viii congresso brasileiro de bio tica l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
VIII Congresso Brasileiro de Bioética PowerPoint Presentation
Download Presentation
VIII Congresso Brasileiro de Bioética

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 16

VIII Congresso Brasileiro de Bioética - PowerPoint PPT Presentation


  • 133 Views
  • Uploaded on

VIII Congresso Brasileiro de Bioética. ENFERMAGEM E BIOÉTICA PROFª. DR. Mª MADALENA SANTIAGO Búzios, RJ Set / 2009. CONFLITOS ÉTICOS - 3 categorias. 1ª) dentro da própria equipe de enfermagem. ◘ a) ausência de autonomia por opressão.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'VIII Congresso Brasileiro de Bioética' - lamont


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
viii congresso brasileiro de bio tica

VIII Congresso Brasileiro de Bioética

ENFERMAGEM

E BIOÉTICA

PROFª. DR. Mª MADALENA SANTIAGO

Búzios, RJSet / 2009

conflitos ticos 3 categorias
CONFLITOS ÉTICOS - 3 categorias
  • 1ª) dentro da própria equipe de enfermagem.

◘ a) ausência de autonomia por opressão.

◘ b) ações que ferem o Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem (CEPE).

  • 2ª) conflitos na relação com os pacientes.
  • 3ª) conflito entre as diferentes categorias profissionais.
raz es para os conflitos
Razões para os conflitos
  • Busca de se privilegiar a execução de técnicas ou os envolvidos.
  • Não no sentido debater alternativas de conduta moralmente aceitáveis.
  • Ou que visem o melhor interesse dos pacientes.
forma o profissional pesquisas na rea de tica
• Formação profissional • Pesquisas na área de ética

◘ Formação profissional – justificativa

◘◘ A especificidade inerente ao trabalho de enfermagem, em sua atuação no processo saúde-doença, que é de assistir o outro num momento de fragilidade.

◘◘ A 2ª Conferência Mundial de Educação Superior promovida pela Unesco, em Paris, de 06 a 08 de julho de 2009, que define a educação superior como "bem público“.

pesquisa na rea de tica bio tica justificativa
◘ Pesquisa na área de Ética/Bioética - justificativa

◘ ◘Importância da realização de pesquisas para preencher as lacunas do conhecimento sobre temas éticos / bioéticos.

◘◘Para a qualidade do exercício da enfermagem.

forma o profissional
• Formação profissional

◘ Breve histórico do ensino de ética

•1923 – criação da Escola de Enfermagem Anna Nery/UFRJ e posteriormente  em 1926 da ABEn.

•1994 – inclusão da bioética Portaria nº 1712 de 15 / 12, MEC.

•2000 – Portaria 1518 de 14/06 integrou os conteúdos de bioética ao ensino da ética, por iniciativa  IES e ABEn junto SESu / MEC.

• 2001 - Resolução CNE/CES nº 03, de 07/11 Diretrizes Curriculares Nacionais prevê temas como princípios éticos, legais e humanísticos inerentes ao cuidado de enfermagem.

situa o atual do ensino de tica
Situação atual do ensino de ética

◘O ensino de ética / bioética na enfermagem está vinculado ao Código de Ética Profissional.

◘ As discussões éticas na enfermagem, pautam por uma postura conservadora por privilegiar: visão deontológica, orientação prescritiva e normativa, restrita a um conjunto de normas e códigos.

◘ Transmitido de forma teórica e abstrata.

a replica o da pesquisa do professor s rgio rego
• A replicação da pesquisa do Professor Sérgio Rego

•1ª parte:70 estudantes de enfermagem de todos os períodos acadêmicos, de 27 IES, das 5 Regiões.

•2ª parte:250 professores e / ou coordenadores da disciplina “Ética / Bioética”, num universo de 721 instituições cadastradas no INEP, em 2008, retornaram apenas dezoito 18 questionários.

resultados
Resultados

◘O conteúdo de bioética, na maioria dos casos, está vinculado à disciplina Ética / Exercício Profissional , com CH de 30h/sem.

◘ Em algumas faculdades, além da sala de aulas teóricas / expositivas o conteúdo é também abordado em campos de prática.

◘ A disciplina de Ética/Bioética recebe diferentes denominações.

◘ Conteúdo se fundamenta, principalmente, em normas e legislações de enfermagem e leis brasileiras.

◘ Em menor número, afirmam que o conteúdo é repassado por meio de estímulo à reflexão, e há também os que garantem que a ética foi aprendida em casa ou em outras vivências pessoais.

resultados10
Resultados

◘ Conflitos vivenciados referem relações interprofissionais, entre eles a equipe de enfermagem ou outros profissionais, relacionados às faculdades e as instituições de saúde.

