slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Além do Ocidente e Oriente Cenários para um mundo e organizações convergentes PowerPoint Presentation
Download Presentation
Além do Ocidente e Oriente Cenários para um mundo e organizações convergentes

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 25

Além do Ocidente e Oriente Cenários para um mundo e organizações convergentes - PowerPoint PPT Presentation


  • 103 Views
  • Uploaded on

Além do Ocidente e Oriente Cenários para um mundo e organizações convergentes. Érico Magalhães. Rio de Janeiro, 3 de junho de 2009. ABORDAGEM Olhares diferentes sobre as diferenças e convergências. VISÃO CORRESPONDENTES INTERNACIONAIS. VISÃO ECONOMISTA. VISÃO ARTISTA.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Além do Ocidente e Oriente Cenários para um mundo e organizações convergentes' - watson


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

Além do Ocidente e Oriente

Cenários para um mundo e organizações convergentes

Érico Magalhães

Rio de Janeiro, 3 de junho de 2009

slide2
ABORDAGEM

Olhares diferentes sobre as

diferenças e convergências.

VISÃO

CORRESPONDENTES

INTERNACIONAIS

VISÃO

ECONOMISTA

VISÃO

ARTISTA

slide3
OCIDENTE ORIENTE

CONVERGÊNCIA

2

1

OLHAR SOBRE O OUTRO

3

OLHAR

SOBRE

SI

MESMO

OLHAR

SOBRE

SI

MESMO

OLHAR SOBRE O OUTRO

4

5

slide4
O OLHAR SOBRE

- VALORES

- INOVAÇÃO

- LIDERANÇA

- RESULTADOS

- PAÍSES

- EMPRESAS

- PESSOAS

+

slide5
OCIDENTE ORIENTE

CONVERGÊNCIA

2

1

OLHAR SOBRE O OUTRO

3

OLHAR

SOBRE

SI

MESMO

OLHAR

SOBRE

SI

MESMO

OLHAR SOBRE O OUTRO

4

5

slide6
O OLHAR SOBRE SI MESMO...

Depende do poder real (político, econômico, tecnológico), mas depende muito da autoestima.

“EUA olhando mais o crescimento do Oriente, a partir doseu crescimento econômico, mas também porque estão inseguros com relação ao futuro” – eleição do Obama

“China orgulhosa do seu crescimento, exigindo ser ouvida e exercitando o orgulho nacional” – Olimpíadas

slide7
O OLHAR SOBRE SI MESMO...

Busca do conhecimento do outro gera equilíbrio das relações.

“O Oriente admira os valores do Ocidente (Japão) e quer conhecer e se fazer conhecer pelo Ocidente (China)”

“Ambos tem muito a ensinar ao outro:

Individual X coletivo

Amor e fidelidade à pátria

Competitividade e busca por resultados

Educação ocidental X oriental

Trabalho comunitário”

slide8
OCIDENTE ORIENTE

CONVERGÊNCIA

2

1

OLHAR SOBRE O OUTRO

3

OLHAR

SOBRE

SI

MESMO

OLHAR

SOBRE

SI

MESMO

OLHAR SOBRE O OUTRO

4

5

slide9
O OLHAR SOBRE O OUTRO...

As experiências levam a premissas e preconceitos que precisam ser reavaliados:

“O mundo ocidental achava o mundo oriental muito exótico, com valores muito diferentes, hábitos estranhos e vice-versa”

“A dependência mútua (Ex.: China – EUA) leva ao maior conhecimento do outro e à quebra de barreiras culturais”

“Quanto mais se tem informação um do outro mais existe aproximação:

conhecimento que o Brasil tem hoje da China – escritório jornalismo

conhecimento gerado pela Internet (até na dramaturgia)”

slide10
OCIDENTE ORIENTE

CONVERGÊNCIA

2

1

OLHAR SOBRE O OUTRO

3

OLHAR

SOBRE

SI

MESMO

OLHAR

SOBRE

SI

MESMO

OLHAR SOBRE O OUTRO

4

5

slide11
O OLHAR CONVERGENTE

A globalização trouxe oportunidades únicas de convergência.

“O mundo é plano”

“Pragmatismo econômico tem marcado o encontro das culturas → todos querem fazer negócios.”

“Livros gastam mais tempo em explicar diferenças do que valores comuns.”

“O capitalismo à moda indiana se aproveitou da estrutura das castas familiares para uso econômico.”

slide12
O OLHAR CONVERGENTE

As janelas são para se ver e ser vistos.

“Para olhar o outro é preciso enxergar melhor a si mesmo,ter um olhar diferente sobre nós” → olhar outra cultura serve para se olhar.

