gest o de sistemas operacionais i n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Gestão de Sistemas Operacionais I PowerPoint Presentation
Download Presentation
Gestão de Sistemas Operacionais I

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 18

Gestão de Sistemas Operacionais I - PowerPoint PPT Presentation


  • 53 Views
  • Uploaded on

Gestão de Sistemas Operacionais I. Profª Daniela. Conceitos Básicos do Computador. Um sistema computacional pode ser dividido em três componentes básicos e fundamentais, onde o funcionamento errado ou a falta de um destes três elementos pode acarretar uma falha neste sistema.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

Gestão de Sistemas Operacionais I


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
conceitos b sicos do computador
Conceitos Básicos do Computador

Um sistema computacional pode ser dividido em três componentes básicos e

fundamentais, onde o funcionamento errado ou a falta de um destes três elementos pode acarretar uma falha neste sistema.

Um sistema computacional pode ser dividido em:

Hardware – Parte física do equipamento ( monitores, peças internas, teclado, mouse,impressoras e outros.

Software – A parte lógica de um sistema computacional que corresponde a todos os programas, aplicativos e sistemas instalados e ou utilizados em uma maquina. Ex.(Windows, Linux, PowerDVD, MS-Word e outros).

Peopleware – A expressão peopleware, ou usuários, pessoas que utilizam um sistema computacional, é utilizada para mostrar que em um sistema computacional o homem tem e sempre terá um papel muito importante.

slide4

O hardware ainda pode ser dividido em periféricos e componentes de processamento principal, onde os componentes de processamento principais estão agrupados dentro de uma caixa metálica muitas vezes chamada erroneamente de CPU, quando o nome correto seria gabinete, a CPU (processador) está dentro do gabinete acoplado a outros equipamentos que fazem parte deste centro de processamento de dados. Todos os outros hardwares acoplados a este gabinete são chamados de periféricos, assim temos como periféricos hardwares como: mouse, teclado, monitor, impressora,

microfone, caixas de som, scaner e muitos outros.

O homem interage com a maquina, inserindo nela dados, aguardando seu

processamento e esperando dentro de um curto espaço de tempo uma resposta para seu cálculos comando e outras entradas de dados possíveis.

slide5

Os periféricos e hardwares do computador, ainda podem ser divididos em quatro conjuntos de dispositivos sendo eles:

• Dispositivos de Entrada.

• Dispositivos de Processamento.

• Dispositivos de Saída.

• Dispositivos de Entrada e Saída.

slide7

Dispositivos de entrada são todos os equipamentos periféricos ou não que nos dão a possibilidade de entrar com dados em um sistema computacional, como os principais dispositivos de entrada de dados temos: Teclado, mouse, microfone, Drive de CDRom e muitos outros.

slide8

Dispositivos de processamento são todos os dispositivos responsáveis pelos cálculos e pelo processamento das informações, sejam elas matemáticas, lógicas ou qualquer outro tipo. Quando falamos em dispositivos de processamento nos vem a cabeça um único dispositivo, o processador, realmente o processador e responsável por processar milhões de cálculos em poucos segundos ou frações do mesmo, mas ele não esta sozinho com o único dispositivo de processamento, para que ele possa exercer seu trabalho, dispositivos como, placa mãe, memória e placa de vídeo devem estar funcionando perfeitamente e se comunicando uns com os outros, outros

dispositivos também muito importantes são os hardwares de armazenamento como discos rígidos, unidades de fita e placas de multimídia como placas de áudio, rede e outros estes dispositivos porem auxiliam no processamento mas uma maquina pode funcionar sem a presença obrigatória deles.

slide9

Os dispositivos de saída são todos aqueles que nos retornam uma resposta dos dados processados pela maquina, nos dispositivos de saída ou de entrega de dados da maquina para o usuário temos como principal o monitor de vídeo e a impressora, também temos como dispositivos de saída as caixas de som, tornos CNC, bordadeiras e escultores digitais entre outros.

