Direito empresarial administra o 4 adn profa msc camila il rio
This presentation is the property of its rightful owner.
Sponsored Links
1 / 14

DIREITO EMPRESARIAL ADMINISTRAÇÃO – 4 ADN Profa . Msc . Camila Ilário . PowerPoint PPT Presentation


  • 45 Views
  • Uploaded on
  • Presentation posted in: General

DIREITO EMPRESARIAL ADMINISTRAÇÃO – 4 ADN Profa . Msc . Camila Ilário. DIREITO TRIBUTÁRIO. Conceito de tributo:.

Download Presentation

DIREITO EMPRESARIAL ADMINISTRAÇÃO – 4 ADN Profa . Msc . Camila Ilário .

An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Presentation Transcript


Direito empresarial administra o 4 adn profa msc camila il rio

DIREITO EMPRESARIAL ADMINISTRAÇÃO – 4 ADNProfa. Msc. Camila Ilário.

DIREITO TRIBUTÁRIO


Conceito de tributo

Conceito de tributo:

  • Tributo é toda prestação pecuniária compulsória, em moeda ou cujo valor nela se possa exprimir, que não constitua sanção de ato ilícito, instituída em lei e cobrada mediante atividade administrativa plenamente vinculada (art. 3º, CTN).


Classifica o dos tributos

CLASSIFICAÇÃO DOS TRIBUTOS

Os tributos podem ser:

Vinculados: são aqueles cuja cobrança se justifica pela existência de uma determinada atividade do Estado, voltada diretamente para o particular que pagou o tributo. Ou seja, exigem uma contraprestação estatal.

Não-vinculados: são aqueles cobrados pelo Estado sem a exigência de contraprestação de serviços ou obras ao contribuinte em específico.


Classifica o dos tributos1

CLASSIFICAÇÃO DOS TRIBUTOS

Os tributos podem ser de competência:

Comum: podem ser instituídos por qualquer ente tributante.

Privativa: competência específica de um ente tributante.


Esp cies de tributos

ESPÉCIES DE TRIBUTOS

Art. 5º CTN: “Os tributos são impostos, taxas e contribuições de melhoria”.

Perceba que o Código Tributário Nacional fala em 3 espécies de tributos.


Imposto

IMPOSTO

De acordo com o artigo 16 do CTN “Imposto é o tributo cuja obrigação tem por fato gerador uma situação independente de qualquer atividade estatal específica, relativa ao contribuinte.”


Direito empresarial administra o 4 adn profa msc camila il rio

TAXA

Taxa é a espécie de tributo cujo fato gerador é o exercício regular do poder de polícia, ou o serviço público, prestado ou posto à disposição do contribuinte.


Contribui o de melhoria

CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA

Contribuição de melhoria é a espécie de tributo cujo fato gerador é a valorização de imóvel do contribuinte, decorrente de obra pública.


Direito empresarial administra o 4 adn profa msc camila il rio

Mas a Constituição Federal trata do EMPRÉSTIMO COMPULSÓRIO e das CONTRIBUIÇÕES ESPECIAIS OU PARAFISCAIS.


Direito empresarial administra o 4 adn profa msc camila il rio

Empréstimo Compulsório

Esse é um tributo de competência exclusiva da União e poderá ser instituído em casos de calamidade pública, guerra externa ou sua iminência e investimento público urgente e relevante. Nestes casos, a União poderá obrigar a população ou parte dela a emprestar-lhe dinheiro com a promessa de devolvê-lo após o período determinado.


Contribui es especiais

Contribuições Especiais

● Contribuições Sociais

● Contribuição de Intervenção do Domínio Econômico

● Contribuição de Interesse de Categorias Profissionais ou Econômicas


Direito empresarial administra o 4 adn profa msc camila il rio

As Contribuições Sociais são para o financiamento da seguridade social.

Ex 1: as contribuições pagas pelo empregado ao INSS.

Ex 2: COFINS (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social). Incide sobre o faturamento.


Direito empresarial administra o 4 adn profa msc camila il rio

As Contribuições de Intervenção do Domínio Econômico são utilizadas como instrumento de política econômica.

Exemplo: CIDE sobre combustíveis. Quem paga? A pessoa jurídica que importar ou comercializar no mercado interno petróleo e seus derivados, gás natural e seus derivados e álcool etílico combustível.


Direito empresarial administra o 4 adn profa msc camila il rio

Contribuição de Interesse de Categorias Profissionais ou Econômicas

Exemplo:

contribuição paga à OAB.

contribuição paga ao Conselho Regional de Administração.


  • Login