1 reinado n.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
1º. Reinado PowerPoint Presentation
Download Presentation
1º. Reinado

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 16

1º. Reinado - PowerPoint PPT Presentation


  • 127 Views
  • Uploaded on

1º. Reinado. 1822 - 1831. Independência feita pelas Classes Dominantes (Aristocracia Rural) Independência feita por um líder metropolitano Mantém-se a Estrutura de Propriedade e do Escravismo Povo longe da estrutura política

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about '1º. Reinado' - fergal


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
1 reinado

1º. Reinado

1822 - 1831

caracter sticas gerais
Independência feita pelas Classes Dominantes (Aristocracia Rural)

Independência feita por um líder metropolitano

Mantém-se a Estrutura de Propriedade e do Escravismo

Povo longe da estrutura política

Economia dependente e voltada para um Mercado Externo

Mantém-se a Monarquia

Características Gerais
pol tica interna
Rebeliões contra Independência

Resistência a Independência:

Bahia, Piauí, Maranhão,

Grão-Pará e Cisplatina

X

Ação do Governo:

Estrangeiros + milícias (civis)

+ Populares

Mercenários Ingleses

Lorde Cochrane e John Grenfell

Política Interna
pol tica interna1
Assembléia Constituinte (1823)

Partidos:

Português:

Funcionários Públicos

Antigo Exército português

Comerciantes Portugueses

Brasileiro:

Aristocracia Rural

Hegemonia sobre portugueses

Ala aristocrática vence a ala democrática dentro do partido

Política Interna
pol tica interna2
Constituição da Mandioca:

Monarquia Representativa Hereditária

03 poderes  Legislativo, Executivo, Judiciário

Senado Vitalício + Câmara Deputados (Assembléia Geral)

Imperador não pode dissolver a Assembléia Geral

Eleitores: Voto Censitário:

# 150 alqueires de Farinha de Mandioca (Paróquia)

# 250 alqueires de Farinha de Mandioca (Província)

# 500 alqueires de Farinha de Mandioca (Deputados)

# 1000 alqueires de Farinha de Mandioca (Senadores)

Xenofobia

Poder maior para o Legislativo

Pedro I + Partido Português

Dissolução da Assembléia Constituinte

12/11/1823: Noite da Agonia

Prisão de Deputados e Desterro dos Andradas

Política Interna
pol tica interna3
Constituição de 1824:

Outorgada (25/03/1824)

Monarquia Hereditária

04 Poderes: Legislativo, Executivo, Judiciário e Moderador

Voto Censitário (Renda Anual) e Descoberto

Eleições indiretas:

Paróquia e Província

Centralização do Poder

Catolicismo como religião oficial

Domínio do Estado sobre a Igreja:

Padroado e Beneplácito

Política Interna
pol tica interna4
Confederação do Equador (1824)

Fatores

Imposição da Constituição de 1824 (Poder Moderador)

Fechamento da Assembléia Constituinte

Noite da Agonia

Lembranças da Revolução Pernambucana (1817)

Idéias Liberais, Republicanas e Federativas

Problemas Econômicos (crise do açúcar e algodão)

Política Interna
pol tica interna5
Jornais:

Tifis Pernambucano (Frei Caneca)

A Sentinela (Cipriano Barata)

Imperador nomeia novo governador:

Francisco de Pais Barreto

X

Eleitores:

Manuel Pais de Andrade

Confederação do Equador (02/07/1824):

# Pais de Andrade

# Cipriano Barata

# Frei Caneca

Política Interna
pol tica interna6
Idéias:

# República Federativa

# Supremacia do Legislativo

# Constituição da Colômbia

# Abolição do tráfico de Escravos

(rompimento com a aristocracia)

Emissários para os Estados; aderem: PE, PB, RN, CE

Brigadas Populares

Mercenários Ingleses + Tropas do Governo:

# Cochrane e Taylor

# Francisco de Lima e Silva

# Execução de Frei Joaquim do Amor Divino Caneca

Política Interna
pol tica externa
Reconhecimento da Independência:

EUA – Doutrina Monroe

Portugal – 2 milhões de Libras Esterlinas

Inglaterra:

# Tratados com tarifas Preferenciais a Produtos Ingleses (15% Inglaterra – 24% outros países)

# Acordo extinguindo o Tráfico Negreiro

Política Externa
pol tica externa1
Questão de Chiquitos:

(28/05/1825) Independência do Alto Peru (Bolívia)

Província de Chiquitos se anexa ao Mato Grosso

Devolução para evitar conflitos externos com Sucre e Bolivar

Independência da Cisplatina:

Incorporação da Cisplatina (31/06/1821)

19/04/1825: Juan Antônio Lavalleja (Libertação do Brasil)

Argentina X Brasil

Cisplatina: apoio Inglês

República Oriental do Uruguai (27/08/1828)

Política Externa
crise do 1 reinado
Crise Econômica:

Açúcar e Algodão  Concorrência

Tratados com Privilégios para a Inglaterra

Gastos com o Reconhecimento da Independência

Crise do 1º. Reinado
crise do 1 reinado1
Gastos com Mercenários Ingleses:

# Rebeliões contra a Independência

# Confederação do Equador

# Independência Cisplatina

# Trono Português

Falência do Banco do Brasil

Empréstimos com a Inglaterra

Aumento da Inflação

Crise do 1º. Reinado
crise do 1 reinado2
Sucessão do Trono Português:

10/03/1826: Morte de D. João VI

D. Pedro I – Abdica do Trono Português em favor de sua filha: D. Maria da Glória (07 anos)

D. Miguel – Rei de Portugal

D. Pedro I em guerra com o irmão

(D. Miguel)

Gastos com a guerra

Críticas dos Jornais Brasileiros

Crise do 1º. Reinado
crise do 1 reinado3
Assassinato de Líbero Badaró

D. Pedro é recebido em MG com faixas de luto

Recepção para D. Pedro no RJ: Partido Português

Ministério Brasileiro:

monarquia parlamentar

fim do poder Moderador

demissão em 01 mês

Ministério dos Medalhões (Marqueses)

Crise do 1º. Reinado
crise do 1 reinado4
Noite das Garrafadas (13/03/1831)

3.000 entre mortos e feridos

07/04/1831

Abdicação de D. Pedro I

Portugal: Trono Português (D. Pedro IV)

Crise do 1º. Reinado

“Usando do direito que a Constituição me concede, declaro que hei muito voluntariamente abdicado na pessoa de meu muito amado e prezado filho o Senhor D. Pedro de Alcântara.

Boa Vista, sete de abril de mil oitocentos e trinta e um, décimo da Independência e do Império. D. Pedro"