TECIDO MUSCULAR - PowerPoint PPT Presentation

tecido muscular n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
TECIDO MUSCULAR PowerPoint Presentation
Download Presentation
TECIDO MUSCULAR

play fullscreen
1 / 13
TECIDO MUSCULAR
235 Views
Download Presentation
luke
Download Presentation

TECIDO MUSCULAR

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. TECIDO MUSCULAR

  2. Tipos de tecido muscular

  3. Tecido muscular Nomes especiais para estruturas convencionais: • Sarcolema = membrana plasmática; • Sarcoplasma = citoplasma; • Retículo sarcoplasmático = ret. Endoplasmático • Mitocôndria = sarcossoma

  4. Músculo estriado esquelético • formados por células alongadas, com filamentos citoplasmáticos responsáveis pela contração muscular, e polinucleadas; • apresentam estriações em suas fibras; • movimentos voluntários, inserção nos ossos e nas cartilagens; • fibras musculares, geralmente, cercadas de tecido conjuntivo, que une umas às outras e transmitem a força produzida pelos músculos aos ossos, ligamentos e outros órgãos executores de movimento; • baixo poder de regeneração.

  5. Músculo estriado esquelético • Cada célula ou fibra muscular multinucleada é conectada às células musculares paralelas e circundada por uma camada de tecido conjuntivo denominada endomísio. • Tais fibras são agrupadas em feixes mantidos juntos por outra camada de tecido conjuntivo, denominada perimísio. ( feixe = fascículo). • Os grupos de fascículos, cada qual com vasos sangüíneos e tecido nervoso associados, são mantidos bem unidos por uma terceira camada de tecido conjuntivo denominada epimísio.

  6. Estriado esquelético www.pucrs.br

  7. Músculo estriado esquelético • Cada fibra muscular esquelética apresenta o sarcoplasma preenchido por fibras menores – miofibrilas (filamento delgados e filamentos grossos). • Estão dispostos em camadas que vão das mais superficiais às mais profundas e em direções variáveis. • Placa motora ou junção neuromuscular o espaço de comunicação entre células nervosas e células musculares.

  8. Contração muscular • Interação (deslizamento) das proteínas contráteis de actina e miosina, na presença de íons de cálcio intracelulares e de energia: - a energia para a contração vem da hidrólise de ATP; - o cálcio (Ca+2) é liberado pelo retículo sarcoplasmático (RS), a partir da despolarização da membrana. • a função do Ca+2 no músculo esquelético é expor um sítio de ligação da miosina na proteína actina. www.micron.uerj.br www.afh.bio.br

  9. Contração muscular • sarcômero: unidade de contração muscular • miofibrilas apresentam 04 proteínas principais:actina, tropomiosina, troponina e miosina). • Íons cálcio interagem com a troponina, fazendo com que esta empurre a tropomiosina para dentro do sulco da actina; • o sítio de ligação com a miosina então fica disponível; • a contração muscular cessa quando o impulso nervoso é interrompido na placa motora ou junção neuromuscular, que, então interrompe o sinal para liberar o cálcio. Quando o músculo está relaxado, os filamentos delgados e grossos presentes estão apenas ligeiramente sobrepostos. Com a contração muscular, os filamentos grossos se interpõem acentuadamente sobre os delgados, encurtando as miofibrilas e, conseqüentemente, toda a célula muscular.

  10. Estriado cardíaco • camada muscular do coração, o miocárdio. • células alongadas, estriadas, com um ou dois núcleos centralizados; • fibras cardíacas revestidas por bainha de tecido conjuntivo; • presença de discos intercalares (complexos juncionais); • presença de rede de células musculares modificadas que geram e conduzem o estímulo cardíaco; • as fibras se dispõe, de tal forma que, através de junçõescomunicantes, o impulso, uma vez atingindo uma célula, passa com grande facilidade às outras que compõem o mesmo conjunto de fibras; • ausência de placas motoras; • ausência de regeneração.

  11. Estriado cardíaco www.pucrs.br

  12. Diferenças entre músculo esquelético e cardíaco 1-As fibras musculares cardíacas têm discos intercalados entre uma fibra e outra, o que não acontece com as fibras musculares esqueléticas. Estes discos têm uma resistência elétrica muito pequena, o que permite que um potencial de ação percorra livremente entre as células musculares cardíacas. 2 - O músculo cardíaco funciona, na verdade, como um sincício de muitas células musculares cardíacas, no qual após o potencial de ação propagar de célula a célula, o músculo contrai-se em conjunto, naturalmente primeiro nos átrios depois nos ventrículos.

  13. Músculo liso • contração involuntária e lenta; • células fusiformes mononucleadas. • encontra-se nas paredes de órgãos ocos: vasos sanguíneos, bexiga, útero e trato gastrointestinal . • contrações peristálticas são controladas, automaticamente, pelo Sistema Nervoso Autônomo; • alto poder de regeneração. www.pucrs.br