slide1 l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
PowerPoint Presentation
Download Presentation

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 1

- PowerPoint PPT Presentation


  • 152 Views
  • Uploaded on

CONDUTIVIDADE ELÉTRICA Mariângela Silva Macedo de Carvalho - Professora Química da E.E. Professor Primo Ferreira Luiz Antonio Vieira - Professor de Física da E.E. Marechal H . A. Castelo Branco. Introdução. Conclusão

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about '' - paul


Download Now An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

CONDUTIVIDADE ELÉTRICA

Mariângela Silva Macedo de Carvalho - Professora Química da E.E. Professor Primo Ferreira

Luiz Antonio Vieira - Professor de Física da E.E. Marechal H . A. Castelo Branco

Introdução

Conclusão

Ao realizar os experimentos os alunos concluíram que existem certos materiais (sal de cozinha, hidróxido de sódio e ácido clorídrico) que conduzem corrente elétrica. Por outro lado outros materiais (o açúcar, o álcool) não conduzem a corrente elétrica.

A solução proposta foi admitir que as partículas de uma material podiam ser eletricamente neutras ou carregadas.

O cloreto de sódio e outras substâncias que conduzem corrente elétrica seriam constituídas por partículas carregadas. Átomos e moléculas carregados eletricamente recebem o nome de íons.

O açúcar e outras substâncias não-condutoras seriam constituídas por partículas neutras.

Quando a corrente elétrica circula por um material, entende-se que os íons desse material se movimentam para os pólos que os atraem.

Os íons positivos (cátions) são atraídos para o pólo negativo e os íons negativos (ânions) para o pólo positivo. Assim, fecha-se o circuito e o material é capaz de conduzir a corrente elétrica.

Esse experimento foi feito com alunos do Ensino Médio Regular e do Ensino Médio - Suplência.

No inicio do século XIX Jonh Dalton propôs a sua teoria a respeito da constituição da matéria.

Por essa teoria, a matéria seria formada por partículas indivisíveis, indestrutíveis e intransformáveis: os átomos. Alguns anos depois Amedeo Avogadro propôs o termo molécula para representar

o conjunto de átomos quimicamente combinados. Ao que parece, nem Dalton nem Avogadro pensaram na possibilidade de átomos e moléculas possuírem cargas elétricas.

No final do século XIX o químico sueco Svante August Arrhenius, estudando a condutividade elétrica das substâncias na presença de água verificou que determinadas soluções aquosas conduziam corrente elétrica e outras não.

Objetivos

Identificar as soluções condutoras e não - condutoras de eletricidade.

Método

Num recipiente com água introduziram-se dois eletrodos (dois fios de cobre, por exemplo) ligados aos terminais de um gerador de corrente contínua e intercalou-se no circuito uma lâmpada de prova.

Verificou-se que inicialmente a lâmpada permanecia apagada. Porém com a adição de diversas substâncias, separadamente, observou-se que o comportamento da lâmpada, por vezes, era alterado.

Assim foram testados as soluções de hidróxido de sódio, sal de cozinha, ácido clorídrico, álcool, açúcar.

Todas, e a própria água também, quando puras não conduzem eletricidade.

SUPLETIVO

ENSINO MÉDIO