◘ Diante de um conflito ético o recurso utilizado é o Código de Ética e /ou a Lei do Exercício Profissional.

◘ Há ainda os declaram não ter vivenciado qualquer conflito ético.

◘Professor responsável em geral, não tem formação específica em Ética/Bioética.

slide11
• Resultados da pesquisa: Temas de pesquisas apresentadas no 10º Coloquio Panamericano Investigacion em Enfermeria

◘ Dos 614 resumos analisados observou-se 591 (96,2%) eram referentes a outros assuntos e os 23 (3,8%) restantes faziam menção à ética.

◘Constatou-se o deslocamento do foco da perspectiva exclusivamente deontológica.

◘Temas: qualidade, cuidado prestado, invasão da intimidade, privacidade ao realizar os cuidados, raramente, associados a conflitos éticos.

◘ Outras sobre conhecimento teórico/prático do cuidar, relacionadas ao respeito ao ser humano na sua dimensão moral, ética, ambiental, cultural, política e econômica.

considera es finais
Considerações finais
  • Para prepararmos enfermeiros capazes de estabelecerem relações competentes e confiáveis.
  • É fundamental o compromisso de despertar a responsabilidade, estimular o debate e a reflexão sobre as questões emergentes e persistentes, bem como a busca por um ponto de equilíbrio entre as necessidades de hoje e os desafios futuros.
por fim desejo formular tr s questionamentos para nossa reflex o
•Por fim desejo formular três questionamentos para nossa reflexão.
  • Quem são os profissionais estamos formando, se o ensino de ética / bioética no 3º grau está fundamentado no CEPE?
  • Que conhecimento dá sustentação ao cuidado de enfermagem se é praticamente inexistente a realização de pesquisas sobre temas éticos e/ou bioéticos?
  • 3) Qual a formação ética dos técnicos e auxiliares que dão sustentação ao cuidado de enfermagem?
refer ncias
•Referências

1. UNESCO, 2009 http://www.brasilia.unesco.org/eventos/conferencia-mundial-sobre-a-educacao-superior <acesso em 03/09/09>

2. FIGUEIREDO AM. Da ética à prática pedagógica: a busca do significado do ensino da ética na enfermagem [Dissertação de Mestrado em Enfermagem]. São Gonçalo (RJ) Universidade Salgado de Oliveira. 2001. 159 f. ).

3. GERMANO, RM. A ética e o ensino de ética na enfermagem do Brasil. São Paulo: Cortez; 1993.

4. FIGUEIREDO AM. Da ética à prática pedagógica: a busca do significado do ensino da ética na enfermagem [Dissertação de Mestrado em Enfermagem]. São Gonçalo (RJ) Universidade Salgado de Oliveira. 2001. 159 f.

5. REGO, S. A formação ética dos médicos: saindo da adolescência com a vida (dos outros) nas mãos. 2003.

6. RAMOS, F.R.S. O discurso da bioética na formação do sujeito trabalhador da saúde. Trabalho, educação e saúde. v.5 n.1, 51-77, 2007

7. ANGERAMI, E.L.S. et al. Estudo comparativo da nomenclatura das matérias e disciplinas do currículo mínimo com a utilizada pelas escolas de enfermagem da região sudeste – Brasil. Rev.latino-am.enfermagem, Ribeirão Preto, v. 4, n. 1, p. 31-46, janeiro 1996.

continua o
Continuação

8. CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. Câmara de Educação Superior. Resolução CNE/CES 3/2001. Diário Oficial da União,Brasília, 9 de Novembro de 2001. Seção 1, p. 37

9. FERREIRA, H.M.; RAMOS, L.H. Diretrizes curriculares para o ensino da ética na graduação em enfermagem. Acta paul. enferm. v.19 n.3 São Paulo jul. 2006

10. RAMOS, F.R.S. O discurso da bioética na formação do sujeito trabalhador da saúde. Trabalho, educação e saúde. v.5 n.1, 51-77, 2007

11. PUPULIM, JSL, SAWADA, NO. O cuidado de enfermagem e a invasão da privacidade do doente: um questão ético-moral. Rev Latino-am Enfermagem 2002 maio-junho; 10(3):433-8.

12. GALVÃO, MTG; PEREIRA, MLD; BARROSO, MGT. Avaliação ética de projetos de pesquisa de enfermagem no contexto das doenças infecciosas. Texto Contexto Enferm 2005 Jan-Mar; 14(1):44-8. <acesso em 05/09/09>

13. ZBOROWSKI, I.P. A comissão de ética de enfermagem na visão do enfermeiro. São Paulo: USP, 2003. Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/tde-08072004-104524/.> Acesso em: 05.09.09