perfil dos frequentadores de baladas no distrito federal l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Trabalho PMO - UPIS 2011 PowerPoint Presentation
Download Presentation
Trabalho PMO - UPIS 2011

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 10

Trabalho PMO - UPIS 2011 - PowerPoint PPT Presentation


  • 117 Views
  • Uploaded on

eeeeh noiiix

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'Trabalho PMO - UPIS 2011' - guest23750


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
perfil dos frequentadores de baladas no distrito federal
Perfil dos Frequentadores de Baladas no Distrito Federal

Cleiton Barros

Juliana Abreu

Juliana Pereira

Mariel Carvalho

Matheus Pantuzzo

Rafael Santiago

slide2

INTRODUÇÃO

A importância deste tema deve-se a carência de baladas na capital e o grande número de publico, que as procuram.

O público-alvo possui entre 16 e 30 anos, como foi identificado através das pesquisas realizadas.

A pesquisa qualitativa entrevistou clientes de casas noturnas espalhadas pelo DF, em sua maioria no Plano Piloto onde o índice por vezes é maior, e com os resultados desta pretende-se estabelecer mecanismos de aproximação dos mercados alvo, de forma a impulsionar a atuação de mercado neste setor.

A quantitativa teve universitários como amostra, onde podem ser identificados seus níveis de escolaridade, classes socioeconômicas, idade e suas preferências em baladas.

slide3

DELIMITAÇÃO / CONTEXTUALIZAÇÃO

Identificar o perfil dos freqüentadores de baladas do Distrito Federal, para criação de projetos que integrem os anseios desses freqüentadores, visando levar as baladas da capital brasileira a servirem de exemplo para as demais unidades federativas

Conhecer o perfil dos jovens que freqüentam (ou gostariam de freqüentar) baladas no DF como um todo, é essencial nos dias atuais, pela facilidade às informações, tecnologias e meios de divulgações presentes em mídias que abrangem este publico

Espera-se identificar os principais estilos musicais preferidos pelos jovens, assim como diagnosticar valores agregados por estes freqüentadores em cada tipo de festa, como preços, promoções, facilidades, gratuidade de bebidas, etc.

slide4

JUSTIFICATIVA

Ao identificar o perfil dos consumidores, conhecer suas expectativas e desejos para formular projetos de festas que atendam essas necessidades.

Com os resultados desta pesquisa pode-se dizer que alguns eventos podem ser transferidos de local, ou até mesmo cancelados, demandados em estudos clínicos de sua probabilidade de sucesso, ou não.

slide5

PROBLEMA DA PESQUISA

Qual é o perfil do público-alvo nas baladas do DF?

HIPOTESES DA PESQUISA

  • O público-alvo possui entre 16 e 30 anos de idade, a maioria é composta por solteiros;
  • A maioria são moradores do Plano Piloto, inseridos nas classes econômicas A e B;
  • Os consumidores, normalmente freqüentam baladas pelo menos duas vezes por semana;
  • Os moradores do entorno do DF, não freqüentam festas eletrônicas, por terem um custo de acesso mais elevado, assim como boates do Plano Piloto.
slide6

OBJETIVOS

  • Verificar a faixa etária do público-alvo;
  • Identificar suas classes econômicas;
  • Medir o nível de escolaridade do público-alvo;
  • Descobrir novos nichos no mercado;
  • Avaliar o estilo musical que agrada esse público;
  • Diagnosticar o que os atrai para uma balada;
slide7

METODOLOGIA

O método de pesquisa escolhido foi qualitativa explorativa, aplicada com o público-alvo presente em diversas casas noturnas do DF, durante o mês de outubro e seus dados serão utilizados com o objetivo de aperfeiçoar os serviços prestados e direcionar a criação de novos projetos para clientes potenciais.

E também, uma pesquisa quantitativa realizada, com pessoas entre 16 a 30 anos, de preferência universitários, que corresponde grande parte do público-alvo das baladas do DF.

slide8

PESQUISA QUALITATIVA EXPLORATÓRIA

A pesquisa qualitativa identificou que praticamente 100% do publico entrevistado tem ensino médio completo e cursa faculdade, aponta que 38% preferem os estilos house/trance e habitualmente gastam entre R$ 51 e R$ 100 por balada, em média, o que corresponde às estatísticas nacionais de gasto médio quando analisado o mesmo estilo musical, enquanto os 20% que preferem rock têm seu consumo entre R$ 26 e R$ 50 por festa.

Ao avaliar a preferência da opção open bar/pay bar dos entrevistados percebeu-se que apenas 12% preferem o pay bar, estes que segundo a pesquisa também tem um gasto mais elevado do que aqueles que preferem open bar.

Entretanto durante a pesquisa, em algumas conversas informais com os entrevistados, diversos buscam eventos com qualidade no atendimento, que não tem sido visto nos open bar de Brasília por falta de estrutura adequada e pessoal qualificado. Tal condição demonstra que os eventos em que há pagamento de bebidas à parte do ingresso vêm atendendo um publico que busca qualidade no atendimento desde a entrada até o check-out do evento.