slide1 l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
TEORIA DA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA PowerPoint Presentation
Download Presentation
TEORIA DA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 54

TEORIA DA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA - PowerPoint PPT Presentation


  • 239 Views
  • Uploaded on

TEORIA DA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA. Frederick Taylor , Frank Gilbreth, Lilian Gilbreth, Henry Gant, Henry Ford. QUESTÕES. Doc. # 1. Revisão. Indique se é Verdadeira ou Falsa a seguinte afirmação.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about 'TEORIA DA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA' - fritz


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

TEORIA

DA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA

Frederick Taylor, Frank Gilbreth, Lilian Gilbreth, Henry Gant, Henry Ford

slide2

QUESTÕES

Doc. # 1

Revisão

indique se verdadeira ou falsa a seguinte afirma o
Indique se é Verdadeira ou Falsa a seguinte afirmação

UMA ORGANIZAÇÃO PODE SER DEFINIDA COMO UMA COMBINAÇÃO INTENCIONAL DE PESSOAS E DE TECNOLOGIA PARA ATINGIR UM DETERMINADO OBJECTIVO

  • V
  • F
indique se verdadeira ou falsa a seguinte afirma o4
Indique se é Verdadeira ou Falsa a seguinte afirmação

Podemos classificar as ORGANIZAÇÕES em quatro tipos: a) Produtivo; b) Socializante; c) Investigação; d) Político.

  • V
  • F
fa a corresponder os n meros e as al neas dos dois quadros
FAÇA CORRESPONDER OS NÚMEROS E AS ALÍNEAS DOS DOIS QUADROS
  • Rede de relações espontânea
  • b) Planear, organizar, dirigir e controlar
  • c) Grupos oficiais numa organização
  • Administrar
  • 2. Organização formal
  • 3. Organização informal
indique se verdadeira ou falsa a seguinte afirma o6
Indique se é Verdadeira ou Falsa a seguinte afirmação

EXISTEM TRÊS COMPETÊNCIAS DURÁVEIS DO ADMINISTRADOR (Segundo Chiavenato, 2004) QUE SÃO: Conhecimento, Perspectiva e Atitude

  • V
  • F
indique se verdadeira ou falsa a seguinte afirma o7
Indique se é Verdadeira ou Falsa a seguinte afirmação

AS SEIS VARIÁVEIS DA TGA (GERAL DA ADMINISTRAÇÃO) SÃO AS SEGUINTES:

a) Pessoas; b) Estrutura; c) Ambiente; d) Tecnologia; e) Tarefas; f) Organização

  • V
  • F
slide8

QUESTÕES

Doc. # 1

Pré-teste

preencha o espa o em branco
Preencha o espaço em branco

A PESSOA QUE FICOU CONHECIDA COMO “O PAI DA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA” CHAMAVA-SE ___________________

fa a corresponder os n meros e as al neas dos dois quadros10
FAÇA CORRESPONDER OS NÚMEROS E AS ALÍNEAS DOS DOIS QUADROS
  • Teoria da administração científica
  • b) Teoria da burocracia
  • c) Teoria clássica
  • Henry Fayol
  • 2. Frederick Taylor
  • 3. Max Weber
indique se verdadeira ou falsa a seguinte afirma o11
Indique se é Verdadeira ou Falsa a seguinte afirmação

O FENÓMENO QUE PROVOCOU O APARECIMENTO DA GRANDE EMPRESA E DA MODERNA ADMINISTRAÇÃO OCORREU NO FINAL DO SÉC. XVIII E ESTENDEU-SE AO LONGO DO SÉC. XIX E INÍCIO DO SÉC. XX.

  • V
  • F
indique se verdadeira ou falsa a seguinte afirma o12
Indique se é Verdadeira ou Falsa a seguinte afirmação

A preocupação em criar uma Ciência da Administração começou com a experiência concreta e imediata do trabalho de operários e com a ênfase nas tarefas.

  • V
  • F
indique se verdadeira ou falsa a seguinte afirma o13
Indique se é Verdadeira ou Falsa a seguinte afirmação

Numa 1ª fase, Taylor voltou-se para a racionalização do trabalho (análise do trabalho operário, estudo dos tempos e movimentos, fragmentação de tarefas e especialização do trabalhador).

  • V
  • F
slide14
?

A INVESTIGAÇÃO DE ROBIN LEIDNAR (1993) REVELOU QUE OS EMPREGADOS DO McDONALD´S NÃO DIZEM QUE ESTÃO DESCONTENTES COM O SEU TRABALHO.

ACHAM ISTO ANORMAL OU ESPERADO?

