Download
slide1 n.
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
Comércio Eletrônico para Micro e Pequena Empresa PowerPoint Presentation
Download Presentation
Comércio Eletrônico para Micro e Pequena Empresa

Comércio Eletrônico para Micro e Pequena Empresa

102 Views Download Presentation
Download Presentation

Comércio Eletrônico para Micro e Pequena Empresa

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript

  1. Comércio Eletrônico para Micro e Pequena Empresa

  2. Associação Comercial de São Paulo - Sandra Turchi

  3. O que é e-commerce? O comércio eletrônico ou e-commerce consiste na compra e venda de produtos e serviços por meio de sistemas eletrônicos como a internet.

  4. O que é e-commerce? Há termos derivados como: m_commerce (mobile) t_commerce (television) Pode ser: BtoB (empresas-empresas) BtoC (empresas-consumidores) BtoG (empresas-governo) CtoC (consumidores-consumidores)

  5. Representa alternativa à crise atual; Geração de um novo canal para atender seus atuais clientes; Possibilidade de gerar novas receitas, atraindo novos clientes. Por que e-commerce para MPE’s?

  6. Loja tradicional x e-commerce O comércio eletrônico e o tradicional são complementares e o melhor dos mundos é estar nos dois. Mas é importante ter em mente que são meios diferentes. Pense que está abrindo um negócio distinto. Faça seu plano de negócios, consulte os órgãos competentes, enfim, mãos à obra. Fonte: Locaweb

  7. Vantagens do e-commerce • Não precisa ter atendentes ou vendedores na loja; • A loja pode funcionar com baixo custo (sem aluguel); • Funciona 24 horas; • Investimento ZERO com gôndolas, prateleiras, balcão etc; • O seu mercado é o mundo, você não precisa só atender aos clientes do bairro ou cidade; • Não há horário de pico, dá para distribuir melhor as tarefas do pessoal. Fonte: Locaweb

  8. Como entrar no e-commerce? É preciso que você esteja estabelecido como uma empresa real; É necessário ter as mesmas etapas de decisão, como: escolher o nome, o segmento, abrir a empresa, etc; Em seguida, você precisará de tecnologia, de parceiros logísticos, de marketing, enfim, de uma estrutura para realizar as transações, entregas etc. E é isso que você vai conhecer aqui, em detalhes...

  9. A internet e o e-commerce oferecem um mundo de oportunidades de negócios para as MPEs...

  10. O que mudou para os consumidores? • Poder de barganha • Comportamento • Acesso às informações • Modelos de negócios • Conteúdos • Formatos

  11. Acesso à informação: Se sua empresa não for encontrada, ela não existe!

  12. ...a Internet no mundo

  13. Panorama da Internet - Mundo • 1,6 bilhões de usuários (25% da população mundial); • Até 2013 – 2,2 bilhões; • Quase 1 milhão de pessoas acessam pela 1ª vez, todos os dias; • Em 1982 = 315 sites. Em 2009 = 226 milhões!; • A cada minuto = 20 horas de vídeo no YouTube; • A cada segundo um novo blog é criado; • 1 bilhão de internautas navegam em redes sociais. Fonte: International Telecommunication Union (ITU) / Forrester Research Netcraft / Google Discovery - 2009

  14. Panorama da Internet - Mundo INTERNET TOP 6 COUNTRIES Millions of Users 285 1º 234 2º 89 3º 86 4º 65 5º 62 6º Fonte: Ibope Nielsen - 2009

  15. ...a internet no Brasil

  16. Internet Brasil - usuários • Aprox. 69 milhões de usuários em 2009. • Estimativa: em 2010, o número se aproximará de 100 milhões – 49% da população. Fonte: Ibope/Nielsen NetRatings, 2009 e DataFolha, 2008

  17. Internet Brasil Internet x outras mídias • No Brasil, a penetração de Internet é de 40%. É maior que a da TV por assinatura e igual a da Revista. • Em 2007, pela primeira vez, foram vendidos mais computadores que televisores no Brasil. Penetração por tipo de mídia Fonte (BrasilI: Comitê Gestor de Internet – Governo Federal, 2007 Fontes (Internacional): Internet World Stats, 2008 / Folha de São Paulo, 2009

  18. Internet Brasil - locais de acesso + de 38 milhões acessam de suas casas. banda larga é um fator determinante – 50% dos domicílios. Fonte: Comitê Gestor de Internet – Governo Federal, 2007 e palestra Negrini

  19. Internet Brasil – locais de acesso É importante notar o peso dos acessos a partir de lan housese cyber cafés – aprox. 50% Fonte: .comScore - 2009

  20. Internet BrasilDistribuição Demográfica De acordo com pesquisa BBDO e Proximity: 70% dos homens não saberiam como se divertir sem a internet. 56% das mulheres acham que a vida seria inviável se elas não pudessem usar a web para se manter em contato com a família. Isso explica porque 63% dos usuários do Facebook são do sexo feminino. Mais de 20% das usuárias colocam, na rede social, fotos ao lado de amigos, mas só 9% dos homens fazem isso. 49% Feminino 51% Masculino Fonte: BBDO e Proximity - 2009

  21. Internet Brasil Distribuição Geográfica A distribuição geográfica é diretamente relacionada à população nas regiões do país. Não existe relação entre renda regional e penetração de acesso à Internet. Fonte: IBGE - 2009.

