aula 18 ndice de refra o e leis da refra o n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Aula 18 – Índice de Refração e Leis da refração PowerPoint Presentation
Download Presentation
Aula 18 – Índice de Refração e Leis da refração

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 9

Aula 18 – Índice de Refração e Leis da refração - PowerPoint PPT Presentation


  • 75 Views
  • Uploaded on

Aula 18 – Índice de Refração e Leis da refração. Prof. Zé Godinho Bacharel em Matemática Aplicada. Definições. A luz ao passar de um meio para outro sofre o fenômeno da refração, com mudança na velocidade, no comprimento de onda e na direção de propagação.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

Aula 18 – Índice de Refração e Leis da refração


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
aula 18 ndice de refra o e leis da refra o

Aula 18 – Índice de Refração e Leis da refração

Prof. Zé Godinho

Bacharel em Matemática Aplicada

defini es
Definições
  • A luz ao passar de um meio para outro sofre o fenômeno da refração, com mudança na velocidade, no comprimento de onda e na direção de propagação.
  • Na refração a única grandeza física que se mantém constante é a freqüência.
casos particulares
Casos particulares
  • Um raio de luz incide formando 90º com a superfície de separação.

O raio não sofre mudança na direção

casos particulares1
Casos particulares
  • Ao passar de um meio menos refringente para um mais refringente

Normal

i

r

  • O raio aproxima da normal.
  • A luz perde velocidade por ser mais difícil a propagação.
casos particulares2
Casos particulares
  • Ao passar de um meio mais refringente para um menos refringente

i

r

  • O raio afasta da normal.
  • A luz ganha velocidade por ser mais fácil a propagação
a rela o de snell descartes
A relação de Snell-Descartes
  • Para qualquer ponto de refração, seja de um meio mais refringente para um meio menos refringente ou vice-versa é válida a seguinte relação.

n1.sen1 = n2.sen2

o ndice de refra o
O índice de refração
  • O índice de refração de um determinado meio pode ser calculado fazendo

Onde:

N = índice de refração

C = Velocidade da luz no vácuo 3.108 m/s

V = Velocidade da luz no meio envolvido

p g 28 ex 01

1,40

1,80

2,00

Pág 28 – Ex 01

(UFPE-2006) Um dispositivo composto por três blocos de vidro com índices de refração 1,40, 1,80 e 2,00 é mostrado na figura. Calcule a razão ta/tb entre os tempos que dois pulsos de luz (“flashes”) levam para atravessar o dispositivo.

L

L

Pulso A

Pulso B

Tempo de B

Tempo de A

A razão

ex 4 fgv 2066
Ex 4 (FGV-2066)

Em três experimentos distintos, um feixe de luz monocromática atinge a superfície de separação entre dois meios, segundo o mesmo ângulo 

ar

ar

óleo

água

óleo

água

Sabendo que o índice de refração da luz desse feixe para o ar tem valor 1 e considerando que a reta tracejada é a normal à superfície de separação dos meios no ponto de incidência, pode-se concluir que:

finalmente