SUGIRAM UMA EXPLICAÇÃO PARA ESTE RESULTADO…

slide15

ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA

  • Busca da “melhor maneira” por meio de “Métodos Científicos”
  • Estudo dos tempos e movimentos
  • Estabelecimento de padrões de produção
  • Administração e engenheiros estabelecem padrões. Operários executam
slide16

“I HAVE BEEN IMPRESSED WITH THE URGENCY OF DOING. KNOWING IS NOT ENOUGH; WE MUST APPLY. BEING WILLING IS NOT ENOUGH; WE MUST DO.”Leonardo da Vinci

slide17
?

“YOU ARE NOT SUPPOSED TO THINK. THERE ARE OTHER PEOPLE PAID FOR THINKING AROUND HERE.”

Frederick Taylor

5 princ pios simples
5 Princípios simples
  • Transfira-se toda a responsabilidade da organização do trabalho do trabalhador para o administrador
  • Usem-se métodos científicos para determinar o meio mais eficiente para fazer um trabalho
  • Seleccione-se a melhor pessoa para fazer o trabalho delineado
  • Treine-se o trabalhador para fazer o trabalho eficientemente
  • Controle-se o desempenho do trabalhador para que os objectivos sejam conseguidos
plano
PLANO
  • ORIGENS DA TEORIA CLÁSSICA
  • QUEM FOI TAYLOR?
  • LIVRO “Shop Management” (1903)
  • TÉCNICAS DE RACIONALIZAÇÃO DE TRABALHO
  • LIVRO “Princípios da administração científica” (1911)
  • CARACTERISTÍCAS DA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA
  • CRÍTICAS À ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA
  • A ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA E A ESCOLA
slide20
A HISTÓRIA DA ADMINISTRAÇÃO É RELATIVAMENTE RECENTE E SURGIU COM O APARECIMENTO DA GRANDE EMPRESA.

O FENÓMENO QUE PROVOCOU O APARECIMENTODA GRANDE EMPRESA E DA MODERNA ADMINISTRAÇÃO OCORREU NO FINAL DO SÉC. XVIII E ESTENDEU-SE AO LONGO DO SÉC. XIX E INÍCIO DO SÉC. XX.

ESSE FENÓMENO QUE TROUXE RÁPIDAS E PROFUNDAS MUDANÇAS ECONÓMICAS, SOCIAIS E POLÍTICAS, CHAMOU-SE REVOLUÇÃO INDUSTRIAL.

impacto da revolu o industrial
IMPACTO DA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

Aparecimento das fábricas e das empresas industriais

Substituição do artesão pelo operário especializado

Crescimento das cidades e a necessidade da administração pública

Surgimento dos sindicatos como organização proletária

Consolidação da administração como área do conhecimento

Início da Era Industrial que se prolonga até à última década do séc. XX.

slide22
ADMINISTRAÇÃO

RESPOSTA A DUAS CONSEQUÊNCIAS DA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL:

  • CRESCIMENTO ACELARADO E DESORGANIZADO DAS EMPRESAS QUE PASSARAM A EXIGIR UMA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA CAPAZ DE SUBSTITUIR O EMPIRISMO E A IMPROVISAÇÃO.
  • NECESSIDADE DE MAIOR EFICIÊNCIA E PRODUTIVIDADE DAS EMPRESAS, PARA FAZER FACE À INTENSA CONCORRÊNCIA E COMPETIÇÃO NO MERCADO
slide23
FREDERICK WINSLOW TAYLOR

(1856-1915)

Escola da Administração Científica: Organização do trabalho de cada operário

  • HENRY FAYOL (1841-1925)

Escola Clássica da Administração:

Organização da empresa como um todo

slide24

FREDERICK W. TAYLOR

1856-1915

“O PAI DA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA”

primeiro per odo de taylor
PRIMEIRO PERÍODO DE TAYLOR

Corresponde à publicação do livro Shop Management (Administração de Oficinas) em 1903 sobre as técnicas de racionalização do trabalho do operário, por meio do Estudo de Tempos e Movimentos (Motion-time study) .

Diz ele em Shop Management:

  • Objectivo da administração: pagar salários melhores e reduzir custos de produção
  • Empregados cientificamente seleccionados
  • Empregados cientificamente treinados
  • Administração precisa criar uma atmosfera de cooperaçãp com os trabalhadores
segundo per odo de taylor
SEGUNDO PERÍODO DE TAYLOR

Corresponde à publicação do seu livro Princípios da Administração Cientifica (1911) quando concluiu que a racionalização do trabalho operário deveria ser acompanhada de uma estruturação geral.

