer ou não estudar.” (Charles Wedemeyer, apud Aretio, 1986)

  3. A REALIDADE BRASILEIRA (1) • Cerca de 35 milhões de matrículas no ensino fundamental. • Cerca de 9 milhões de matrículas no ensino médio. • Apenas 10% de jovens de 18 a 24 anos no ensino superior. ➥ Bolívia: 21%; Venezuela: 26%; Chile: 27%; Argentina: 40%; EEC: 62%; USA: 80% • 40 milhões de trabalhadores no mercado formal com apenas 3 anos de escolaridade, em média. Demanda enorme por formação inicial e continuada em todos os níveis.

  4. A REALIDADE BRASILEIRA: Graduação

  5. “O sistema educacional do século XXI será independente no que diz respeito às distâncias.” (Tiffin, J. e Rajasingham, L.)

  6. EDUCAÇÃO NO SÉCULO XXI Atividades de aprendizagem presenciais Atividades de aprendizagem a distância Educação Combinada

  7. EAD Superior no mundo

  8. LEGISLAÇÃO BRASILEIRA • Lei de Diretrizes e Bases 9.394/1996 • Art. 80: O Poder Público incentivará o desenvolvimento e a veiculação de programas de ensino a distância, em todos os níveis e modalidades de ensino, e de educação continuada. § 4º. A educação a distância gozará de tratamento diferenciado, que incluirá: I - custos de transmissão reduzidos em canais comerciais de radiodifusão sonora e de sons e imagens; II - concessão de canais com finalidades exclusivamente educativas; III - reserva de tempo mínimo, sem ônus para o Poder Público, pelos concessionários de canais comerciais.

  9. Legislação Brasileira • Plano Nacional de Educação – Lei 10.172/2001 • Até 2001: 30% de jovens de 18 a 24 anos no ensino superior ➩faltam menos de 4 anos e ainda está em 10%. Como subir? • Decreto 5.622/2005: regulamenta EAD • “... modalidade educacional na qual a mediação didático-pedagógica nos processos de ensino e aprendizagem ocorre com a utilização de meios e tecnologias de informação e comunicação, com estudantes e professores desenvolvendo atividades educativas em lugares ou tempos diversos.”

  10. Legislação Brasileira • Decreto 5.622/2005: EAD no Brasil • Art. 2o : A educação a distância poderá ser ofertada nos seguintes níveis e modalidades educacionais: • I - educação básica • II - educação de jovens e adultos • III - educação especial • IV - educação profissional, abrangendo os cursos e programas: • a) técnicos, de nível médio; e • b) tecnológicos, de nível superior; • V - educação superior, abrangendo os cursos e programas: • a) seqüenciais; • b) de graduação; • c) de especialização; • d) de mestrado; e • e) de doutorado.

  11. Legislação Brasileira • Decreto 5.800/2006: • Art. 1º: Fica instituído o Sistema Universidade Aberta do Brasil - UAB, voltado para o desenvolvimento da modalidade de educação a distância, com a finalidade de expandir e interiorizar a oferta de cursos e programas de educação superior no País. Parágrafo único. São objetivos do Sistema UAB: I - oferecer, prioritariamente, cursos de licenciatura e formação inicial e continuada de professores da educação básica; II - oferecer cursos superiores para capacitação de dirigentes, gestores e trabalhadores em educação básica dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios; III - oferecer cursos superiores nas diferentes áreas do conhecimento; IV - ampliar o acesso à educação superior pública; V - reduzir as desigualdades de oferta de ensino superior entre as diferentes regiões do País;

  12. Sobre desigualdades... Como superar? Áreas em branco: regiões com energia elétrica

  13. Sobre desigualdades... Brasil: alunos/computador em escolas públicas Maiores números de alunos por computador Menor número de alunos por computador:

  14. Sobre desigualdades... Computadores em escolas públicas Ensino médio Hackney - Londres Inglaterra Ensino Fundamental Merida - Extremadura Espanha

  15. Sistema UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL • Decisão do governo federal de inclusão da EAD na política nacional de educação, com financiamento adequado. • Prioridade à formação de professores. • Pólos de apoio presencial: estrutura para execução descentralizada de algumas funções didático-administra-tivas de cursos e sistemas de EAD, organizados com o concurso de diversas instituições bem como o apoio dos governos municipais e estaduais. • Comprometimento com a qualidade dos projetos. Objetivo do Governo Federal: 1000 pólos de apoio presencial em 2010! R$ 1 bilhão de recursos

