o mundo romano n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
O MUNDO ROMANO PowerPoint Presentation
Download Presentation
O MUNDO ROMANO

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 59

O MUNDO ROMANO - PowerPoint PPT Presentation


  • 171 Views
  • Updated on

O MUNDO ROMANO. ORIGEM. Península itálica ( Lácio ou Láccio ) Origem mitológica (Rômulo e Remo) Origem histórica: Italiotas e latinos para se proteger das invasões dos etruscos ergueram uma fortificação às margens do Tibre Fundação por volta de 753 a.C. Mitologia.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

O MUNDO ROMANO


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
    Presentation Transcript
    1. O MUNDO ROMANO

    2. ORIGEM • Península itálica ( Lácio ou Láccio) • Origem mitológica (Rômulo e Remo) • Origem histórica: Italiotas e latinos para se proteger das invasões dos etruscos ergueram uma fortificação às margens do Tibre • Fundação por volta de 753 a.C

    3. Mitologia

    4. A agricultura e o pastoreio estão nas raízes desta formação • A exemplo do mundo grego, se organizaram inicialmente em “Gens” • Líderes: patrícios (grandes proprietários) • Plebeus: pequenos proprietários, camponeses,artesão,comerciantes • CLIENTES (Intermediários,parentes mais afastados das gens primitivas • Não existiam escravos inicialmente

    5. Monarquia • A supremacia da elite agrária levou a criação do REX (acumulava os três poderes) • O Senado (formado pelos chefes das principais famílias patrícias)

    6. A República romana • RÉS + PUBLICA (509 a.C- fim do período monárquico) • Reforma de caráter nada democrático, visava manter a hegemonia patrícia

    7. A estrutura do poder republicano • MAGISTRATURAS: • CÔNSULES (02- mais alta das magistraturas.Comandava o exército,controlavam a administração pública e propunham as leis) • PRETORES (responsáveis pela justiça) • QUESTORES (finanças e impostos) • EDIS (conservação das cidades • CENSORES (vigiava a população através da renda do cidadão)

    8. O “DITADOR” • O Senado podia escolher um governante por seis meses em casos de calamidade pública • Assembléia Centuriata: órgão meramente ratificador das decisões senatoriais

    9. AS REVOLTAS PLEBEIAS • Sem direitos, em 493 a.C eclodiu uma revolta da plebe romana • O Monte Sagrado

    10. CLIENTES (Intermediários,parentes mais afastados das gens primitivas • Não existiam escravos inicialmente

    11. Importância dos plebeus para Roma • Mão-de-obra • Centúrias plebéias (pessimamente armadas mas numerosas) Davam o primeiro combate nas batalhas,desorganizando as forças inimigas, abrindo caminho com sangue para as centúrias patrícias

    12. Exigência dos plebeus • Tribunos da Plebe • Lei das Doze Tábuas (leis escritas) • Lei Canuléia (suspendia a proibição de casamento entre as duas classes) • Lei Licínia-Sextia (abolia a escravidão por dívidas) origem do “PLEBISCITO” • Lei frumentária (Pão mais barato)

    13. Discurso de T. Gracco “Os animais da Itália possuem cada um sua toca, seu abrigo, seu refúgio. No entanto, os homens que combatem e morrem pela Itália estão à mercê do ar e da luz e nada mais: sem lar, sem casa, erram com suas mulheres e crianças. Os generais mentem aos soldados quando, na hora do combate, os exortam a defender contra o inimigo suas tumbas e seus lugares de culto, pois nenhum destes romanos possui nem altar de família, nem sepultura de ancestral. É para o luxo e enriquecimento de outrem que combatem e morrem tais pretensos senhores do mundo, que não possuem sequer um torrão de terra” (Discurso de Tibério Graco (163-132 a.C.). Apud Jaime Pinsky. 100 textos de história antiga, 1980.)

    14. DAS ORIGENS AGRÁRIAS AO IMPERIALISMO • 395 a.C invasão e anexação da Etrúria, em seguida a Gália e depois da conquista de Cartago, parte para o domínio do Mediterrâneo (MARE NOSTRUM)

    15. Guerras Púnicas (264-133 a.C) • Roma sitiada por Aníbal (o libertador) • O ataque do general romano Cipião (O africano) a Cartago na batalha de Zama • Na terceira guerra púnica Cartago foi destruída “Delenda Cartago” • Seguiram-se o domínio sobre A Macedônia, a Grécia, a Síria e o Egito

    16. Mare nostrum

    17. O aumento da mão-de-obra escrava

    18. A profissionalização do Exército (Mario,o ditador)

    19. Governo ilegal? • Governou por três anos (poder do Senado questionado) • Exército remunerado • Trazia possibilidade de ascensão social • Risco.Colocava exército nas mãos de quem melhor pagasse (Merx)

    20. GENERAL MÁRIO

    21. O Governo de Sila • Patrício de origem pobre • Consegue ascensão no exército • Governa após a morte de Mário em 86 a.C • Não suportando as pressões da plebe e dos senadores termina seu mandato e se recusa a continuar no poder, abrindo caminho para uma nova forma de governo...

    22. O TRIUNVIRATO • CRASSO (esmagou a revolta de Espártacus -73 a.C) • POMPEU (um dos principais generais romanos) • JULIO CESAR (sobrinho de Mário, líder do partido popular e herdeiro de uma fortuna incalculável)

    23. RUMO AO PODER SUPREMO... • A morte de Crasso (53 a.C) • A disputa entre Pompeu e Júlio Cesar • “Alea jacta est”- A volta de Julio Cesar à Roma • Apoio das tropas à Julio Cesar • Fuga de Pompeu para a Grécia (derrotado em 48 a.C)

    24. A TRAVESSIA DO RIO RUBICÃO

    25. O poder do “Cesar” • O Senado curva-se diante do César • Obediência e conspiração • CÉSAR- poder ditatorial

    26. CESAR NO EGITO • Sua relação com a rainha egípcia enfraquece sua imagem junto á plebe • O senado conspira para sua morte

    27. TEMPLO

    28. A MORTE DE JULIO CESAR

    29. O SEGUNDO TRIUNVIRATO (golpe militar) • OTÁVIO (Herdeiro de Cesar) • Marco Antônio (mais hábil dos generais de Cesar) • Lépido (antigo comandante das forças de cavalaria)

    30. A estrutura de poder • Afastado lépido, Marco Antônio e Otávio dividem o poder • A proximidade de M. Antonio com a rainha egípcia diminui seu prestígio em Roma • Na guerra entre romanos, Otávio vence. • Com o trigo do Egito, Otávio abastece gratuitamente a plebe romana • Apoderou-se do gigantesco e milenar tesouro egípcio

    31. Novos títulos concedidos a Otávio • PRINCEPS SENATUS (Primeiro Senador,preside o Senado) • IMPERATOR (Comandante em chefe do Exército) • TRIBUNO DA PLEBE (Fala em nome dela) • PONTÍFICE MÁXIMO (Chefia a religião) • PROCONSUL(Autoridade sobre províncias) • AUGUSTUS(Acima dos mortais.Divino)

    32. Fim da República • Otávio (Imperador)

    33. O Alto Império (27 a.C até 235 d.C) • Da consagração de Otávio até o Século III.Consolidação e apogeu do Império. • Disputas sucessoriais (Nero,Cômodo,Cláudio,Trajano,Adriano,Marco Aurélio)