Para Taylor, as indústrias da sua época sofriam de três males:

  • Vadiagem sistemática dos operários
  • Desconhecimento pela gerência das rotinas de trabalho e do tempo necessário para sua realização
  • Falta de uniformidade das técnicas e dos métodos de trabalho
slide28
ORGANIZAÇÃO RACIONAL DO TRABALHO (ORT)

PARA TAYLOR, O OPERÁRIO NÃO TEM CAPACIDADE, NEM FORMAÇÃO, NEM MEIOS PARA ANALISAR CIENTIFICAMENTE O SEU TRABALHO E ESTABELECER RACIONALMENTE QUAL O MÉTODO OU PROCESSO MAIS EFICIENTE.

slide29
PRINCIPAIS ASPECTOS DA “ORT”
  • ANÁLISE DO TRABALHO E ESTUDO DOS TEMPOS E MOVIMENTOS
  • ESTUDO DA FADIGA HUMANA
  • DIVISÃO DO TRABALHO E ESPECIALIZAÇÃO DO OPERÁRIO
  • DESENHO DE CARGOS E DE TAREFAS
  • INCENTIVOS SALARIAIS E PRÉMIOS DE PRODUÇÃO
slide30
CONCEITO DE “HOMO ECONOMICUS”
  • CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO
  • PADRONIZAÇÃO DE MÉTODOS E DE MÁQUINAS
  • SUPERVISÃO FUNCIONAL
slide31

LINGOTE DE FERRO

LINGOTE DE OURO (Banco da Suécia)

A gusa é o produto imediato da fundição do minério de ferro com carvão e calcário num alto forno. A gusa é vertida diretamente a partir do cadinho para contentores para formar lingotes

slide33
Taylor dando instruções a Schmit

“ Bem, se você for um funcionário de valor, fará exactamente o que o homem lhe disser amanhã desde bem cedo até à noite. Quando lhe disser para pegar um lingote e caminhar com ele, pegue-o e caminhe, e quando ele lhe disser para se sentar, para descansar, sente-se. Você fará isso durante todo o dia. E sem reclamações. Um funcionário de valor faz exactamente o que lhe é ordenado sem reclamar. Você entende? Quando o homem lhe disser para caminhar, caminhe – quando ele lhe disser para se sentar, sente-se sem qualquer reclamação. Venha trabalhar amanhã de manhã e antes de cair a noite eu saberei se você é ou não um funcionário de valor.”

slide34

NINGUÉM OUSARÁ NEGAR QUE O INDIVÍDUO ATINGE SUA MAIOR PROSPERIDADE, ISOLADAMENTE, QUANDO ALCANÇA O MAIS ALTO GRAU DE EFICIÊNCIA, ISTO É, QUANDO DIARIAMENTE CONSEGUE O MÁXIMO RENDIMENTO.

Frederick Winslow Taylor

slide35

“UM DOS REQUISITOS PRINCIPAIS PARA UM HOMEM SER CAPAZ DE MANOBRAR A GUSA REGULARMENTE É O DE SER TÃO ESTÚPIDO E FLEUMÁTICO QUE MAIS SE PAREÇA MENTALMENTE COM UM BOVINO DO QUE COM QUALQUER OUTRA ESPÉCIE DE ANIMAL”

Frederick Taylor

slide39

PRINCIPAIS CARACTERISTÍCAS DA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA

ADMINISTRAÇAO COMO CIÊNCIA

A improvisação deve dar o lugar ao planeamento e o empirismo à ciência.

DIVISÃO DO TRABALHO-ESPECIALIZAÇÃO

“ O trabalho pode ser executado melhor e mais economicamente através da subdivisão das funções”. Assim, “ o trabalho de cada pessoa na organização deveria tanto quanto possível, se limitar à execução de uma tarefa predominante”.

slide40

SUPERVISÃO FUNCIONAL

É a aplicação da divisão do trabalho e da especialização ao nível dos supervisores e chefes.

CONCEITO DO “HOMO ECONOMICUS”

A administração Científica deve estudar as capacidades físicas do trabalhador, através dos estudos de tempos e movimentos, mas com uma abordagem económica, considerando o homem motivado pelo medo da fome e pela busca do dinheiro.

slide41

ÊNFASE NA EFICIÊNCIA

É preciso determinar a única maneira certa de se executar um trabalho (the best way); descoberta e adoptada, essa única maneira maximizará a eficiência do trabalho.

PRINCÍPIO DE EXCEPÇÃO

Taylor adoptou um sistema de controlo operacional bastante simples e que se baseava não no desempenho médio, mas na verificação das excepções ou desvios dos padrões.

slide42
CRÍTICAS À ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA
  • MECANICISMO DA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA
  • SUPERESPECIALIZAÇÃO DO OPERÁRIO
  • VISÃO MICROSCÓPICA DO HOMEM
  • ABORDAGEM IMCOMPLETA DA ORGANIZAÇÃO
  • LIMITAÇÃO DO CAMPO DE APLICAÇÃO
  • ABORDAGEM DE SISTEMA FECHADO
slide43
?