slide10

OS dispositivos de entrada e saída são dispositivo que possibilitam tanto o carregamento do sistema computacional com informações ou seja a entrada de dados no sistema como a entrega de respostas ou simplesmente a copia de dados do sistema para unidades externas, os equipamentos de entrada e saída são muitos, começando pelo simples e já praticamente obsoleto Drive de disquete, passando pelos Drives de Gravadores de CD e DVD ate dispositivos USB como pendrives, MP3 Player, MP4 e vários outros disp0sitivos.

slide11

As unidades de informação: bit e byte

Em Informática é muito importante considerar a capacidade de armazenamento, já que quando se faz algo no computador, trabalha-se com arquivos que podem ser guardados para uso posterior. Evidentemente, quando se armazena algo, isto ocupa

um certo espaço de armazenamento.

Assim como a água é medida em litros ou o açúcar é medido em quilos, os dados de um computador são medidos em bits e bytes. Cada valor do código binário foi denominado "bit" (binarydigit), que é a menor unidade de informação.

Cada conjunto de 8 bits forma o byte, o qual corresponde a um caracter, seguindo o código binário.

slide12

Por que 1 Kb equivale a 1024 bytes?

Os computadores "entendem" impulsos elétricos, positivos ou negativos, que são representados por 1 ou 0. A cada impulso elétrico damos o nome de bit (BInarydigiT). Um conjunto de 8 bits reunidos como uma única unidade forma um byte.

slide13

Nos computadores, representar 256 números binários é suficiente para que possamos lidar a contento com eles. Por isso, os bytes possuem 8 bits. É só fazer os cálculos: como um bit representa dois tipos de valores (1 ou 0) e um byte representa 8 bits, basta fazer 2 (do bit) elevado a 8 (do byte) que é igual a 256.

Os bytes representam todas as letras (maiúsculas e minúsculas), sinais de pontuação, acentos, caracteres especiais e até informações que não podemos ver, mas que servem para comandar o computador e que podem inclusive ser enviados pelo teclado ou por outro dispositivo de entrada de dados e instruções.

slide14

1 Byte = 8 bits

1 kilobyte (KB ou Kbytes) = 1024 bytes

1 megabyte (MB ou Mbytes) = 1024 kilobytes

1 gigabyte (GB ou Gbytes) = 1024 megabytes

1 terabyte (TB ou Tbytes) = 1024 gigabytes

1 petabyte (PB ou Pbytes) = 1024 terabytes

1 exabyte (EB ou Ebytes) = 1024 petabytes

1 zettabyte (ZB ou Zbytes) = 1024 exabytes

1 yottabyte (YB ou Ybytes) = 1024 zettabytes

slide15

É também por meio dos bytes que se determina o comprimento da palavra de um computador, ou seja, a quantidade de bits que ele utiliza na composição das instruções internas, como por exemplo:

8 bits => palavra de 1 byte

16 bits => palavra de 2 bytes

32 bits => palavra de 4 bytes

slide16

Na transmissão de dados entre computadores, geralmente usa-se medições relacionadas a bits e não a bytes. Assim, há também os seguintes termos:

1 kilobit (Kb ou Kbit) = 1024 bits

1 megabit (Mb ou Mbit) = 1024 Kilobits

1 gigabit (Gb ou Gbit) = 1024 Megabits

1 terabit (Tb ou Tbit) = 1024 Gigabits

E assim por diante. Você já deve ter percebido que, quando a medição é baseada em bytes, a letra 'b' da sigla é maiúscula (como em GB). Quando a medição é feita em bits, o 'b' da sigla fica em minúsculo (como em Gb).

slide17

Como já dito, a utilização de medições em bits é comum para informar o volume de dados em transmissões. Geralmente, indica-se a quantidade de bits transmitidos por segundo. Assim, quando queremos dizer que um determinado dispositivo é capaz de enviar, por exemplo, 54 megabits por segundo, usa-se a expressão 54 Mbps (54 Megabitsper second - 54 megabits por segundo):

1 Kbps = 1 kilobit por segundo

1 Mbps = 1 megabit por segundo

1 Gbps = 1 gigabit por segundo