Imperialismo do Século XIX - PowerPoint PPT Presentation

slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Imperialismo do Século XIX PowerPoint Presentation
Download Presentation
Imperialismo do Século XIX

play fullscreen
1 / 24
Imperialismo do Século XIX
189 Views
Download Presentation
ahava
Download Presentation

Imperialismo do Século XIX

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. "A burguesia não pode existir sem constantemente revolucionar os instrumentos de produção e, portanto, as relações de produção e, com elas o total das relações da sociedade". Karl Marx

  2. Conseqüência da Revolução Industrial:- Fortalecimento da burguesia;- Êxodo rural e crescimento da vida urbana; - Predomínio do trabalho assalariado;- Impõe-se o capitalismo industrial;- Aumento da população mundial;- Queda do estado absolutista;- Formação das grandes empresas industriais;- A classe operária ganha cada vez mais destaque;- Disputa entre os países europeus pelo domínio das colônias na África e na Ásia.

  3. “Pressionada pela necessidade de mercados sempre mais extensos para seus produtos, a burguesia conquista a terra inteira. Tem que imiscuir-se em toda a parte, instalar-se em toda a parte, criar relações em toda a parte...”. Karl Marx “Imperialismo, etapa superior do capitalismo”. Lênin

  4. Imperialismo do Século XIX Conceito: política de conquista territorial, cultural e econômica de vastas áreas do planeta (África, Ásia e América Latina), por parte das nações industrializadas (Inglaterra, França, Holanda, Bélgica, Itália, Alemanha, Estados Unidos e Japão).

  5. Os objetivos do imperialismo: • Matérias-primas baratas; • Mercados consumidores; • Mão-de-obra barata e abundante; •  Acomodação de excedentes populacionais (imigrações).

  6. As justificativas racistas do imperialismo: • Darwinismo Social; • O “Fardo do Homem Branco”; • Missão Civilizatória; • O “Destino Manifesto”.

  7. Imperialismo na África

  8. - O primeiro evento de ocupação imperialista na África ocorreu entre 1830 e 1857, quando os franceses realizaram a conquista da Argélia. Logo em seguida, foi a vez da Tunísia, Marrocos, África Ocidental, África Equatorial e Gabão.

  9. - Os britânicos realizaram sua incursão imperialista promovendo a conquista do Egito e a conseqüente obtenção do Canal de Suez. Canal de Suez

  10. Logo após o domínio do Egito, o Sudão também foi incorporado, Uganda, Quênia, Rodésia e Colônia do Cabo (União Sul Africana). Para controlarem a rica região sul-africana, os britânicos tiveram que entrar em conflito com os colonos de origem holandesa na chamada Guerra dos Bôeres, que ocorreu entre os anos de 1899 e 1902. África Equatorial Colônia do Cabo

  11. No final do século XIX a Ásia se mostrava muito mais avançada, em termos de organização social do que o continente africano, que vivia sob uma organização tribal. Isto dificultou, mas em hipótese alguma, impediu o imperialismo europeu naquela região do planeta. O sentimento nacional do tipo moderno podia ser mais facilmente estimulado na Ásia, e a interferência européia estava em boas condições para provoca-lo.

  12. Guerra dos Cipaios Cipaios era o nome dado aos soldados indianos que serviam aos ingleses militarmente. Os soldados protestavam contra o imperialismoinglês e questionavam os maus tratos que recebiam dos oficiais ingleses.Causa imediata da rebelião  desconfiança dos soldados de que os cartuchos que eles utilizavam eram engordurados com sebo de vaca ou porco. Para esses soldados feria a crença religiosa (hindu-hinduistas e islâmicos), para os islâmicos o porco era considerado um animal impuro e para os hinduístas a vaca era um animal sagrado.Resultado das rebeliões  ingleses se aproximaram da elite indiana, oferecendo cargos na administração da Colônia, com isso evitaram focos de rebelião e fundamentaram sua exploração sobre a Índia, que se tornou a principal colônia inglesa.