coordenando a celebra o e a c lula
Download
Skip this Video
Download Presentation
COORDENANDO A CELEBRAÇÃO E A CÉLULA

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 27

COORDENANDO A CELEBRAÇÃO E A CÉLULA - PowerPoint PPT Presentation


  • 58 Views
  • Uploaded on

COORDENANDO A CELEBRAÇÃO E A CÉLULA. A igreja de duas asas. Uma igreja em células dinâmica tem duas asas O grupo grande expressa a grandeza de Deus. O grupo pequeno expressa a proximidade de Deus. As duas asas trabalham em harmonia .

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'COORDENANDO A CELEBRAÇÃO E A CÉLULA' - zoltan


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
a igreja de duas asas
A igreja de duasasas
  • Umaigrejaemcélulasdinâmica tem duasasas
    • O grupograndeexpressa a grandeza de Deus.
    • O grupopequenoexpressa a proximidade de Deus.
  • As duasasastrabalhamemharmonia.
  • Há inter-relação e interdependência entre a celebração e as células.
  • Os sermões e osencontros das célulassão parte vital da inter-relação.
o impacto de combinar um s tema no serm o e no encontro da c lula
O impacto de combinar um sótema no sermão e no encontrodacélula
  • A grande maioria das igrejas em células faz isso.
  • Por exemplo: Todas as 8 igrejas pesquisadas por Joel Comiskey e incluídas em Crescimento explosivo da igreja em células preparam para as células o roteiro de edificação semanal.
  • 7 destas 8 igrejas usam regularmente os temas dos sermões.
por que isso praticado pelas igrejas em c lulas
Porqueisso é praticadopelasigrejasemcélulas?
  • A mensagem do pastor é realmenteaplicada à vida!
  • Criacoesãoemtodo o sistema de células.
  • Previnequelíderesdesviemdarota.
  • Permiteque as célulasfocalizemmais a suaatençãonaaplicaçãodaPalavra de Deus do que no ensino.
por que isso praticado pela igreja em c lulas
Porqueisso é praticadopelaigrejaemcélulas?
  • Simplifica o trabalho dos pastores no suprimento de apoio, direção e materiaispara o sistema de células.
  • Criaumasinergiacontínua entre a celebração e o sistema de células.
  • Liberaoslíderesparagastarmais tempo emoração e ministração do queempreparaçãopara o encontro.
n o discuta o serm o
Nãodiscuta o sermão
  • As célulasdevemseguir o tema e o texto do sermão, mas o objetivo do encontronãodeve ser a discussão a respeito do sermão.
  • O alvo é ter as pessoasinteragindo com a Bíblia.
  • A discussão do sermãofará com quealguns se sintamexcluídos.
os l deres de c lula n o s o pregadores
Os líderes de célulanãosãopregadores
  • As célulasnãodevem ser escolasbíblicasdominicaisnascasas.
  • Evite a citação de muitaspassagensbíblicasparalelas e informaçãodetalhada do contextodapassagemanalisada.
  • O focodeveestarnaaplicação.
  • A oração e a ministraçãopelosperdidosdevem ser maisimportantes do que o ensinoemsi.
sensibilidade a deus
Sensibilidade a Deus
  • Os líderes de célulaspodemocasionalmente (masnãosempre) fugir do temaindicado.
  • Issodevedepender das necessidades do grupo e dadireção do Espírito Santo.
estabele a um sistema para redigir os roteiros das c lulas
Estabeleça um sistemapararedigirosroteiros das células
  • Decidaquemiráredigi-los.
    • Algunspastorespreferemfazê-lo.
    • Às vezesalgumoutromembrodaequipe.
  • Determine ostemas com um mês de antecedência.
    • Nãoháproblema se o sermãotiver de ser mudado.
    • É de grandeajudaterumasérie de 4-6 semanas.
  • Entregue o roteiroaoslíderes de célulaem tempo paraquepossam se prepararpara o encontro.
como redigir roteiros de c lula din micos
Como redigirroteirosde céluladinâmicos
  • Preste muita atenção. Mais tarde nessa sessão você terá de preparar um roteiro de célula!
  • Coloque a data, o tema e o texto bíblico claramente no início.
  • Semana de 1o de Janeiro“Novos começos”Texto: Filipenses 3:7-14
como redigir roteiros de c lula din micos1
Como redigirroteirosde céluladinâmicos
  • Prepare com base nos 4 Es: Encontro, Exaltação, Edificação e Evangelismo.
  • Comece com um quebra-gelo. (Isso é importante).
  • Varie os quebra-gelos. Diferentes tipos :
    • Fale a respeito do seu passado.
    • O que aconteceria se...?
    • Como estão indo as coisas?
    • Conte-nos um pouco mais a respeito de você.
como redigir roteiros de c lula din micos2
Como redigirroteirosde céluladinâmicos
  • Para idéias de Quebra-gelo:
    • Colecione sugestões das células
    • Pesquise
  • Associe o tema à epoca do ano.

