slide1 l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Produção Orgânica de Folhosas Rui Martins ruinatural@hotmail PowerPoint Presentation
Download Presentation
Produção Orgânica de Folhosas Rui Martins ruinatural@hotmail

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 40

Produção Orgânica de Folhosas Rui Martins ruinatural@hotmail - PowerPoint PPT Presentation


  • 175 Views
  • Uploaded on

Produção Orgânica de Folhosas Rui Martins ruinatural@hotmail.com. Asteraceae Alfaces lisa, americana, crespa, romana, escarola, radicchio, almeirão. Origem Continente asiático. . Clima Originária da Ásia. Alfaces: Não toleram geadas, nem altas temperaturas

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Produção Orgânica de Folhosas Rui Martins ruinatural@hotmail' - oshin


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

Produção Orgânica de Folhosas

Rui Martins

ruinatural@hotmail.com

slide2

Asteraceae

Alfaces lisa, americana, crespa, romana, escarola, radicchio, almeirão.

Origem

Continente asiático.

slide3

Clima

  • Originária da Ásia.
  • Alfaces: Não toleram geadas, nem altas temperaturas
  • Temperaturas ↑ de 30°C provocam o encurtamento do ciclo vegetativo, induzindo a planta ao florescimento prematuro. Temperaturas abaixo de 10ºC retardam o crescimento.
  • Alface Americana: Altas temperaturas dificultam a formação de cabeça.
slide4

Clima

  • Escarola: preferem temperaturas amenas de outono-inverno, há cultivares para produção no calor.
  • Radicchio: é de clima temperado ameno, é sensível a variações climáticas. Conforme a fase do desenvolvimento, a planta suporta geada leve, mas não tolera o frio intenso, nem temperaturas elevadas.
  • Almeirão: é típica de outono-inverno, sendo bem adaptada ao frio.
slide5

Brassicaceae

Rúcula, Agrião

Origem

Continente europeu

slide6

Aliaceae

Alho porró, cebolinha

Origem

Meditarrâneo

slide7

Apiaceae

Salsa, Coentro.

Origem

Meditarrâneo

slide8

Clima

  • Originária da Europa
  • Rúcula, agrião, alho porró e cebolinha, coentro, salsa: Não toleram geadas, nem altas temperaturas
  • Temperaturas ↑ de 30°C provocam o encurtamento do ciclo vegetativo, induzindo a planta ao florescimento prematuro. Temperaturas abaixo de 10ºC retardam o crescimento.
  • Obs: Rúcula, agrião e salsa: Na primavera têm problema de pendoamento
  • Coentro: único que exige temperaturas mais elevadas
slide9

Época de plantio

Regiões altas – ano todo

Regiões baixas : outono/inverno

slide10

Alfaces

  • Alface crespa: Verônica, Vera, Solaris, Veneranda, Hortência, Gran rapids.
  • Alface lisa: Karla, Elisa, Lídia, Regina, Luisa.
  • Alface americana: Lucy Brown, Raider plus, Rubete, Robson, Kazan.
slide11

Alfaces

  • Alface roxa: Pira roxa, Red fire.
  • Alface mimosa: Kristine, Grega, Green.
  • Alface romana: Ballon, Lente, Paris, Felipus.
slide12

Escarola, Radicchio, Almeirão

  • Escarola: Melissa, Sabrina, Kelly, Bossa, Barbarela,Valdena.
  • Radicchio: Di Fiorentino, Carmen, Índigo.
  • Almeirão: Pão de açúcar, Folha larga (Genova, Milão).
slide13

Produção de sementes: Asteraceae

Espaçamento: 0,5 x 0,5m.

Semeadura: Varia com a cultivar escolhida.

Colheita : Duas formas: 1ª - Colher os porta- sementes. 2ª - Sacudir os porta-sementes.

Extração das sementes: Sacudir os porta-sementes em um grande recipiente.

Armazenagem: embalagens hermeticamente fechadas e colocadas em local fresco e seco.

Isolamento: 1000 m de distância entre variedades.

slide14

Sementes comerciais

Priorize sementes orgânicas

Sementes convencionais sem tratamento químico

Sementes convencionais com tratamento de agrotóxicos devem ser autorizadas pela Certificadora, mediante inexistência de alternativas no mercado

slide15

Produção de mudas a partir de sementes:

Alfaces, escarola, almeirão, radicchio, rúcula, agrião, cebolinha, alho porró, salsa.

Bandejas - 288 células

slide16

Espaçamento

Alface, escarola, radicchio, almeirão, alho porró:

Em terras fracas: 0,30 m entre linha X 0,30m entre plantas.

Em terras férteis: 0,25 m entre linha X 0,25 m entre plantas.

slide17

Espaçamento

Rúcula, agrião e coentro

Em terras fracas: 0,30 m entre linha X 0,07 m entre plantas.

Em terras férteis: 0,25 m entre linha X 0,05 m entre plantas.

Salsa e cebolinha

Em terras fracas: 0,30 m entre linha X 0,10 m entre plantas.

