complexos empresariais e programa de incentivo certifica o e acredita o em sergipe proinc n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Complexos Empresariais e Programa de Incentivo à Certificação e Acreditação em Sergipe (PROINC) PowerPoint Presentation
Download Presentation
Complexos Empresariais e Programa de Incentivo à Certificação e Acreditação em Sergipe (PROINC)

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 19

Complexos Empresariais e Programa de Incentivo à Certificação e Acreditação em Sergipe (PROINC) - PowerPoint PPT Presentation


  • 96 Views
  • Uploaded on

Complexos Empresariais e Programa de Incentivo à Certificação e Acreditação em Sergipe (PROINC). Complexos Empresariais Integrados. Complexos Empresariais Integrados.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Complexos Empresariais e Programa de Incentivo à Certificação e Acreditação em Sergipe (PROINC)' - marja


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
complexos empresariais e programa de incentivo certifica o e acredita o em sergipe proinc

Complexos Empresariais e Programa de Incentivo à Certificação e Acreditação em Sergipe (PROINC)

complexos empresariais integrados1
Complexos Empresariais Integrados
  • Os Complexos Empresariais Integrados são espaços de produção e gestão de negócios multissetoriais, que refletem a personalidade da região;
  • No projeto, estão incluídas as discussões atuais sobre os modelos de desenvolvimento localizados, as estratégias espaciais de desenvolvimento local e a proposta da Secretaria de Estado do Desenvolvi-mento Econômico e da Ciência e Tecnologia - SEDETEC.
complexos empresariais integrados2
Complexos Empresariais Integrados
  • Novo arranjo empresarial, levando em consideração experiências exitosas de desenvolvimento, assim como as particularidades locais;
  • O modelo de desenvolvimento e industrialização proposto será concebido por meio de um ambiente que permita uma interface entre empresas, os setores industriais, os governos locais e a comunidade;
  • A cooperação entre essas instâncias deverá respeitar as dimensões econômica e territorial local/regional.
complexos empresariais integrados3
Complexos Empresariais Integrados
  • Características
    • Áreas de 14,5 hectares; 19,8 hectares e 38 hectares reservadas para os complexos de acordo com as potencialidades de cada território;
    • Galpões para micro, pequenas e médias empresas;
    • Infra-estrutura (ruas asfaltadas, água, esgoto, telecomunicações);
    • Participação de instituições financeiras apoiadoras do projeto.
complexos empresariais integrados4
Complexos Empresariais Integrados
  • Características
    • Implantação de Centros para comercialização de produtos e oferta de serviços (contabilidade, informática, consultoria, etc.);
    • Participação de instituições de apoio aos empresários (Sebrae, Senai, Sesi etc.);
    • Gestão baseada no modelo de “Condomínio de Usuários”;
    • Implantação de um Centro Vocacional Tecnológico - CVT, com salas de aula, laboratórios e um auditório.
complexos empresariais integrados5
Complexos Empresariais Integrados
  • Ações planejadas
    • Melhorar as principais vias de acesso e escoamento da produção;
    • Incentivar o investimentos em hospedagem (hotéis e pousadas) no entorno do complexo;
    • Ter a presença de serviços municipais e estaduais (segurança, saúde, educação, limpeza etc).
complexos empresariais integrados6
Complexos Empresariais Integrados
  • Ações planejadas
    • Planejamento do crescimento urbano no entorno do complexo, com a reserva de uma área para implantação de uma “área residencial” para os trabalhadores do complexo;
    • Previsão para criação de uma área pública de lazer;
    • Proposta de crescimento sustentável, respeitando o meio-ambiente e sempre que possível com uso de energias renováveis.
slide11

Centros Vocacionais

Tecnológicos - CVT

  • Unidades de ensino profissionalizante e de serviços tecnológicos;
  • Centros de popularização de C&T;
  • Capacitação tecnológica da população adulta fora da escola e de alunos do ensino médio;
  • Despertar da vocação dos jovens;
  • Aproveitamento das oportunidades regionais;
  • Apoio aos Arranjos Produtivos Locais (APLs) em formação e serviços;
  • Concebidos de acordo com as especializações produtivas das localidades (APL).
proinc
PROINC

OBJETIVOS

  • Contribuir com o desenvolvimento local sustentável;
  • Incentivar Certificações e Acreditações e conseqüentemente a melhoria da gestão das Organizações sergipanas, com aumento da QPC.

ESTRATÉGIA DE DESENVOLVIMENTO

  • Promover a Normalização, Certificação e Acreditação em

Gestão da Qualidade, Segurança, Saúde, Meio Ambiente,

Responsabilidade Social nas Organizações de Sergipe.

slide14

PROINC

JUSTIFICATIVAS

  • Necessidade de aperfeiçoar o modelo de gestão das organizações sergipanas para atender o objetivo;
  • Atender as demandas prioritárias identificadas pelo MCS - Movimento Competitivo Sergipe e Gera Ação, através de pesquisas e seus Fóruns de Lideranças.
proinc1
PROINC

PRODUTOS PRETENDIDOS

  • Ampliar o número de certificações e acreditações;
  • Formar “massa crítica” no conhecimento das especificações e requisitos contidos nas Normas;
  • Melhorar o desempenho das organizações para atender aos anseios das partes interessadas (clientes, força de trabalho, acionistas e proprietários, fornecedores e a sociedade – definição da FNQ) .
slide16

PROINC

AÇÕES PROPOSTAS

  • Mobilizar: pessoas e organizações para a importância das acreditações e certificações via artigos técnicos, seminários, congressos, entrevistas, visitas técnicas, definição de grupos de empresas afins etc.;
  • Capacitar: pessoas e organizações no Sistema de Acreditação e Certificação nas Normas de Gestão da Qualidade, Ambiental, Saúde, Segurança e Responsabilidade Social, SGI (cursos sobre as Normas, formação de auditores internos e Lead Assessor, disseminação das Normas, MBAs, etc.);
  • Certificar/Acreditar: reduzir barreiras para a certificação; aportar recursos nas organizações para certificação e acreditação; definir regras de pré-qualificação de organizações via Normas; disseminar e estimular ações de metrologia; identificar ativos em Sergipe ligados a certificação (laboratórios de aferição etc.)
proinc2
PROINC

REALIZAÇÃO

SEDETEC

MCS

PATROCINADORES

  • Petrobras, Estado da Arte, Gera Ação, Prominp/Rede Petrogas/SE, Rede Metrológica SE, FAPITEC, SEBRAE, CJE, FIES, Petrobras, Fórum Empresarial, Sociedade Semear, ACESE e Júnior Achievement.
slide18

PROINC/SE –

Programa de Incentivo à Certificação e Acreditação em Sergipe

PADRINHO: Marcel M. Fortes

EQUIPE: Marta Romilda, Ana Nunes, Márcio Monteiro, Marcos Wandir,

Ricardo Santana, Roberto Diniz, Sudanês Pereira, Cláudia Xavier, Aládio Souza Rosemeire Souza, Jackline Andrade.

Tema Estratégico: Gestão

Coordenador: MCS.

Custo Estimado: R$ 50.000,00 por Empresa.

Início: Janeiro de 2008.

Fonte de Recursos: Sistema S, Petrobras, SEDETEC etc.

Final Previsto: Dezembro de 2010.

slide19

Jorge Santana de Oliveira

jorge.santana@governo.se.gov.br