  16. Licenciatura Tecnólogo Lato-Sensu Edital n.01/2005 - SEED/MEC - Sistema UAB • Seleção de pólos de apoio presencial e cursos superiores na modalidade EAD de IFES. Propostas aprovadas: 292 pólos: inicio de atividades acadêmicas em 2007 288 municípios brasileiros ➩ 60 mil vagas 197 cursos: 38 Universidades federais + 10 Cefet’s + Fiocruz Cursos aprovados Bacharelado Sequenciais Mestrado

  17. 292 pólos em 288 municípios brasileiros este ano, distribuídos em todos os estados da União que ofertarão cerca de 60 mil vagas. No último edital, o Ministério da Educação registrou 805 inscrições de propostas de pólos de apoio presencial e de 123 propostas de cursos das instituições de ensino superior, os quais serão iniciados em 2008.

  18. Sistema UAB 1º. Edital - Cursos na área tecnológica Bacharelado: Unifei - Engenharia de Controle e Automação UFSCar - Engenharia Ambiental Lato-Sensu: Cefet/RJ - Educação Tecnológica FURG - Desenvolvimento para a WEB UFES - Desenvolvimento Sustentável UFF - Tecnologias no Ensino da Matemática UFMG - Ensino de Ciências por Investigação UFSJ - Educação Empreendedora UTFPR - Gestão Ambiental em Municípios

  19. Sistema UAB 2º. Edital - n.01/2006 - SEED/MEC Seleção de pólos e cursos de Instituições Públicas de Ensino Superior ➩ inicio de atividades acadêmicas em 2008. Propostas submetidas 805 pólos: municípios e/ou estados • sustentabilidade financeira para funcionamento dos pólos: infra-estrutura física (laboratórios, bibliotecas, recursos tecnológicos, etc.) e equipe técnico-administrativa. 123 cursos: instituições federais, estaduais, municipais • IPES: elaboração e execução dos cursos • MEC: custeio➩ bolsas para corpo docente específico para EAD (coordenador e professores, tutores presenciais e a distância e coordenadores de pólos) acompanhamento e avaliação dos cursos.

  20. DESAFIO: EAD com qualidade ! Em todo o mundo, a avaliação da qualidade em EAD é uma questão fundamental. Como avaliar a qualidade? http://portal.mec.gov.br/seed/ SEED/MEC: consulta pública para “Referenciais de Qualidade para Educação Superior a Distância“

  21. EAD: COM QUALIDADE! Desenho do curso Política institucional Recursos educacionais Equipe multidisciplinar Projeto de EAD Tutoria/ Comunicação Infra-estrutura de apoio Avaliação ampla Convênios e parcerias Edital: informações Sustentabilidade financeira

  22. EAD: COM QUALIDADE! “Os processos de encurtação do tempo têm seus limites e se circunscrevem a algumas atividades humanas ou técnicas. Os apressados, historicamente, são devorados pela realidade e, insatisfeitos com o tempo de gestação, dizem o que não fizeram, prometem o que não podem, criticam os que falam a verdade e, ao fim, se desesperançam.” (F.Almeida, apud Blikstein e Zuffo, 2003)

  23. EVASÃO NO ENSINO DE ENGENHARIA NO BRASIL Faculdade de Tecnologia da UnB: evasão de 45% ! “As pessoas passam um terço da vida nas salas de aula sem aprender e ninguém se importa”. (Isaias Raw, 2000)

  24. (Bey Ayres, apud Teresa Bardisa, 1997)

  25. Contribuições da EAD Enriquecimento do ensino presencial Ampliação de oferta e tipo de cursos Formaçãocontinuada Aprendizagem ao longo da vida

  26. Aspectos da formaçãocontinuada em Engenharia • Na sociedade do conhecimento, o termo “formatura” é arcaico e equivocado ➩ “graduação” • Proliferação de cursos de graduação de qualidade duvidosa: exige discussão sobre exames de certificação. • Necessidade de programas sistemáticos de cursos de formação continuada de qualidade, com custos acessíveis ➩ instituições credenciadas pelos órgãos de classe, nacionais e regionais, e registro oficial. • Engajar instituições de ensino - pesquisa de excelência em programas de formação continuada, com reconhecimento das agências de fomento e financiamento: bolsas e pontuação adequada na avaliação de cursos de pós-graduação.

  27. Ensino à Distância: Estudantes vão de canoa para a aula, no Rio Negro (AM); veja como crianças de várias cidades e regiões percorrem o caminho de casa à escola http://www.uab.mec.gov.br