“A loucura não permite diferenciar o que está dentro do que está fora de si mesmo.”

“A noção de espaço-tempo diferenciada nas culturas determina como os problemas e as oportunidades serão tratados.” - “Tempo cíclico”

slide13
O OLHAR CONVERGENTE

A gestão das empresas/sociedades vem ganhando muito com a convergência.

“Google tem gente de todo o mundo e seu entendimento das várias culturas, através de ouvintes, tem sido um diferencial para a qualidade.”

“Devemos desenvolver lideranças individuais que falem pelo coletivo.”

“A mistura de idéias é criativa por si – para as pessoas, para as empresas e para as sociedades.”

slide14
Depois de vermos tudo isto, vamos dar uma parada conceitual...

AS 3 ABORDAGENS DA GESTÃO x CULTURA

CONVERGENTE (universalista)

Mais ocidental

Única melhor maneira de administrar e organizar pessoas

Baixa conexão das práticas com os objetivos estratégicos locais

Matriz definindo políticas rígidas, desconsiderando contexto legal e cultural → RH mais na execução

“A GESTÃO DE PESSOAS NO BRASIL”

Betania Tanure / Paul Evans / Vladimir Pucik

slide15
AS 3 ABORDAGENS DA GESTÃO x CULTURA

DIVERGENTE (relativista)

Mais Oriental

Contexto local é absoluto

“Quando em Roma, faça como os romanos.”

“Pensar global, agir local” sem conexões entre eles.

Estratégia local com dificuldades na relação com o global.

slide16
AS 3 ABORDAGENS DA GESTÃO x CULTURA

DIVERGENTE / CONVERGENTE (integradora)

  • Princípios de governança corporativa comuns
  • Visão de resultados integrada
  • Competitividade nos mercados: global e local
  • Eficiência / eficácia com filosofia comum
  • Tecnologia integrada
  • Lógica ocidental

+

  • Lógica oriental

gerando

  • Competência cross-cultural
slide17
E a cultura de gestão brasileira?

OS 3 PILARES DA CULTURA BRASILEIRA

PODER

“Líder protege → liderado retribui com lealdade”

Influência na modelagem organizacional

Separação de funções decisórias e de execução

Personalismo

Rapidez X não comprometimento / pouca criatividade

“A GESTÃO DE PESSOAS NO BRASIL”

Betania Tanure / Paul Evans / Vladimir Pucik

slide18
OS 3 PILARES DA CULTURA BRASILEIRA

RELAÇÕES

Expressão de sentimentos e emoções

INDIVIDUALISTA

(valorização de quem diz o que pensa)

X

COLETIVISTA

(valorização da expressão do que sente)

slide19
OS 3 PILARES DA CULTURA BRASILEIRA

FLEXIBILIDADE

“Brasileiro é mestre na arte de conviver com os opostos” – Domenico De Masi

ADAPTABILIDADE(flexibilizar → equilibra relações)

CRIATIVIDADE(inovar → reduz papel da hierarquia)

slide20
E NÓS RH?

RH COMO PARCEIRO DE NEGÓCIOS E MEDIADOR

Processos de RH a serviço da estratégia

RH como catalisador / mediador entre os 3 pilares:

Poder X Relações X Flexibilidade

RH como educador

Educar – “Educere” (Cícero)

“Tirar do outro a motivação para a mudança, a partir do que está sendo transmitido pelo educador.”

slide21
“Se você quer construir um navio, não convoque homens para juntar madeira, dar ordens e dividir o trabalho. Antes, ensine-os a se apaixonar e desejar o eterno e distante mar”

Antoine de Saint-Exupéry

slide22
Não importa se:
  • Ocidente X Oriente
  • Norte X Sul
  • Global X Local
  • Matriz X Filial
  • Real X Virtual
  • Essencial X Aparente
  • Função A X Função B
  • RH deve educar a
  • empresa para a
  • convergência:
  • pelo propósito
  • pelos valores humanos
  • pelo respeito aos diferentes olhares
slide23
Uma poesia de um grande brasileiro que mantém, depois de mais de 100 anos, um olhar brasileiro diferente sobre o mundo.

“Não é o ângulo reto que me atrai.

Nem a linha reta, dura, inflexível, criada pelo homem.

O que me atrai é a curva livre e sensual.

A curva que encontro nas montanhas do meu país,

no curso sinuoso de seus rios,

nas ondas do mar,

nas nuvens do céu,

no corpo da mulher preferida.

De curvas é feito todo o Universo.

O Universo curvo de Einstein.”