Por exemplo, para 1o de janeiro, Filipenses 3:7-14:

    • Qual foi uma coisa que Deus fez para você no ano passado?
    • Que objetivo você tem para esse ano que se inicia?
    • O que você gostaria que Deus fizesse para você neste ano?
como redigir roteiros de c lula din micos3
Como redigirroteirosde céluladinâmicos
  • Você pode, mas não precisa, incluir idéias de adoração.
  • A adoração nas células deve ser breve, simples e focalizada em Deus.
  • As músicas devem vir do repertório dos cultos de celebração.
  • Fitas-cassete ou CDs com playbacks funcionam muito bem.
como redigir roteiros de c lula din micos4
Como redigirroteirosde céluladinâmicos
  • O momento de edificação é o períodoemqueocorremtrêscoisas: a interaçãopormeiodaBíblia, a ministração e a oração.
  • É muitoimportantequevocêestabeleçaclaramente um oudoisobjetivos, ex.:
    • Os membrosvãoidentificar o que Deus estápedindoquesejadeixado de lado e levaressascoisas a Deus emoração.
  • Estabelecerobjetivosofereceaoslíderesalvosclarosparaseremalcançados.
como redigir roteiros de c lula din micos5
Como redigirroteirosde céluladinâmicos
  • As perguntasdirigidaspara a céluladevemconcentrar-se naaplicação à vida e naresposta a Deus.
  • Nãofaçaperguntasquepressu-ponhamconhecimentospréviosdaBíblia.
  • Algumasperguntaspodem ser usadasrepetidamente com algumasvariações.
quatro perguntas importantes
Quatroperguntasimportantes
  • O quechamousuaatençãonessapassagem?
  • Qualparece ser o ponto principal dessapassagem?
  • Vocêpodeilustraressaverdade com algumaexperiênciadasuaprópriavida? (Nósusamosessapergunta no começodaapostilaquandodiscutimos o assunto de evangelismo.)
  • O que Deus estádizendo a vocênestemomento?
para filipenses 3 7 14
Para Filipenses 3:7-14
  • O quechamousuaatençãonessapassagem?
  • Quecoisa(s) vocêteve de deixarparaseguir a Cristo?
  • Quaisobstáculosimpedemoscristãos de andarem com Deus hojeemdia?
  • O que Deus estápedindoquevocêdeixeparatrásaocomeçaresseano?
a import ncia dos grupos pequenos
A importância dos grupospequenos
  • Instrua repetidamente os grupos a se dividirem em subgrupos.
  • Isso aumenta a oportunidade de cada um ministrar e ser ministrado.
  • Nem todos serão ministrados se o grupo permanecer grande (inteiro) o tempo todo.
observe
Observe!
  • O exemplo de roteiro na página 6 da sua apostila consiste de apenas 14 linhas e 4 perguntas.
  • Mantenha o roteiro simples!
  • Se há mais de 6 perguntas torna-se facilmente um grupo de estudo focalizado na informação em vez de em responder a Deus.
evangelismo
Evangelismo
  • Focalize o que é importante: todosorandoporincrédulos e demons-trando-lhes o amor de Jesus pormeio de ações.
  • Cadagrupodeveteruma “Lista de bênção”.
  • Envolva as célulasparaorar, planejar e convidarosincrédulosparaoseventos de colheita.
evangelismo1
Evangelismo
  • Esteja atento aos eventos de treinamento.
    • Se recentemente houve um Final de semana Tocando Corações, instrua os líderes para pedirem a alguém que participou do curso fazer a apresentação de João 3:16 no período do evangelismo.
  • Faça com que os grupos planejem festas e piqueniques a cada 4-6 semanas para convidar outros.
evangelismo2
Evangelismo
  • É fácildeixar de lado, nacélula, o momento de evangelismo.
  • Consideremudaresseperíodopara antes daedificaçãoporquatrosemanasseguidas.
  • Istotrazvariedade e torna o evangelismoprioritário e central.
2 exemplos de evangelismo filipenses 3 7 14
2 exemplos de evangelismo: Filipenses 3:7-14
  • Discutamemdoisgrupos (Homens e mulheres):
    • Quaisobstáculosestãoimpedindoquevocêsejamaiseficiente no evangelismo?
    • Como essesobstáculospodem ser removidos?
  • Emduplas, discutam e orem:
    • Quepessoavocêgostariaqueviesse a Cristo nesteano?
    • Quaisobstáculosestãoimpedindoqueessapessoachegue a Cristo?
    • Orem juntosparaque Deus removaessesobstáculos e que o Espírito Santo reveleàquelapessoa a necessidadequeela tem de Jesus.
agora tente voc mesmo
Agora tentevocêmesmo!
  • Planeje para daqui a quatro semanas.
  • Escolha um tema de João 15:5-8.
  • Prepare e escreva um quebra-gelo:
    • Genérico (das páginas 4 e 5).
    • De acordo com a época do ano (para daqui a quatro semanas).
    • Associado ao tema
      • Estar conectado/desconectado
      • Seco ou frutífero etc.
agora tente voc mesmo1
Agora tentevocêmesmo!
  • Escrevatrês a cincoperguntasqueajudariamosmembros de suascélulas a entenderessetexto e depois responder a Deus.
  • Redijainstruçõespara um momento de evangelismo.
  • Ore.
  • Agora faça o roteiro!
encoraje e aprenda
Encoraje e aprenda
  • Quando você terminar, troque seu roteiro com alguma pessoa perto de você.
  • Diga-lhe alguma coisa que você gostou no roteiro dela.
  • Uma coisa que poderia ser melhorada.
discuss o
Discussão...
  • O queissoensinou a você a respeito de prepararosroteiros das células?
  • Quaisperguntasvocê tem?
ad