slide1 l.
Download
Skip this Video
Loading SlideShow in 5 Seconds..
“Conjunto de conhecimentos, processos e métodos usados num determinado ramo de atividade.” (Dicionário Aurélio da PowerPoint Presentation
Download Presentation
“Conjunto de conhecimentos, processos e métodos usados num determinado ramo de atividade.” (Dicionário Aurélio da

Loading in 2 Seconds...

play fullscreen
1 / 23

“Conjunto de conhecimentos, processos e métodos usados num determinado ramo de atividade.” (Dicionário Aurélio da - PowerPoint PPT Presentation


  • 149 Views
  • Uploaded on

EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS EQUIPAMENTOS DE RADIOFREQUÊNCIA Alunos: IZAUDINO HELTON CRISTHIAN GENÉSIO. TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NA LOGÍSTICA. Definição de tecnologia.

loader
I am the owner, or an agent authorized to act on behalf of the owner, of the copyrighted work described.
capcha
Download Presentation

PowerPoint Slideshow about '“Conjunto de conhecimentos, processos e métodos usados num determinado ramo de atividade.” (Dicionário Aurélio da' - derry


An Image/Link below is provided (as is) to download presentation

Download Policy: Content on the Website is provided to you AS IS for your information and personal use and may not be sold / licensed / shared on other websites without getting consent from its author.While downloading, if for some reason you are not able to download a presentation, the publisher may have deleted the file from their server.


- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - E N D - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Presentation Transcript
slide1

EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOSEQUIPAMENTOS DE RADIOFREQUÊNCIA Alunos: IZAUDINO HELTON CRISTHIAN GENÉSIO

slide2

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NA LOGÍSTICA

Definição de tecnologia

“Conjunto de conhecimentos, processos e métodos usados num determinado ramo de atividade.”

(Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa)

slide3

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NA LOGÍSTICA

Definição de informação

“Fato ou acontecimento que é levado ao conhecimento de alguém ou de um público através de palavras, sons ou imagens; elemento suscetível de ser transmitido e conservado graças a um suporte e um código.”

(Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa)

slide4

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NA LOGÍSTICA

Elementos da Cadeia de Suprimentos

Vendas

Fábrica

  • Material
  • Manuseio
  • Pedidos de Clientes
  • Compras
  • Estoques
  • Centros
  • Distribuição

Manufatura

  • Coleta de Dados

Distribuição

Armazéns

informa o e log stica

INFORMAÇÃO E LOGÍSTICA

Até 1980:

O material movimentava-se mais rápido do que a informação.

Nos anos de 1980:

O material movimentava-se junto com a informação.

Após os anos 1990:

A informação move-se muito mais rápido do que o material.

slide6

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NA LOGÍSTICA

Fluxo de Materiais

Fluxo de Informações

Princípio Básico: “Deve ser aplicada somente quando viável”

Análise de Viabilidade

- Quantitativa (Fatores Tangíveis) e

- Qualitativa (Fatores Intangíveis)

slide8

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NA LOGÍSTICA

(Sistemas x Pessoas)

“Tanto os sistemas quanto as pessoas são importantes em uma organização, mas os sistemas estão cada vez mais superando, em qualidade e velocidade, a capacidade de processamento de informações”

(ex.: erros humanos de digitação vs. coleta de dados por leitura de código de barras)

slide9

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NA LOGÍSTICA

Sistemas de Informação (soluções)

Qualidade e Velocidade de Informações

Redução do Tempo de Atendimento

Redução de Erros ao Cliente

Redução de Custos de Mão-de-Obra

Racionalização de Espaço e Equipamentos

Aumento de Capacidade

Desempenho Sistema de Informação

Melhoria do Nível de Serviço

Redução dos Custos Operacionais

Melhoria dos Indicadores de Desempenho

Qualidade, Produtividade e Competitividade

Objetivo

c digo de barras
CÓDIGO DE BARRAS

789 107 221055 7

Símbolo composto por barras paralelas de larguras e espaçamentos variados.

