slide1 n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
LICENCIATURA EM MÚSICA 1º Ano Disciplina: Filosofia e Ética Profª :Stela Maris da Silva PowerPoint Presentation
Download Presentation
LICENCIATURA EM MÚSICA 1º Ano Disciplina: Filosofia e Ética Profª :Stela Maris da Silva

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 15

LICENCIATURA EM MÚSICA 1º Ano Disciplina: Filosofia e Ética Profª :Stela Maris da Silva - PowerPoint PPT Presentation


  • 106 Views
  • Uploaded on

LICENCIATURA EM MÚSICA 1º Ano Disciplina: Filosofia e Ética Profª :Stela Maris da Silva. SAMUEL HELOISE JOSIANE ANNA RAQUEL GUSTAVO SARA SAMUEL. GRUPO:. SÓCRATES. SUMÁRIO. Apresentação Época Vida e Missão Ensinamentos Filosóficos Métodos Socráticos Conclusão.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'LICENCIATURA EM MÚSICA 1º Ano Disciplina: Filosofia e Ética Profª :Stela Maris da Silva' - silas


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

LICENCIATURA EM MÚSICA

1º Ano

Disciplina: Filosofia e Ética

Profª :Stela Maris da Silva

  • SAMUEL
  • HELOISE
  • JOSIANE
  • ANNA RAQUEL
  • GUSTAVO
  • SARA
  • SAMUEL

GRUPO:

sum rio
SUMÁRIO
  • Apresentação
  • Época
  • Vida e Missão
  • Ensinamentos Filosóficos
  • Métodos Socráticos
  • Conclusão
slide4

ÉPOCASéculo V a.C. - Século de Péricles.

Com a vitória sobre os persas e a tomada do Império

marítimo. “Senhora do Mar Egeu”, Atenas tornou-se

centro comercial da Grécia, e o Pireu era seu porto

mais rico.

  • SOCIEDADE
  • Atenas contava com três classes:
  • Cidadãos : participantes da democracia;
  • Metecos: estrangeiros habitantes de Atenas;
  • Escravos formavam a grande maioria da população ateniense.
  • A economia esclavagista era um fenômeno progressista cooperando com o apogeu do mundo antigo.
slide6

ARTE E CULTURA

    • Os gregos, embora divididos politicamente
    • tinham uma unidade cultural.
  • Construção de templos, edifícios públicos e esculturas;
  • Festas e cerimônias religiosas davam lugar a manifestações artísticas (representações teatrais);
  • Competições de atletas adquiriam um caráter nacional.
slide8

A DEMOCRACIA:

Teve grande importância para o futuro da filosofia

  • Igualdade e direito perante as
  • leis e participação do governo;
  • Opinião e expressão ativa nas discussões e tomadas de decisões.

Período Socrático ou antropológico

A Filosofia investiga as questões humanas

  • O ideal da educação é a formação do cidadão;
  • Os Sofistas (primeiros filósofos) surgem como
  • mestres de oratória ou retórica;
  • Sócrates com a filosofia “conhecer-se a si mesmo”.
slide9

VIDA

MORTE

- nasceu por volta do Ano 470 a. C.

- em Atenas, Grécia.

- pai Sofronisco era escultor

- mãe Fenareta – parteira.

- casou-se com Xantipa e teve três filhos.

Estudou música, ginástica, gramática

Profissões – escultor - militar - Integrou o conselho legislativo de Atenas

Sócrates foi acusado de corromper a juventude e desdenhar o culto aos deuses tradicionais. Condenado a morte, a sentença: envenenamento. Morreu em 399. a.C.

slide10

MISSÃO

“Eis a missão de Sócrates, missão para a qual ele se sentiu chamado pelo oráculo de Delfos: incitar os homens a se preocuparem antes de tudo com os interesses da própria alma, procurando adquirir a sabedoria e a virtude.”

Sócrates, rebelou-se contra os sofistas, pois não tinham amor pela sabedoria, nem respeito pela verdade, defendiam qualquer idéia se fosse vantajosa.

Os sofistas ensinavam técnicas de persuasão para os jovens que aprendiam a defender a posição ou opinião. Fazendo o erro e a mentira valer tanto quanto a verdade.

slide11

ELEMENTOS FILOSÓFICOS

- A doutrina fundamental gira em torno da imortalidade da alma.

- A alma é claramente superior ao corpo, encontra-se nele como numa prisão.

PSICOLOGIA

CONHECIMENTO

- Distinção entre opinião e verdade (conceito universal).

- Conceitos universais : bem, justiça, felicidade e virtude

- Identifica-se com o conhecimento: a sabedoria é virtude e a virtude identifica-se com a sabedoria.

- A verdade e a sabedoria, tornam o homem virtuoso e livre.

- A felicidade consiste na honestidade e na prática da virtude

MORALIDADE

slide12

O MÉTODO SOCRÁTICO

Sócrates não deixou nada escrito, Ele ensinava nas ruas e praças de Atenas. Dessa forma se dirigia ao homem individual.

O diálogo socrático é uma técnica desenvolvida paralelamente à prática filosófica.

Seu método consistia em um jogo de perguntas e respostas.

A prática de hoje comum de um aluno perguntar e o professor responder é contrária ao método Socrático. Nesse método, o professor é quem pergunta; e com as perguntas certas ele impelia ao conhecimento.

slide13

MÉTODOS SOCRATICOS

Consiste em levar o interlocutor,

mediante uma série de perguntas habilmente formuladas,

a tomar consciência da própria ignorância e confessá-la.

IRONIA

MAIÊUTICA

MAIÊUTICA

Reconhecida a inciência em relação ao que se julgava saber,

procura-se extrair de sua alma o conceito que nela permanecia em estado latente.

EXEMPLO: No diálogo intitulado Mênon,

este pergunta a Sócrates: a virtude pode ser ensinada?

E o que responde Sócrates: mas, o que é virtude?

No fim desse diálogo platônico,

Sócrates estabelece a célebre afirmação:

VIRTUDE (ARETÊ) É CONHECIMENTO.

INDUÇÃO

slide14

MÉTODOS SOCRATICOS

IRONIA

MAIÊUTICA

INDUÇÃO

INDUÇÃO

consiste na apreciação da essência

(do universal que se acha contido no particular),

na determinação conceitual, na definição.

EXEMPLO:

Este leão e aqueles leões são ferozes (e assim por diante).

Infere-se que os leões são ferozes.

A ferocidade observada de cada indivíduo passou a ser considerada a do leão simplesmente.

slide15

CONCLUSÃO

Levando-se em consideração a época, que era de um governo democrático, na qual os cidadãos poderiam expor as suas idéias livremente, não aceitaram a filosofia de Sócrates, negando-o de cumprir sua missão, que era de levar o homem a “conhecer-se a si mesmo”.

A partir de seus ensinamentos sobre psicologia, conhecimento e moral, desenvolveu seu método, que consistia num jogo de perguntas e respostas, servindo como base para os futuros filósofos.

Refletindo sobre a frase “sei que nada sei”, chega-se a conclusão que quanto mais conhecimento o homem adquire, menos respostas exatas são encontradas, surgindo assim novas dúvidas.