programa nacional de controle e erradica o da brucelose e da tuberculose animal pncetb n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
PROGRAMA NACIONAL DE CONTROLE E ERRADICAÇÃO DA BRUCELOSE E DA TUBERCULOSE ANIMAL (PNCETB) PowerPoint Presentation
Download Presentation
PROGRAMA NACIONAL DE CONTROLE E ERRADICAÇÃO DA BRUCELOSE E DA TUBERCULOSE ANIMAL (PNCETB)

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 18

PROGRAMA NACIONAL DE CONTROLE E ERRADICAÇÃO DA BRUCELOSE E DA TUBERCULOSE ANIMAL (PNCETB) - PowerPoint PPT Presentation


  • 285 Views
  • Uploaded on

PROGRAMA NACIONAL DE CONTROLE E ERRADICAÇÃO DA BRUCELOSE E DA TUBERCULOSE ANIMAL (PNCETB). PNCEBT - pontos positivos.  P rograma contempla e padroniza técnicas de diagnóstico disponíveis no país que garantem sensibilidade e especificidade de diagnóstico.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'PROGRAMA NACIONAL DE CONTROLE E ERRADICAÇÃO DA BRUCELOSE E DA TUBERCULOSE ANIMAL (PNCETB)' - lamis


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide3

PNCEBT - pontos positivos

Programa contempla e padroniza técnicas de diagnóstico disponíveis no país que garantem sensibilidade e especificidade de diagnóstico

Programa contempla a capacitação de médicos veterinários da iniciativa privada e do serviço oficial

Programa prevê a possibilidade de introduzir novos testes de diagnóstico e vacinas

O programa procura integrar e corresponsabilizar médicos veterinários do serviço de defesa oficial e da iniciativa privada em colaboração com o serviço de inspeção.

slide4

PNCEBT - pontos críticos

 Educação sanitária

 Sistema de identificação animal

Falta de estímulo por parte da cadeia da carne e leite

Falta de fundos de indenização

 Destino dos animais reagentes

 Falta de responsabilidade profissional e ética por parte de alguns médicos veterinários

 Habilitação de médicos veterinários

 Custo dos cursos e equipamentos

pncetb 2001 minist rio da agricultura pecu ria e abastecimento mapa
PNCETB 2001 – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).
  • Objetivos Específicos do Programa
  • Reduzir a prevalência e a incidência de novos focos de brucelose e de tuberculose;
  •  Criar um número significativo de propriedades certificadas como livres ou monitoradas para brucelose e tuberculose.
pncetb
PNCETB
  • Estratégias:
  • Conjunto de medidas sanitárias compulsórias
  •  Ações de adesão voluntária
pncetb1
PNCETB
  • Medidas compulsórias:
  • Vacinação de bezerras contra a brucelose****
  •  Controle do trânsito de animais destinados à reprodução.
  • Ações de adesão voluntária
  • Certificação de propriedades livres e de propriedades monitoradas.
pncetb2
PNCETB
  • PROGRAMA:
  • Governo Federal
  • Governos Estaduais
  • Setor produtivo e suas comunidades
  • Setor industrial e os consumidores
pncetb3
PNCETB
  • QUALIDADE TÉCNICA DAS AÇÕES
  • Capacitar médicos veterinários e laboratórios, tanto oficiais como privados;
  •  Padronizar os métodos de diagnóstico utilizados;
  •  Permitir as ações de fiscalização e monitoramento que cabem ao serviço oficial de defesa sanitária animal; e
  •  Melhorar a integração desse serviço de defesa sanitária com o serviço oficial de inspeção de produtos de origem animal.
pncetb4
PNCETB
  • PROPOSTAS TÉCNICAS
  • Vacinação contra brucelose
  • Realizada sob a responsabilidade de médicos veterinários cadastrados no serviço oficial de defesa sanitária animal de seu Estado de atuação.
  • Dezembro de 2010 – 80% da população de fêmeas adultas tenham sido vacinadas entre 3 e 8 meses de idade. (prevalência  - erradicação).
pncetb5
PNCETB
  • Certificação de propriedades Livres de Brucelose e Tuberculose
  • Princípios técnicos estabelecidos pela Organização Mundial de saúde Animal (creditados e aceitos internacionalmente).
  • Saneamento das propriedades: testar todos os animais e sacrificar os reagentes positivos.
  •  Testes repetidos até a obtenção de três testes sem um único animal reagente.
  •  Propriedades certificadas: repetir teste anualmente
  •  Exigência de dois testes negativos para o ingresso de animais na propriedade certificada, se eles não forem provenientes de outra propriedade livre.
pncetb6
PNCETB
  • Testes de diagnóstico para brucelose: fêmeas de idade igual ou superior a 24 meses, desde que vacinadas entre 3 e 8 meses; em machos e fêmeas não vacinadas, realizam-se a partir dos 8 meses de idade.
  • Testes de diagnóstico para tuberculose: animais com idade igual ou superior a 6 semanas.
  • Certificações de propriedades livres ou monitoradas serão desenvolvidas por Médicos veterinários privados habilitados, depois de aprovados em curso de treinamento reconhecido pelo MAPA.
  • O serviço de defesa sanitária animal deverá monitorar e fiscalizar essas atividades.
pncetb7
PNCETB
  • Certificação de Propriedades Monitoradas para Brucelose e Tuberculose
  • Testes diagnósticos: amostragem
  •  Testes de diagnóstico para brucelose: fêmeas de idade igual ou superior a 24 meses, desde que vacinadas entre 3 e 8 meses e em machos reprodutores;
  •  O certificado de propriedade monitorada para brucelose e tuberculose será atribuído exclusivamente a fazendas de gado de corte;
pncetb8
PNCETB

Controle do Trânsito de Animais Destinados á Reprodução e Normas Sanitária para a Participação em Exposições, Feiras, Leilões e em outras Aglomerações de Animais.

  •  Trânsito interestadual de animais destinados à reprodução;
  •  Animais que participam de exposições (teste de diagnóstico ou ser proveniente de propriedade livre).
  •  A emissão de Guia de Trânsito Animal (GTA) será condicionada à comprovação da vacinação das fêmeas da propriedade contra brucelose, qlq que seja a finalidade do trânsito animal.
pncetb9
PNCETB
  • Habilitação e Capacitação de Médicos Veterinários
  • Diagnóstico e apoio laboratorial
  • Brucelose:
  • Teste do antígeno acidificado tamponado;
  • Teste do 2- mercaptoetanol;
  • Teste de fixação de complemento
  • Teste do anel em leite
pncetb10
PNCETB
  • Tuberculose
  • Teste cervical simples
  • Teste da prega ano-caudal;
  • Teste cervical comparativo.
pncetb11
PNCETB
  • ETAPAS DE SANEAMENTO – BRUCELOSE

AAT

ou

2ME

Ou

FC

AAT

ou

2ME

Ou

FC

AAT

ou

2ME

Ou

FC

90-120 dias

-

180-240 dias

-

-

LIVRE

Acompanhamento oficial

da coleta de sangue

e teste realizado em

Laboratório oficial.

RESULTADOS NEGATIVO EM 100% DOS ANIMAIS

pncetb12
PNCETB
  • ETAPAS DE SANEAMENTO – TUBERCULOSE

TCS

OU

TCC

TCS

OU

TCC

TCS

OU

TCC

90-120 dias

-

180-240 dias

-

-

LIVRE

Acompanhamento oficial

da coleta de sangue

e teste realizado em

Laboratório oficial.

RESULTADOS NEGATIVO EM 100% DOS ANIMAIS