É uma forma rápida, fácil e exata de captura automática de dados.

slide11

CÓDIGO DE BARRAS Simbologia

  • Possibilita que as informações sejam lidas de forma exata;
  • É a chave para a rápida identificação do produto, quantidades e fornecedor

COMO É LIDO

Uma fonte de luz (laser) efetua uma varredura no código de barras em um espaço em branco (a zona de silêncio) antes da primeira barra e continua passando até a última barra, encerrando em um espaço em branco que a segue.

Quanto maior for a informação a ser codificada, maior será o código de barras.

slide12

CÓDIGO DE BARRAS - Estrutura

ESTRUTURA DE CODIFICAÇÃO:

Contém até 12 dígitos que são lidos e identificados no banco de dados, contendo: a descrição do produto, o nome do fornecedor, o preço, a quantidade em estoque, dentre outras informações.

7891072210557

3 dígitos (cedidos pela EAN): País (789 – Brasil)

5, 4 ou 3 dígitos (cedidos pela EAN Brasil): Empresa (107)

4, 5 ou 6 dígitos (cedidos pela EAN Brasil): Produto (221055)

1 dígito (obtido pelo cálculo algoritmo): Dígito de controle (7)

slide13

CÓDIGO DE BARRAS - Benefícios

  • Baixo custo e menor tempo de implantação;
  • Fácil utilização;
  • Uso de equipamentos compactos;
  • Alta velocidade de captura dos dados,
  • Informações: validade, data de fabricação, local onde foi produzido, dentre outras

SUAS CORES:

BARRAS: preto, azul, verde (escuro) e marrom (escuro)

FUNDO: branco,amarelo,laranja,vermelhoebege

slide15

Como é um sistema de RFID?

  • O sistema de identificação por radio frequência consiste de um transponder com radio e um leitor para conectá-lo a um sistema de informação corporativo.
  • O transponder é composto de um chip e antena, que é ativado por um sinal de radio na sua frequência de trabalho. Quando isto ocorre, ele envia um sinal contendo sua informação ao leitor
slide16

Exemplos de Aplicações RFID

  • Controle de acesso de veículos
  • Controle de acesso de pessoas
  • Identificação de veículo e containers
  • Controle e rastreamento de vagões
  • Controle de bagagens em aeroportos
  • Identificação de pallets
  • Aplicações em ambientes hostis (Por exemplo: processo de pintura industrial e lubrificação de partes ou produtos identificados com RFID)
slide17

Conceitos Básicos de RFID

  • Identificação por Rádio-Freqüência
  • Leitor de rádio-freqüência
  • Transponder Passivo (Sem bateria), alimentado pelo leitor
  • Acomoda um chip e uma antena
  • Indução Eletromagnética
  • Também chamado: Transponder, RFID Tag
slide18

TecnologiasAtiva X Passiva

  • Tecnologia Ativa:
    • Necessita bateria
    • Maior distância de leitura (Metros)
    • Custo alto
    • Tempo de vida limitado
    • Leitores grandes
    • Microondas (900 MHz)
    • Sensível a alta / baixa temperaturas
  • Tecnologia Passiva:
    • Livre de bateria
    • Menor distância de leitura (Centrimetros)
    • Custo baixo
    • Tempo de vida ilimitado!
    • Leitores pequenos
    • Trabalha em condições severas, adversas
    • Facilidade de fixação
slide19

Principais benefícios do RFID sobre o código de barras

  • Não requer uma linha de visão direta entre transponder e leitor, como ocorre no código de barras, em que o laser tem que varrer toda a extensão do código
  • Capaz de ler / gravar
  • Fácil de ser fixado em objetos
  • Trabalha de maneira eficaz em ambiente hostís, sujeito a diversos intempéries proporcionando melhor distância de leitura
tipos de coletores de dados e leitores
Tipos de Coletores de Dados e Leitores

Minec 4X                        Identificação de bagagens Memor2000