rumo a um b learning inclusivo no ensino superior n.
Download
Skip this Video
Download Presentation
Rumo a um b-learning inclusivo no Ensino Superior

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 39

Rumo a um b-learning inclusivo no Ensino Superior - PowerPoint PPT Presentation


  • 82 Views
  • Uploaded on

Rumo a um b-learning inclusivo no Ensino Superior. José Alves Diniz. A utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) nos processos de ensino-aprendizagem representa um indicador de forte motivação para a inovação no âmbito do contexto educativo

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Rumo a um b-learning inclusivo no Ensino Superior' - yardley


Download Now An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide2

A utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) nos processos de ensino-aprendizagem representa um indicador de forte motivação para a inovação no âmbito do contexto educativo

(e.g. Ala-Mutka, Punie, & Redecker, 2008;

Coutinho & Bottentuit Junior, 2009)

slide3

Os ambientes interativos são percebidos como fator determinante na aprendizagem on-line, influenciam o sucesso dos resultados de aprendizagem, a construção do conhecimento e a qualidade da aprendizagem onlineper si

(Maor & Volet, 2007)

slide4

pronetariado - nova classe social, constituída por utilizadores da Internet (i.e., pro, significa “a favor” enet, significa rede)

(Rosnay, 2006, p 12)

slide5

Os ambientes interativos são percebidos como fator determinante na aprendizagem on-line, influenciam o sucesso dos resultados de aprendizagem, a construção do conhecimento e a qualidade da aprendizagem onlineper si

(Maor & Volet, 2007)

slide6

O ensino totalmente à distância (e-learning) não alcançou todas as expectativas que se haviam criado inicialmente.

(e.g. Lewandowski,2003; Bartolomé, 2008)

slide7

São apontadas muitas vantagens ao

blended (b-)learning

(e.g. Aiello & Willem, 2004; Gebera, 2008; Lewandowski, 2003; Marsh et al., 2003)

slide8

Convergência progressiva de ambientes tradicionais face-to-face e ambientes distribuídos, permitindo o desenvolvimento de sistemas b-learning (Graham, 2012, p.6).

slide12
(co)produção de conhecimento realizado pelos utilizadores (user-producers) – produsage. Bruns & Humphreys (2007)
  • a comunidade
  • a fluidez
  • os produtos dinâmicos
  • a propriedade comum
publica es em revistas de circula o international com a descri o do estudo de caso
Publicações em revistas de circulação international com a descrição do estudo de caso
  • Dias, S.B. & Diniz, J.A. (2012). Blended learning in Higher Education: different needs, different profiles. In Proceedings of the 4th International Conference on Software Development for Enhancing Accessibility and Fighting Info-exclusion (DSAI' 2012). Procedia Computer Science, 4, 438-446.
  • Dias, S.B. & Diniz, J.A. (2013) FuzzyQoI Model: A fuzzy logic-based modelling of users' quality of interaction with a learning management system under blended learning. Computers & Education 69, 38-59.
  • Dias, S.B. & Diniz, J.A. (in press). Towards an enhanced learning management system for blended learning in higher education incorporating distinct learners’ profiles. Journal of Educational Technology & Society.
  • Dias, S.B. & Diniz, J.A. (in press). From blended to inclusive learning: profiles, openness, accessibility and higher education. Universal Journal of Computer Science.

jadiniz@netcabo.pt

resultados do estudo de caso sga moodle
Resultados do Estudo de Caso SGA Moodle

i) o SGA Moodle foi considerado: um ambiente fácil de utilizar; com uma utilização predominante de ferramentas do tipo assíncrono; como um ambiente vantajoso no trabalho de socialização online e na partilha de informação; um espaço privilegiado na promoção do trabalho autónomo;

resultados do estudo de caso sga moodle1
Resultados do Estudo de Caso SGA Moodle

ii) os professores identificaram o desenvolvimento de competências pessoais como a principal potencialidade e os estudantes a construção de redes sociais;

resultados do estudo de caso sga moodle2
Resultados do Estudo de Caso SGA Moodle

iii) parece existir uma relação significativa entre a inovação e a facilidade de utilização do SGA Moodle;

resultados do estudo de caso sga moodle3
Resultados do Estudo de Caso SGA Moodle

iv) a satisfação no uso do SGA está relacionada com a possibilidade detrabalho autónomo;

resultados do estudo de caso sga moodle4
Resultados do Estudo de Caso SGA Moodle

v) a eficiência do SGA Moodle está associada ao papel do professor no que respeita à partilha de informação eficaz entre todos os intervenientes.

modelo fuzzyqoi qoi de quality of interaction qualidade da intera o
Modelo FuzzyQoI - QoI de Quality of Interaction – Qualidade da Interação
  • Participantes: 75 professores e 1.037 estudantes
  • 51 semanas de utilização do SGA Moodle
  • 610.775 interações no total (94.288 – de professores; e 516.487 – de estudantes
  • Modelo em cascata de 5 sistemas de inferência fuzzy
  • 600 regras fuzzy IF/THEN
  • 12 variáveis foram utilizadas para retratar as 110 métricas da atividade do SGA Moodle
diagrama de blocos do modelo fuzzyqoi constitu do por cinco fuzzy sistemas fs1 fs5 no modo cascata
Diagrama de blocos do Modelo FuzzyQoI, constituído por cinco Fuzzy Sistemas (FS1-FS5), no modo cascata.
exemplos de novos sgas
Exemplos de novos SGAs
  • Canvas da Instructure (www.instructure.com)
  • Pearson’s OpenClass (anteriormente Learning Solutions) (www.openclass.com)
  • LoudCloud (www.theloudcloud.com)
  • Schoology (www.schoology.com)
b learning inclusivo
b-learning inclusivo
  • interoperabilidade e conectividade como padrões educacionais (por exemplo, SCORM, Lata API)
  • recursos multimodais, a diferenciação de ensino, a avaliação e feedback
  • Ultrapassar o WCAG, www.w3.org/WAI/intro/wcag.php
  • incorporação do EU4ALL, do SCORM e eXelearning
intelig ncia emocional
Inteligência emocional

“Quanto mais os educadores conseguirem compreender a natureza da relação entre emoção e cognição, melhor poderão alavancar essa relação na concepção de ambientes de aprendizagem”

(Immordino-Yang e Damásio, 2007, p. 9)

slide34

Indicadores emocionais de sucesso on-line (por exemplo, auto-regulação emocional, motivação auto-induzida, auto-eficácia, lócus de controle interno) têm sido intimamente relacionados com a inteligência emocional

(e.g. Holcomb et al 2004; Parker 2003; Newlin & Wang, 2000)

kinect 2 captura a fc e o nimo do usu rio http mashable com 2013 05 22 xbox one kinect heartbeat
Kinect 2 captura a FC e o ânimo do usuário http://mashable.com/2013/05/22/xbox-one-kinect-heartbeat/
slide38
As mudanças atuais nas tecnologias de aprendizagem estão inaugurando uma nova era de desenvolvimento na educação superior
slide39

S. B. Dias, J. A. Diniz and L. J. Hadjileontiadis (2013) Towards an Intelligent Learning Management System Under Blended Learning: Trends, Profiles and Modeling Perspectives. Springer: Verlag. (ISBN 978-3-319-02077-8).