o espiral hermen utico contexto n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
O ESPIRAL HERMENÊUTICO: CONTEXTO PowerPoint Presentation
Download Presentation
O ESPIRAL HERMENÊUTICO: CONTEXTO

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 17

O ESPIRAL HERMENÊUTICO: CONTEXTO - PowerPoint PPT Presentation


  • 137 Views
  • Uploaded on

O ESPIRAL HERMENÊUTICO: CONTEXTO. The Hermeneutical Spiral Grant R. Osborne. INTRODUÇÃO. O contexto é o primeiro passo. O contexto é a situação em que o texto se encontra historicamente e logicamente. Duas áreas principais: Histórico : a situação para a qual o texto/livro se dirigiu.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'O ESPIRAL HERMENÊUTICO: CONTEXTO' - gerald


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
o espiral hermen utico contexto

O ESPIRAL HERMENÊUTICO:CONTEXTO

The Hermeneutical Spiral

Grant R. Osborne

introdu o
INTRODUÇÃO
  • O contexto é o primeiro passo.
  • O contexto é a situação em que o texto se encontra historicamente e logicamente.
  • Duas áreas principais:

Histórico: a situação para a qual o texto/livro se dirigiu.

Lógico: o desenvolvimento do pensamento do autor

o contexto hist rico
O CONTEXTO HISTÓRICO
  • Autoria
  • Data
  • Público alvo
  • Propósito e temas
  • Fontes para informação:

Histórias de Israel; do Novo Testamento

Comentários

Dicionários, enciclopédias

RECENTES

o contexto l gico
O CONTEXTO LÓGICO
  • O fator literário básico
  • Os círculos concêntricos do contexto:

Quanto mais perto do centro, mais influência tem

Contexto imediato determina o significado

slide5

Gênero

Bíblia

Testamento

Autor

Livro

Contexto

maior

Imediato

Passagem

Palavras

mapeando o livro
“MAPEANDO” O LIVRO
  • “Mapear” é determinar o “fluxo” do pensamento do escritor.
  • Conhecido como “análise de discurso”
  • Como começar:

Uma leitura para determinar as partes principais do livro

Uma leitura “superficial” sem se preocupar pelas partes individuais

o mapa do livro de jonas
O “MAPA” DO LIVRO DE JONAS
  • CAP.1

1-3: Deus mandou Jonas para pregar; ele tentou fugir, descendo para Tarsis e descendo num navio.

4-9: Deus enviou uma tempestade; os marinheiros tinham medo e jogaram o cargo no mar enquanto Jonas dormia; os marinheiros lançaram sortes e Jonas foi “sorteado” como o responsável.

10-16: Os marinheiros estavam com medo; sabiam que Jonas estava fugindo; Jonas pediu que fosse jogado no mar; eles tentaram salvar o navio, clamaram a Deus; Jonas é jogado no mar

17: Deus preparou um grande peixe que engoliu Jonas; Jonas ficou no peixe por três dias e noites.

cap 2
CAP. 2

1-6a: Jonas clamou a Deus que ouviu; Jonas expressou sua angústia; disse que foi jogado da presença de Deus; lamentou a sua “descida” para o fundo do mar.

6b-9: Jonas declarou que Deus o levantou do “abismo”; relembrou o Senhor e clamou para Ele; fez um voto de sacrificar ao Senhor no Templo.

10: Jonas é devolvido à terra.

slide9
CAP. 3

1-3a: Deus repetiu a ordem de ir e pregar; Jonas foi.

3b-9: O profeta pregou em Nínive; os ninivitas se arrependeram.

10: Deus se arrependeu e não destruiu a cidade.

  • CAP.4

1-4: Jonas ficou irritado, disse que sabia que Deus é misericordioso, fez pedido de morrer; Deus questionou a atitude do profeta.

5-8: Jonas saiu da cidade e arrumou uma barraca; Deus preparou uma vide para confortar Jonas, mas, depois, destruiu a vide; Jonas reclamou de novo.

9-11: Deus perguntou Jonas outra vez e falou da sua compaixão

identificando padr es e divis es
IDENTIFICANDO PADRÕES E DIVISÕES:
  • Faça anotações e resumos e tente identificar a progressão lógica do texto.
  • Depois, volte e tente identificar padrões e divisões “naturais” no texto.
  • Dicas para identificar progressão e divisões no texto:

Repetições de palavras ou frases

Conjunções de transição, e.g., então, porém.

Perguntas retóricas

Mudança de hora, local, tempo de verbo, sujeito

diagrama de par grafos
DIAGRAMA DE PARÁGRAFOS
  • O estudo de uma unidade literária menor
  • O objetivo é identificar os relacionamentos “internos”
  • Exige uma Bíblia que reflete a construção gramatical do hebraico ou grego
  • Exige uma noção básica da gramática:

Sujeito

Verbo

Objeto, predicado

Cláusulas

jo o 3 16
João 3.16

Porque Deus amou o mundo tanto (motivo)

que (ele) deu seu filho unigênito (ação principal)

para que todo aquele (propósito)

que nele crê (condição)

não pereça (resultado)

mas

tenha a vida

eterna (resultado)

compreendendo o contexto l gico
COMPREENDENDO O CONTEXTO LÓGICO
  • Alguns elementos que fazem parte da lógica de um parágrafo:

Ação : descreve o que o sujeito faz. Note o tipo de ação e o tempo de ação, o sujeito e o objeto da ação

Meio: como a ação é efetuada; o instrumento

Motivo e propósito : porque e para que a ação foi feita

Condição: a condição sob a qual a ação pode acontecer ou o propósito ser alcançado

Resultado: o que o sujeito deseja que aconteça

hb 1 1 4 nvi
Hb. 1.1-4 (NVI)

Deus falouaos nossos antepassados

Há muito tempo (tempo)

de várias maneiras (meio, instrumento)

por meio dos profetas (meio, instrumento)

mas, falou-nos

nestes últimos dias (tempo)

por meio do Filho (meio, instrumento)

a quem constituiu herdeiro de todas as coisas (relativo)

e por por meio de que fez o universo (instrumento)

slide15
O Filho é

o resplendor da glória de Deus (identificação)

e a expressão exata do seu ser (identificação)

sustentando todas as coisas por sua palavra poderosa (descrição de uma função)

Depois de ter realizado a purificação do pecados

(função)

Ele se assentou direita da Majestade nas alturas (posição)

tornando-se tão superior aos anjos quanto o nome

quanto o nome que herdou é superior ao deles.

(descrição da sua posição)

hb 1 1 2 vr
Hb. 1.1-2 (VR)

Havendo Deus faladoaos pais

muitas vezes

e de muitas maneiras

pelos profetas

nos faloua nós

nestes últimos dias

pelo Filho

a quem constituiu herdeiro de todas as

coisas

e por quem fez também o mundo

aplica o homil tica
APLICAÇÃO HOMILÉTICA
  • A diagrama da passagem pode fornecer um esboço para um sermão.
  • O esboço deve ser construído na base das divisões naturais do texto.
  • Como esboçar Hb. 1.1-4?
  • Exemplo:

“A Última Palavra é a Melhor”

1. Jesus é a última palavra de Deus.

2. Jesus é a melhor palavra de Deus.