VOCÊ VIAJOU PARA TRÁS, NO TEMPO, E TEVE OPORTUNIDADE DE SE ENCONTAR COM FREDERICK TAYLOR…

EM QUE TRÊS ASPECTOS LHE DAVA OS PARABÉNS?

EM QUE TRÊS ASPECTOS O CRITICAVA?

movimento da administra o cient fica
MOVIMENTO DA ADMINISTRAÇÃO CIENTÍFICA

Concepção

da organização

Relações

Admin.-

Empregados

Sistema

de incentivos

Concepção

da Natureza

Humana

Resultados

Organização

Formal

Identidade

da Interesses

Incentivos

Monetários

Homo

Economicus

Máximos

resumo
RESUMO
  • A AC – iniciada por Taylor e seus seguidores – constitui a 1ª teoria administrativa.
  • A preocupação em criar uma Ciência da Administração começou com a experiência concreta e imediata do trabalho de operários e com a ênfase nas tarefas.
  • Numa 1ª fase, Taylor voltou-se para a racionalização do trabalho (análise do trabalho operário, estudo dos tempos e movimentos, fragmentação de tarefas e especialização do trabalhador).
slide46
Numa 2ª fase, Taylor centrou-se na definição de princípios de administração aplicáveis a todas as situações da empresa.
  • Apesar de tudo, inúmeras críticas são feitas à AC: mecanicismo (teoria da máquina); superespecialização que robotiza o operário; visão microscópica do homem tomado isoladamente e como apêndice da maquinaria industrial; ausência de qualquer comprovação científica de suas afirmações e princípios; abordagem incompleta envolvendo apenas a organização formal; limitação do campo de aplicação à fábrica; abordagem prescritiva, normativa e típica de sistema fechado.
slide47
Tais limitações e restrições não invalidam o facto de que a AC foi o primeiro passo em busca de uma TEORIA ADMINISTRATIVA.

UM PASSO

PIONEIRO

E

IRREVERSÍVEL…

a teoria da ac e a escola
A TEORIA DA AC E A ESCOLA
  • Calendário escolar (tempos de trabalho e de descanso rigidamente estabelecidos)
  • Programas definidos até à minúcia
  • Organização das aulas com os seus múltiplos “instrutores”
  • Planificação das aulas
  • Preocupação constante dos professores em instruir e educar os alunos
  • Ligação entre instrução e controlo
slide51

“… HOJE EM DIA É MODA MENOSPREZAR Taylor E DESACREDITAR A SUA PSICOLOGIA ANTIQUADA, MAS ELE FOI O PRIMEIRO HOMEM DE QUE SE TEM NOTÍCIA QUE NÃO ACEITOU O TRABALHO COMO FAVAS CONTADAS, MAS O EXAMINOU E ESTUDOU A FUNDO. A MANEIRA COMO ABORDOU O TRABALHO CONTINUA SENDO A FUNÇÃO BÁSICA…”

Peter Drucker

teoria dos dois factores frederick herzberg
Factores motivadores (Conteúdo)

O trabalho em si

Responsabilidade

Progresso

Crescimento

Realização

Reconhecimento

Factores higiénicos (Contexto)

Estilo de supervisão

Políticas administrativas e empresariais

Segurança no cargo

Condições físicas de trabalho

Salário

Status

TEORIA DOS DOIS FACTORESFREDERICK HERZBERG

Durante os anos 60 e 70 – QWL (Quality of Working Life) movement

teoria dos dois factores
TEORIA DOS DOIS FACTORES
  • Factores motivadores – Aspectos de trabalho que conduzem a altos níveis de satisfação no trabalho, motivação e desempenho. Também conhecidos como factores de conteúdo
  • Factores higiénicos – Aspectos de trabalho que removem insatisfação no trabalho mas não contribuem para a motivação e desempenho. Também conhecidos somo factores de contexto
teoria dos dois factores54
TEORIA DOS DOIS FACTORES

Herzberg considera que os factores higiénicos são capazes de reduzir ou anular a insatisfação mas não conseguem conduzir à motivação das pessoas. Apenas contribuem para a prevenção de problemas e por isso se chamam higiénicos, isto é, profiláticos.

Herzberg concluiu que, pelo contrário, os factores motivacionais podem contribuir para elevados níveis de satisfação e, assim, resultar em motivação das pessoas.