Em terras férteis: 0,25 m entre linha X 0,10 m entre plantas.

slide18

Transplante das mudas

  • Suspenda a irrigação das mudas no viveiro 1 dia antes do transplante para ficarem mais firmes.
  • Irrigue o canteiro ou covas antes do transplante.
  • Irrigue 2 vezes ao dia por 30 minutos após o transplante até o pegamento da muda.
slide19

Irrigação

Irrigar 2 a 3 vezes pôr semana conforme a necessidade

Observação de raízes e radicelas ativas

Défict Hídrico: def. de cálcio, Nitrogênio, má formação da planta, pulgões

Excesso de água: podridões

slide20

Adubação Foliar

Bio 05 ou Supermagro (1 litro) + CaB2 (100 ml)/20 litros de água

Depois de 7 dias

Bio 05 ou Supermagro + MS-3 (100 gr)/20 litros de água

Adicional de Sulfato de Magnésio (30 g/bomba)

  • Deficiência de Nitrogênio
  • Clima seco
  • Folhas verde pálido
  • Folhas duras
slide21

Adubação Foliar

Bio 06 (1 litro) + CaB2 (100 ml) + Sulfato de Zinco (30 gr) /20 litros de água

Depois de 7 dias

Bio 06 (1 litro) + MS-3 (100 gr) + Ferro (30 gr ou 45 ml)/20 litros de água

Adicional de Sulfato de Manganês (30 g/bomba)

  • Excesso de Nitrogênio
  • Clima úmido
  • Folhas verdes escuro
  • Folhas moles
  • Doenças foliares
slide22

Adubação Foliar

Deficiência de Cálcio

Definhamento de folhas novas, no ápice da planta

Aplicação adicional a cada 4 dias de Cálcio quelatizado (30 gramas/ 20 litros de água

slide23

Adubação Foliar

Deficiência de Boro

Americana e radicchio

– formação de cabeças menores, pouco compactas, medula escurecida, podridões no caule; Alho porró – medula oca, podridões no caule, pontos escuros na cabeça; salsa – podridões no caule; agrião, alfaces -podridões nas raízes

Adicionar ao CaB2 + Ácido Bórico (40 gramas/ 20 litros de água

slide25

Manejo de Pragas

Extrato de Pimenta do reino (200 ml) + Alho (200 ml)/20 litros de água ou Óleo de Neen (200 ml/20 litros de água) ou Metarhizium (60 gr) + Beauveria (60 gr)/20 litros de água

Plantas armadilhas (cabaça)

Nosódio de Vaquinhas ou Bater vaquinhas no liquidificador

slide26

Manejo de Pragas

Trips

Vaquinhas

Placas adesivas (cola entomológica)

slide27

Manejo de Pragas

Curuquerê , Mede Palmo e Traça

Dipel (60 gr ou 20 ml/ 20 litros)

slide28

Manejo de doenças

Mancha da cercóspora (Cescorporiose)-

slide29

Manejo de doenças

Míldio (Bremia Lactucae)

slide30

Manejo de doenças

Septoriose - Septoria petroselini (Lib.) Desm.

slide31

Colheita: Agrião

Altura máxima: 28 cm

Altura mínima: 24 cm

Peso mínimo: 420 g

Detalhes:

O maço tem que ser levemente amarrado na raiz.

As folhas não podem estar enrrugadas.

slide32

Colheita: Alface crespa

Altura máxima: 26 cm

Altura mínima: 23 cm

Peso mínimo: 400 g

Detalhes:

Para ser considerada tipo A, poderá ser admitido em determinadas épocas o máximo de dois pés por embalagem, e os dois pés tem que estar com a mesma altura

slide33

Colheita: Alface lisa

Altura máxima: 26 cm

Altura mínima: 23 cm

Peso mínimo: 400 g

Detalhes:

Para ser considerada tipo A, poderá ser admitido em determinadas épocas o máximo de dois pés por embalagem, e os dois pés tem que estar com a mesma altura

slide34

Colheita: Alface roxa

Altura máxima: 26 cm

Altura mínima: 23 cm

Peso mínimo: 400 g

Detalhes:

Para ser considerada tipo A, poderá ser admitido em determinadas épocas o máximo de dois pés por embalagem, e os dois pés tem que estar com a mesma altura

slide35

Colheita: Almeirão

Altura máxima: 28 cm

Altura mínima: 23 cm

Peso mínimo: 420 g

Detalhes:

O maço tem que estar levemente amarrado

slide36

Colheita: Cebolinha

Altura máxima: 32 cm

Altura mínima: 28 cm

Peso mínimo: 180 g

Detalhes:

A cebolinha não pode ter o corte da base alto.

As folhas não podem estar muito quebradas, cortadas e amareladas.

O maço deve ser levemente amarrado.

slide37

Colheita: Cheiro verde

Altura máxima: 30 cm

Altura mínima: 26 cm

Peso mínimo: 160 g

Detalhes:

Depois de feito o maço deve-se cortar o “pé” da salsa.

O maço deve conter no mínimo 5 folhas de cebolinha.

slide38

Colheita: Coentro

Altura máxima: 32 cm

Altura mínima: 28 cm

Peso mínimo: 200 g

Detalhes:

As folhas não poderão estar “arroxeadas”.

As raízes têm que estar limpas, sem vestígios de terra.

O maço tem que ser levemente amarrado perto da raiz.

slide39

Colheita: Escarola

Altura máxima: 25 cm

Altura mínima: 20 cm

Peso mínimo: 450 g

Detalhes:

Para ser considerada tipo A, poderá ser admitido em determinadas épocas o máximo de dois pés por embalagem, e os dois pés tem que estar com a mesma altura

slide40

Colheita: Rúcula

Altura máxima: 28 cm

Altura mínima: 25 cm

Peso mínimo: 300 g

Detalhes:

O maço tem que estar levemente amarrado na raiz.