  22. Internet Brasil - Tempo de Uso A média de utilização mensal de Internet é de 26h15min... ...a maior do mundo! Esse perfil se reflete no sucesso de ferramentas de Redes Sociais, como o Windows Live Messenger e o Orkut. Fonte: IBOPE Nielsen Online – 2009.

  23. Internet Brasil Distribuição por Faixa Etária O uso da Internet é distribuído quase linearmente pelas principais faixas etárias: 18 a 64 anos = 68% = economicamente ativos. Fonte: Ibope/Nielsen NetRatings, 2008 e palestra Negrini.

  24. Internet Brasil – uso on-line

  25. ...e-commerce no Brasil

  26. Internet BrasilCompras on-line por classe Aproximadamente 11,5 milhões de e-consumidoresem 2009. Tíquete médio de R$ 323. Fonte: e-bit 2009

  27. Internet Brasil Pesquisas de compra O uso da Internet para pesquisas para compra de produtos e serviços aumenta com a classe social. Usuários de classes mais altas respondem mais à publicidade on-line. Fonte: Comitê Gestor de Internet – Governo Federal, 2007/palestra Negrini.

  28. Internet Brasil - acesso empresas X (MPEs) Empresas de maior porte Percentual de MPEs, por região, que têm acesso à internet. Fonte: Pesquisa TIC Empresas (Comitê Gestor da Internet no Brasil) – 2007 e 2008.

  29. Internet Brasil - e-commerce BALANÇO DE 2009 Faturamento 1º semestre R$ 4,8 bilhões Previsão para o 2º semestre R$ 5,7 bilhões TOTAL 2009 R$ 10,5 BILHÕES !!! 28% de crescimento sobre 2008 Volume de pedidos em 2008 = 25 milhões Volume de pedidos (previstos) em 2009 = 30 milhões Novos e-consumidores 4 milhões 30% a mais que 2008 Fonte: e-Bit informação (www.ebitempresa.com.br)

  30. Internet Brasil - e-commerce “Alheio à crise, o mercado vem se consolidando como uma opção segura de compra e venda. Com o aumento da participação da classe Cno varejo on-line e com a entrada das grandes redes, a exemplo das Casas Bahia, o crescimento do setor é atribuído às facilidades de compra e acesso, aliados à comparação de preços e quantidades de produtos disponíveis, além da facilidade de pagamento com cartão de crédito parcelado ou boleto.” Fonte: e-Bit

  31. E_commerce no Brasil Faturamentoem datas especiais (2008) - Sazonalidade

  32. Internet Brasil - e-commerce Produtos e sites de interesse - Brasil x Média Mundial

  33. E-commerce no Brasil -Tendências • As mulheres se manterão responsáveis por mais de 50% das compras pela Internet; • Mesmo com a crise econômica, as classes C e D também devem comprar mais; • O grande diferencial é o prazo mais longo do que nas lojas físicas (parcelamento em até 12 x pela Internet). Fonte: e-Bit informação (www.ebitempresa.com.br).

  34. E-commerce no Brasil -Tendências • Descentralização da oferta - entrada de mais redes varejistas, diversificação de oferta, maior que no varejo tradicional, e queda nos preços oferecidos, devido à maior concorrência. • Utilização de novas formas de publicidade (integração com redes sociais, m-marketing) - Integração com m-commerce. Fonte: e-Bit informação (www.ebitempresa.com.br).

  35. E-commerce no Brasil -Tendências O QUE VAI MUDAR PARA CRESCER AINDA MAIS? A confiança nos Serviços Financeiros (segurança) e na entrega correta e ágil de produtos.

  36. E-commerce no Brasil - Cases • Quando se pensa em micro e pequena empresa, qual é um exemplo que nos vem à cabeça?

  37. E-commerce no Brasil - Cases • Poderia ser um jornaleiro? • ... entretanto • Talvez fosse impossível pensar em e-commerce para jornaleiro...

  38. Entre outros exemplos... - Floricultura - Sapataria - Chaveiro

  39. 4 Segredos do E-commerce Fonte: ABC do E-Commerce (www.lebooks.com.br)

  40. 1 – Escolher um bom nicho de mercado • De todas as decisões tomadas por um empreendedor no que se refere a sua empresa, é provável que a mais importante seja a escolha do segmento de atuação. (Definir que produtos vender e para quem); • Uma decisão acertada aqui representa um passo muito importante em direção ao sucesso. • Um bom produto e uma boa demanda torna tudo mais fácil; • A melhor propaganda ainda é o boca a boca;

  41. O que vender? • A primeira pergunta que se faz é: O que seria um bom produto para ser comercializado na internet? • Podemos pensar em um bem: • Tangível: livros, artesanato, DVD... • Digital: softwares, e-books... • Serviços: webdesign, tradução...

  42. O que vender? • Um bom produto é algo que atende a alguma necessidade ou algum desejo de seu público potencial. É algo que os consumidores on-line precisam ou, pelo menos, gostariam de adquirir. • Se queremos respostas às perguntas referentes a que produto vender encontramos algumas dicas no e-book “Oportunidade de Negócios”: • 1 - Conhecer produtos que fazem sucesso na internet, verificar suas características e atributos e comparar se são similares ao produto que deseja comercializar. • Exemplo: Portabilidade, Padronização, Custo relativamente baixo, Identificação com o internauta.

  43. Portabilidade • Implica em facilidade de manuseio e baixo custo de frete;

  44. Padronização • Representa segurança ao comprador pelo conhecimento prévio do que está comprando.

  45. Custo relativamente baixo • Diminui a sensação de risco por parte do comprador