slide1 l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Faculdade de Direito de Sorocaba PowerPoint Presentation
Download Presentation
Faculdade de Direito de Sorocaba

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 9

Faculdade de Direito de Sorocaba - PowerPoint PPT Presentation


  • 210 Views
  • Uploaded on

Faculdade de Direito de Sorocaba. A República de Platão. Jabes Wedemann Junior RA: 062086 José Maria Sales RA: 031045 José Vinícius M. Madella RA: 062065 Priscila Bolina Pellini RA: 062026. MORTE DE SÓCRATES 399a.C. NASCIMENTO DE PLATÃO 427a.C. FUNDAÇÃO DA ACADEMIA 387a.C .

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Faculdade de Direito de Sorocaba' - JasminFlorian


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

Faculdade de Direito de Sorocaba

A RepúblicadePlatão

Jabes Wedemann Junior RA: 062086

José Maria Sales RA: 031045

José Vinícius M. Madella RA: 062065

Priscila Bolina Pellini RA: 062026

cronologia

MORTE DE

SÓCRATES

399a.C.

NASCIMENTO DE PLATÃO

427a.C.

FUNDAÇÃO DA ACADEMIA

387a.C.

A REPÚBLICA

372a.C.

  • Principal mestre de Platão;
  • Platão conviveu 20 anos com Sócrates;
  • Sócrates era exemplo de moralidade;
  • Condenado à morte pela democracia ateniense.
  • Platão culpa a democracia pela morte de Sócrates;
  • Resiste a misturar-se à política;
  • Escreveu 25 diálogos, entre eles A República.
  • Ocorre em 422a.C. (governo dos Trinta Tiranos);
  • 10 Livros (cap.)
  • Interlocutor: Sócrates;
  • Nasceu no início da guerra do Peloponeso;
  • Filho de família aristocrática;
  • Presenciou o governo dos Trinta Tiranos e a Instauração da democracia;
  • Viveu 80 anos.
CRONOLOGIA
a rep blica
A REPÚBLICA

O QUE É

A REPÚBLICA

  • Reflexão dialogada;
  • Discute a justiça;
  • Propõe o conceito de Estado Ideal;
  • Apresenta uma proposta de Reforma Educacional.
conceito de estado ideal
CONCEITO DEESTADO IDEAL
  • Platão procura a justiça no Estado e não nos indivíduos;
  • O objetivo do governante é governar, zelar pelo bem comum;
  • Cada um tem uma função na qual tem aptidão esta é definida pelo governante;
  • Educação é a base do caráter dos indivíduos;
  • O Estado Ideal não precisa de muitas leis;
  • Possui quatro grandes virtudes: sabedoria, coragem, temperança e justiça;
  • Objetivo: o Estado perfeito e sem discórdia.
governos livro viii

PERFEITO

IMPERFEITOS

ARISTOCRÁTICO

TIMOCRÁ-

TICO

OLIGÁR-

QUICO

DEMOCRÁ-

TICO

TIRÂNICO

GOVERNOS(Livro VIII)

TIPOS DE

GOVERNOS

definic es dos poderes
DEFINICÕES DOS PODERES
  • ARISTOCRÁTICO:o Estado Governado pelos Melhores;
  • TIMOCRÁTICO:auxiliares dos chefes chegam ao poder. A sabedoria e a razão dão lugar à honra e à ambição. O homem timocrático valoriza o exercício físico, a caça, a coragem, a ambição e os feitos militares;
  • OLIGÁRQUICO:o Estado que supervaloriza a riqueza e o poder dos ricos. O homem oligárquico provém do homem timocrático. Impera o sistema de opressão do pobre pelo rico;
  • DEMOCRÁTICO:os pobres revoltados eliminam seus opressores e vigoram direitos iguais para todos os cidadãos. Surge a democracia. Nela cada um é livre para pensar a agir e para participar da vida pública. Ninguém é obrigado a possuir o requisito da educação para participar na política. Aparentemente versátil, segue sem ordem ou orientação.
  • TIRÂNICO:degeneração da democracia. O líder popular que faz tudo o que o povo deseja, posteriormente passa a fazer somente o que ele próprio quer.
homem tir nco livro ix
HOMEM TIRÂNCO(Livro IX)
  • Nasce do homem democrático;
  • Numa sociedade tirânica, todos são escravos;
  • O tirano é escravo de si mesmo;
  • O tirano é um ser atormentado, descontrolado, apaixonado. Fatos que o tornam infeliz;
  • Depende do poder bestial.
conclus es
CONCLUSÕES

“Suas críticas aos homens de seu tempo e às práticas políticas de sua época têm valor substancial para todos os tempos. Daí por que a perenidade de suas idéias e de seus modelos.” (Bittar, pág.63)

“...basta observarmos na história as formas de totalitarismo, a Inquisição, o nazismo,o fascismo ou personalidades como Nero, Napoleão, Hitler, para percebermos que a descrição platônica do tirano, homem destituído de racionalidade e portador de desequilíbrio mental, continua atual. Talvez Platão faça uma caricatura do homem tirânico, mas não se pode negar sua contribuição à psicologia do tirano e das massas que o sustentam.” (Paviani, págs. 54 e 55)

bibliografia
BIBLIOGRAFIA
  • Bittar, Eduardo.C.B.- Doutrinas e filosofias políticas: contribuições para a história das idéias políticas. São Paulo: Atlas, 2002.
  • Paviana, Jayme – Platão & A República. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003.
  • Nicola, Ubaldo – Antologia Ilustrada de filosofia: das origens à Idade moderna. Tradução: Maria Margherita de Luca. São Paulo: Globo, 2005.
  • Platão – A República. In: Os Pensadores. Tradução: Enrico Corvisieri. São Paulo: Nova Cultural, 2004.